Eles só pensam nelas

0

Faltando ainda dois anos para as eleições municipais, os políticos só pensam nelas. Aliás, já têm alguns sonhando com o pleito de 2018. Em Sergipe, as atenções se voltam para a principal disputa de 2016: a Prefeitura de Aracaju. A péssima administração realizada pelo prefeito João Alves Filho (DEM) é o grande estímulo para os que sonham em governar a capital sergipana. Ninguém, nem o próprio João, admite publicamente a pré-candidatura, mas todos esbanjam satisfação quando aparecem bem colocados nas pesquisas de opinião pública. É o caso do ex-prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) e do deputado federal Valadares Filho (PSB), que estão empatados tecnicamente com João Alves na pesquisa feita este mês pelo Instituto Padrão. Todos sabem que até 2016 muita água passará por debaixo da ponte, mas até lá não pensarão em outra coisa que não seja as eleições.

Sem surpresa

Por unanimidade, o Pleno do Tribunal de Justiça de Sergipe acatou a medida cautelar suspendendo a liberação das polêmicas verbas de subvenção pela Assembleia. Prevaleceu o argumento do Ministério Público Estadual de que ao liberar verbas para entidades ditas filantrópicas, o Legislativo usurpa uma função específica do Executivo. Com a decisão de ontem, os deputados seguem impedidos de distribuir R$ 36 milhões em verbas de subvenção.

Na terrinha

E quem chega hoje em Aracaju é o ministro das Cidades, Gilberto Kassab (PSD). Vem discutir o andamento de projetos com o governador Jackson Barreto (PMDB) e o prefeito da capital, João Alves Filho (DEM). Entrevistado pelo Jornal da Cidade, Kassab disse que Sergipe possui em ações no Ministério cerca de R$ 4 bilhões em investimentos.

Tá fora

O deputado estadual Augusto Bezerra (DEM) discorda do deputado federal André Moura (PSC) quanto às exigências para continuar na oposição ao governo de Sergipe: “Não estou mudando de posição e nunca fiz jogo duplo. Ademais, só devo satisfação ao meu partido”, discursou Bezerra. É, só faltou mandar André catar coquinho!

Parquímetro

Comerciantes do centro de Aracaju cobram da Prefeitura a volta dos parquímetros como forma de reorganizar o trânsito no local. Também se queixam do grande número de camelôs, que ocupam as calçadas, dificultando a circulação das pessoas e fazendo uma concorrência desleal aos empresários. Segundo a CDL, a desorganização do centro comercial tem causado sérios prejuízos aos varejistas.

Maratona

O governador Jackson Barreto (PMDB) foi recebido, segunda-feira e ontem, por oito ministros em Brasília. A todos reivindicou investimentos para obras estruturantes em Sergipe. Ao lado de secretários, JB esteve nos Ministérios da Saúde, da Integração Nacional, da Casa Civil, do Turismo e Esportes, da Pesca, da Educação, do Desenvolvimento Agrário. Hoje, Jackson se reúne em Aracaju com Gilberto Kassab, ministro das Cidades. Haja fôlego!

Siri na lata

Amanhã é o dia do “Siri na Lata” soltar o verbo pelas ruas e avenidas de Aracaju. Organizado pela CUT, o bloco carnavalesco se concentrará na praça Fasto Cardoso, de onde sai pelas principais ruas do centro, brincando e protestando contra o pacote de  maldade concebido pelo governo federal para infernizar ainda mais a vida dos trabalhadores. Participe!

Mistura mortal

O número de indenizações pagas pelo Dpvat por acidentes ocorridos em períodos de carnaval, entre sexta-feira e Quarta-Feira de Cinzas, aumentou 118% nos últimos cinco anos. Segundo a seguradora, as indenizações que levaram à invalidez permanente cresceram 174% de 2010 a 2014, sendo que a maioria das vítimas se envolveu em acidentes com motocicletas. A principal causa dos desastres de trânsito durante o carnaval é a mistura de álcool com direção.

Voltou atrás

O horário de verão vai acabar mesmo no próximo dia 22, pois o governo federal volta atrás na hipótese de prorrogá-lo para economizar energia. Iniciado em 19 de outubro do ano passado, o horário diferenciado está em vigência para o Sul, Sudeste e Centro-Oeste, mas também atinge as demais regiões, principalmente por causa do horário de funcionamento dos bancos.

Meio ambiente

O ex-deputado federal Almeida Lima (PMDB) será empossado daqui a pouco na presidência da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema). Embora não seja da área, o peemedebista promete se esforçar para continuar o trabalho realizado pelo órgão ambiental. O ex-presidente da Adema, professor Wanderlê Correia (PMDB), ganhou uma diretoria na Deso, devendo tomar posse no novo cargo ainda hoje.

Recorte de jornal

Publicado no Correio de Aracaju em 1º de julho de 1909.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais