EMSA fez doação para João

0

 

    A Empresa Sul Americana de Montagens S/A, EMSA, construtora responsável pela obra da ponte Aracaju-Barra dos Coqueiros – que custou até o momento R$ 136,4 milhões, – fez a doação de R$ 400 mil (quatrocentos mil) para a campanha do governador João Alves Filho (PFL).

    Um dado interessante é que a doação não está contabilizada na prestação de contas de João Alves Filho, mas na prestação de conta do “comitê financeiro único do PFL” que arrecadou cerca de R$ 3 milhões. A doação da EMSA foi feita no dia 21 de setembro. Este comitê financeiro único do PFL aparece na prestação de contas de João Alves com quatro repasses no valor total de R$ 454 mil. No comitê financeiro está contabilizada também a doação de R$ 80 mil pela Companhia Brasileira de Distribuição, do grupo Pão de Açúcar, que recentemente se instalou em Aracaju, com o supermercado Extra.

   Este espaço não quer debater se é legal ou não o recebimento destas doações de campanha. Cabe a Justiça decidir se for provocada. A coluna quer debater os discursos e a incoerência de determinados políticos. “Faça o que digo, mas não faça o que faço”, é o lema de grande parte da classe política. Como alguém pode cobrar ética e criticar doações de campanha se faz a mesma coisa ou até pior? É por isso que a classe política está tão desacreditada em todo país.Quem lembra dos discursos feitos na semana passada por pefelistas e opositores do ex-presidente da Petrobras, José Eduardo Dutra, porque nas contas de campanha dele tem uma doação de uma empresa que trabalha para a Companhia Vale do Rio Doce? Foram discursos de falta de ética e até a oposição no Congresso Nacional liderada pelo senador pefelista Antônio Carlos Magalhães pediu uma investigação rigorosa.

    Um detalhe chama atenção na prestação de contas do comitê financeiro único do PFL. A doação de R$ 1 milhão da Companhia Thermas do Rio Quente, localizada  em Goiás, o mesmo Estado da sede principal da EMSA. Esta empresa, que está terminando a construção da ponte tem vários negócios, inclusive no ramo de hotéis e turismo, através da empresa Interhotéis.

   A verdade é que nenhum político no Brasil pode questionar as doações de campanha dentro das regras eleitorais atuais. Para acabar com qualquer suspeita de favorecimento ou benefícios em troca de favores nos governos é preciso que uma verdadeira reforma política seja feita pelo Congresso Nacional, começando pelo financiamento público das campanhas. Para quem pensa que é uma aberração, não é não. Pode acabar com alguns vícios empresariais e politiqueiros. Em breve a coluna explicará com detalhes como funciona o financiamento público das campanhas.

 

Especulações sobre acordo realizado I

Circulam informações de o empresário Gilton Andrade pode não ter feito um bom negócio ao adquirir o Augustu”s. A informação é baseada nas especulações existentes de que o acordo realizado pelo Banese pode não suportar uma revisão que figuras do meio político afirmam com insistência que o governador eleito Marcelo Deda vai solicitar. Pessoas qualificadas que atuam no mundo financeiro de Sergipe disse que se fosse realizada uma pesquisa, poderia revelar que nenhuma instituição financeira no Brasil seria capaz de realizar um acordo nos moldes do que foi feito. 

 

Especulações sobre acordo realizado II

Os boatos são tantos, que durante a semana, lembraram até do nome do ex-vereador Antonio Góis (Goisinho) que foi do Banese por muitos anos e que poderia, pela condição de economista ser escalado, para analisar o referido acordo. Aí como diz o outro: “A porca ía torcer o rabo!”. Mas, há quem afirme que Gilton Andrade possui influencia política suficiente, para que essa questão seja esquecida. Será?

 

Luciano entra com embargo declaratório

O prefeito cassado de Propriá, Luciano Nascimento, através da assessoria jurídica, ingressou no Tribunal Regional com um embargo declaratório para derrubar a decisão que afastou ele do cargo. O embargo será julgado pela juíza federal Telma Maria Santos, que foi a responsável pelo relatório pedindo a cassação dele. Perdendo o embargo, Luciano recorrerá ao Tribunal Superior Eleitoral.

 

 

Hildegards: daqui não saio, daqui ninguém me tira I

O advogado do conselheiro Hildegards Azevedo, Jeferson Fonseca de Moraes, deu entrada ontem em dois recursos. Um Mandado de Segurança e um Agravo Regimental contestando a decisão do desembargador José Alves Neto em extinguir o processo e o fim da liminar que mantém o conselheiro Hildegards Azevedo na ativa como conselheiro do Tribunal de Contas até a véspera de completar os 71 anos. O mandado de segurança está com o relator, desembargador Cesário Siqueira Neto, e a matéria será de reserva do pleno do Tribunal de Justiça (TJ) que deve se manifestar nos sobre a ação.

 

Hildegards: daqui não saio, daqui ninguém me tira II

Jefferson Moraes entende que com a extinção do processo e a cassação da liminar, o desembargador José Alves evitou que fosse julgado o mérito. “O desembargador Dr. José Alves extinguiu o processo sem julgar o mérito da questão. E nós estamos entrando com recursos para suspender a decisão, pois a nossa intenção é que o Tribunal de Justiça de Sergipe se manifestasse sobre o assunto”, argumenta Jéferson que chama a atenção para o fato da ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Carmem Lucia, ter deixado uma brecha para a discussão do tema.

 

 

 

Passe escolar aos domingos e feriados

Após uma reunião com uma comissão de representantes de entidades estudantis realizada no final da tarde de ontem o prefeito Edvaldo Nogueira anunciou que estudará a melhor maneira de instituir a autorização para que os estudantes utilizem o passe escolar durante feriados e fins de semana. O prefeito afirmou que considera uma justa reivindicação da classe estudantil e que, mesmo sabendo que enfrentará interesses contrários, decidiu atender a uma das maiores reivindicações do movimento estudantil. O prefeito se comprometeu em anunciar de que forma instituirá a medida até o próximo dia 15 de dezembro.

 

 

Carros ligados desapareceram

Depois que a coluna publicou que alguns veículos do Banese ficavam ligados com o ar-condicionados ligados esperando membros da diretoria no estacionamento do banco do DIA os mesmos desapareceram. Pelo jeito, apesar da coluna continuar sendo bloqueada nos computadores do banco, tem gente que lê todos os dias. Obrigado pela leitura diária.

 

Idéia fixa de um leitor: CPI da mídia

Tem leitor injuriado com a midia em Sergipe:N]ao seria bom fazer uma CPI da mídia Sergipana e expor as vísceras das empresa de comunicações, colunistas, jornalistas, governo do estado, Prefeitura de Aracaju, prefeituras do interior, empresas estatais, agências de publicidades, out door, silk screen, gráficas…Já pensou? Até porque já teve CPI do Executivo, Legislativo, Judiciário, porque não fazer a CPI de quem se sentem os inquisitores,etc… Que tal a sociedade saber quem mais viu e mordeu os R$ 30 milhões  da Secom? Fora Banese, Detran, Ipes, e outros”. Eu hem, esse cara tá doido de pedra…interna ele..

 

Audiovisual de Sergipe vai a Portugal

 A diretora-executiva da Casa Curta-SE, Rosângela Rocha, vai representar a cena audiovisual sergipana e brasileira no 10º Festival de Cinema Luso-Brasileiro de Santa Maria da Feira, que acontece de 2 a 10 de dezembro em Portugal.Ela será jurada da mostra competitiva de curtas-metragens em 35mm a convite da organização do evento, que já foi representado na quinta edição do Festival Luso-Brasileiro de Curtas-Metragens de Sergipe (Curta-SE 5), pelo seu organizador, Américo Santos. Além de divulgar o Curta-SE 7, que já foi aprovado pela Lei Rouanet e pelo Ministério da Cultura (MinC), ela vai levar em sua bagagem uma compilação de curtas-metragens sergipanos que já participaram de edições anteriores do Curta-SE. A Casa Curta-SE agora tem um blog. Confira em: http://blog.casacurtase.org.br

 

 

Homenagem a profissionais sergipanos

O Conselho Regional de Relações Públicas – CONRERP da 9ª região (Alagoas e Sergipe) estará homenageando dois profissionais sergipanos, são eles: Narcizo Machado e José Luduvice. A eles se juntarão mais sete profissionais de Alagoas. O “Troféu Golfinho RP 2006” foi criado no ano de

2005 e é um instrumento idealizado pelo CONRERP 9ª Região para valorizar profissionais em diversas categorias, ambos os sergipanos estarão sendo homenageados na categoria Cultura (por relevantes serviços prestados a organização e valorização da categoria em Sergipe). Para mim, este prêmio é coletivo, pois todos os profissionais que no dia 22 de novembro -(Dia Nacional pela Valorização das Relações Públicas) – vestiram a camisa da mobilização nacional e estiveram presentes conosco nas atividades merecem ser homenageados. A entrega se dará nesta sexta-feira, 01 de dezembro, às 19 horas em Maceió, na sede do Ministério Público de Alagoas.

 

 

25 anos do Curso de Jornalismo da UNIT I

Em 1981, a Faculdade Integradas Tiradentes, hoje, Universidade Tiradentes-UNIT lança o curso de Comunicação Social-Jornalismo. Na época, o primeiro curso do estado de Sergipe e que conseqüentemente, acolheu alunos e formou os primeiros profissionais de comunicação. Já se passaram 25 anos, a data merece comemoração, afinal a UNIT já formou jornalistas que produzem a notícia em diversos cantos do país. Assim, a comunidade acadêmica, como também, a mídia sergipana participa no período de 4 a 6 de dezembro do evento em que se discute a imprensa sergipana com profissionais do Estado e conta com a participação do jornalista da TV Cultura, Paulo Markun, apresentador do programa Roda Viva.

 

25 anos do Curso de Jornalismo da UNIT II

O evento inicia no dia 4, às 19h, no Campus II da Unit, Farolândia, no auditório do Bloco D. A programação prevê uma mesa redonda com os jornalistas Jairo Alves, Christian Góes, Ivan Valença, Carlos França e Luis Antônio Barreto onde o tema discutido será “Os 25 anos da imprensa sergipana”. Haverá o lançamento da Exposição 25 anos que contará com a história Jornal Laboratório O Inconfidente mostrada por meio de banners; o lançamento da edição comemorativa dos 25 anos do curso de Jornalismo, além de um catálogo temático com registro de projetos experimentais e monografias. No segundo dia, 5, haverá a exposição fotográfica, além da exibição de vídeo documentários produzidos por alunos e egressos, seguida de breves participações dos autores onde comentarão sobre os produtos.

 

25 anos do Curso de Jornalismo da UNIT III

O encerramento do evento será marcado por um coffee break seguido do lançamento do mais novo número do projeto “Me conte sua história”. Trata-se de uma iniciativa desenvolvida pela Federação Brasileira de Farmácias-Febrafarma, onde três alunos de Jornalismo da Unit publicaram crônicas a partir do contato com idosos dos asilos da capital. Na ocasião, o jornalista Jorge Dias abordará a Responsabilidade Social e o Perfil do Novo Profissional para o Mercado de Trabalho. Ele também fará a apresentação do livro, assim como a entrega dos prêmios aos estudantes envolvidos no projeto e aos representantes das instituições asiladas.Às 20h acontece a participação do jornalista Paulo Markun. Profissional com vasta experiência no jornalismo tem muito a acrescentar à formação dos acadêmicos, pois aos 23 anos de idade e recém-formado, era chefe de reportagem TV Cultura.

 

Frase do Dia

“As pessoas podem ser divididas em três grupos: Os que fazem as coisas acontecerem; Os que olham as coisas acontecerem; e os que ficam se perguntando o que foi que aconteceu”. H.J.Brown.

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários