Enfim, se aproxima o fim do desgoverno. Vade retro, Bolsonaro!

0

                                         Blog Cláudio Nunes: a serviço da verdade e da justiça
“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.


Não tem como o Brasil aguentar mais 1 ano e meio de incompetência, despreparo e tentativas de acabar com a democracia.

Ainda bem que todas as pesquisas de opinião mostram que a maioria esmagadora não aguenta mais. Não tem mais limite para o desespero do acuado presidente. Como se não bastasse a omissão criminosa no combate à Covid-19, agora apareceu a corrupção na compra da vacinas e, de quebra, a certeza que ele era o número 1 na construção das rachadinhas com os cargos comissionados na família.

O mito anticorrupção diluiu rapidamente. Sem contar que não respeita os poderes, a Constituição e os próprios brasileiros com um linguajar chulo, desrespeitoso e que vem servindo de chacota em todo o mundo.

Por outro lado, Bolsonaro mostra também que tem algum trauma (Freud explica) contra as mulheres, quando ataca as jornalistas. Um “machão” que chama todos de maricas e covardes, mas não se sustenta nas próprias calças quando fica de quatro para o Centrão e companhia.

Tem o sonho de virar ditador, acabar com as eleições – aquelas que quando o elegeram foram confiáveis – e implantar a censura no Brasil. Não aceita um questionamento e, sem argumento, dispara impropérios para seu gado fanático que, graças a Deus, vem reduzindo a cada dia.

Só para lembrar: a questão não é Lula ou o PT retornar ao Poder. Cabe aos que não aceitam essa polarização construir uma alternativa viável e ética, não com aventureiros.

A questão agora é retirar um insano da presidência. Bolsonaro “cagou” para o Brasil e agora precisa sentir na pele as consequências de sua insanidade e irresponsabilidade. Vade Retro ,Bolsonaro!


Código de Defesa do Consumidor “rasgado” pela UNIT e a forma de obtenção e “lucro máximo” na forma clássica de “capitalismo selvagem” texto produzido após o blog ouvir relatos de alguns alunos e pais Sabe-se que a UNIT durante a pandemia não aliviou a “barra” dos pais e alunos dos mais variados cursos com uma “redução” da mensalidade diante de uma faculdade fechada e sem gastos condizentes com os exorbitantes valores cobrados! Mais particularmente infere-se que muitos “pais e alunos” ajuizaram ações individuais para redução das mensalidades, dada a inércia em dado momento do MPE e DPE, entretanto, graças à atuação desse BLOG foi ajuizada Ação civil Pública junto ao Poder Judiciário Estadual, o que de per si dada a uma questão legal todas as ações individuais foram suspensas por decisão dos mais variados juízes de 1ª instância até que ocorra um pronunciamento em definitivo da Justiça no questionamento feito de forma “tímida” pelo MPE e em que pese a pandemia estar durando mais de 01 ano e 04 meses não temos uma única decisão do Poder Judiciário Estadual, ou seja, as ações individuais dos alunos suspensas e nada de julgamento da ACP! Nesse terreno fértil e perfeito para a UNIT os “abusos consumeristas” continuam a ser perpetrados pela instituição contra principalmente “alunos de medicina” que estão na reta final em fase de estágio. Eles são obrigados a realizar parte do seu estágio no hospital de Itabaiana (SE) às suas própria expensas sem que a UNIT disponibilize transporte da instituição para levá-los com a devida segurança às suas aulas no referido hospital e cada quem que se vire pra chegar na cidade do Agreste Sergipano quando o estágio no hospital faz parte da grade curricular! Com a palavra o MP estadual e demais autoridades de Sergipe que permitem “tudo” de grandes conglomerados educacionais como é o caso da UNIT.

Aracaju privatizada: No centro omissão da Emsurb e da SMTT tornam o trânsito um caos Será que o prefeito Edvaldo Nogueira na sua “extensa” agenda consegue um tempinho diário para deixar gravar como garoto propaganda dos dias de vacinação para ir ao centro de Aracaju? Vá Edvaldo, constatar a omissão da sua gestão através da Emsurb e da SMTT que permitem enormes bancas de frutas móveis fiquem estacionadas junto ao meio fio, principalmente nas ruas de Itabaianinha e São Cristóvão, até a Rua de Capela tirando o espaço dos veículos e tornando o trânsito um caos. Aparecerá lá Edvaldo…

Laércio tem intensa agenda com ministros em Brasília para trazer benefícios para Sergipe “Tenho trabalhado para traduzir em benefícios para a população de Sergipe os relacionamentos que tenho em Brasília”, disse o deputado federal Laércio Oliveira em entrevista para o programa de Gilmar Carvalho na Rádio Jornal FM depois que o radialista comentou a intensa agenda do parlamentar com ministros em Brasília.

Protagonismo O radialista ainda exibiu a fala do ministro do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho que afirmou que Laércio é protagonista das mudanças que estão ocorrendo no país nos últimos anos. “Estamos aqui para tratar de liberação de recursos de infraestrutura, ao lado do deputado Laércio Oliveira, que tem sido um dos nossos parceiros mais importantes na Câmara Federal. Laércio tem sido protagonista nos últimos anos nas mudanças que ocorreram no nosso país e, certamente, além de ajudar Sergipe, ele tem sido um representante eficaz do Nordeste brasileiro e tem ajudado todo o Brasil, então a ele o meu reconhecimento e o meu abraço”, disse Marinho na sua visita a Aracaju.

Agenda Na semana passada, o deputado Laércio teve uma intensa agenda com ministros, a exemplo do da infraestrutura Tarcísio Freitas para tratar de assuntos referentes a transporte e logística de Sergipe. “Falamos sobre a conclusão da duplicação da BR-101 e investimentos de melhoria na BR-235 de forma a possibilitar uma maior integração de Aracaju com as regiões de Petrolina e MATOPIBA. Também foi conversado sobre a questão da concessão da Ferrovia Centro Atlântica no trecho de Sergipe e a cessão das faixas do trecho urbano de Aracaju para melhorias viárias na capital”, disse Laércio.

Concessão O ministro ficou de analisar também o contrato de concessão do aeroporto Santa Maria na perspectiva de encontrar forma de concluir as obras de ampliação da pista de pouso e decolagem, bem como pista de taxiamento e teste de motores, que foram iniciadas pela INFRAERO e que estão paralisadas há alguns anos. Por fim Laércio convidou o ministro para visitar Aracaju para participar da inauguração da UNIGEL agro Sergipe (antiga FAFEN).

Turismo Outra agenda foi com o ministro do Turismo Gilson Machado. O parlamentar convidou o ministro para visitar Sergipe para tratar de investimentos em infraestrutura turística do estado e o ministro aceitou o convite. “Já ouvimos muito falar que o turismo é uma indústria sem chaminés e que tem uma capacidade incrível de gerar empregos. Sou um entusiasta dessa pauta e entendo que o maior problema do nosso estado é a falta de infraestrutura e de divulgação. Para isso, é preciso ter recursos. Logo teremos novidades sobre o assunto e vou compartilhar com vocês”, afirmou Laércio.

Inauguração da Unigel Laércio esteve também com o ministro das Minas e Energia Bento Albuquerque que também aceitou o convite do parlamentar para visitar Sergipe. Ele vai participar da inauguração da Unigel (antiga Fafen). “Bento Albuquerque também vai testemunhar os resultados práticos das ações do governo do estado de Sergipe e as mudanças que a nova Lei do Gás já começam a promover na economia, considerando as novas perspectivas de um mercado competitivo nesse setor”, disse Laércio.

Novo momento para SE O parlamentar estava nessas agendas acompanhado do Superintendente da Secretaria de Indústria e Comércio de Sergipe, Marcelo Menezes, que aproveitou para detalhar todas as ações empreendidas pelo governo em função da própria Lei do Gás e do desenvolvimento do Polo de Fertilizantes de Sergipe. “Acreditamos que estão sendo construídas as bases para um novo momento da economia sergipana”, concluiu Laércio.


Aracaju: Orla Sul inaugurada recentemente o trecho até a praia de Aruana com os dois lados proibido estacionar. As baias de estacionamentos têm poucas vagas. “Onde é que pode estacionar governador?” indaga o fotojornalista César de Oliveira no vídeo. Se só nas baias a população não poderá desfrutar da nova orla. Assista todo o vídeo:


Há oito meses, o ex-deputado federal João Fontes fez um vídeo antecipando o problema do estacionamento no novo calçadão da orla “A prioridade seria a duplicação completa da Sarney e da Avenida Melício Machado. O nosso povo se acostumou a viver em Sergipe sem nenhum futuro. Nossos gestores são umas tragédias! A iluminação do calçadão deixa vários pontos cegos no escuro, iluminação a cada 500 metros e depois 500 metros no escuro com o matagal escondendo a vista do mar. O material utilizado para ginástica é inadequado para área de maresia! Coisitas de Sergipe Del Rey! Na parte antiga do calçadão da orla, os alambrados estão quebrados! A grande parte da imprensa cala e assim vamos vivendo o dilema de convivermos na mediocridade de um estado banguelo!”, escreveu. O vídeo de João Fontes:


De um leitor sobre a proibição do estacionamento na nova Orla Sul:  “fez a coisa certa de maneira errada”, até porque, parodiando de maneira adaptada o jargão americano, “no parking, no business” para “no parking, no people”, diria em bom português,  “sem estacionamento, sem negócios” para “sem estacionamento, sem gente”. 

R$ 3 bilhões em ativos de crédito: Banese ultrapassa marca histórica Em maio de 2021, o Banese chegou à marca histórica de R$ 3 bilhões de ativos na carteira de crédito. O resultado mostra a continuidade da estratégia de crescimento do banco após os bons resultados do primeiro trimestre desse ano. Somente nesse período, o saldo das operações de crédito foi ampliado em R$ 130,8 milhões, impulsionado, principalmente, pela carteira comercial.

Mudanças Os números positivos são também consequência das mudanças recentes na estratégia do banco, que enfatizou a criação de novas linhas de crédito, com taxas mais atrativas, para atender às necessidades de financiamento dos clientes no período da pandemia, principalmente pessoas físicas e micro e pequenas empresas.

Demandas As ações integradas de vendas buscou atender demandas dos diversos setores da economia, o que possibilitou a ampliação da base de clientes e o aumento de estoque e da rentabilidade dos ativos da instituição. Os empréstimos consignados, bem como os créditos para capital de giro, habitacional e rural, estão entre as operações mais contratadas no ano. “Esse crescimento da carteira de crédito mostra, sobretudo, que o Banese está presente na vida de um número cada vez maior de pessoas físicas e jurídicas, disponibilizando acesso a crédito e serviços bancários em um cenário econômico desafiador”, salienta a superintendente de Varejo do banco, Maraiza Sá.

Laranjeiras: Prefeitura reinaugura posto de saúde no bairro Cedro A Prefeitura de Laranjeiras reinaugurou ontem, , 12, o novo posto de Saúde do bairro Cedro, que estava com a estrutura totalmente danificada e sem condições de funcionamento. A unidade ficou abandonada nos últimos quatro anos e em apenas seis meses de gestão, o trabalho da equipe de governo já surtiu efeitos positivos e entregou uma unidade novinha e pronta para atender aos moradores.

Reivindicação antiga A partir de agora, a população não precisará se deslocar até o bairro Mussuca ou a Laranjeiras para ter acesso a atendimento médico, odontológico e de enfermagem, assim como, a procedimentos simples de saúde, como vacinação e curativo. “Estamos bastante felizes, por que essa é uma reivindicação antiga da comunidade. Logo quando assumiu a Prefeitura, Juca não mediu esforços para nos atender”, disse Jadson Santos Costa, morador do bairro.

Funcionamento A secretária municipal de Saúde, Gabriela Carvalho ressaltou a importância do posto de saúde e detalhou como será o funcionamento da nova unidade. “O posto é um ponto de apoio da UBS da Mussuca e teremos atendimento médico uma vez na semana, dentista quatro vezes na semana e os demais procedimentos serão realizados de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h. A população está ansiosa, já que, essa é a primeira vez que terá odontólogo no posto”, frisou a secretária.

Programa Nacional de Prevenção A Federação dos Municípios do Estado de Sergipe (FAMES), por meio da Escola de Gestão Governador João Alves Filho, realizou ontem, 12, um bate-papo virtual com o Tribunal de Contas da União (TCU), sobre o Programa Nacional de Prevenção à Corrupção (PNPC), em parceria com a Secretaria do TCU em Sergipe. O evento estabeleceu um diálogo com os gestores e equipes municipais sobre a adesão ao Programa e esclareceu dúvidas referentes às diretrizes e os procedimentos no sistema de adesão.

O Programa O PNPC é oriundo de um projeto piloto do TCU, no Mato Grosso do Sul, e adotado pela Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla), executado pelas Redes de Controle da Gestão Pública dos 26 estados e do Distrito Federal, e atrelado a vários órgãos. O Programa tem o objetivo de oferecer aos gestores públicos dos três poderes e nas três esferas de governo, ferramentas e orientações voltadas para o aperfeiçoamento contínuo das estruturas de prevenção à corrupção nas organizações.

Mediação O bate-papo foi mediado pela advogada e mestre em Administração Pública, Tiana Figueiredo, e ministrado pelo secretário do TCU em Sergipe e coordenador do Fórum de Combate à Corrupção de Sergipe (FOCCO), Jackson Souza. De acordo com o secretário, o propósito do programa não é fiscalizar as organizações, tampouco, trata-se de auditoria do TCU e do Tribunal de Contas do Estado (TCE), mas sim, servir de subsídio para avaliar e descobrir previamente os pontos vulneráveis e suscetíveis a fraudes e corrupção, além de oferecer orientações, treinamentos para implantação dos mecanismos de controle à corrupção.

Para aderir ao Programa não há custo de adesão O gestor deve acessar o e-mail com uma senha de acesso ao sistema para o preenchimento de questionário enviado pela Rede de Controle. O gestor tem a opção de responder à avaliação ou delegar a tarefa a outro usuário. Durante o evento, o secretário explicou em tempo real sobre a funcionalidade do sistema e-Prevenção e sobre a aplicação do questionário. “A adesão ao programa não traz implicação alguma para o município. Só traz benefícios, que vai depender da vontade, capacidade e limitações estruturais das organizações. A capacidade de melhorar, de sair do marco zero, para a próxima avaliação daqui a dois anos, apresentar um melhor resultado. Para isso, os órgãos de controle têm o compromisso de não utilizar essas informações para fins de controle. É importante sempre ressaltar que não se trata de auditoria, apesar de os órgãos que compõem o FOCCO são órgãos de controle, alguns até de persecução penal, como no caso de Ministérios Públicos, contudo, o objetivo e a finalidade das informações não são utilizadas para este fim”, pontuou Jackson Souza.

Posse na ABMCJ Quem tomou posse na última quinta-feira, 8, na condição de presidente da Associação Brasileira de Mulheres de Carreira Jurídica (ABMCJ) em Sergipe, foi a advogada e vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Sergipe (OAB/SE), Ana Lúcia Dantas. O presidente do Instituto da Advocacia de Sergipe (IASE), Sandro Mezzarano, desejou boa sorte em mais essa empreitada. Junto com Ana Lúcia, assumiu a vice-presidência da ABMCJ em Sergipe, a diretora técnica do TCE, Patrícia Verônica Sobral, na secretaria Geral, as advogadas Clarissa Marques e Susan Menezes. Rosenice Machado e Juliana Barreto na Tesouraria Geral; além das conselheiras: Adelia Pessoa; Acácia Lélis; Marcelle Sacramento; Bruna Carmo; Mônica Porto; Betânia Melo; Carine Monteiro; Raquel Marques; Fabíola Góes; Vanessa Santana; Carla Oliveira; Silvia Almeida e Norma Franca.

Curso de Controle Básica da Via Aérea Preocupada com a atualização constante de seus associados, médicos e estudantes de Medicina, principalmente neste período de pandemia, a Sociedade de Anestesiologia do Estado de Sergipe (Saese) realizou o I Curso do Controle Básico da Via Aérea. De acordo com o presidente da entidade, Dr. Áley Newton Marinho, o curso foi feito em duas etapas. “Na noite da sexta, 2 de julho, foram aulas teóricas on-line, e no sábado, 3 de julho, foram realizadas as aulas práticas, divididas em quatro módulos”, informa. Este primeiro curso contou com a participação de 20 médicos. “Os participantes puderam praticar até a exaustão, as diversas técnicas de controle adequado de via aérea”, relata Dr. Áley Marinho. Segundo ele, esse é o primeiro da série de cursos que a Saese pretende realizar sobre este tema. “A intenção é que seja realizado mensalmente, atendendo as demandas dos colegas, podendo passar a ser ofertado quinzenalmente”.

Curso de Controle Básica da Via Aérea II A Saese realizou tal curso, observando o cenário epidemiológico atual. Foi notado que, com o advento de novas síndromes e doenças respiratórias, o controle adequado da via aérea tem sido primordial para cuidar e salvar as vidas dos pacientes. “Observando tal necessidade e sabendo que o anestesiologista é um dos especialistas que melhor domina o controle da via aérea, a Sociedade de Anestesiologia se viu responsável por participar mais ativamente no treinamento de médicos e estudantes de Medicina do Estado”, explica o presidente da entidade. O próximo curso já tem data marcada. Será em agosto, dentro da programação da Jornada de Anestesiologia de Alagoas e Sergipe (Jalagipe). “Vai ser um curso pré-congresso, com duas turmas, para um total de 40 participantes”, informa Dr Áley Marinho enfatizando que, se houver demanda, poderão ser abertas turmas no início de agosto, ainda antes da jornada.

           

 

Curso sobre Oratória Expressiva. Como se expressar em público? Inscrições abertas para novos grupos. Mais informações  diretamente com a fonoaudióloga Dr. Neuza Sales pelo whatsapp 988212011 ou pelo https://www.instagram.com/draneuzasalesfono/?hl=pt-br

 

 


PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

PM acusado de extorquir comerciantes no centro de Aracaju: comando vai investigar? E no último sábado foi um reboliço no centro comercial de Aracaju quando uma viatura da PM foi acionada por comerciantes que acusam o policial de extorquir mercadorias deles. Nos grupos de whatsApp (ver print) foi denunciado que um PM  sacou uma arma em direção a um comerciante. E o pior: a viatura levou o comerciante para a delegacia e a queixa não foi prestada porque não tinha Internet. O PM foi liberado antes, no local do ato. O comando da PM vai investigar? Os comerciantes pedem socorro as autoridades competentes.


 

 


Trilhas Sergipe! Próximo sábado, dia 17, tem as mais belas cachoeiras do Nordeste. Serra de Itabaiana e Parque dos Falcões…Venha curtir um dia incrível na serra mais deliciosa de Sergipe. GARANTA A SUA VAGA!


EVENTOS ONLINE – É SÓ ENVIAR PARA DIVULGAR NESTE ESPAÇO

 

Live: Sintomas respiratórios do refluxo. Tire suas dúvidas e faça seus questionamentos. Na próxima quinta-feira, 15, às 19h15  E o pneumologista George Amado continua respondendo pelo instagram https://www.instagram.com/drgeorgeamado/ uma série de dúvidas e questionamentos da população sobre vacinas e alguns sintomas pós-Covid. Na próxima quinta-feira, 15, a partir das 19h15 ele voltará a tirar dúvidas e responderá questionamentos relacionados a sintomas respiratórios do refluxo. Participe!





PELO E-MAIL nunesclaudio@infonet.com.br E FACEBOOK

Voto no papel x voto eletrônico I Por Paulo Roberto Dantas Brandão https://www.facebook.com/pauloroberto.dantasbrandao

Dr. Maurício Cardoso era um médico muito conceituado em Aracaju. Morava na Praia 13 de Julho, e era ligado à minha família. Seu filho Renan, falecido há poucos meses, foi casado com minha irmã Hortênsia. Dr. Maurício entrou na política na década de 1940, e foi vereador em Aracaju por diversas legislaturas, pela UDN. Chegou à presidente da Câmara em 1947/48, e era um vereador atuante. No final dos anos 50 não foi reeleito. Estranhou, esperava ser um dos candidatos mais votados. Naquela época, do voto em cédulas de papel, sabia-se quantos votos aproximadamente um candidato teria em cada urna. Como era um homem pacato, não chiou.

Mas foi ao tio, o Desembargador Hunaldo Santaflor Cardoso, que dominava o Tribunal de Justiça de então, inclusive a Justiça Eleitoral em Sergipe. E ponderou: “Meu tio, não sei como perdi essas eleições. Por minhas contas seria um dos mais votados”. O tio ouviu, ouviu, e só depois falou: “Ora, Maurício, na verdade você ganhou. Mas tinha que ajeitar as coisas lá na UDN, fulano tinha que entrar de qualquer jeito. Então eu disse, tire esse aí que é meu sobrinho”.
Ouvi essa narrativa do próprio Dr. Maurício Cardoso, eu bem jovem, numa noite, numa roda de conversa, onde alguém, talvez meu pai, tenha perguntado a razão dele ter deixado a política. Dr. Maurício nunca mais foi candidato. Nunca mais se envolveu em política.

Ou seja, naqueles tempos, do voto em papel, com apurações demoradas, as lideranças faziam o que queriam com os mapas eleitorais.

A urna eletrônica foi um avanço.

Vou continuar no tema.


PELO TWITTER

www.twitter.com/anterogreco Pessoas acham que amigos e colegas de profissão devem ter as mesmas opiniões, desde que trabalhem na mesma emissora. Puxa, se fosse assim, as tevês não precisavam ter vários comentaristas; bastava um só. A divergência de pontos de vista é saudável, necessária e enriquecedora.

www.twitter.com/Ancelmocom Artistas denunciam agressão ideológica do governo Bolsonaro ao Festival do Capão

www.twitter.com/J_LIVRES Por Aroeira




Siga Blog Cláudio Nunes:     

Instragram

 Facebook

 Twitter

 



Frase do Dia
“Prefiro o inferno definitivo à duvida provisória.” Murilo Mendes.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais