Enoque e Graziano

0

O ministro da Segurança Alimentar, José Graziano, viajou de Aracaju a Poço Redondo em um avião da FAB. Ao seu lado os prefeitos das duas cidades: Marcelo Déda (PT) e frei Enoque (sem partido), além de assessores. Aterrissaram em Paulo Afonso (BA) e vieram de carro até a mais pobre cidade do sertão sergipano. No percurso, frei Enoque aproveitou para mostrar ao ministro toda a pobreza da região. Até encontrar o que ele chamou de contrates, o Projeto Irrigado Califórnia. Graziano foi à casa de frei Enoque e ficou impressionado com a simplicidade das coisas. “No visão das pessoas, a melhor casa da cidade é do prefeito, mas a minha não se diferencia dos demais”, comentou Enoque. O prefeito considerou a visita do ministro a Poço Redondo “uma beleza” e revelou que “ele foi recebido por uma multidão de pobres, entrou em casas de taipa, conversou com as rendeiras e sentiu todas as dificuldades do município”. Simples, o ministro José Graziano levou esperança e convicção: “Para Poço Redondo o programa Fome Zero não tem limite”, decretou. O povo aplaudiu muito e vibrou em excesso quando Graziano reconheceu, em seu discurso, “que é preciso resgatar a dignidade do sertanejo e um dos maiores objetivos é acabar com a indústria dos caminhões pipas”. Numa ampla área de Poço Redondo estavam as pessoas simples do sertão, os assentados e bandeiras vermelhas do MST tremulando. Enoque também achou importante as palavras do governador João Alves Filho, no Palácio dos Despachos, quando ele disse ao ministro que no Brasil havia dois problemas de desigualdades: o regional e o social. E lembrou que mais da metade dos miseráveis do país está no Nordeste. João disse que na luta contra as desigualdades, podia contar com ele, “porque há necessidade de se restabelecer a dignidade do sergipano, do sertanejo e do nordestino”. Frei Enoque demonstrou credibilidade nas palavras do ministro José Graziano e se baseou que agora todos têm dados concretos para cobrar uma ação de Governo: “está tudo gravado, registrado e bem assimilado pelo povo”. Lembrou que o pessoal está começando a cobrar as promessas de campanha e não vai deixar passar que um programa de inclusão social, em que um ministro sai de Brasília para o mais brabo sertão de Sergipe, não cumpra com os seus objetivos. Frei Enoque já disse que vai iniciar o cadastramento do pessoal e tomar todas as providências necessárias, para que não se ofereçam pretextos para o descumprimento desse programa. Ontem à noite, de sua casa, por telefone, o prefeito de Poço Redondo deixou passar uma confiança muito grande de que algum projeto eficaz está se iniciando. Sobre a ajuda financeira que o Programa Fome Zero já está começando, ao liberar um ticket de R$ 50,00 para a população faminta, o prefeito Enoque Salvador reconheceu que “isso é bom apenas neste momento”. Mas o que ele acha é que o sertanejo precisa de dignidade e só com trabalho é que vai conseguir isso, porque o alimento que consome, com a família, vem do suor do seu rosto. A esmola envergonha ou vicia o cidadão, já cantou Luiz Gonzaga, e nesse momento de transformação social, tem-se que rever a forma de tratamento e ação para com uma gente sofrida e cansada, que cobra soluções definitivas de convivência com a seca, sem depender da compaixão de ninguém. Graziano também disse que iria lutar pela melhoria das casas de taipas. Seria melhor que lutasse pelo fim, porque moradias do tipo servem de habitat para insetos, principalmente o “barbeiro”, que pode levar o homem à morte. É verdade que, na tarde de ontem, o sorriso voltou aos lábios da gente pobre de Poço Redondo e até contagiou o cético prefeito Enoque Salvador. Que não seja só por um momento… TROCA Para o deputado João Fontes, a proposta feita pelo presidente Lula de trocar o deputado Babá (PT) pelo deputado Gedel (PMDB), “foi infeliz e preconceituosa”. João Fontes lembra que Babá tem serviços relevantes prestados ao PT e sempre esteve ao lado de Lula, quando sequer sonhava ser presidente. ALI BABÁS João Fontes acrescenta que sua grande preocupação agora são “os Ali Babás que estão chegando e trazendo na garupa os 40 ladrões”. O deputado petista acha que a liturgia do cargo de presidente não permite esse tipo de brincadeira, porque atinge um deputado do seu partido. EMENDA O deputado João Fontes apresentou emenda a LDO sugerindo o superávit primário zero e a utilização dos valores arrecadados para a área social. Isso, segundo o deputado, ao invés de aumentar as metas do superávit primário, seria direcionado para Fome Zero, Salário Mínimo, Saúde e Educação. NOVA CPI O deputado federal João Fontes está angariando assinaturas de parlamentares para a formação de uma CPI da privatização do setor elétrico. Disse que antes teve incentivos de segmentos petistas, mas que agora o Governo Federal está mandando recuar, para evitar a CPI, que sempre foi desejo do partido. PROGRAMA O PTB fará seu programa na televisão, nesta próxima segunda-feira, mostrando a nova linha do partido e o rumo que vai adotar a partir da formação da nova Comissão Provisória. O partido não vai permitir meio termo: ninguém imagine que terá posição dúbia. O PTB é oposição ao Governo Estadual e apóia o Governo Federal. TV-CIDADE Apesar do empresário Adierson Monteiro afirmar que está adquirindo a TV-Cidade e que não precisa servir de laranja para ninguém, o deputado federal Jackson Barreto (PTB) não acredita. Jackson diz abertamente: “tenho certeza que a TV-Cidade foi adquirida pelo empresário José Amorim, e que Adierson está só à frente disso”. ADIERSON Terça-feira passada, nesta coluna, Adierson Monteiro declarou que estava fechando negócio com a TV-Cidade e que está mais “para maçã do que para laranja”. Adierson disse que gostaria da parceria de Amorim, inclusive na Empresa Progresso, que pertence à família há mais de 40 anos. DEPOIMENTO Os advogados do deputado Antônio Francisco estão querendo que a viúva de Joaldo Barbosa, médica Edla Cruz, também vá depor na Comissão Processante. Os deputados estão chateados com isso, porque acham que a defesa pretende apenas ganhar tempo com o depoimento de Edla Cruz. ALBANO O governador Albano Franco (PSDB) visitou, domingo passado, o jurista Carlos Britto e lhe falou sobre a nota publicada na Folha, de que ele era petista convicto. Albano disse que foi a Brasília, conversou com senadores do seu partido e levou Carlos Britto a Arthur Virgílio, Tasso Jereissati, além de falar com José Maranhão. CÔNSUL O arquiteto Tomzé Castelo Branco será o futuro cônsul hororário da Romênia em Sergipe. O anuncio foi feita em Brasília pela embaixatriz daquele país, Mônica-Mariana Grigorescu. Dia 13 passado, na embaixada da Romênia, em um happy hour (repiau) a embaixatriz comunicou a aprovação de Tomzé, como cônsul honorário, à bancada federal de Sergipe. GRUPO A embaixatriz Mônica-Mariano Grigorescu demonstrou a importância de se manter um relacionamento comercial, social e político entre seu país e o Brasil. Convidou os parlamentares sergipanos para integrar o grupo Amigos da Romênia, para um relacionamento com parlamentares romenos que formam o grupo Amigos do Brasil. FOTOGRAFIA Tomzé é vice-presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção Civil e participou de um encontro de empresários do setor com o presidente Lula da Silva, na semana passada. No final, Lula brincou com o pessoal: “vou tirar uma foto ao lado desse barbudo”. O barbudo era Tomzé, que ontem recebeu cópia da fotografia, enviada pelo cerimonial do Planalto. RECOMPÕE A Assessoria de Comunicação do Tribunal de Justiça esclareceu, ontem, que não houve aumento de 16.57% para os membros do Judiciário, como noticiou a imprensa. Houve uma recomposição salarial, com base na Constituição, que só vai valer em agosto. Os servidores já tiveram esses benefícios. Notas INTERDIÇÃO O procurador de justiça Paulo Jacobina entrou com ação cível pública, com pedido de liminar, na Justiça Federal, solicitando a interdição do aeroporto de Aracaju e da lixeira, e contra a União, os municípios de São Cristóvão, Nossa Senhora do Socorro e a Capital, para que se solucione o problema que põe em risco o tráfego aéreo. O juiz federal não concedeu a liminar solicitada por Jacobina, entretanto deu o prazo de 10 dias para que a Infraero e as administrações municipais tomem providências para mudança da lixeira. Se nada for feito, será concedida a liminar. DEBATE O plenário do Senado Federal antecipou, quarta-feira, os debates que podem vir a ser travados com relação ao projeto de transposição das águas do rio São Francisco. Apesar de admitir a viabilidade técnica da transposição, o senador José Almeida Lima (PDT) disse que realiza-la significa “condenar o São Francisco à morte”. Além disso, o senador sergipano manifestou sua preocupação de que o tema da transposição venha a se tornar motivo de desunião na bancada parlamentar nordestina, porque a obra interessa a uma ala e é repudiada por outra. BRITTO O jurista Carlos Britto, aprovado para ministro do Supremo Tribunal Federal, não destaca nenhum político na atuação para que ele chegar ao cargo: “é difícil dizer que trabalhou mais”. Britto acha que o prefeito Marcelo Déda foi quem fez a coordenação junto ao presidente Lula da Silva, mas foi um trabalho de unidade em torno da indicação. Carlos Brito já revelou que o mandato também pertence a Sergipe e garante que não modificará os seus hábitos de cidadão simples. Carlos Britto vem recebendo várias homenagens, já que seu nome também partiu de uma elite intelectual do judiciário. É fogo O ex-governador Seixas Dórea, parente de Carlos Britto, também se preocupou em ligar para o presidente do Congresso, José Sarney, e solicitar o seu empenho na aprovação do ministro. Circula informação de bastidores sobre a saída do promotor Djamiro do processo que apura o crime do deputado estadual Joaldo Barbosa. O superintendente da Polícia Federal, Kércio Silva Pinto, diz que até o inquérito policial não há provas da participação do deputado Antônio Francisco no crime de Joaldo Barbosa. Kércio Silva Pinto deixa claro que não teve acesso ao processo que corre na Justiça, onde pode ter surgido dados que incriminem o parlamentar. Luiz Antônio Teixeira se torna, hoje, membro do Tribunal Regional Eleitoral, na classe de jurista. Sete ministro vêm a Sergipe para a solenidade. O deputado federal João Fontes disse, ontem, que o contato com o prefeito Marcelo Déda é formal: “estamos divergindo de coisas extremamente diferentes”. João Fontes acrescentou que esse comportamento não tem nada de pessoal contra o prefeito Marcelo Déda. Tudo é questão política. Já o prefeito Marcelo Déda não parece muito disposto a manter contatos com João Fontes. Já decidiu que com ele não discute nada. O deputado estadual Garibalde Mendonça (PDT) está reivindicando que a Assembléia Legislativa participe de todos os conselhos estaduais. Garibalde acha que só assim a Assembléia pode se inteirar das propostas que são analisadas, opinar e oferecer sugestões. O vereador Evando França não manifestou qualquer interesse em deixar o PTB por conta da filiação do deputado federal Jackson Barreto. O secretário da Cultura, José Carlos Teixeira, está em Brasília, participando de importantes reuniões no âmbito de sua pasta. José Carlos aproveitou para rever amigos no Congresso Nacional. Mesmo sem mandato há alguns anos, Teixeira mantém amizades em Brasília. O ex-prefeito de Itabaiana, João Alves dos Santos (João de Zé de Dona) está articulando sua campanha para voltar ao comando do município. brayner@infonet.com.br

Comentários