Época dos blefes

0

Esse período que antecede as convenções partidárias é propício para se ‘plantar’ informações nem sempre verdadeiras sobre acordos políticos. Assim como no pôquer, o blefe é muito comum entre os políticos, treinados em jogar verde para colher maduro. Portanto, não acredite em tudo que se diz e publica sobre as possíveis coligações e prováveis adesões a candidatos majoritários, pois tudo pode não passar de blefes para sondar o terreno adversário. Com o quadro totalmente indefinido, a disputa eleitoral em Sergipe estimula o disse-me-disse entre lideranças e cabos eleitorais. O certo é que a maioria dos partidos só vai fechar acordos na última hora do dia 30, data final para a realização das convenções. Até lá, portanto, muito vai se conversar sobre alianças políticas.

Vetos de JB

O governador Jackson Barreto (PMDB) vetou as emendas apresentadas pela oposição ao Proredes, que autoriza o Executivo a contrair empréstimo de R$ 250 milhões para aplicá-los na saúde. A sanção do projeto e os vetos aos artigos 2º, 4º e 5º estão publicados na edição de hoje do Diário Oficial do Estado.

Decisão adiada

Ficou para a semana que vem a reunião visando definir se o PSDB sergipano terá ou não candidato próprio ao governo de Sergipe. A tucana Grace Franco lançou sua pré-candidatura, porém lideranças do partido não demonstraram entusiasmo com a ideia. Alegam que para a legenda o melhor é apoiar um candidato de outro partido.

Sem pressa

E quem não está nenhum pouco apressado em se definir por este ou aquele candidato a governador é o prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM). Dando a entender que só fará uma opção no finalzinho de junho, o demista deu uma pista sobre o quem poderá receber seu apoio político: “Estarei com aquele que apresentar a melhor proposta para Sergipe”. Quem será?

Desesperados

A turma do PSC sergipano está arrancando os cabelos da cabeça. Pelo menos é o que insinua o deputado federal Mendonça Prado (DEM). Ele afirma que existe uma explicação para o desespero demonstrado nas entrevistas pelas lideranças do PSC: “Pesquisas comprovam a queda livre dos frequentadores assíduos do Judiciário”. Vixe Maria!

Nome novo

O trecho da avenida Gonçalo Prado Rollemberg entre a rua Propriá e a avenida Barão de Maruim, no Centro de Aracaju, chama-se agora avenida Dr. Roosevelt Dantas Cardoso. A mudança foi aprovada recentemente pela Câmara de Vereadores. Médico e natural de Laranjeiras, Roosevelt foi prefeito de Itaporanga (1941/1944) e de Aracaju (1955 a 1959).

Portas fechadas

Mais de mil trabalhadores da Valcabras/Azaleia vão perder os empregos por conta do fechamento das fábricas de Carira, Ribeirópolis e Lagarto. A assessoria de comunicação do grupo empresarial informou que o fechamento das três unidades visa reduzir os prejuízos da Vulcabras/Azaleia. O secretário Saumíneo Nascimento, do Desenvolvimento Econômico, disse que foram em vão os esforços do governo para manter as três fábricas abertas.

Pires nas mãos

Milhares de prefeitos estão em Brasília para participar hoje da 17ª edição da Marcha em Defesa dos Municípios. A presidente Dilma Rousseff (PT), ministros e parlamentares já confirmaram presença no evento, que vai discutir a conjuntura eleitoral e a crise nos municípios. De pires nas mãos, dezenas de prefeitos sergipanos também participarão da marcha.

Ausência cara

A Justiça Eleitoral informa que a abstenção dos eleitores causa prejuízos financeiros ao país. Nas Eleições de 2010, o impacto foi de R$ 195,2 milhões. Essa cifra baseia-se no custo médio do voto naquela eleição, calculado em R$ 3,63 reais por eleitor. Ainda que o voto não fosse obrigatório, a Justiça Eleitoral é legalmente designada a preparar as eleições para atender a totalidade dos que podem votar.

Imortal

Com o título acima, a colega Rita Oliveira publica hoje no Jornal do Dia a seguinte nota: Em definitivo, o ex-governador Albano Franco (PSDB) disse não ser candidato a qualquer cargo eletivo nas eleições deste ano nem nas próximas. “Só desejo agora ser da Academia Sergipana de Letras”, frisa o tucano. Candidato à cadeira do falecido poeta Santos Souza, Albano já tem o apoio da maioria dos 39 acadêmicos.

Recorte de jornal

Publicado no aracajuano Jornal de Notícias em 21 de janeiro de 1932

Resumo dos Jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais