Especulações em alta

0

Diferente dos estados onde haverá segundo turno para governador, em Sergipe a classe política se ocupa neste momento apenas com a disputa para a Presidência da República. A outra parte do tempo é gasta com especulações sobre a nova Mesa Diretora da Assembleia e o futuro secretariado do governador reeleito Jackson Barreto (PMDB). Embora um pouco distante, a eleição para a Prefeitura de Aracaju também está sendo tratada. Nomes como os dos deputados federais Valadares Filho (PSB) e Rogério Carvalho (PT) são os mais citados para uma possível disputa com o prefeito João Alves Filho (DEM). Os comentários sobre a Mesa do Legislativo e o secretariado vão seguir em alta, principalmente depois da eleição presidencial. Preocupado em concluir a atual administração, o governador deve evitar esse tipo de conversa até dezembro, o que significa que tudo que se disser agora fica na conta das especulações, não merecendo maiores registros.

Novo procurador

O governador Jackson Barreto (PMDB) nomeou ontem à noite como novo procurador-geral de Justiça o promotor Rony Silva Almeida. Ele obteve 100 votos na eleição promovida pelo Ministério Público para escolher a lista triplica da qual sairia o substituto do procurador-geral Orlando Rochadel. Além de Rony, também disputaram o pleito os promotores Manoel Cabral Machado Neto (85 votos), Eduardo Barreto d’Ávila Fontes (81 votos), Deijaniro Jonas Filho (61 votos) e Virgílio Vale Viana (15 votos).

Querem votar

Os juízes sergipanos querem participar da escolha do presidente e vice do Tribunal de Justiça. Requerimento neste sentido, formulado pela Associação dos Magistrados de Sergipe (Amase), será analisado amanhã pelo Pleno do TJ. Antes da sessão plenária, a Amase reunirá associados e a imprensa em torno de um café da manhã para detalhar a pretensão da categoria.

Novo líder

A oposição deverá ter um novo líder na Assembleia a partir de fevereiro. Candidato ao ‘cargo’, o deputado estadual capitão Samuel (PSL) já está conversando com os colegas oposicionistas. Ele explicou que o desejo de liderar a bancada surgiu depois que o deputado Venâncio Fonseca (PP) lhe revelou o desinteresse em permanecer como líder. “Se for escolhido pelos colegas farei uma oposição investigativa, qualificada e de fiscalização”, garantiu Samuel ao portal Faxaju.

É uma “fartura”

Enquanto a Prefeitura de Aracaju queima uma fortuna com propaganda, os postos de saúde e unidades de pronto atendimento seguem em petição de miséria. Sábado passado, o advogado Márlio Damasceno levou um parente à UPA do conjunto Augusto Franco para se vacinar contra o tétano. Após esperarem por mais de uma hora, os dois foram informados que a vacina está em falta há muito tempo. Pode, uma coisa dessa?

Novo imortal

E o ex-governador Albano Franco (PSDB) é o mais novo imortal da Academia Sergipana de Letras. Ele eleito por unanimidade (31 votos) para substituir o poeta Santos Souza, falecido em abril passado aos 95 anos. No início deste ano, o agora acadêmico Albano Franco lançou nacionalmente o livro “Minha trajetória na Confederação Nacional da Indústria: contra a recessão e pelo desenvolvimento”, narrando os 14 anos (1980-1994) que ele presidiu a CNI.

Expulsos

O Jornal da Cidade publica hoje a seguinte nota: “O suplente de vereador por Aracaju Clisthenes Guedes de Souza Júnior, mais conhecido como Júnior Torres, foi expulso do DEM no último dia 6 – portanto, um dia após a realização do primeiro turno das eleições. A resolução de número 022/2014, atingiu também Eriton Messias Ribeiro dos Santos, Giancarlo Celestino da Costa e Silva e Flávia Emanuela Santos”. Os quatro se rebelaram contra a reeleição da senadora Maria do Carmo Alves (DEM) e pediram votos para o candidato Rogério Carvalho (PT).

Biometria

No primeiro turno das eleições, o sistema biométrico apresentou percentual de 91,5% de reconhecimento dos eleitores por meio das digitais. Mesmo com o índice positivo, A Justiça Eleitoral trabalha para superar essa meta no segundo turno do pleito, marcado para o próximo domingo. “Pretendemos baixar esse índice de não reconhecimento, que hoje gira em torno de 8,5% para, pelo menos, uma margem de 5%”, informa o secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giuseppe Janino.

Contra a troca

Além do Sindicato dos Bancários, o Ministério Público Estadual também discorda da transferência da conta da Prefeitura de Itabaiana do Banese para a Caixa Econômica. Segundo o promotor de Justiça Kelfrenn Teixeira, o correto era ter sido feita uma concorrência visando garantir igualdade de condições a todos os concorrentes. A Prefeitura argumenta que realizou um pregão presencial que foi vencido pela Caixa.

Agradecimento

O blog agradece os inúmeros votos de pesar pelo falecimento do oficial de Justiça aposentado Adalberto José de Oliveira, pai do autor destas mal traçadas linhas. A dor da perda é muito grande, mas conforta o fato da saber que aqui na terra ele cumpriu exemplarmente sua missão. Casado com Maria Souza, Adalberto também era pai dos jornalistas Aldaci Souza, Alberto Oliveira, da enfermeira Alda Maria e do petroleiro Ariberto Souza.

Recorte de jornal

Publicado no jornal Vida Laranjeirense em 24 de agosto de 1930

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários