Este espetáculo merece ser preservado

0

De onde moro, tenho a felicidade de poder ver do alto, a beleza do Rio Sergipe. Nos dias de sol, nas diferentes horas do dia, a cor da água vai se modificando e com o reflexo dos raios solares, parece se transformar em milhares e milhares de brilhantes. Fascinante, também, são os pássaros que, em grupos, descem e sobem o rio. Além disto, posso ainda ver a beleza do encontro das águas do rio com as águas do mar. A noite, com a lua refletindo seu brilho nas águas do rio, é de uma beleza indescritível. Um outro ponto que chama a atenção e que faz lembrar Veneza é a quantidade e espécies de barcos que deslizam por suas águas. Mas não para por aí, estendendo nosso olhar, pode-se ver a beleza dos milhares de coqueiros, na Ilha Santa Luzia e mais distante está o encontro do céu e o mar.

 

Existem, porém, os contrastes que nos coloca a seguinte questão: até quando o ser humano manterá intacta esta imagem? Pelo que vemos, temos receio de que não demore muito o fim deste espetáculo.

 

Rio Sergipe, do alto aquela maravilha acima descrita, no seu nível, uma tristeza. Nas suas margens estão garrafas e sacos plásticos, vidros, latas, pneus e muitos outros objetos não biodegradáveis que o homem, o ser racional, ali joga. Isto sem falar do esgoto “in natura” que no rio é lançado.

 

Ainda sobre o Rio Sergipe, um novo visual chegou, a Ponte Aracaju/Barra.

 

Todos os dias, na Ilha Santa Luzia, a fumaça é constante, o que mostra serem permanentes as queimadas na Ilha. Hoje, às margens do Rio Sergipe, o número de residências é muito maior do que já foi. O interessante é que o IBAMA, pela localização de sua sede, também pode ver o que está acontecendo e (quem sabe?) interromper o extermínio do coqueiral.

 

Para terminar, mais uma beleza. De um lado, na Av. Ivo do Prado, está a Praça Dr. Joaquim Barbosa, adotada pela Petrobrás. Uma beleza que merece ser vista e admirada. A grama toda bem cuidada, as inúmeras flores ali existentes, com suas diversas cores, dão mais brilho ao verde contagiante da grama e as árvores, além da sombra que dão, completam o esplendor. À noite, todo este espetáculo continua presente, em função da rica iluminação que faz parte do contexto.

 

Em frente, encontra-se a Praça Getúlio Vargas. Além da beleza das árvores, da grama e do seu traçado, vemos a beleza de um prédio histórico, hoje restaurado pela OAB.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais