Estranha cobiça

0

O que tem levado tanta gente a sonhar com a Prefeitura de São Cristóvão? Com quase 80 mil habitantes, o município é carente de recursos, praticamente não tem indústrias e vive atolado em todo tipo de problemas. Inchada pelos conjuntos habitacionais ali construídos ao longo dos anos, a primeira capital de Sergipe sofre com a crescente violência urbana, a falta de empregos, de saneamento, saúde e educação. Mesmo assim, mais de 10 políticos, a maioria que nem conhece direito o município, já anunciaram o desejo de ser prefeito de São Cristóvão. O blog bem que gostaria de saber que a ‘Velha Capi’ esconde de tão vantajoso para despertar a cobiça de tanta gente. Alguém tem a resposta?

Baixou a bola

Depois de ter anunciado aos quatro cantos que a Lei garantia sua candidatura à Prefeitura de Aracaju, prefeito de Capela, Manoel Messias (PSB), o ‘Sukita’, desistiu de transferir o título para a capital. Será que não tinha fundamento o que dizia a respeito da legislação, ou não encontrou guarida no PSB para transferir o domicílio eleitoral? Ah, se ele soubesse como os aracajuanos ficaram tristes com a sua desistência!

MPE de olho

Quem transferiu o domicílio eleitoral a toque de caixa e repique de sino é bom colocar as barbas de molho. A Procuradoria Regional Eleitoral em Sergipe recomendou aos promotores que observem se o ‘novo’ morador do município respeitou o Código Eleitoral, que exige a comprovação de residência mínima de três meses no novo endereço. Pelo visto, muita gente boa vai cair do cavalo. O MPE também está de olho naqueles que mudaram de partido.

Fogo amigo

Passada a fase das filiações, a classe política vai se ocupar agora com a construção das candidaturas e coligações. Até junho do próximo ano vai acontecer uma verdadeira briga de foice dentro dos partidos, principalmente dos menores, que preferem uma aliança política vantajosa a uma candidatura fadada ao insucesso eleitoral. Não duvidem: até junho de 2012 muitos prefeituráveis serão queimados pelo fogo amigo.

Investimentos

E quem fará palestra para os empresários sergipanos será a Lúcia Falcon, secretária de Planejamento e Investimentos Estratégicos da Presidência da República. Ela vai participar, na próxima sexta-feira, do Café com Negócios promovido pela Associação Comercial e Empresarial de Sergipe. Lúcia discorrerá sobre os planos de investimentos do Governo Federal (2012-2015), que destaca a ampliação do financiamento para as micro e pequenas empresas de R$ 5 bilhões para R$ 21,2 bilhões.

Mais facilidade

O Tribunal Regional Eleitoral colocará quinta-feira próxima em funcionamento mais um posto para o cadastramento biométrico dos eleitores. Será na praça da Juventude do conjunto residencial Augusto Franco, em Aracaju. Com a ampliação do atendimento, o TRE espera oferecer mais comodidade à população da capital e atingir a meta de cadastramento biométrico, que é de 80% do eleitorado.

Cobrança petista

O deputado federal Márcio Macêdo (PT) cobrou do Senado que sejam realizadas mudanças no texto do novo Código Florestal, em tramitação naquela Casa. O petista defende que o Brasil siga a tendência mundial e adote uma legislação que combata efetivamente o desmatamento, diferentemente da proposta que foi aprovada em maio pela Câmara Federal.

Calote ecológico

Seis anos após a criação do Parque Nacional da Serra de Itabaiana, o governo federal ainda não pagou às famílias que tiveram suas terras desapropriadas em favor da área de conservação.  O Parque foi criado através de Medida Provisória que, segundo as vítimas do ‘devo’ ecológico, já teria perdido a validade, sem que o governo federal tivesse reeditado uma outra MP. Se realmente isso aconteceu, aquela área de conservação já não existe mais legalmente. Uma lástima!

Está tranqüilo

O deputado estadual Paulinho da Varzinhas (PT do B) está tranqüilo quanto à decisão do juiz federal Edmilson Pimenta, que suspendeu seus direitos políticos. É que, segundo a defesa do parlamentar, o magistrado julgou o processo com base em um relatório da Controladoria Geral da União sem que tivesse havido contraditório. Diante disso, o Tribunal Regional Federal da 5ª Região já acatou recursos apresentado pela defesa do deputado.

Potássio

A companhia australiana de fertilizantes minerais Aguia Resources pretende começar a prospecção de potássio carnalita na semana que vem, em um importante depósito de Sergipe. A informação do banco comercial australiano Forbes & Manhattan, acionista da Águia, fui divulgada pelo jornal o Estado de São Paulo. A empresa, que tem acionistas brasileiros e australianos, vai investir US$ 20 milhões durante os próximos 12 meses para verificar a viabilidade do projeto em Sergipe.

Destilados

O Brasil e o México se enfrentam hoje à noite em jogo amistoso. É a cachaça contra a tequila. Hic, hic!

Do baú político

Criado no Estado Novo (1937/1945), o Esquadrão de Cavalaria tratava povo a fio de espada. Sobre ele, escreveu o jornalista Luiz Eduardo Costa: ”Por volta da meia noite, uma tropa com cerca de 20 cavalos começava a percorrer as ruas de Aracaju, principalmente da periferia, e os locais onde se concentravam os cabarés. O bater  estridente e metálico dos cascos ferrados sobre os paralelepípedos era algo apavorante. Os cavaleiros fardados tinham todos uma espada à cinta. Quando, naqueles tropéis,  encontravam alguém na rua, mal vestido, de cor parda ou negra, ordenavam que lhes mostrassem a carteira de trabalho e explicasse direitinho o que fazia, andando pelas ruas naquelas horas tardas. A falta do documento, ou a explicação inconvincente, bastavam para que começasse o espadeiramento. Malandro teria mesmo que apanhar, era a explicação. Ao assumir o governo em 1955, Leandro Maciel (UDN) mandou  logo desativar o Esquadrão. Conta-se também que os boêmios sempre tinham o cuidado de levar saquinhos cheios de rolimãs ou bolas de gude. Eram armas infalíveis, que ao serem lançadas ao chão causavam estrepitosas quedas nos cavalos em disparada”.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários