Expectativa de Chegada

0

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva desembarca hoje, em Aracaju, trazendo em sua comitiva os ministros José Graziano, da Segurança Alimentar, e Olívio Dutra, das Cidades. Vem abrir a 44ª Reunião Geral da Frente de Prefeitos e, indiretamente, prestigiar o anfitrião da festa, prefeito Marcelo Déda. Um velho companheiro de luta, compadre e amigo. Há uma expectativa em torno dessa vinda de Lula da Silva a Sergipe, onde ele sempre teve boa acolhida e mereceu o número mais expressivo de votos. A maioria dos políticos espera que ele desfaça as declarações proferidas, dia 30 passado, quando entregou os projetos de reformas da previdência e tributária, de que faria a transposição do rio São Francisco. Se negar a transposição, que não seja promessa de um cidadão que ainda se imagina em campanha, mas de um presidente da República que deve medir palavras e ter a dignidade de cumpri-las, quando as afirma. A transposição não interessa a Sergipe. O desejo de todos e a revitalização do Velho Chico, para que ele volte a ter a sua potencialidade hídrica e continue servindo à região. Toda a expectativa é de que o presidente Lula da Silva volte atrás na questão do São Francisco… Lula está desembarcando exatamente no Estado que mais combateu a transposição, inclusive com a participação de membros do seu Partido dos Trabalhadores. Foi aqui que se aprovou uma moção de repúdio ao ex-ministro Fernando Bezerra, da Integração Nacional, quando ele anunciou a transposição, para satisfazer a interesses políticos de outros Estado. É persona no grata em Sergipe. O sentimento dos que elaboraram todos esses atos e moções, não será diferente com qualquer outra autoridade que fale em transposição e esqueça a revitalização, mesmo que se trate de presidente da República. No almoço que a Prefeitura Municipal de Aracaju oferece, hoje, ao presidente, no salão de festas “Sobre as Ondas”, um documento, com informações técnicas que demonstram a inviabilidade da transposição, será entregue ao presidente Lula pelo deputado Antônio Passos, presidente da Assembléia Legislativa, tendo abaixo a assinatura de todo o corpo parlamentar de Sergipe. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva também terá a companhia do governador João Alves Filho, que deverá ocupar um lugar de destaque na mesa em que se servirão as iguarias. João tem um livro técnico, que já vai circular em nova edição, acrescida de dados mais recentes – e contundentes – mostrando a inviabilidade da transposição do Rio São Francisco, sem que haja a utilização de outros meios e a revitalização do Velho Chico. Foi a partir desse livro que o então candidato ao governo do Sergipe, pelo PFL, obteve a antipatia e ira do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, uma das mentes sebosas que defendia a transposição do São Francisco. Evidente que João Alves Filho não deseja qualquer desentendimento com Lula, principalmente quando os dois estão iniciando uma administração difícil. Mas seria de bom alvitre que Lula da Silva fosse presenteado com este livro, que contrariou o Governo neoliberalista que o PT combatia, com força e argumentos que o fizeram derrubar o candidato apoiado pelo tucanato, mas que hoje se curva ao modelo que antes se colocava em oposição. Para se falar a verdade, o presidente Lula desembarca em Aracaju num momento que não lhe é favorável. O projeto Fome Zero, anunciado como o plano piloto do seu Governo, ainda não deu as caras por aqui. Além disso, os aposentados estão contrariados com a possibilidade da taxação em seus salários. Isso sem contar com a presença do ministro da Segurança Alimentar (?), José Graziano, que teria atribuído aos nordestinos o motivo da violência que atinge as grandes cidades do Sul maravilha. Ainda tem a posição do governador João Alves Filho, que deixou claro não concordar com a reforma tributária que, ao seu ver, maltrata as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, com a taxa única para o ICMS. O fato bom nesta vinda de Lula a Sergipe foi a chegada das chuvas que fizeram sorrir os sertanejos. Mas, para o anfitrião Marcelo Deda, como bem disse o jornalista Antônio Carlos Garcia, será um momento ímpar, dentro do ponto de vista político. Mostra o seu prestígio junto ao presidente e compadre Luis Inácio Lula da Silva e, com um detalhe importante: por um dia, Brasília será aqui. No mais, é expectativa e esperança de que Lula tire da cabeça o propósito de levar água para o semi-árido de outros Estados do Nordeste, usando o que resta do Velho Chico, que precisa de um trabalho intenso para sua revitalização. TIROS Se o deputado João da Graça deu seis tiros em um sujeito, só por causa de uma discussão política, imagina o que poderá acontecer em plenário numa refrega entre ele e um adversário. É possível que o Código de Ética seja inaugurado em tempo recorde. Aliás, João disparou seis tiros para apenas um atingir o braço do cidadão. Ainda bem… FRANCISCO O deputado estadual Antônio Francisco, indiciado como um dos mandantes do assassinato de Joaldo Barbosa, entregou ontem sua defesa à Comissão Processante. A partir de hoje a Comissão já pode começar a ouvir pessoas envolvidas e dar andamento ao processo, que deve culminar na cassação. FABIANO O deputado Fabiano Oliveira (sem partido), que estava ontem no Rio de Janeiro, disse, por telefone, que desconhecia o convite para conversar com o governador João Alves Filho (PFL). A deputada Susana Azevedo (PPS) anunciou que levaria Fabiano e o deputado Adelson Barreto para uma conversa, ontem, com o governador. NOTINHAS Fabiano Oliveira se mostrou irritado por a cronista social Thais Bezerra, que o classificou, domingo, em seu lido encarte no Jornal da Cidade, como “o arrependido do ano”. A mesma nota foi publicada por Roberto Lessa no Correio de Sergipe. O deputado já anunciou que quarta-feira fará um pronunciamento em que classificará a cronista Thais Bezerra como “a desinformada do ano”. POSIÇÃO O deputado Fabiano Oliveira disse que hoje vai passar o dia acompanhando o presidente Lula da Silva, inclusive participando do almoço, ao lado do deputado federal Jackson Barreto. E adiantou que amanhã terá novas conversas, para na quinta-feira anunciar o seu novo partido: “será PSB ou PTB” disse ele acrescentando que continuará no grupo aliado às oposições. BUZINADO A única coisa que o deputado Fabiano Oliveira confessa de estar arrependido, é não ter buzinado no ouvido do ex-governador Albano Franco – e familia – para que ele disputasse o Senado. Diz que Albano estaria eleito, porque o pessoal votaria nele para senador e em “João Alves, Francisco Rollemberg ou José Eduardo Dutra para governador”. JACKSON O deputado federal Jackson Barreto diz que tem conversado muito com Fabiano Oliveira e sente que ele está decidido a filiar-se no PTB. A definição deverá acontecer sexta-feira, quando haverá a festa de filiações, com a presença do ministro do Turismo e do presidente nacional, deputado José Carlos Martinez. VIAGEM Os deputados federais viajaram, ontem, a Brasília para votação de projetos importantes que estão em pauta. Atenderam a convocação do presidente da Câmara. Cinco deles, entre os quais Bosco Costa (PSDB), integram a comitiva do presidente Lula da Silva em sua viagem a Sergipe. Retornam com o presidente para a Capital Federal. JANTAR Domingo, em um restaurante discreto de Aracaju, o deputado Jackson Barreto e Jerônimo Reis (PTB), jantaram com o ex-senador Francisco Rollemberg. Querem Chico no PTB. Rollemberg gostou do convite e é provável que se filie ao partido. Primeiro vai conversas como seu grupo e dará uma resposta até sexta-feira. DÉDA NEGA O prefeito Marcelo Déda (PT) disse ontem que não pretende polemizar com o deputado João Fontes (PT), mas garantiu que não foi ele quem deu informações à Folha, em sua coluna Painel. A nota referia-se ao passado político de Fontes, lembrando que ele foi do Partido Liberal e presidente da Energipe, durante o Governo Valadares, em 1987. JOÃO ACUSA Nesta coluna, sábado, o deputado João Fontes atribuiu ao prefeito Marcelo Déda as informações passada para a coluna Painel, da Folha. Déda disse que se tivesse de registrar inconveniências do parlamentar o faria publicamente. Lembrou que ele não é a única pessoa que sabe desse fato em Sergipe. CASSAÇÃO O prefeito Marcelo Déda também refuta a acusação de que esteja trabalhando para expulsar o deputado João Fontes do Partido dos Trabalhadores. “A questão do parlamentar não pode ser resolvida por qualquer ação minha ou de outros membros do PT, mas exclusivamente pela Direção Nacional”, ensina. RECONHECE O prefeito Marcelo Déda reconhece que o deputado João Fontes nunca prejudicou a Prefeitura de Aracaju e tem ajudado em tudo que é necessário, “mesmo assim, não é meu papel polemizar com João”. Marcelo Déda acha que numa reunião do Diretório Regional do partido, em Sergipe “a gente discute internamente todas essas questões”. TUDO PRONTO O prefeito de Aracaju, Marcelo Déda, já está com tudo pronto para receber o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, hoje, por volta das 11 horas. Faixas saudando o presidente serão expostas pelo percurso. Entre elas, algumas em defesa da recuperação do rio São Francisco e contra a sua transposição. VALADARES O senador Antônio Carlos Valadares, com uma equipe técnica, fotógrafos, cinegrafistas e jornalistas, passou o final de semana percorrendo a região do baixo São Francisco, em dois barcos. Registrou a dificuldade de subsistência do Velho Chico sem uma revitalização e conversou com habitantes ribeirinhos e o resultado será exposto durante pronunciamento no Senado. Notas ENCONTRO A deputada Susana Azevedo (PPS) disse, domingo, que estaria levando os deputados Fabiano Oliveira e Adelson Barreto para um encontro com o governador João Alves Filho, marcado para ontem, atendendo a um pedido do próprio João Alves. Susana garante que a conquista de Fabiano, para apoiar o Governo, não tem cartão vermelho da primeira dama Maria do Carmo Alves. Susana considerou como uma informação falsa a nota de Plenário, sábado passado, de que a senadora Maria do Carmo Alves seria contra uma adesão de Fabiano Oliveira ao Governo. Chegou a atribuir a informação ao secretário da Administração, Ivan Paixão (PPS). FEIRANTE Um vendedor popular, que negocia plantas medicinais nas feiras do alto sertão, vende os seus produtos utilizando um pequeno alto falante em que grita os benefícios do seu produto contra dores de cabeça, enxaqueca, diarréia, pedra no rim, amarelão, verme, fadiga, impotência, insônia e tudo o mais que os camelôs anunciam nas feiras livres. Já num tom crítico, embora gracioso, o camelô tentou atrair compradores com uma colher batendo em um prato vazio e gritando: “olha a fome zero do Lula minha gente! Olha a fome zero do Lula!” E sorria em tom de deboche. PREPARO O presidente da República, José Inácio Lula da Silva, almoça no ”Sobre as Ondas”, uma casa de recepções à beira mar da praia de Atalaia. Todos os prefeitos que participam da reunião da Frente estarão lá. O governador João Alves Filho, ministros que integram a comitiva e o presidente nacional do PT, José Genoino, também são convidados. Ontem, policiais federais e batedores do trânsito estavam fazendo simulações de segurança para o presidente da República, inclusive na orientação do tráfego de veículos. O PT também programa uma recepção popular ao presidente no aeroporto. É fogo O advogado José Renato tem conversado com diversos segmentos partidários, para filiação. Já teve contato com o PTB e o PSB. O deputado federal Jackson Barreto dará um jantar ao presidente nacional do PTB, José Carlos Martinez, na sexta-feira, em sua casa. O deputado federal Bosco Costa também foi conversado para ingressar no Partido Trabalhista pelo deputado federal Jackson Barreto. O senador Antônio Carlos Valadares também tem trabalhado muito em contato com lideranças importantes, com o objetivo de atraí-las para o PSB. O governador João Alves Filho fica hoje em Aracaju para receber o presidente, mas amanhã viaja a Brasília para audiências. O deputado estadual Fabiano Oliveira viajou, ontem, para o Rio de Janeiro. Teve encontro na Petrobrás em busca de apoio para projetos culturais. Uma pergunta: se os festejos juninos são realizados geralmente sob fortes chuvas, porque não cobrir os sambódromos e locais destinados aos shows. Aliás, essa mordomia existe para políticos importantes, porque as autoridades municipais e estaduais ficam nos camarotes. O deputado federal João Fontes viajou, ontem, a Brasília e permaneceu lá. Não acompanhou o presidente Lula em sua visita a Aracaju. O deputado estadual Venâncio Fonseca quer organizar o Partido Progressista (PP) para garantir a vitória de dezenas de vereadores e alguns prefeitos do interior. O vereador Marcélio Bomfim, ainda não se definiu sobre filiação a um novo partido. Deve procurar se manter em um partido de esquerda. Alguns deputados federais continuam reclamando do tratamento que recebem de alguns secretários de Estado. Não é normal… O deputado federal Bosco Costa foi homenageado ontem pela Unale. Uma associação de deputados estaduais que homenageia aqueles que se elegeram Federal. brayner@infonet.com.br

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários