Falta de credibilidade dos políticos

0

  “O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Nos últimos dias, o troca troca de partidos, por conta do fim do prazo para quem deseja disputar a eleição 2014 mostra porque boa parte do eleitorado está totalmente descrente com a classe política.

Em Sergipe não foi diferente de todo o país. Partidos novos são a alternativa para burlar a chamada fidelidade partidária. O excesso de partidos no país não faz parte da democracia. É um caso de polícia. Só precisaria de 10. Os outros servem apenas como legendas de aluguel para todos os tipos de conchavo$. E sem verticalização aí quem tem mais oferece e leva para casa no balcão da imoralidade política.

Já alguns políticos esquecem rapidamente dos problemas que tiveram nos partidos e retornam como se fosse a coisa mais natural do mundo.

Dois casos em Sergipe. O deputado federal Almeida Lima precisou ir para a Justiça Eleitoral garantir sua mudança do PMDB para o PPS, alegando perseguições e outros. Recentemente fez as pazes com os dirigentes estaduais após a humilhante campanha eleitoral para prefeito de Aracaju no ano passado. Voltou como se nada tivesse ocorrido. E o pior: a própria imprensa achou tudo natural.

O outro caso foi o do ex-senador Albano Franco que retornou ao PSDB. Albano deixou o partido em 2011 e não se filiou a nenhum outro após ter sido humilhado pela direção nacional ao perder a liderança estadual do partido por conta da interferência do DEM (dita por ele próprio a imprensa). Retornou agora a pedido de amigos e das lideranças nacionais. Aquelas que no passado o deixaram  desmoralizado.

E assim caminha boa parte da classe política. Vão e voltam. Como se tudo fosse natural. O pior é que eles estão certos. O eleitorado  que deveria ficar em alerta tem memória curta.

Atenção Sefaz: caminhões do município de Coronel João Sá sem fiscalização
Ontem, 07, no programa de George Magalhães, na Mega FM, um fiscal da fazenda denunciou que diariamente vários caminhões do município de Coronel João Sá (BA), entram no Estado de Sergipe sem fiscalização alguma. É grave: por qual motivo os caminhões não são fiscalizados? De quem são? Quais os produtos? Atenção delegacia das defraudações!

Cenam. Não deram ouvido ao blog. Vão cometer o mesmo erro de 2007
Pelo jeito o governador em exercício, Jackson Barreto resolveu cometer o mesmo erro de 2007, quando o governador Déda, cansado das constantes fugas no Cenam passou o comando para a Secretaria da Justiça. Deu até denúncia de tortura. Na reunião de ontem, as mesmas figurinhas de 2007. Não foi por falta de aviso. Lamentável!

Rodovia do Crasto
E na assinatura da ordem de serviço para construção da rodovia ligando o povoado Crasto a sede do município de Santa Luzia do Itanhy, o deputado Augusto Bezerra assinou como testemunha, a convite do governador em exercício Jackson Barreto. Não foi surpresa para todos a presença dele.

Lixo hospitalar onde só pode resíduos da construção civil
Ontem, 07, moradores do povoado Tabocas  enviaram a foto ao lado mostrando que o caminho que faz a coleta de lixo hospitalar da empresa

Morador enviou foto de caminhão do lixo hospitalar na entrada da unidade.

Torre estava  na porta da Unidade de tratamento e resíduos da Construção Civil. Um absurdo! E o pior: a Adema é conivente. Espera-se que o Ministério Público Estadual soma-se à luta solitária do MPF e dos moradores. E uma fiscalização séria descobre logo. Segundo moradores o lixo hospitalar está sendo coberto pelos entulhos.

Manifestação
É por isso que moradores do povoado Tabocas realizaram uma manifestação na semana passada e promete mais algumas até que as providências necessárias sejam tomadas. Querem transformar o local num aterro mesmo estando próximo a um aquífero. Tomará  que o Ministério Público Federal consiga interditar de uma vez por todas o aterro que a Adema liberou na área para a empresa Torre.

Diálogo com a polícia civil
O governo do Estado precisa abrir um diálogo com os escrivães e policiais civis que começaram com a Operação Padrão. Mesmo com a situação financeira delicada o governo deve ouvir a categoria que deseja uma diferença salarial que foi dada aos delegados. A reposição dos delegados foi dividida em vários meses. Os escrivães e policiais são em número bem maior, mas uma proposta escalonada de  longo prazo poderia resolver o problema.

Rogério reúne quase três mil petistas em ato no Iate Clube
“ ”Militação”, militância e ação” assim foi denominado o grande ato em apoio das candidaturas do deputado federal Rogério Carvalho a presidente estadual do PT e do deputado estadual Francisco Gualberto a presidente  do Diretório Municipal de Aracaju.  O militante histórico Rômulo Rodrigues foi o primeiro a falar e disse que o grande ato, que reuniu quase 3 mil pessoas de todas as cidades do Estado, representou um novo tempo “Nós estamos encerrando um ciclo e encerrando outro. E o novo ciclo será construído pelas mesmas parcelas que construíram o PT.

Juventude
Lideranças de todo o Estado falaram no ato. Aby Custódio, representando a juventude do PT, comentou “ Nós temos aqui, Rogério, todos do mesmo tamanho, desde o deputado ao simples militante. Foi esse público que está aqui que foi vetado. Mas a resposta é essa: vamos ganhar no primeiro turno!!! Rogério Carvalho presidente!”, disse.

Mudança no PT
“ Um dia de segunda feira, depois do trabalho, as pessoas saem do Estado inteiro para vir aqui a Aracaju para uma plenária linda como esse. Uma vez eu disse a um politico, o seu partido é de gaveta, em que duas ou três pessoas escolhem o presidente. Aqui não, aqui é o partido dos trabalhadores”, avaliou Roberto Araújo prefeito de Poço Redondo.“ Esta aqui uma pessoa que vai mudar o partido”, avaliou o prefeito Walter de Malhada dos Bois.

História
Francisco Gualberto, candidato a presidente ao Diretorio Municipal de Aracaju, relembrou momentos marcantes da história do PT e de antigos companheiros, além da própria historia “ Através do PT nós elegemos o maior governador da história desse Estado. Não se podem arrancar a alegria dos militantes do PT. Não importa se tem um, dois dez anos, é PT. Esse partido não pode continuar assim. Esse Partido tem história.

Futuro
Por fim, encerrando o grande ato, o candidato a presidente do PT, Rogério Carvalho: “Todos nós estamos aqui em uma segunda feira a noite porque a gente quer dias melhores. Porque todos nós desejamos um futuro melhor. Todos nós desejamos um futuro melhor. Todos os que estão aqui tem do fundo da sua alma o desejo de colocar o tijolo no futuro que vamos viver. A vontade o desejo, a construção, a historia do seu povo e a sua riqueza. As vezes a riqueza é negligenciada. Esses é o maior erro que podemos cometer na politica: “ se achar mais importante”. É achar que a história é menos importante. Não é. É o somatório.”

Orgulho
Rogério disse que deseja ajudar a construir o PT como o partido mais forte de Sergipe. “Um partido onde cada militante vai ter orgulho de construir uma vida melhor para seu partido. O nosso projeto é apostar que cada um tem o que dizer na política. Vamos ter força necessária para ter a liderança e liderar o povo de Sergipe, com o objetivo de fazer da nosso Estado mais justo, uma sociedade mais feliz. A presidente Dilma assumiu o risco de promover um debate politico com a sociedade. Um partido não pode parar de se mobilizar. O nosso desafio  é trazer todos os petistas de volta”, concluiu.

Dom Lessa silencia com manifestação contra padre Américo
O blog já fez diversos relatos de problemas causados pelo padre Américo, da paróquia de Macambira. Inclusive a conduta

Manifestação contra o padre

nitidamente partidária dele, pedindo votos para o PT. O site http://www.sergipemais.net publicou matéria informando que no último domingo, a população de Macambira aproveitou a visita do Núncio Apostólico, Dom Geovane, representante do Papa Francisco, em Socorro, para realizar uma manifestação.

Dom Lessa silencia com manifestação contra padre Américo II
“Na ocasião, ao chegarem em frente da Igreja, foram surpreendidos com cartazes e faixas, trazidos por moradores de Macambira-, em protesto as atitudes do Padre José Américo, citando diversas situações onde o referido Padre, persegue, maltrata e humilha, macambirenses, no alta em suas celebrações; e pelas ruas, onde o mesmo é frequentemente intimado à justiça por tentativas de atropelamentos, entre outras ações que pesam sobre o padre Américo.Com tudo a comunidade, anseia apenas o direito de serem católicos e frequentar as missas com paz e harmonia. Coisa que hoje é impossível devido as ações do padre Américo, a frente da Paróquia de São Francisco de Assis”.

Dom Lessa silencia com manifestação contra padre Américo III
A matéria diz ainda que o dossiê já foi entregue a Dom Geovane. Pelo que o blog foi informado moradores já fizeram abaixo-assinado e até um dossiê foi entregue ao arcebispo de Aracaju, Dom Lessa. Mas parece que ele morre de amores pelo padre. Porque deixou o dossiê de lado ao invés de ouvir a comunidade local. Ou seja, está na contramão do que prega o Papa Francisco, de ir às ruas ouvir o povo Pelo jeito o dossiê terá que chegar as mãos do Papa Francisco para que Dom Lessa tomar as devidas providências. Certamente a Igreja que prega o Papa Francisco não é a mesma que ele deseja.

Proposta de Ana Lúcia punirá trotes eletrônicos
Os trotes a serviços públicos de emergência representam à sociedade um problema muito mais grave que uma brincadeira de mau gosto. "Além de gerar atraso no atendimento e provocar até mesmo o óbito de pacientes que precisam de atendimento médico de emergência, os trotes geram um prejuízo financeiro aos cofres públicos", alerta a deputada Ana Lúcia.

Mil reais de multa para cada trote
A deputada estadual Ana Lúcia (PT), apresentou projeto de lei que prevê medidas de contra a prática dos trotes telefônicos aos serviços públicos de emergência em Sergipe. Se o PL for aprovado, serão aplicadas multas de mil reais em caso de comprovação de trote, valor que deverá ser reajustado anualmente. O projeto prevê ainda que, em caso de reincidência, a taxa será duplicada.

Notificação e recurso
Após a multa, o infrator e responsável pela linha que originou o trote receberá notificação da multa via correios. A notificação deverá incluir a data da ligação, o horário e os dados do infrator, além do prazo para apresentação de recurso da notificação da penalidade, fixado em 15 dias a partir da data da notificação.Os recursos arrecadados com o pagamento das multas serão destinados ao Fundo Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (FEDCA), conta gerida pelo Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente.

PRF autorizou festa às margens da BR-235?
Quem passou no último domingo pela BR-235, passando pelo povoado Rio das Pedras, em Itabaiana pode perceber uma irregularidade que poderia ter causado um grave acidente. Uma grande festa as margens dos dois lados da rodovia federal, inclusive com trio elétrico. É preciso que a PRF não permita festas numa às margens da BR. Fica o conselho.

Jairo de Glória se filia ao PRB
Em clima de festa,  a executiva estadual do PRB em Sergipe realizou na noite da última sexta-feira, 04, mais um ato de filiação.   Desta vez,  a de Jairo de Glória. O evento aconteceu no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Nossa Senhora da Glória que ficou pequeno para dezenas de glorienses que foram prestigiar. Além deles, participaram os vereadores do município, o vereador e presidente do PRB em Sergipe, Jony Marcos;  a vereadora da Barra dos Coqueiros, Salete Silva e o prefeito de Canindé, Heleno Silva.

Nomes
Durante a solenidade o prefeito Heleno comentou o ingresso dos grandes nomes ao PRB-SE. “ Na última terça-feira, 01,  filiamos o ex-prefeito de Estância, Ivan Leite e agora estamos honrados com a filiação de Jairo. Diante deste clima tivemos a certeza que ele é uma grande liderança em nosso sertão sergipano. Um homem que perdeu por apenas 100 votos a eleição em Glória para prefeito. Pensaram que Jairo estaria abandonado mas estamos aqui para dizer a ele que conte conosco e com o povo de Glória", discursou Heleno.

Pré-candidato
Já filiado, Jairo de Glória  foi disputado por vários partidos em Sergipe mas frisou que estava feliz em ter escolhido o PRB. “ Hoje eu estou aqui com os meus amigos e digo a vocês,  sou pré-candidato a deputado estadual com o apoio do povo, do meu novo partido e de Deus. E entro na luta para ganhar", enfatizou Jairo.

Posse

O prefeito de Japaratuba, , Hélio Sobral Leite, empossou na manhã  de ontem, 07, o ex-deputado Jorge Alberto, como secretário de Saúde da cidade. O novo responsável pela pasta municipal, substitui a vereadora Siziana Alcântara que assumirá novos desafios em Japaratuba.

Santa Maria : PMA já fez a sua parte
Pactuado em meados do mês de setembro, o acordo entre Prefeitura de Aracaju e Governo do Estado, com relação às obras de urbanização das invasões do bairro Santa Maria, já foi cumprido por parte da gestão municipal. Toda a parte de liberação já foi feita pela PMA, faltando apenas o serviço que deve ser realizado pelo Deso.

Desapropriação
Durante reunião ocorrida no Palácio de Veraneio, o prefeito João Alves Filho, juntamente com o seu vice, José Carlos Machado, acordaram com o governador em exercício, Jackson Barreto, que a PMA seria responsável pela desapropriação de algumas residências da localidade para, logo em seguida, o governo, através do Deso, desenvolver as obras de drenagem e esgotamento.

Acordo cumprido
Por parte da PMA, o acordo já foi cumprido. De acordo com o secretário de Infraestrutura, Luiz Durval, toda a liberação já foi feita pela prefeitura. "Os detalhes que dependiam da prefeitura já fora viabilizados. Desapropriamos as casas do local e já estamos com os cheques em mãos para ressarcir os moradores como devido. Além disso, tínhamos que liberar uma rua do local e já o fizemos. Agora, dependemos que o Deso conclua suas obras para que possamos dar continuidade", explicou Luiz Durval.

Pavimentação
Logo depois que as obras de drenagem e esgotamento forem concluídas, a prefeitura poderá realizar a pavimentação do local. "Não há mais nada que impeça essas obras. A Emurb já está à espera desta conclusão e vamos tentar agilizar o máximo possível o que depender de nós", afirmou o presidente da Emurb.

Pelo IFS
O senador Eduardo Amorim (PSC) foi homenageado na manhã  de ontem, 7, pelos gestores e professores do Instituto Federal de Sergipe (IFS) em encontro realizado no gabinete do reitor da instituição, Ailton Ribeiro. Além de ter sido lembrado por receber os pleitos do IFS sempre de forma humilde e empenhada, Ailton Ribeiro agradeceu Eduardo Amorim por ter pedido secretário executivo do Ministério da Educação, , professor Paim, a liberação de cerca de R$ 22 milhões no orçamento da União para a reforma a sede do IFS em Aracaju e no resto do Estado.

Gabinetes
“Enquanto alguns falam, tentam denegrir nossa imagem, a gente segue trabalhando. E nossa ideia é trabalhar por Sergipe, em todas as frentes, fazendo o que estiver ao nosso alcance. Mas se alguns têm preguiça de procurar o que nosso mandato tem feito por Sergipe, sugiro que saiam de seus gabinetes e estúdio de rádio, saiam do conforto do ar-condicionado, e venham ao IFS constatar apenas uma das muitas iniciativas nossas”, alfinetou Eduardo.

Prisão ex-prefeito
Ontem ,7, a Polícia Federal encaminhou informações sobre o cumprimento de um mandado de prisão contra o ex-prefeito de Indiaroba, João Eduardo Viegas Mendoança de Araújo, de 45 anos.De acordo com a PF a prisão ocorreu na última sexta-feira, 4, em Brasília/DF, em cumprimento ao mandado expedido pelo Juiz Federal da 7ª Vara da Seção Judiciária do Estado de Sergipe, Rafael Soares Souza. Segundo a PF, João Eduardo Viegas responde por Crimes em Licitação.

Cadeia
O preso foi transferido para Aracaju, na madrugada de ontem, 7, chegando por volta das 00h40 no Aeroporto Santa Maria. Ontem realizou exames no Instituto Médico Legal (IML/SE), e foi encaminhado à Cadeia Pública Territorial de Nossa Senhora do Socorro/SE. (PF)

ASCORSEG apresenta projeto de Lei Municipal
A Associação dos Corretores de Seguros de Sergipe (ASCORSEG/SE) ganhou apoio da Câmara dos Vereadores de Aracaju, através do Vereador Max Prejuízo, para apresentação do Projeto de Lei que institui o dia 12 de outubro como Dia do Corretor de Seguros no calendário oficial do município de Aracaju.

Corretor de seguros
A proposição tem o objetivo de estimular a atividade do Corretor de Seguros e valorizar a categoria. “Entendemos que o projeto é relevante, primeiro por se tratar de uma homenagem aqueles que foram pioneiros e lutaram para regulamentação da profissão, segundo para servir como fonte de estímulo a todos que decidiram abraçar essa carreira e fazem dela um exemplo de determinação e comprometimento com a sociedade”, destaca Thiago Dosea, presidente da ASCORSEG.

Valorização
A iniciativa faz parte das ações do projeto de valorização do Corretor de Seguros que estão sendo desenvolvidas durante o mês de outubro de 2013. A ASCORSEG está em contato com alguns deputados estaduais visando levar esse pleito também à Assembleia Legislativa de Sergipe.

Unit no Shopping Prêmio
Na última sexta-feira (04), o Shopping Prêmio inaugurou o novo polo de Educação a Distância da Universidade Tiradentes, única instituição de ensino superior de Nossa Senhora do Socorro. Alunos, professores e autoridades estiveram presentes para prestigiar a inauguração.

Opções
Para o gestor do polo, José Barreto, ofertar o serviço dentro do shopping possibilitará crescimento e os alunos poderão contar com um leque maior de opções de cursos. “O Shopping Prêmio oferece visibilidade e poderemos dar mais conforto aos nossos alunos, por conta do espaço mais amplo. Além disso, vamos poder ofertar cursos que antes não eram ofertados. Por exemplo, o curso Unit Idiomas, cursos de extensão e pós-graduação”, comemorou.

Acesso
A instalação da universidade possibilitará que os moradores de Nossa Senhora do Socorro tenha acesso a diversos cursos de nível superior, sem que precisem se deslocar a Aracaju. “Nós queremos oferecer aos nossos alunos, algo no nível do empreendimento que é o Shopping Prêmio. Estávamos em instalações provisórias e aqui eles estão num ambiente agradabilíssimo com todo o conforto necessário para um ensino de qualidade” explicou o reitor, Jouberto Uchôa de Mendonça.

Agenda
08 de outubro – Hoje é o dia do NORDESTINO.  Há 200 anos, em 1813, Simon Bolívar entra em Mérida, na Venezuela, e é proclamado “O Libertador”. O venezuelano liderou as revoluções que levaram à Independência da Bolívia, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela. Há 100 anos, em 1913, ocorre a Segunda Guerra Balcânica, na qual os países da península Balcânica disputam o controle de territórios que pertenciam ao Império Otomano. A Sérvia sai vitoriosa. O episódio agrava as tensões entre as nações europeias e contribui para a eclosão da Primeira Guerra Mundial (1914/1918). Em 1963, há 50 anos, é realizada a quarta edição dos Jogos Pan-Americanos, em São Paulo. Em 2003, há dez anos, é finalizado o Projeto Genoma Humano, que sequenciou 99 por cento do DNA humano. No Brasil, fato de grande importância é a filiação de Marina Silva no PSB, abrindo perspectiva para ser candidata a vice-presidente na chapa de Eduardo Campos. Enquanto isso, Argentina e Uruguai descumprem determinações da corte internacional de Haia no que diz respeito à chamada guerra da celulose. Várias manifestações em todo o mundo protestam contra a prisão da ativista brasileira Ana Paula Maciel, de 31 anos, presa na Rússia. Desde 2009, 29 jornalistas foram mortos em San Pedro Sula, município de Honduras, que lidera o ranking mundial da violência.

Curtas
PROTESTO EM SÃO PAULO APOIA PROFESSORES EM GREVE NO RIO DE JANEIRO. /// LÍDERES CONCORDAM EM DISCUTIR MINIRREFORMA POR MP DO MAIS MÉDICOS. /// GRUPO DE DILMA VÊ RISCO À REELEIÇÃO, MAS MINIMIZA MARINA/CAMPOS. /// EM SÃO PAULO, MP E GOVERNO ESTUDAM NOVAS FORMAS DE FINANCIAMENTO DO TRANSPORTE. /// 30 POR CENTO DOS CURSOS ESTÃO ABAIXO DA MÉDIA NO ENADE, SEGUNDO O MEC. /// MARCHA EM APOIO A PROFESSORES REÚNE CERCA DE 10 MIL NO RIO DE JANEIRO. /// BANCÁRIOS DECIDEM MANTER PARALISAÇÃO NACIONAL, QUE COMPLETA 20 DIAS HOJE.

ESPORTE  – O  ESPAÇO DO ALCEU –  por Alceu Monteiro

Antes tarde do que nunca
Este provérbio antigo, embora pregue um certo conformismo diante dos problemas que surgem no dia-a-dia, exprime, de outra parte, uma verdade. Ou seja, melhor que uma solução seja encontrada para determinado problema, do que a continuação da situação indesejada. Referimo-nos ao grito de independência, ao alerta dos jogadores de futebol que, cansados de esperar uma providência por quem de direito, resolveram botar a boca no trombone. Esta expressão, aliás, bastante popular, quer dizer trazer à tona um determinado problema, denunciá-lo, para, assim, obter apoios significativos junto à sociedade civil. 75 atletas de futebol uniram-se para criar o Bom Senso Futebol Clube, com o objetivo de lutar contra as grandes distorções que têm ocorrido, ao longo de décadas, no que diz respeito ao calendário do futebol brasileiro. Duas são as principais reivindicações do movimento: férias integrais (30 dias), período de 30 dias também para a pré-temporada, a cada ano. Além disso, a adaptação do calendário brasileiro ao europeu, num reconhecimento de que a organização do futebol no chamado velho mundo está anos-luz à frente da brasileira e por extensão da sul-americana. O tema tem sido focalizado, nos últimos dias, pelos principais veículos de comunicação social do país, ocupando, até mesmo, as disputadas páginas dedicadas aos editoriais. Não é difícil chegar-se à conclusão de que é urgente o equacionamento do nosso calendário futebolístico. Nada como um ano de Copa do Mundo, e, importante, realizada no Brasil, para que os primeiros passos sejam dados em direção a um ordenamento que possibilite a existência de datas para as competições nacionais e internacionais sem que os jogos ocorram em um curto período de tempo, sacrificando os jogadores. A grande verdade é que o nome escolhido para denominar o movimento tem tudo a ver com a situação em que vivem os profissionais da bola, em nosso país: BOM SENSO.

Imagina depois da Copa
Artigo especial de autoria de Ronaldo Nazário, “o fenômeno”, ex-jogador e membro do conselho de administração do Comitê Organizador Local (COL), da Copa do Mundo da FIFA, defende uma mudança de posição de todos os brasileiros no que toca à Copa. “Precisamos rever a ideia de que a Copa é aonde queremos chegar, o destino da jornada. A Copa deve ser encarada como ponto de partida.” Este é o pensamento central do ex-atacante da seleção brasileira e um dos mais importantes jogadores da história das Copas.

Último capítulo
Finalmente aconteceu o último capítulo de uma novela que já estava enchendo o saco de todos. O River Plate, enfim, formalizou, junto à FSF, o seu pedido de licença por dois anos do nosso futebol profissional. Sinceramente, não deu para entender o porquê de o anúncio oficial só ter saído ontem, na véspera do lançamento da Copa do Nordeste, competição em que o Confiança representará o nosso Estado, ao lado do campeão de 2013, o Sergipe. Se essa posição agora tornada oficial já estava praticamente adotada desde um mês atrás, o galo levou muito tempo para ser cozinhado. São esses episódios que contribuem para corroer a credibilidade do futebol sergipano como um todo.

Copa do Nordeste
É bom lembrar que de todas as competições regionais criadas há anos, foi a Copa do Nordeste a única que deu resultados positivos. A CBF, com ciúmes, interveio e proibiu a realização da competição regional do Nordeste. Somente no ano passado a entidade MATER resolveu dar apoio à Copa, cujo lançamento oficial vai acontecer, hoje, em Salvador. 16 clubes participarão do certame, agora promovido pela CBF/Liga do Nordeste. A partir de 2015, clubes do Piauí e do Maranhão também serão integrados ao torneio.

Bom senso
O presidente José Maria Marin, da CBF, cumpriu o prometido e recebeu, ontem, uma comissão formada por cinco jogadores profissionais, para discutir com a entidade vários pontos que são motivadores do movimento chamado Bom Senso Futebol Clube. Os jogadores recebidos por Marin na sede da CBF foram Paulo André (Corinthians), Dida (Grêmio), Seedorf (Botafogo), Juninho e Cris (Vasco). A reunião transcorreu num clima de entendimento. Os 5 pontos abordados no ofício entregue na semana passada foram: 1. Calendário; 2. Férias; 3. Pré-Temporada; 4. Fair-play financeiro e 5. Representação nos Conselhos Técnicos. O presidente José Maria Marin assegurou que dentro de duas semanas haverá novo encontro para discutir os temas sugeridos pelos jogadores de futebol.

Memória do esporte
O8 DE OUTUBRO – Em 2003, inconformado com a má fase do time, o atacante Edmundo, do Vasco, desabafa a um repórter da Globo, no intervalo da partida contra o Juventude, no Maracanã: “O juiz me xinga, a torcida vaia e ainda estou quatro meses sem receber. Está bom?” – O Vasco empatou por 1 a 1, e Edmundo assinalou o gol do time carioca.

Jogo rápido
Seleção brasileira já está na Coreia do Sul para enfrentar, no sábado, a equipe local, em jogo amistoso a ser disputado em Seul. /// Luís Roberto foi reeleito, ontem, para presidir o Confiança por novo período de três anos. /// River Plate só vai dar entrada em ofício hoje, na FSF. Pede licença por dois anos. Mas o seu retorno é bastante improvável. /// O técnico Guidon, do Canindé, está insatisfeito com a situação de seu clube. Promete tomar providências enérgicas no treino de hoje. /// O deputado do PSDB/RJ, Otávio Leite, que é sergipano, propõe medidas para conceder aposentadoria aos jogadores de futebol. Fala em manter contato com o Bom Senso Futebol Clube.

PELO TWITTER

www.twitter.com/italomarcos__  Uma campanha "vença na vida e não conte a ninguém"

www.twitter.com/clovis_silveira  A idade é um número, a maturidade é uma opção!

www.twitter.com/tiagoamelo  Semana dos pagamentos das contas. Triste põe tê-las, alegre por quitá-las!

www.twitter.com/DepAlmeidaLima  #CamposMarina Em Sergipe os plantonistas estão vendo chifre em cabeca de cavalo. Quantas vezes partido já fez aliança diferente no estado?

www.twitter.com/RodrigoPaixaoSE  Marina tirou o PSB de Sergipe da moita (Com todo respeito) Ressurgiu ao cenário político, andava meio "sumido". Lembrem q política é posição

www.twitter.com/esmeraldoleal  MARINA, apesar de evangélica, está cheia de ódio no coração. Parece que é da mesma congregação de Silas Malafaia e Marco Feliciano!

www.twitter.com/JoseRaimundos  Tem ratos demais para pouco queijo.

NOTA PÚBLICA

Diretoria do Banese divulga nova proposta para o final da greve

A Diretoria Executiva do Banese está divulgando uma 2ª proposta para chegar a um acordo para o final da greve dos bancários na instituição. A nova proposta, cuja implantação está condicionada ao imediato retorno de todos os empregados do Banco ao trabalho, foi encaminhada através de ofício ao presidente do Sindicato dos Bancários, José Souza, e será votada nesta segunda-feira, 7, às 18h30, na sede do Sindicato dos Bancários.

É o seguinte, na íntegra, o ofício que foi encaminhado pela Diretoria do Banese para o Sindicato dos Bancários:

“Senhor Presidente,
Cumprimentando-o cordialmente, encaminhamos em continuidade as tratativas pertinentes ao Acordo Coletivo 2013/2014, proposta especificada a seguir, cuja implantação fica condicionada ao imediato retorno de todos os empregados do Banco ao trabalho:
1)            Compromisso de manutenção das garantias e benefícios já adotados em acordo do ano anterior, relativos a Minuta Específica Banese;
2)            Reajuste salarial no mesmo índice a ser definido no acordo nacional da FENABAN/CONTRAF, conforme proposto pela FENABAN em nível nacional;
3)            Pagamento de abono de R$ 700,00 (setecentos reais);
4)            Alteração de 2,7(dois virgula sete) para 3,1 (três virgula um) das moedas destinadas aos Coordenadores de Caixa, Atendimento e Retaguarda, em atendimento a Cláusula Trigésima Primeira;
5)            Garantir a representação sindical de base no Banco, constituída por iniciativa do Sindicato, sendo 5 (cinco) representantes para todos os funcionários do Banco, condicionado a que as reuniões não coincidam com o horário de trabalho, assegurando-se a garantia de emprego na forma do artigo 543 da CLT, em atendimento a Cláusula Décima Oitava;
6)            Reajuste de 10,0% (dez por cento) na função gratificada dos Coordenadores de Caixa, Retaguarda e Atendimento, acima do reajuste definido no acordo nacional, em atendimento a Cláusula Trigésima Quarta;
7)            Adesão ao Programa Vale Cultura assim que for normatizado pelo Governo Federal em atendimento a Cláusula Quadragésima Segunda;
8)            Redução da taxa de juros e ampliação do prazo praticado nas operações de empréstimos da modalidade consignado, para os empregados da ativa, licenciados e aposentados, conforme a seguir, em atendimento a Cláusula Quinquagésima Segunda:
Prazo    Taxa %
Até 12 meses    0,80
De 13 a 24 meses            1,10
De 25 a 72 meses            1,20
Considerando o momento atual, reiteramos que sejam empreendidos esforços com vistas ao retorno imediato de todos os empregados ao trabalho, contribuindo para minimizar as perdas e desgastes de imagem, bem como para a melhoria dos resultados.

Limitados ao exposto, firmamo-nos, Atenciosamente,Diretoria Executiva Banese”

DO LEITOR

Agradecimento ao povo de Propriá.
Do professor Ludwig Oliveira: “Obrigado, sou grato por tudo, por pessoas que me apóiam e me acolhem com tanto carinho, pessoas que jamais me viram e/ou me conheceram, pessoas que comentam curtem e compartilham as minhas postagens, não é uma precipitação de minha parte, mas independentemente dos eventos marcados para os dias 18 e 19/10 “Serenata na Rua” e a “Seresta Dançante”(o baile no Tênis) respectivamente serem ou não o sucesso que vocês estão supondo eu tenho que reconhecer que as amigas e amigos de Propriá, não citarei nomes, pois são inúmeros que têm devotado a mim algo que jamais tive, a atenção, o reconhecimento, o carinho, enfim, lhes asseguro que este é o meu “lucro maior”, pois o lucro financeiro que por acaso venha será repassado aos meus sempre amigos músicos, músicos estes escolhidos por mim, que aliás estão postergados ao anonimato, a obscuridade, que não são contratados por promotor de eventos nenhum por acharem que são “démodé”, pois prá mim eles foram, são e serão os melhores, foram eles, Medeiros, Reginaldo Marinho, Djalma, Edildécio Andrade, Gravatinha, os conjuntos musicais Os Átomos, Raio Laser , Os Águias, Os Notáveis, Embalo Z, Lordão…que embalaram os casais que se enamoravam nas décadas de 60 e 70, épocas do élan amoroso, das verdadeiras e duradoras paixões, do amor verdadeiro e respeitoso. Escolhi Propriá para nela darmos o ponta pé inicial do “Projeto” por gostar muito, por ter passado parte de minha infância e pelos co-autores César Cabral e Wellington Pascoal. Vamos todos irmanados e juntos num só ser movimentar por dois dias esta que foi uma das minhas grandes paixões, PROPRIÁ. Ver-nos-emos.”..

Rede elétrica do Colégio Estadual 28 de Janeiro
Carlos Alexandre N. Aragão (mestre em Letras – UFS/Tutor da UNIT e da UFS/UAB/Professor da rede estadual de SE): “Sei

que ando sendo um saco com a permanência da tentativa de resolver uma situação que dura mais de ano no Colégio Estadual 28 de Janeiro, situado no município de Monte Alegre de Sergipe. Na última sexta-feira, 04/10/13, só ocorreu aula em duas salas de aula durante o turno noturno, pois a cada dia as lâmpadas vão sendo queimadas ou nem acendem por conta do nível baixo da energia transmitida. impossibilitando a realização das aulas. Vale ressaltar que a cada ano o número de matrícula neste turno cai bruscamente, mas como manter os estudantes na escola se não temos o básico? Durante o dia o problema não é a iluminação e sim o calor insuportável. O colégio recebeu 30 ventiladores no mês de abril, mas não tem como colocá-los para funcionar, porque a rede elétrica não comporta e quando funciona pega fogo, podendo causar mais um incêndio como ocorreu no primeiro semestre. Toda esta situação já é do conhecimento do diretor da DRE'9 e do Secretário de Estado da Educação, mas nada, até o momento foi feito. Será que devemos realizar um abaixo-assinado e formar uma comissão? Será que algo pior deve acontecer?”

Inúteis… A gente somos inúteis?…
Do leitor Dinho Santana: “Ainda no dia 30/09, publicou o Adiberto de Souza no blog dele meu comemtário: "Partido de presente Adelson Barreto não escondia a satisfação …"; no último dia 30 publicou o Cláudio Nunes, meu comentário: Alguém tem dúvidas?…Lendo o seu e apesar de não pactuar com a política da arte de enganar o próximo quanto mais próximo, além de como dito/utilizado pelo próprio Albano Franco: "Em Sergipe todos se conhecem"! Vejo com certa tristeza uma outrora força política mendigando espaço para possíveis candidaturas! Tomado do seu comando, hoje estar recebendo uma: "enxurrada de telefonemas de tucanos convidando o ex-governador Albano Franco para retornar ao ninho do PSDB." Seu filho filiado ao PDI – Partidos dos Amorim/Ivan Valença, filiou-se ao PTB! Minhas desculpas; “As línguas dos bajuladores são mais macias do que seda na nossa presença, mas são como punhais na nossa ausência.”  – Frases Hindus. Já na data de hoje 07/10, trouxe o Adiberto de Souza no bloga dele: Ao povo, bananas Mais uma vez, o Congresso enganou o povo/ O internauta Jorge Luiz ajuda a desmascarar a balela: “Como dar essa atribuição aos partidos se a maioria tem dono? Sergipe é um exemplo acabado disso: DEM (João Alves), PSB (Valadares), PPS (Nilson Lima), PMDB (Jackson), PRP (Pastor Heleno), PTB (agora Adelson Barreto), PSDB (Machadão), e PSC e afilhados (Edvan Amorim)”. Vê-se que antes de uma reforma para moralizar a política, quem está no Congresso deseja mesmo é manter as legendas fracas para aumentar o poder de mando dos ‘coronéis’. Trazendo você Claudio também no dia 07/10, as notas: Francos no PSDB, aliado de João Alves/Franco no PTB de Edvan Amorim/Franco no PTB de Edvan Amorim e por fim; Franco apoia Jackson Barreto! Quanto a dizer que: "Foi o que pesou também para o ex-deputado Jorge Alberto continuar no PMDB". A empáfia montada pelo citado e outrora chefe da Casa Civil, mantido conforme declarações do governador:Infonet – Blogs – Adiberto de Souz05/08/2013 – 08:01 Estranhou – E o governador Jackson Barreto estranhou as críticas que lhe foram feitas pelo ex-secretário da Casa Civil, Jorge Alberto (PMDB). Ouvido pelo colega Gilvan Manoel, Jackson disse que, embora tenha sido exonerado no final de 2012, o peemedebista permaneceu no cargo para incorporar à aposentadoria as vantagens salariais de um secretário. Gilvan revela ainda que Jorge resolveu atacar Barreto para obter espaço em outros grupos políticos e viabilizar uma candidatura em 2014. Ao que soube ficou com um prêmio de consolação,  para as bandas de Japararuba, como secretário do prefeito Hélio Sobral! Nelson Mota em seu Artigo publicado em 04/10; A história confirma: voto obrigatório é coisa de ditaduras, de esquerda ou de direita, como forma de legitimar o ilegítimo e dar uma aparência de democracia ao regime./no Senado, num arremedo de reforma política, a proposta de tornar o voto facultativo foi derrotada por 16 x 6 na Comissão de Constituição e Justiça. Petistas e tucanos se uniram na defesa do atraso: “O voto obrigatório tem sido um instrumento importante para incorporar as massas ao processo democrático. A supressão do voto popular contribuirá para a elitização da política brasileira”, disse um deles. Portanto é como dito: "Você começa a ter certeza que está fazendo a coisa certa, quando passa a incomodar muita gente." – Ândria Bonfim. Saúde e paz.”

Perplexidade de um servidor
E-mail enviado por um servidor público: “Após vários anos de promessa reiterada, a Atual Administração fez chegar ao SINTRASE, não um Projeto de Lei, trazendo em seu bojo um Plano de Carreira de Cargos e Salário como o funcionalismo público esperava e merece, mas, tão somente, uma proposta incompleta a ser discutida e avaliada pelos seus filiados, em assembléia, o que de fato aconteceu no dia 26 do corrente ano, às 9 horas, no auditório do Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe – outrora palco de grandes discussões e lutas do funcionalismo público –, onde todos tinham voz, voto e vez em suas reivindicações, de forma democrática e transparente e, por isso mesmo, muito dos benefícios conseguidos se deve a essa união de forças.  Infelizmente, a quase totalidade de nossas conquistas estão a ponto de serem suprimidas e, o que é mais grave, com o beneplácito do nosso Sindicato, que não conseguiu enxergar que, a longo prazo, todos perderão com a proposta encaminhada pelo governo, podendo-se afirmar, inclusive, que, de imediato, parte do funcionalismo de nível médio e os de nível superior ficarão com seus salários abaixo do que atualmente estão recebendo e para que isso não aconteça, a solução encontrada foi criar uma espécie de abono.É preciso pontuar, que faltou na referida assembléia a necessária transparência, pois a tabela que foi entregue não se fez acompanhar do conteúdo mais detalhado da proposta, o que, por certo, levou muitos dos filiados, à primeira vista, a achar que houve um certo avanço.Em verdade, a proposta encaminhada conseguiu ser pior do que a do plano em vigor, por uma série de fatores, senão veja-se;
a) Só algumas categorias sairão – por algum tempo –, ganhando, ficando, no entanto, impedidas de ir avante a partir de um certo patamar, tendo em vista a perda dos direitos conquistados ao longo de toda uma caminhada de lutas;
b) Aqueles que, por ventura, tenham conseguido superar o último valor da tabela (notadamente os de nível superior), receberiam uma espécie de abono e, por castigo, esse abono ficaria congelado até se enquadrar aos valores da tabela. Em suma, não haveria para essa categoria nenhum avanço salarial, só perdas no longo prazo, o que é inconstitucional e fere, inclusive, o Estatuto do Funcionalismo Público;
c) Foram incorporados, de forma consciente e dolosa, direitos que jamais deveriam estar no bojo das incorporações, a exemplo de vantagens ganhas judicialmente, o que demonstra o descaso dessa proposta com a coisa julgada e os direitos adquiridos que, como é sabido, são considerados cláusulas pétreas pela Constituição Federal Brasileira. Em outras palavras, são imutáveis, o que ensejará várias demandas na justiça e o Governo sabe muito bem disso;
d) Para se chegar ao último nível da tabela, ter-se-ia que trabalhar 60 anos, tendo em vista que esta apresenta 15 níveis e para se passar de um nível para outro é preciso trabalhar 4 anos. Ressalta-se, no entanto, que a proposta prevê mecanismos que pode levar, mais rapidamente, o servidor a subir de nível, a exemplo de avaliações de eficiência e participação em cursos de aperfeiçoamento.
e) No entanto, embora haja tais mecanismos, o servidor, para ascender ao último nível, teria, quase sem pausa, de freqüentar cursos e mais cursos e, mesmo assim, sobrariam anos a serem percorridos. Quanto às avaliações, estas são muito subjetivas e a proposta encaminhada não definiu sua periodicidade, nem, muito menos, quais os critérios avaliativos;
f)  Ainda com relação ao avanço de níveis, é fundamental esclarecer e denunciar que a lógica ainda é mais perversa para aqueles com mais tempo de trabalho, principalmente para os que já têm tempo suficiente para se aposentar. De fato, só para exemplificar, um servidor com 32 anos de trabalho e enquadrado no último nível e na última letra, retrocederia nessa nova tabela, pois ficaria no nível 8 que corresponde ao salário de R$ 2.092,99, bem menor do que atualmente ganha, devendo o que sobejar virar uma complementação congelada até seu completo desaparecimento. É Justo?
g) Além disso, para um servidor, nessas mesmas condições, chegar ao último nível que, corresponde ao irrisório valor de R$ 2.945,00 – se comparado a outras categorias–, teria que trabalhar mais 28 anos e, mesmo assim, ficaria abaixo do que vem recebendo. Em síntese, a impossibilidade é inquestionável, até porque, 28 anos a mais de trabalho ultrapassariam o limite da aposentadoria compulsória que é de 70 anos, a menos que esse limite aumente, ou seja, de 83 para mulher e 88 para o homem. 
Pela entrevista do presidente do Sindicato, essa talvez seja a solução, haja vista que afirmou, com todas as letras, em um programa de rádio matinal, que o adicional de um terço que o funcionalismo ganha quando completa 25 anos de labuta deve ser mesmo retirado, partindo do fato de que quando se consegue tal benefício o servidor pede a aposentadoria, contribuindo para aumentar o déficit previdenciário.
Ora, o déficit previdenciário é um problema a ser resolvido pelos gestores do governo e não pelo Sindicato, que, segundo consta em qualquer estatuto, tem como papel preponderante representar seus filiados e não parte dele, a menos que se queira, ao mesmo tempo, servir a dois senhores, que acredito, sinceramente, não ser o caso.
Além disso, um Plano de Cargos e Salários que se preze, necessariamente, há que garantir ao trabalhador uma carreira com perspectivas claras de crescimento e vantagens ao longo dos anos. É o que se chama de recompensa à “mais valia”, pela experiência e conhecimentos acumulados.
  Nesse sentido, é fundamental chamar a atenção que nenhuma categoria de servidores aceita perder direitos sem uma contrapartida que realmente valha a pena, prova disso são os inúmeros Planos de Cargos e Salários elaborados por diversas categorias que tentam negociar isoladamente com o governo uma tabela que dê maior dignidade a sua profissão, a exemplo dos engenheiros civis, servidores da saúde, da educação, dentre outras.
Por fim, devo advertir que essa proposta é bem capaz de ser encaminhada para análise e aprovação da Assembléia Legislativa, pelo simples fato de ser insignificante o seu peso na folha de pagamento, justamente por não haver ganhos. Aliás, essa proposta do Governo foi elaborada para provocar o menor impacto possível aos cofres públicos, mesmo ao arrepio da lei. Em síntese, tenta-se a façanha de fazer omelete sem quebrar os ovos. Portanto, pode-se afirmar que, para o governo, é a sopa no mel, ou seja, cumpre-se parte do prometido, que é a apresentação da proposta, mas com um mínimo de dispêndio, tendo por respaldo a aquiescência do Sindicato.
Em conclusão, a proposta em apreço é a única na história que o tempo milita em nosso desfavor, na medida em que, a cada ano, teremos nossos direitos incorporados e parte dos vencimentos corroídos pela inflação, uma vez que serão congelados e, o que é pior, sem perspectivas de avanço, à exceção, é claro, dos mecanismos de avanço interníveis para se atingir o máximo no lapso de 60 anos de trabalho e de uma avaliação duvidosa.
Diante disso, deixo a seguinte pergunta: será que a tabela proposta é melhor que a atual?  Ou é mais um engodo, uma espécie de cerca Lourenço só para ganhar tempo?
Acredito que não devíamos deixar esse esboço de Plano ser aprovado na Assembléia Legislativa da forma como o Governo o elaborou, pois não passa de canto de sereia que nos enredará de forma definitiva, e isso está claro como a luz solar, senão veja-se: o Estado alega que não tem orçamento para repor as perdas salariais no corrente exercício, e nem garante que, em 2014, tenha condições de promover tal reajuste, mas, no entanto, encaminha uma proposta que, em tese, deveria onerar muito mais o erário público de que uma simples reposição salarial. Em verdade, estão nos oferecendo seis por meia dúzia. Repito, pensem nisso para não cairmos, como amadores, na armadilha que forjaram para nós.
A nossa única esperança, é torcer, para que o Sindicato, finalmente, perceba que essa proposta não passa de um arremedo e elabore uma contraproposta que nos dignifique a todos e a Procuradoria do Estado, por sua vez, exerça, como sempre, o seu papel, sanando todas as irregularidades da famigerada proposta antes de chegar à Assembléia Legislativa para votação.
Se isso não acontecer, ainda assim, na minha avaliação, essa proposta é natimorta, pois está tão eivada de ilegalidade que, nas barras da justiça, ela não logrará êxito, assim espero.Que Deus nos Ajude.”

Blog no twitter:   www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frases do Dia
“O importante não é ser, ter ou parecer. O importante é fazer, construir e desenvolver.”

“A vida só é digna de ser vivida quando se faz algo pela vida em vida.”

Adolfo Bloch, jornalista e empresário russo, naturalizado brasileiro, nasceu em 08 de Outubro de 1908 e morreu em 1995.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários