Data Vênia

0
Heleno Silva: revendo as bases para voltar ao comando de Canindé (Foto: Arquivo Portal Infonet)

CANINDÉ. QUATRO GRUPOS DE OLHO NO MUNICÍPIO. A cidade de Canindé do São Francisco que já foi a menina dos olhos dos políticos sergipanos, passa por uma situação financeira complicada, graças a perda da receita da usina Xingó. O pastor Heleno Silva que comandava o município à época teve o maior desgaste de todos os gestores, entretanto manteve o pagamento dos serventuários em dias e honrou com os fornecedores o que não aconteceu com a gestão posterior que praticamente criou um caos no Município. Agora, pelo menos quatro grupos pretendem disputar o executivo municipal. O primeiro, liderado por Cacá Andrade, irmão do saudoso Orlandinho que teve seus dias de glória quando secretário da fazenda e da administração. Cacá é conhecido no município como um administrador de mão forte que não cede às pressões políticas, isso cria obstáculos em reunir grupos.

Cacá Andrade: espera o apoio das lideranças para sua candidatura (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Segundo, Heleno Silva que já começou a circular pelas margens do rio São Francisco e pelas bases dos “sem terra” onde mantém um eleitorado cativo e fiel. Mais leve que Cacá já sentou com algumas lideranças e planta sua semente em bom terreno buscando o retorno à chefia. Terceiro, os “Galindos”, através de Júnior Galindo que há décadas sonham com a volta ao poder. Quarto e último, um grupo formado por Marinho, Weldo, Pank e Dr. Galdino que pretendem ir para uma pesquisa sendo o melhor colocado iria para a prefeito e o segundo vice-prefeito. Com todas estas expectativas e engenharia política, nas redes sociais de Canindé, comenta-se na possibilidade da junção de Cacá Andrade e Heleno Silva e que Júnior Galindo comporia com a oposição. Caso isso venha acontecer seria difícil qualquer cientista político dizer quem ganharia as eleições na cidade ribeirinha.

Marinho: lidera a oposição mas depende do grupo político (Foto: Arquivo Portal Infonet)

ESTÂNCIA. IVAN LEITE, O ESTRATEGISTA. Ivan Leite é um lord, inclusive na maneira de fazer política. Sereno, calmo e como bom jogador de xadrez está pelo menos há cinco jogadas à frente dos seus adversários e isso o faz um político diferenciado. Tendo sua esposa – Adriana – como a atual vice, tem a pretensão de voltar ao comando de Estância, mesmo depois de ter jogado mal na fracassada campanha da esposa no último pleito. Enquanto isso sem estratégias Dr. Gilson Andrade (prefeito), Carlos Magno (ex-prefeito), Filadelfo (infante a prefeito) e Dominguinhos do PT ( também infante) se movimentam no tabuleiro aleatoriamente. Ivan na sua tranquilidade analisa o cenário e como gestor da luz estanciana espera o momento certo para ligá-la. Quase esquecemos de falar do folclórico Pititó que nunca está só, mas não se colocou ainda como pré-candidato.

CAPELA. OS VOTOS DE SUKITA SÃO OS DE SILVANY. Lá na Capela já tem três possíveis pré-candidatos ao executivo. Silvany, atual prefeita busca a reeleição com todas as forças e sabe que o páreo é duro, pois não tem o apoio do ex-esposo Manoel Sukita. Ezequiel que há quatro meses não queria nem saber de política está motivado e já disse às pessoas mais próximas que vai enfrentar o pleito. Por fora, livre, leve e solto Sukita vive 24 horas o povo capelense, mas ainda não revelou quem vai apoiar. Uns dizem que é a filha, outros que dever ser um dos 12 irmãos. O cenário é mais propício para Ezequiel porque os votos de Sukita são os mesmos de Silvany.

Posts relacionados

ARACAJU. PAULO MÁRCIO É UM DELEPRÉCANDIDATO. Mais um delegado de polícia coloca-se como pré-candidato a prefeito de Aracaju. Ele se chama Paulo Márcio que ocupou lugar de destaque no começo do governo Déda, mas logo, graças ao seu temperamento foi posto de lado. Depois de alguns anos no ostracismo volta a parecer na imprensa. Esta semana saiu em defesa da colega delegada Daniela Garcia que foi questionada por um jornalista de grande influência e renome no Estado.

JAPARATUBA. MAIS UM NOME PARA PREFEITO. O advogado Paulo Afonso que há mais de 10 anos fixou residência na cidade de Japaratuba disse que é pré-candidato a prefeito do município. Com um trabalho reconhecido na cidade este visita os povoados em busca de apoio político e, segundo ele, tem tido uma recepção calorosa. Mas para chegar à chefia do município é preciso mais que sorrisos longos e tapinhas nas costas, pois a eleição em “Japa” é uma guerra quem vai além da simpatia.

GENERAL MAYNARD. WALMIR DE NIRA VAI À REELEIÇÃO. O prefeito Walmir de Nira já se movimenta pela cidade em busca de sua reeleição. Considerado “povão” pelos munícipes, nestes três anos Walmir continua a mesma pessoa de sempre. Atende a todos, mora no município, visita os povoados com frequência e começa nestes últimos meses a colocar General no trilho com obras que seus antecessores jamais fizeram. Até o momento a oposição não tem um nome definido para enfrentar Walmir que é bem aceito pelos conterrâneos.

RIBEIRÓPOLIS: GESTOR DEVEGAR DEVAGARINHO. O prefeito Antônio Passos nunca mudou o seu estilo, talvez esta seja uma das virtudes mais nobres destes que escolheram da vida fazer política. Sempre da situação não passou os dissabores que seu filho, o deputado Georgeo Passos, enfrenta em seu cotidiano. Contudo o jeitão lento de AP não vem agradando os ribeiropolitanos que sentem saudades de Uíta Barreto que não pode se candidatar por questões judiciais e do desajeitado João de Nêga. Enquanto não há uma definição mais concreta o vereador José Silveira Neto, o Silveirinha, vem se mostrando uma grande liderança na cidade e se tiver o apoio da oposição pode vencer os Passos na cidade dos ciganos.

FREI PAULO. ANDERSON DAS CANAS ESTÁ BEM. Quando o vereador de Itabaiana Anderson das Canas resolveu ser candidato na cidade de Frei Paulo, o mundo político acreditava que seria um fiasco, pois enfrentar a tradicional família de José Arinaldo seria um suicídio político, tanto que Arinaldo colocou um sobrinho como candidato. Surpresa! Anderson vence as eleições, faz um trabalho excepcional e tem sua administração como uma das melhores do Estado. Agora AC deve concorrer com JA e não com o apagado sobrinho. Isso fará com que a política de Frei Paulo seja uma das mais acirradas.

MACABIRA. CARIVALDO SOUZA É O PREFERIDO. O atual prefeito, Luciano de Vital, não vem fazendo uma administração capaz de convencer os munícipes de Macambira a levá-lo à reeleição. Nestes três anos o município decaiu e isso fez com que os “Souzas” voltassem a ser os mais queridos. Outro ponto é que pai – Carivaldo – e filho – Ricardo – ambos ex-prefeitos parecem ser um em dois, pois são tão harmônicos que tanto faz pai e filho estes têm à mesmo carisma na cidade. Talvez esta sincronia se deve pelo rim que Ricardo há dez anos doou para o Carivaldo. Difícil para Vital vencer a dupla pai e filho.

Deijaniro Jonas: Estamos trabalhando para que o carnaval de Sergipe seja de paz, amor e segurança (Foto: Arquivo Portal Infonet)

ARACAJU. MINISTÉRIO PÚBLICO PREOCUPADO COM OS BLOCOS. O promotor Deijaniro Jonas reuniu-se com as autoridades competentes para discutir a segurança dentro e fora dos bloquinhos carnavalesco com a finalidade de evitar acidentes e outros delitos. O problema observado pelo parquet foi além da segurança foi e o bem estar dos foliões que merecem passar um carnaval de paz e harmonia. Parabéns ao MPE.

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários