Feijão para seis meses

0

Embora menor do que a registrada em 2007, a safra de feijão este ano em Sergipe será de 21.300 toneladas. A informação foi prestada à coluna pelo diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural, engenheiro Jodemir Antônio Pires Freitas. Segundo ele, a queda da produção foi provocada pela redução da área plantada nos principais municípios produtores como Poço Verde, Nossa Senhora Aparecida, Porto da Folha, Carira e Poço Redondo. Além do mais, as condições climáticas prejudicaram o bom desenvolvimento da cultura na fase de frutificação, o que provocou uma perda em torno de 50%. Jodemir acredita que a safra de feijão do interior sergipano será suficiente para abastecer o Estado por cerca de seis meses. Legal!
 

Riomar de cara nova

Uma boa notícia: toda esta semana será de inaugurações no Shopping Riomar, em Aracaju. Estarão sendo abertas lojas no primeiro e segundo pisos e na área de expansão da central de compras. Este fato representa um divisor de águas na vida funcional do mais antigo shopping da capital sergipana. Serão inauguradas as lojas Triton Eye Wear, Vibonatti, Cosmético Center, Farmácia Beira Mar, M. Oficcer, Bijou Arts, Game Station e o Hiper GBarbosa, além do novo estacionamento com mais 800 vagas, e novos acessos sociais.  
 

13º está no banco
 

Aposentados e pensionistas do INSS começam a receber hoje (25) metade do 13º salário. Vale ressaltar que nem todos os beneficiários fazem jus ao pagamento. O 13º salário não é pago às pessoas que recebem beneficio de amparo do trabalhador rural, auxílio-suplementar por acidente de trabalho, renda mensal vitalícia, abono de permanência em serviço e salário-família. Os primeiros segurados a receber a parcela do 13º salário são os que ganham até um salário mínimo (R$ 415). Quem recebe mais que R$ 415 poderá sacar o dinheiro a partir de 1º de setembro.

Adoções lentas

Apenas 10% das crianças e adolescentes que vivem em abrigos espalhados pelo Brasil estão disponíveis para adoção. Os dados são da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB). A demora da Justiça para definir se o menor deve voltar para a família biológica ou ser colocado para adoção explica os números. A pesquisa revela que a maioria das crianças em abrigos tem família, recebe visitas semanais, tem contato com os pais, ou seja, ainda não aconteceu o rompimento dos vínculos jurídicos entre a família biológica e a criança. Ela permanece no abrigo, mas não está disponível para adoção. Há ainda, de acordo com a AMB, a incompatibilidade entre a criança desejada e a disponível em abrigos.

Dia solidário

Será no próximo sábado (30) o McDia Feliz, considerado a maior mobilização nacional de combate ao câncer infanto-juvenil. Toda a renda obtida no sábado com a venda de sanduíches Big Mac, exceto alguns impostos, será revertida para projetos de instituições que atendem crianças e adolescentes em tratamento de câncer. Em Sergipe, a instituição beneficiada com a campanha é a Associação dos Voluntários a Serviço da Oncologia (Avosos).

Débito escolar
 

Enquanto a imprensa alardeia que ampliou a classe média brasileira e que tudo estaria uma maravilha no desempenho da economia, as escolas particulares estão reclamando do aumento da inadimplência por conta de queda na renda familiar da classe média. A informação está no blog de Maria Inês Dolci, na Folha de São Paulo. Segundo ela, os pais não estão conseguindo quitar os débitos, levando algumas escolas a ameaçar com processos judiciais para cobrança da dívida. Vale lembrar que o aluno em débito não pode ser penalizado durante o ano letivo, nem sofrer constrangimento.
 

Nova cara
 

Até a primeira quinzena de setembro, a Prefeitura de Aracaju vai entregar a mais nova avenida da capital. A readequação geométrica das avenidas Mário Jorge e Luiz Lua Gonzaga, na Coroa do Meio, acaba de vez com o problema dos canteiros largos e das vias estreitas e subutilizadas, que dificultavam o fluxo de veículos para o litoral e centro da cidade. Além da readequação geométrica, a obra consta de uma nova iluminação do canteiro central da avenida com 3,1 quilômetros de cabeamento subterrâneo, cerca de 100 palmeiras imperiais e ciclovia em toda a sua extensão.

Delegado não trabalha

Um muito bem pago delegado de Polícia confessou a um amigo da coluna que tem trabalhado menos de duas horas diárias. O pior é que o moço não é importunado pela cúpula da Secretaria da Segurança Pública. Quer dizer, o povo paga caro para o Dr. Delega cuidar de seus negócios particulares e se divertir. Enquanto isso, a bandidagem arromba casas residenciais, assalta, estupra, “puxa” veículos, etc. E ainda tem delegado fazendo barulho porque a Justiça sergipana considerou correto que policiais militares lavrem termos circunstanciados. Só mesmo recorrendo a uma velha madre superiora, que em situações difíceis saia-se com essa: “é Flórida”!

Almoço com colegas

Os empresários do setor de Serviços Terceirizados de Sergipe participarão de um almoço, nesta segunda-feira (30), em homenagem ao recém-empossado deputado federal Laércio Oliveira (PSDB), atual presidente da Federação Nacional das Empresas de Serviços e Limpeza Ambiental (Febrac). O encontro do parlamentar com os colegas de atividade vai acontecer a partir das 12h30, no Hotel Parque dos Coqueiros, na praia de Atalaia. 

Classificado

 

Está à procura de um emprego que paga muito bem para você não fazer quase nada? Então cole em um deputado, senador, prefeito, vereador, ou conselheiro de Tribunal de Contas. É que a maioria deles vai ter que exonerar os familiares para cumprir a decisão do Supremo proibindo o nepotismo no Executivo e Legislativo. A proibição para o Judiciário ocorreu anteriormente. Caso você tenha sorte, poderá conseguir uma “boquinha” de até R$ 10 mil sem precisar nem bater o ponto. Boa sorte!

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários