Ficha Limpa: Gol de Fux

0

O blog republica hoje artigo de Eliane Cantanhêde na FSP de hoje, 24, que reflete bem o sentimento da maioria da classe jurídica sobre a Lei da Ficha Limpa e o respeito a Constituição Brasileira:

A votação de ontem no Supremo Tribunal Federal é um alívio, ao mostrar que o Fla-Flu na mais alta corte do país acabou e da melhor forma: com a vitória da lei, da experiência e da técnica jurídica sobre o apelo fácil da demagogia.

Ninguém que não tenha rabo preso nem dívidas na polícia e na Justiça pode ser contra a Lei da Ficha Limpa. Eu, tu e nós (nem sempre eles) somos a favor de moralidade na vida pública e exclusão dos piores quadros e dos mais lamentáveis exemplos de homens públicos. A questão, porém, é que juízes não julgam pela impressão ou pela simples vontade, mas friamente com base no que está escrito nas leis vigentes e na Constituição.

Luiz Fux, que veio para desempatar, elogiou o princípio da lei, como todos nós elogiamos, mas votou de acordo com a Constituição: a Lei da Ficha Limpa foi sancionada em junho do ano eleitoral de 2010 e, portanto, só pode valer para as próximas eleições -a de 2012, municipal, e a de 2014, geral.

Dói? Dói, mas doeria mais se Fux jogasse às favas os escrúpulos de consciência e a letra da lei em favor dos aplausos e dos elogios. Para “ficar bem” com a opinião pública.

A Ficha Limpa, para ele, é “a lei do futuro, a aspiração legítima da sociedade brasileira”. Mas, igualmente, deve ser aspiração da sociedade brasileira o Estado democrático de Direito regido de fato pelo direito, não ao sabor do clamor popular e do aplauso fácil.

Que, assim como Fux teve a coragem de enfrentar as câmeras e as críticas, a Justiça brasileira a tenha também para perseguir uma sociedade mais justa, em que a lei valha efetivamente para todos. Haverá então um dia em que lei, realidade e aspirações legítimas da sociedade andem, enfim, juntas. Vai demorar? Vai. Mas devagar e sempre.

Comemorem “fichas-sujas” do PT, do PSDB, do PP, do PSB. Sem esquecer de que o Brasil avança e que quem ri por último ri melhor.

OAB afirma que decisão do STF sobre Ficha Limpa “frustra a sociedade”

“A decisão do Supremo Tribunal Federal proferida com o voto do ministro Luiz Fux, recém nomeado pela presidenta Dilma Rousseff para compor o mais importante Tribunal do país, frustra a sociedade que, por meio de lei de iniciativa popular, referendada pelo Tribunal Superior Eleitoral, apontou um novo caminho para a seleção de candidatos a cargos eletivos fundado no critério da moralidade e da ética, exigindo como requisito de elegibilidade a não condenação judicial por órgão colegiado”, diz, em nota, o presidente nacional da OAB, Ophir Cavalcante.

 

Humilhação rubra

Não bastasse a vergonha de ficar de fora do quadrangular e segurar a lanterna do campeonato sergipano de futebol, o Sergipe segue acumulando fracassos e passando por sérias humilhações. Sem idéias inovadoras para empreender e nem capacidade gerencial para superar os problemas, a atual diretoria do Club Sportivo Sergipe está recorrendo agora a uma mísera lista de contribuições para arranjar dinheiro. Ontem à noite, em dramática e constrangedora reunião de pedido de socorro, até os membros da oposição – antes hostilizados e discriminados – foram chamados e, claro, também  contribuíram financeiramente.


Saco sem fundo
Em apenas 3 meses de gestão as dívidas do clube saíram de 700 para mais de 1,5 milhão de reais graças à falta de planejamento, investimentos mal feitos, desperdícios e diversas outras ações perdulárias de gestores que, como diz um emérito torcedor, “falam muito e fazem muito pouco. Mesmo com toda boa vontade dos conselheiros e abnegados do clube, essas pequenas receitas adicionais e provisórias, vão acabar escorrendo pelo ralo. O buraco é grande. O próximo passo – como já cogitam alguns patéticos dirigentes – será vender o estádio João Hora, o que configuraria a suprema humilhação de um clube de tradições tão respeitáveis como o Sergipe.

Grupo de gestão

O presidente do Sergipe, o médico Carlos Alberto, tem boas intenções e é um homem sério e honesto, já demonstrou que é um bom gestor na área da saúde, mas futebol é outra história e não depende apenas de uma pessoa e sim de um grupo de gestão capacitado profissionalmente, além de pessoas com vontade e abnegação.

 

De Sukita a indústria de pesquisas I

Este espaço publicou ontem, 23, a seguinte nota: “20 melhores prefeitos do Brasil –

A assessoria de comunicação da Prefeitura de Capela enviou release ontem, 22, para a imprensa de Sergipe, informando que  uma pesquisa nacional de opinião pública realizada pela União Brasileira de Divulgação – UBD, em 500 municípios brasileiros apontou o prefeito de Capela/SE, Manoel Messias Sukita Santos (PSB) como um dos 20 melhores gestores da atualidade. Em 2009, o administrador já havia se classificado entre os 50 melhores pelo IBVG. A premiação será no dia 30 de março, em Pernambuco”.

 

De Sukita a indústria de pesquisas II

A nota acima despertou a atenção de muitos leitores.. Sobre essas empresas de “pesquisas” (entre aspas mesmo), existe uma indústria próspera nesse país sem lei. São tantas as empresas que promovem essa bandalheira que dá para encher o açude de Itabaiana. Tem um empresário aqui em Sergipe que topa receber tudo que é prêmio e homenagem. Ele é do ramo de empresas de segurança privada. Ele anda esse Brasil todo recebendo tais prêmios. É só pagar e depois divulgar na imprensa sergipana.

De Sukita a indústria de pesquisas III

Quanto ao prêmio de Sukita, deve ser mais um. Veja, caro leitor, no site da tal União Brasileira de Divulgação(www.ubd.com.br) que lá não tem nada que mostre qualquer metodologia de pesquisa, trabalhos realizados. Nada de Nada.No site tem apenas três links. Um que é a página principal e abre com um mapa do Brasil onde consta os “homenageados” de cada Estado. São os classificados na pesquisa. Depois outro link, é o Institucional, onde consta os nomes dos dirigentes da empresa, composta de ocupantes de cargos públicos, prefeitos e secretários municipais. E depois um fale conosco, onde consta até filial na Europa.

 

De Sukita a indústria de pesquisas IV

Nada mais que isso. Não é muito pouco para uma empresa que realiza pesquisas em todo o país, sobre educação, saúde, etc. nos municípios?O desabafo de um leitor: “Assim que li a nota, entrou no meu nariz um cheiro de esgoto danado! E quanto isso custou ao município de Capela? E as despesas de deslocamento para receber a homenagem quem vai bancar?”

Quem conhece  o governador…

Ontem, 23, uma pessoa próxima do governador Déda disse que ele tem um estilo que não aceita receber informações desencontradas, como no caso da BR-101. Ele foi informado que as indenizações são em torno de R$ 40 milhões (para  continuar no atual roteiro, passando por Umbaúba e Cristinápolis), mas os prefeitos querem ver a planilha com os dados concretos.

 

Estância

Déda chegou a dizer em entrevista que Estância quer retirar a BR1-101 de dentro da cidade, não é verdade. Ontem, na Liberdade FM, ao radialista George Magalhães, o prefeito Ivan Leite explicou que a licitação está feita e a população quer passagens de segurança como existem em outros locais. Para o futuro o prefeito defende um anel viário na rota das praias.

 

Truculência

Ainda no programa de George Magalhães, o prefeito Anderson, de Umbaúba disse que não teve discussão com ele e com o prefeito de Cristinápolis sobre a obra. Cobrou a audiência pública exigida pelo PAC e disse que passaram para o governador informações equivocadas sem mostrar outras alternativas. “Ninguém é contra o desenvolvimento, mas não de forma truculenta e desinformada”, avisou.

 

Policiamento I

Visando aumentar a ostensividade do policiamento, o comandante da PM transferiu para o Ministério Público mais dois militares. assim os cidadãos que visitarem a Procuradoria Geral de Justiça a partir de agora se sentirão mais seguros. A transferência está publicada no Boletim Geral Ostensivo nº 049 de 22 de março de 2011.

 

Policiamento II

A PM de Sergipe possui um claro de quase 2000 mil policiais militares em seu efetivo.  Entre 2011 e 2012 mais de 500 passarão para a reserva (aposentadoria). Dessa forma a sociedade tem todo o direito de reclamar sobre a falta de segurança.

sobre desvios de função esse jornalista não fala mais, pois é de conhecimento público a quantidade de PMs que estão sem fazer policiamento ostensivo, bem como os locais (órgãos públicos) onde os desviados trabalham. Só nos restar pedir proteção a Força Nacional. Ops, lá também tem mais de 50 PMs de Sergipe.

 

Compadres por consideração

E ontem, 23, durante a reunião das comissões na AL, o clima de ironia tomou conta do ambiente. Em dado momento, o líder do governo, Francisco Gualberto disse que se tivesse conhecido Venâncio Fonseca, há muito tempo, teria pedido para ele ser padrinho dos seus filhos. Já Venâncio retribuiu a ironia informando que não tinha problema não passari a ser padrinho por consideração. Os dois, deixando de lado as divergências político-ideológica têm um excelente relacionamento pessoal, como deve ser na democracia.

 

Nota Pública – Partido Comunista do Brasil I

O Partido Comunista do Brasil em Sergipe vem a público rechaçar toda e qualquer tentativa de macular a imagem do Prefeito Edvaldo Nogueira. Durante os seus cinco anos, o governo Edvaldo Nogueira é marcado pelo respeito ao dinheiro público, pela ética e pela realização de importantes obras e ações que tem colocado o município de Aracaju no caminho da qualidade de vida e da modernidade.

 

Nota Pública – Partido Comunista do Brasil II

Em sua trajetória política o Prefeito Edvaldo se dedicou à luta pela liberdade, democracia e justiça social. A luta contra as desigualdades sociais e pela qualidade de vida do nosso povo foi sua luta quando líder estudantil e o é hoje como Prefeito da nossa capital. Como militante e fundador do PC do B em Sergipe, nestes 30 anos de militância política, Edvaldo representa para várias gerações a expressão do respeito aos anseios populares, de coerência política, de transparência de seus atos e de defensor intransigente de uma atuação administrativa que vise prioritariamente o atendimento às necessidades da população.

 

Nota Pública – Partido Comunista do Brasil III

A tentativa que por ora surge e que tem como objetivo desqualificar a administração do Prefeito Edvaldo, representa na verdade, um conjunto de ilações e infâmias visando única e exclusivamente alcançar objetivos políticos. Tendo como centro barrar o crescimento de uma liderança com consistência e prestígio no meio do povo.  Não estão nestas ações a preocupação em apurar de fato a ocorrência ou não de más condutas na Administração, nem muito menos o de garantir a correta implementação de serviços que visem assegurar a defesa da vida no trânsito. É uma sorrateira tentativa de macular uma administração com elevada aprovação e reconhecimento da população aracajuana.

 

Nota Pública – Partido Comunista do Brasil IV

O Partido Comunista do Brasil em Sergipe, portanto, vem a público, rechaçar esta campanha caluniosa, que não tem legitimidade e nem apoio da sociedade, e ratificar incondicionalmente o seu apoio ao prefeito Edvaldo Nogueira que tem sido vítima de calúnias daqueles que não aceitam uma administração comprometida com a ética e com o respeito ao erário público e que tem colocado nossa capital no rumo do progresso e do desenvolvimento sustentado. Aracaju (SE), 23 de março de 2011 – Tânia Soares de Sousa – Presidente PC do B Sergipe.

 

Reforma Política no Senado

O senador Eduardo Amorim, líder do PSC no Senado, participou na tarde da quarta-feira, 23, de reunião na liderança do PMDB. O vice-presidente Michel Temer, também, esteve presente. A pauta da reunião foi a reforma política. ” As discussões estão avançadas na Comissão da Reforma Política do Senado. Composta por 15 senadores, ela vai levantar os pontos principais para as mudanças eleitorais e do sistema político brasileiro”, informou Amorim.

 

Sessão especial na CMA

Coordenação do Fórum em Defesa da Grande Aracaju participará da sessão da Câmara Municipal de Aracaju, nessa quinta-feira, 24, às 9h, na qual serão lidos os projetos de lei do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Sustentável – PDDUS e dos códigos de Obras e Edificações, de Parcelamento e Uso do Solo, do Meio Ambiente e de Posturas.

 

Defesa do consumidor

A Comissão de Defesa do Consumidor, reunida em 23/03, aprovou requerimento que propõe a realização de audiência pública para debater a gestão do setor elétrico e a atuação da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). A audiência, que foi solicitada pelos deputados Valadares Filho (PSB-SE) e Maurício Quintella Lessa (PR-AL), será para discutir com a diretoria da ANEEL as quedas de energia verificadas em diversas regiões do País, especialmente, nas áreas rurais. “Essas constantes falhas no sistema de fornecimento de energia vêm causando os mais diversos tipos de transtornos à população”, argumentou o deputado Valadares Filho.

 

Moradores reclamam de bueiro no Santa Lúcia

Vários acidentes estão sendo verificados no conjunto Santa Lúcia, no bairro Jabotiana, em Aracaju, logo em frente ao Senadinho de Dominguinhos, causado por um Bueiro, deixado inacabado e abandonado   pela Prefeitura Municipal de Aracaju, há mais de um mês. As reclamações são diversas por parte dos moradores e visitantes daquele conjunto residencial, sem que tenham as devidas providencias a serem tomadas pela EMURB. O popular Primo, conhecido também por Marinheiro afirmou que caso a PMA não tome providências o mais breve possível poderá ocorrer um trágico  acidente de trânsito no local.

 

Brasília: Rogério propõe criação de Subcomissão de Saúde

O novo coordenador do Núcleo de Seguridade Social e Família da bancada do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara, o deputado Federal Rogério Carvalho (PT-SE), protocolou na manhã de ontem, , 23, um requerimento propondo a criação de uma Subcomissão Especial para tratar das demandas referentes à Saúde na Casa. De acordo com o autor da proposta, entre os principais objetivos da nova pasta está o fomento de debates sobre a organização, o funcionamento e o financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Novo rumo

Ele explica que a criação da subcomissão estabelecerá um novo rumo às discussões a serem travadas para implemantação da Reforma Sanitária e Gerencial do SUS. Com ela, espera-se uma maior organização da agenda e das pautas de dabates sobre a saúde.”Acredito que este seja um dos principais avanços constatados na Casa, com o objetivo de debater o aprimoramento do SUS”, avaliou Rogério. Segundo ele, entre as prioridades destacadas está a regulamentação da Emenda Constitucional 29, que define, entre outras coisas, o que são, quanto e como devem ser gastos os recursos destinados à área.

 

Leia Maria da Penha

Sergipe tem, desde dezembro de 2007, uma Vara especializada em atender os casos referentes à Lei Maria da Penha. A 11a Vara Criminal, localizada no Fórum Gumersindo Bessa, em Aracaju, cumpre todos os requisitos exigidos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e vai além, pois é responsável pelo julgamento dos processos relacionados aos grupos vulneráveis: crianças, adolescentes e idosos. Em 2010, tramitaram na Vara 2.310 processos, sendo 62% relativos à violência contra a mulher.

 

Demanda abrangente

No dia de ontem, foi veiculada notícia de que o Tribunal de Justiça de Sergipe é um dos três Tribunais do país que ainda não teria implantado um Juizado Especial de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, em atendimento à política institucional do CNJ, de dar efetividade à Lei Maria da Penha. Segundo a juíza auxiliar da Presidência do TJSE, Suyene Barreto Seixas de Santana, a realidade do Judiciário em Sergipe é singular, posto que atende a demanda mais abrangente, inclusive atende plenamente às questões relativas a violência contra a mulher no Estado.

 

Aniversário do PCB será comemorado em Aracaju

O Partido Comunista Brasileiro (PCB) vai comemorar amanhã, 25, 89 anos. Em Sergipe, o Diretório Estadual do Partido Comunista Brasileiro vai realizar várias atividades para lembrar a data, a exemplo de palestras, lançamentos de livros, cursos e ato com a presença de militantes.De acordo com o secretário político do PCB em Sergipe, o ex-candidato ao Governo do Estado, Leonardo Dias, a programação será iniciada a partir das 19h desta quinta-feira, 24, com uma palestra do doutor em Economia e Relações Internacionais do PCB, Edmilson Costa, que irá lançar o livro ‘A Globalização e o Capitalismo Contemporâneo’. “O evento está marcado para iniciar às 19h no auditório da Didática II, na Universidade Federal de Sergipe”, informa.


Entrevista e curso
Na sexta-feira, 25, Edmilson Costa e Leonardo Dias concederão entrevistas sobre os 89 anos do PCB e à noite será realizado um ato na Câmara Municipal de Aracaju, com a presença de militantes, simpatizantes, representantes de outros partidos convidados e movimentos sociais. E no sábado, 26, será realizado um curso com toda a militância e simpatizantes sobre tática e estratégia do PCB. “O PCB foi fundado em 25 de março de 1922, desde então construiu, ao longo desses 89 anos, uma História de luta pelo socialismo e defesa do interesse do povo brasileiro”, enfatiza Leonardo Dias.(Infonet)

OAB/SE, CREA e IAB participam de audiência

Na manhã de ontem, 23, representantes da OAB/SE, Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA) e do Instituto Brasileiro de Arquitetura (IAB) estiveram reunidos com vereadores de Aracaju, buscando entendimento para que as entidades representativas da sociedade civil organizada possam acompanhar os debates sobre o Plano Diretor de Aracaju que deverão ocorrer no âmbito do Poder Legislativo Municipal. . “Nosso interesse – informou o presidente da OAB/SE, Carlos Augusto Monteiro aos parlamentares – é colocar as entidades à disposição dos vereadores para auxiliar nos trabalhos e abrir um canal de diálogo com a sociedade”.

 

Ampliação do Fórum

Carlos Augusto Monteiro Nascimento ressaltou a importância de se constituir um Fórum ampliado com participação de todos os segmentos sociais de forma a realizar audiências públicas para que o Plano Diretor de Aracaju atenda aos interesses de toda a população e evite o crescimento desordenado da cidade. O presidente da Câmara, vereador Emmanuel Nascimento, compreendeu as intenções das entidades, demonstrou-se favorável à iniciativa e informou que a sua pretensão é realizar audiências públicas setoriais para ouvir a população nos seus respectivos bairros, com atenção especial à Zona de Expansão devido à sensibilidade da região quanto aos aspectos ambientais.

 

Planejamento

O Desenvolvimento Social Em Sergipe – Desafios e Perspectivas – Planejamento Estratégicos 2011 a 2014. Este é o tema central de um evento realizado durante todo o dia de ontem, 23, no Hotel Parque dos Coqueiros. O encontro é organizado pela Secretaria de Estado de Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social (Seids) e conta com a participação de prefeitos e secretários de assistência social dos 75 municípios sergipanos.O secretário de Assistência Social e Cidadania, Bosco Rolemberg, acompanhou atentamente as discussões e ressaltou a importância do encontro. “O esforço da Seids vem no sentido de reforçar a capacidade de planejamento dos gestores e é importantíssimo porque vai contribuir para que a Assistência Social no Estado de Sergipe possa avançar ainda mais”, destacou.

 

Blog do Clóvis

Você sabia que Gilberto Amado desferiu dois tiros contra Lindolfo Collor? Só porque este foi reclamar de uma crítica pessoal feita pelo sergipano? Tudo isso em Quem foi o poeta Annibal Theóphilo, assassinado em 1915 por Gilberto Amado, na versão de Arnaldo Rodrigues, que tenta resgatar a memória do seu antepassado. Isso e muito mais em: http://clovisbarbosa.blogspot.com/

 

ACESE firma parceria com SEIDES I

A primeira turma do curso Auxiliar Administrativo do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), formado jovens e adolescentes assistidos pela Fundação Renascer e do Centro de Atendimento ao Menor Infrator (CENAM), recebeu a visita do presidente da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (ACESE), empresário Alexandre Porto. Mais que levar esperança aos jovens que buscam mudar de vida, a visita do presidente da ACESE foi um convite da secretária de Estado da Inclusão Social, a primeira-dama Eliane Aquino, visando uma parceria para inclusão desses jovens no mercado de trabalho. E deu certo. O representante da entidade centenária se engajou na causa da inclusão e se comprometeu em buscar espaços para inseri-los em estágios e futuros empregos.

 

ACESE firma parceria com SEIDES II

”O curso, que tem duração de um ano, deve qualificar, formar esses jovens, para tirá-los de um futuro de incertezas.  Então, depois de capacitados, a ACESE vai ter esse papel de conscientizar a classe empresarial para que eles possam ser inseridos no mercado de trabalho, depois de qualificados”, garantiu Alexandre Porto.O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (ACESE), Alexandre Porto, mais uma vez reafirmou a importância do Governo do Estado em ampliar o Teto do Simples Estadual em R$ 1,2 milhão ao ano para R$ 1,8 milhão ao ano, durante reunião-almoço do Fórum Empresarial de Sergipe ocorrida nesta terça-feira, 24, quando o empresário pediu a deputada estadual Conceição Vieira que ajudasse a sensibilizar o governado Marcelo Déda, mostrando a importância do fortalecimento e do crescimento das micros e pequenas empresas.

 

Aseopp recebe novo presidente da EMURB

 Em seu tradicional almoço-reunião realizado na última segunda-feira, 14, a Associação Sergipana dos Empresários de Obras Públicas e Privadas (ASEOPP) recebeu o novo presidente da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (EMURB), Osvaldo Nascimento. O objetivo do encontro foi dar boas-vindas ao gestor e discutir assuntos ligados ao setor da construção civil. Além do presidente da Aseopp, Luciano Barreto, o almoço contou com a presença do ex-presidente da EMURB, engenheiro Paulo Costa, e do presidente do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura de Sergipe – CREA/SE, Jorge Silveira.

 

Obras e processos licitatórios

Na ocasião, o presidente da ASEOPP abordou um tema que vem sendo discutido frequentemente em todo o Brasil: Obras Públicas e seus processos licitatórios. Para ele, os debates demonstram que o Governo está tomando consciência de que os processos relacionados às obras públicas precisam mudar. “Essa mudança possibilita melhores perspectivas para a construção civil no País. A burocracia ainda existe nas licitações assim como a dificuldade em se praticar preços justos. Nesse impasse, a sociedade perde por não ter a obra entregue no prazo estipulado”, enfatiza Luciano Barreto.Osvaldo Nascimento diz estar convencido que a execução das obras públicas e seus processos serão modernizados. “Com o apoio de todos, os objetivos da sociedade serão alcançados. Essa situação precisa ser revisada, pois resultará em agilidade na execução dos serviços”, finaliza.

Espaço Cultural da AL

O Samba de pareia de Laranjeiras, a arte de Paulo Hora, o artesanato de Marta Amaral, as fotografias de Fabiana Costa e a literatura de Rosane Cabral são as atrações de março e abril no Espaço Cultural Djenal Queiroz, na Assembleia Legislativa. A abertura do evento acontece amanhã(24),às 18h30, no hall da Assembleia Legislativa. Logo após a apresentação será servido coquetel para os convidados.

 

Saúde e paz

O presidente da Rede Primavera, Wagner de Oliveira, é o aniversariante de hoje, 24.  Muito querido e respeitado pelos seus amigos e colegas de profissão, ao longo do dia ele receberá o carinho dos seus filhos, esposa, netos, familiares e de todos os colaboradores que atuam em toda a Rede Primavera (Hospital Primavera, clínicas Diagnose e Policlin). Saúde e paz!

 

Igor Mangueira no Projeto Freguesia

No próximo domingo, 27, às 20hs, na praça Tobias Barreto em Aracaju Igor Mangueira se apresentará no Projeto Freguesia com a participação da banda composta por: Rafael Findans (baixo); Julio Andrade (guitarra) e Gabriel Carvalho (bateria).

 

Colégio IDEAL dá exemplo

Em solidariedade ao sofrido povo do sertão,o Colégio IDEAL promoveu no último domingo,no CIC,uma revisão de aulas para uma parte de seus alunos.O acesso à revisão foi possível mediante a doação de uma lata de leite em pó/aluno. Foram arrecadadas 400 latas de leite,repassadas ontem ao pessoal da Defesa Civil do Estado.Estamos anexando as fotos da entrega do material. Parabéns para a direção e os alunos do colégio IDEAL e que outras instituições de ensino sigam o exemplo.

 

Estagiários passam por treinamentos

Cerca de 100 alunos dos cursos de direito, serviço social, psicologia, jornalismo e administração, aprovados no concurso público para o provimento de vagas de estágio remunerado da Defensoria Pública do Estado, participam de treinamentos desde o dia 14, no auditório da OAB/SE. Em virtude do grande número de aprovados, a turma foi dividida em dois módulos com 50 estudantes cada. O segundo módulo encerra dia 24 de Março. O treinamento é coordenado pela equipe do CIAPS e tem como facilitadores as psicólogas Syrlene Besouchet, Juliana Andrade e Ranya Knupp; os defensores públicos Sérgio Barreto Morais, Lucivânia Guimarães Salles, Miguel dos Santos Cerqueira, Murilo de Souza Silva e Maria Clarete Ribeiro Silveira, encerra dia 24.

 

Sábado: Banda Club 80 + Banda Superhits no Suburbia

E sábado, 26, a partir das 22hs, um show para quem estava com saudades. Banda Club 80 e banda Superhits no Suburbia. As 100 primeiras mulheres entram de graça. A banda Club 80: Marquinhos Dias, vocal; Marcelle Cristine, vocal; Igor Pessoa, guitarra; Igor Hudson, baixo; James Freitas, teclado e Gustavo Furiba, bateria.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DO LEITOR

 

Duplicação da BR-101 no trecho Umbaúba/Cristinápolis

Do leitor Reis: Esse comentário sugestivo refere-se a duplicação da BR-101 com relação aos municípios sergipanos de Estância, Umbaúba, Cristinápolis e futuramente os municípios Baianos de Entre Rios e Esplanada:Pensemos da seguinte forma: já existe uma rodovia mão dupla onde  cortam esses municípios. Se a DNIT mantê-las, porém, transformando-as em mão única com sentido digamos Norte do país, e abrir uma nova rodovia num raio de 5 a 10 km pelo lado dessas cidades, em sentido único digamos destino “Sul do país” abrirem uma nova rodovia sentido único exemplificamos “SUL do país”. Entende-se que,  o comércio local ira abranger-se junto a essa nova estrada, haverá  um leve aumento populacional,  teremos geração de empregos,  e outras coisas positivas que posam surgir no decorrer, e sem contar a redução de custos sobre indenizações que constam nas previsões dos órgãos competentes”.

 

Aracaju de Dó Dó Dó

Do leitor Bonfim Filho: ”Aqui vai uma estória pra animar todos vocês: em um momento altaneiro na Confraria do Cajueiro no ano 2003, percebendo o que havia, era de noite era de dia a poluição existia para salvar o RIO SERGIPE dois caras de boa estirpe resolveram criar, ARACAJU DE TÓ TO TÓ o rio iria salvar. OSMÁRIO e ZÉ FERNANDES resolveram então envolver a população para acabar com a poluição. Em um determinado dia, lá na confraria, em ambiente de irmãos, todas dariam as mãos com o mesmo objetivo: livrar o RIO SERGIPE do monstro da poluição. Agora em 2011 oito anos se passaram, se você sabe me diga o que já melhorou, a poluição é premente no popular É URGENTE, envolve muita gente nesta estória de TÓ TÓ TÓ  muitos estão do seu lado mas o RIO continua só. Nesta idéia de salvar o rio, todo mundo viu, que no campo da conscientização quase nada de ação, na própria manifestação é Barqueiro jogando óleo, produto vindo do petróleo. Garrafas pet, coliforme fecal, isto lhe faz muito mal, eu sei que isto não é certo, sem falar dos dejetos que é nocivo por certo e faz o oxigênio faltar. ARACAJU DE TÓ TÓ TÓ, tá que dá dó, da mesma forma que o rio, outrora com muito brio, necessita de oxigênio, não é preciso ser nenhum gênio prá morar o conflito, de tudo que já foi dito: a idéia, que parecia um rompante, teve do governante um tratamento anestesiante, a data antes concebida com intuito de levar vida, agora era consumida por um fato invulgar: o patrocínio do prefeito, um cara quase perfeito, mas seria do seu jeito para só no calendário constar. Todo ano na confraria eu, a mulher e o avô, salvar o rio eu vou, de camisa igualzinha, a sua da mesma da minha, das 11 as 23 eu, você e nós seis, as 14 a gente sai, sem saber para onde vai, em um barco a motor, só sei que não vou só, tenho nas mãos uma Skol, sem avaliar o que é melhor, embarco nesta zueira sem saber da bobeira desta minha omissão, onde todos sem razão bebem e cantam em refrão ARACAJU DE TÓ TÓ TÓ É O RIO POR SI SÓ.Quem achar que não é assim escreva para mim”.

 

Educação Inclusiva e cidadã
Do Prof.Adalberto Mendes Neto/Secretário Estadual de Educação do PT-SE: O setorial de Educação do PT –SE  vem, através desta nota pública parabenizar a  deputada Ana Lúcia pela presidência da Comissão de Educação da Assembléia Legislativa ao tempo de cumprimentar-lhe pela brilhante atuação que vem desenvolvendo, no exercício de seu mandato popular, parlamentar séria, honesta, esforçada, ética e coerente ideologicamente com as bandeiras históricas do PT, presente nas mais diversas frentes e momentos, onde se anseia e se espera pelo apoio de uma autoridade do Legislativo sergipano. Jamais tenho visto um empenho tão grande e tão presencial, nas situações mais difíceis, como o seu. O Setorial de Educação do PT se solidariza com a deputada e os demais lutadores que foram ameaçados de morte no Baixo São Francisco devido as lutas pelo reconhecimento das comunidades quilombolas. .Por isso, parabéns e muita capacidade de luta.

A deputada Ana Lúcia presidindo a comissão  de educação eleva a auto-estima do magistério, assim como do setorial de educação do PT que é um espaço poderoso de síntese de posições e propostas,, podendo subsidiar o Partido a enfrentar os temas educacionais mais polêmicos em disputa na sociedade. Neste sentido, a ação do setorial de educação juntamente com a Deputada se reveste da ação do conjunto do partido, de se relacionar institucionalmente, em nome do partido, com as bancadas parlamentares e governo no sentido de buscar entendimento e avanços em torno da educação pública sergipana.

No cenário mais próximo, é preciso temos em conta que existem projetos de lei em tramitação com forte incidência sobre a organização de sistemas de ensino e cooperação federativa. Notadamente, chamam a atenção o Projeto de Lei  8035-2010/PNE, assim como a reforma administrativa da SEED e o Plano Estadual de Educação. Embora tendo avanços ao nível nacional, no plano estadual avanços foram alcançados, no entanto, estão  muito distantes de considerar a  concepção de educação validada pelo programa de Governo petista e os anseios da sociedade, a partir do lastro no movimento social. Os próximos anos serão muito exigentes para esta disputa do projeto de Educação pública sergipana ao nível municipal e estadual. Desafiam para um novo paradigma de caráter sistêmico das políticas públicas com idéias e eixos interligados às diversas áreas de Estado, a articulação de alianças estratégicas, a elaboração minuciosa da tática política para alcançá-lo. Não será um processo linear. O PT sabe bem a dor e a delícia de gestar o novo.

“ A política deve propor as regras de convivência, não as  regras da divisão”

 

DEBATE – Energia Nuclear

Uma voz inteligente
Da Época on line, do jornalista Paulo Moreira Leite: energia nuclear, tragédia, Tsunami Nossos ambientalistas superficiais me desculpem mas eu acho impossível deixar de aplaudir um artigo publicado hoje, 23, na Folha.

“Fukushima fez de mim um partidário das usinas nucleares”, escreve o ecologista George Monbiot, num texto publicado originalmente pelo inglês Guardian.

O argumento é simples: a tragédia japonesa já passou dos 9 400 mortos e pode chegar a perto de 30 000. Até agora nem uma única vida humana foi perdida em função do uso de energia nuclear.  Ocorreram vazamentos, o nível de radiação subiu a patamares indesejáveis emvários locais mas não é a usina de Fukushima que está no origem do desastre.

Para o articulista, o saldo final é uma demonstração de que a energia nuclear é muito mais segura do que se supunha antes do tsunami. Submetida a uma prova tão violenta, foi capaz de assustar e preocupar — mas não provocou mortos nem feridos, ao menos até aqui.

Acho bom ler o artigo na integra: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/mundo/ft2303201115.htm

Mas não resisto a resumir algumas frases importantes:

“Como resultado do desastre em Fukushima, abandonei a neutralidade quanto à energia nuclear, e agora apoio seu uso,” diz George Monbiot. Ele acrescenta: “Uma usina velha e dotada de recursos de segurança insuficientes foi atingida por um monstruoso terremoto. As redes de energia falharam, derrubando o sistema de refrigeração. Os reatores começaram a explodir.O desastre expôs um legado conhecido, de projetos deficientes e o uso de gambiarras para reduzir custos. Mas, pelo menos até onde sabemos, ninguém recebeu uma dose letal de radiação.

Não estou propondo que sejamos complacentes. Mas é preciso perspectiva.

Como a maioria dos ecologistas, defendo uma grande expansão no uso de fontes de energia renováveis. Também simpatizo com as queixas dos oponentes disso. Não são apenas as instalações de energia eólica próximas à costa que incomodam, mas as novas conexões de rede elétrica (fios, postes).

Os impactos e custos das fontes renováveis crescem em proporção ao volume de energia que elas fornecem.

Outro argumento: “Quanto mais esperarmos das fontes renováveis de energia, mais difícil será a tarefa de persuadir o público quanto ao seu uso.

Mas a fonte de energia a que a maioria das economias recorreriam caso fechassem suas usinas nucleares não é madeira, água, vento ou luz solar, e sim o combustível fóssil. O carvão é 100 vezes pior que a energia nuclear.

Sim, continuo a desprezar os mentirosos que comandam a indústria da energia nuclear. Sim, eu preferiria que o setor fosse fechado, caso existissem alternativas.

Mas não há solução ideal. Toda tecnologia de energia tem seu custo, e a ausência dessas tecnologias também teria. A energia nuclear foi submetida a um dos mais severos testes possíveis, e o impacto sobre o planeta foi pequeno. A crise em Fukushima fez de mim um defensor da energia nuclear.”

Segurança de usinas em debate
Autor de requerimento, que levou à realização,ontem, 23,  pela manhã, de audiência pública conjunta de três comissões permanentes do Senado, para que os parlamentares pudessem esclarecer dúvidas sobre a conveniência ou não de o Brasil levar adiante o projeto de construção de mais quatro usinas nucleares, o senador Antonio Carlos Valadares fez hoje diversos questionamentos ao diretor-presidente da Eletronuclear, Othon Luiz Pinheiro da Silva.

A segurança da população foi o alvo principal das perguntas de Valadares, que também quis saber se financeiramente a energia nuclear realmente compensava os riscos que oferece e que critérios foram utilizados pelas autoridades para a opção pela construção de mais quatro usinas nucleares, inclusive uma no Nordeste, apesar do recente acidente com reatores das usinas do Japão, em virtude de um terremoto e de um tsunami.

O parlamentar, líder do PSB no Senado, também lembrou que temos várias outras fontes para produção de eletricidade, como a eólica, biomassa e outras tecnologias que poderiam suprir as necessidades, em lugar da energia nuclear. Valadares ainda quis saber se já houve imprevistos com as três usinas de Angra dos Reis, se já foram feitas simulações de evacuação da população vizinha em caso de vazamentos, como é armazenado o lixo nuclear, entre muitas outras questões.

A audiência pública foi conjunta entre as comissões de Serviços de Infraestrutura (CI), de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) e de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA).

O requerimento feito por Valadares, em conjunto com o senador Jorge Viana, foi apresentado poucos dias após o acidente no Japão. Mas o senador não se limitou a convidar apenas as autoridades governamentais, também indicando para um amplo debate, sobre a conveniência ou não de novas usinas nucleares no Brasil, cientistas da iniciativa privada.

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia

“Desejo ser um criador de mitos, que é o mistério mais alto que pode obrar alguém da humanidade” Fernando Pessoa. 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários