Filho pródigo: ameaças e verdade

0

 

 

  Devido ao sucesso do artigo publicado na semana passada, com o título “Parábola do Filho Pródigo”, este espaço continuará saga com os últimos lances de bastidores encontrados por acaso, da história surrealista que aconteceu há muitos anos em uma corte de algum reino não muito distante. Qualquer semelhança com fatos ou pessoas da atualidade é mera coincidência.

  Depois que o filho do rei, que não gostava de política, e por ver um cunhado ganhando rios e rios de dinheiro, ingressou como lobista no reinado do pai, acabou preso, o mesmo foi solto. Naquele tempo a Justiça dos homens ainda era muito amadora e o filho do monarca, depois que o rei foi deposto e passou a delirar pelas ruas do reino (falando sobre sanguinários e tudo mais), conseguiu manter alguns de seus negócios na iniciativa privada – mesmo sem nenhuma credibilidade – e, traçou, com alguns súditos que restaram uma estratégia para tentar coagir algumas autoridades.

  Naquele tempo não se falava em decupagem (eitá palavrinha bonita), já que não existiam fitas, dvd e toda informatização atual, porém, quando o filho do rei – de nome Zonzinho – foi preso às provas foram contundentes contra ele. Foram manuscritos mostrando diálogos comprometedores. Porém, não se dando por satisfeito e de cópia de todos os manuscritos, Zonzinho resolveu fazer um levantamento minucioso para ver se conseguia comprometer mais alguém. Ele sabia que a situação dele era difícil, que seria denunciado por formação de quadrilha, mas Zonzinho queria levar mais alguém com ele, ou, no mínimo, intimidar algumas autoridades importantes e até mesmo empresários que através dos seus informativos da época estavam divulgando todo o escândalo.

  Então, Zonzinho, como não tinha nada para fazer, arranhou um amigo e começou a ler todos os manuscritos. Grande parte dos diálogos tinha questões pessoais, porém Zonzinho ainda tinha influencia em um informativo leal ao antigo reinado e, através do antigo bobo da corte (que tinha servido a vários reis, só dependia do saco de moedas), conseguiu publicar algumas informações de maneira a tentar coagir intimidar autoridades que pudessem ter algum tipo de envolvimento no escândalo onde ele era um dos principais protagonistas.

 Zonzinho sonhava em mudar o processo, mas não teve jeito. Quando saiu o resultado final, no conselho que reunia membros de todas as cortes, o nome dele estava lá, bem grande: “Zonzinho, não tinha função no reinado do pai, mas funcionava como um coletor – não de impostos, mas de recursos do reino que eram pagos a diversos fornecedores, mas um bom percentual tinha que ficar nas mãos dele”. E assim, Zonzinho foi deportado para uma ilha num continente distante…

 

 

 

Fiat da Seed na Atalaia Nova

A coluna tem idéia, mas vai fazer a pergunta: o que fazia ontem, 10, a tarde o Fiat da Seed, placa IAB-2644, devidamente identificado, na Atalaia Nova, mais precisamente na chamada rua da Ponte?

 

Remédios na lixeira?

A coluna está investigando uma informação de que este mês foi levado para a lixeira do bairro Santa Maria mais de um caminhão vencidos da Secretaria Municipal da Saúde. A coluna está investigando e obteve a informação que no almoxarifado tem muitos servidores sem o treinamento necessário para fazer até mesmo a separação deste material.

 

SOS Pirambu I

De um veranista de Pirambu: “Estive este último feriadão em Pirambu, cidade que adotei como minha segunda casa (pois a primeira é minha linda Aracaju), e pude constatar a situação de desprezo e calamidade que esta se encontra. É triste, ver uma cidade tão bela como Pirambu no estado em que está. Logo ao entrar na cidade, encontrei ruas totalmente esburacadas e alagadas, em alguns casos as ruas estão quase que totalmente cobertas de areia em um claro sinal de que não existe limpeza dessas. Os esgotos destruídos derramando dejetos a céu aberto. As praças depredadas e escuras. A Orlinha está caindo aos pedaços, um mal cheiro insuportável e com duas “casinhas” de taipa da época “gloriosa” da parceria Juarez/Mouras completamente destruídas, um quiosque abandonado e dois bares funcionando precariamente, aumentando ainda mais o aspecto de descaso”.

 

SOS Pirambu II

Continua o leitor:Nas areias da praia a situação não é diferente, lixo e plantas secas que são jogadas na praia pelo mar e que pelo aspecto estão ali já faz muito tempo. Em um determinado ponto das areias, já próximo a orlinha, está depositado todo lixo que foi retirado da praia em uma época remota, formando uma montanha de entulho nas areias de mais de 1m de altura, isso sem falar nos veículos Bugres indo, voltando e até comercializando bebidas na beira da praia. Fiquei das 14h até às 17h na praia nesta sexta, sábado e domingo e não constatei a presença de nenhum salva-vidas sequer, o que é preocupante numa praia perigosa como a de Pirambu. Ao cair da noite meu caro colunista, a situação é ainda pior. Vários postes de iluminação com lâmpadas queimadas (numa determinada rua existem 5 postes com lâmpadas queimadas em seqüência), tornando a cidade uma verdadeira cidade fantasma diante de tamanha escuridão. Pirambu meu caro colunista, me parece que faz muito tempo que não tem um prefeito e é preciso saber se mesmo com todas essas evidências, o Fantasma de Juarez Batista ainda pode voltar à prefeitura depois da intervenção e se o interventor poderá fazer algo pra amenizar esta situação de desprezo vivida pela cidade”.

 

Missa de 7º Dia

Será realizada nesta terça-feira, 11, às 20hs, na Igreja Nossa Senhora Auxiliadora, do Colégio Salesiano, a missa de 7º Dia de Orlando Andrade de Góis, auditor aposentado do Estado, que residia na Atalaia Nova. A família desde já agradece a todos que comparecem a este ato de piedade e fé cristã.

 

 

Leitor critica destino para os galos apreendidos I

De um leitor:Inicialmente queremos reconhecer e aplaudir o excelente trabalho que vem realizando o IBama, em todo o estado de Sergipe. No momento sensível no qual respira o planeta, qualquer medida concernente à proteção da fauna e flora, bem como a dinamização de investimentos e campanhas que visem minimizar os efeitos do aquecimento global, seja por ONGS ou por iniciativa do Estado, merece o apoio incondicional da sociedade e a sua total adesão. No entanto, um fato chamou-nos a atenção por ser, no mínimo, profundamente desconcertante, estranho, para não denominá-lo de estúpido. Assistindo a um dos nossos respeitáveis telejornais, vimos os agentes do referido órgão, dissolverem um conglomerado de indivíduos, unidos para apostas nas cruéis brigas de galo. Os animais foram naturalmente recolhidos. Todavia, quando se pensava que as aves ganhariam novas asas de uma tão aguardada liberdade, para surpresa geral da “população” galiforme, a mesma foi condenada, inapelavelmente, a compor o cardápio alimentar de outros animais – considerando o seu consumo impróprio para seres humanos, devido à presença de substância anabolizante no seu complexo orgânico”.

 

Leitor critica destino para os galos apreendidos II

Continua o leitor:Analisando a ocorrência, o Ibama, a nosso ver, cometeu dois “crimes” culposos…O primeiro ao resgatar do cativeiro e possivelmente da morte, as aves para, logo depois, matá-las e servi-las como banquete. O segundo diz respeito aos animais que degustaram os galos brigões. Certamente os pobres famintos não “imaginam” a indigestão de que serão candidatos ao saborear as aves com tempero químico. Acho que os galos, se possível fosse consultá-los, prefeririam a peleja das rinhas, contanto que voltassem vivos para os seus galinheiros, desfrutando comida de graça e a companhia prazerosa das galinhas…até o próximo quebra-pau…”

 

 

Controladoria apresenta programas para o PDTP

A Controladoria-Geral do Estado (CGE) apresentou ontem, 10, os programas do órgão para o PDTP (Plano de Desenvolvimento Territorial e Participativo de Sergipe), durante a Conferência Estadual, que prossegue até amanhã, 11 de setembro, no Centro de Convenções. As propostas foram desenvolvidas a partir das demandas apresentadas pela população nas conferências municipais e territoriais, ocorridas em junho e julho deste ano. O processo de consulta popular envolveu mais de 20 mil sergipanos de todos os municípios, dos quais foram eleitos delegados para o encontro estadual. Sobre a Conferência Estadual, o secretário Adinelson Alves acredita que a atividade representa um momento histórico para o povo de Sergipe. “Permite definir as prioridades governamentais a partir da convergência das demandas da população, para consolidar as políticas públicas na elaboração do PPA 2008 – 2011 e o PDTP 2008 – 2017. Dessa forma, é possível que a sociedade exerça o efetivo controle social do gasto público e se prepare para avaliar o desempenho das ações do governo”.

 

 

Médico explica que TAS é uma desgraça I

Do médico Gildo Simões: “Pela segunda vez encaminho ao nobre jornalista comentários sobre  vossa coluna na www.infonet.com.br e desta vez quando tratou do tema TAS e a  maneira desdenhosa que cita os médicos e as médicas.Grande jornalista, o TAS é um terminal que não configura um computador com monitor, teclado, mouse e CPU, seu tamanho e forma são inadequados para o uso no dia a dia de um consultório do médico e da médica. Seria importante que V.S.a  usasse o TAS para escrever suas notas publicadas neste portal e através dele enviasse tais notas à  Infonet. Aí sim, Vossa Senhoria iria testemunhar a “desgraça” que é este tal de TAS. Falar por falar, para criticar a categoria médica é fácil e nós não aceitamos.Em boa hora um colega prestigiado por seus pares toma posse na Secretaria Municipal de Saúde para dar novos rumos ao Sistema Único de Saúde e se Dr. Marcos Ramos concorda e apoia os pleitos dos seus colegas é porque bem sabe da verdade.Não tem material ergonômico que faça esta “coisa” chamado TAS  funcionar para que médicos e médicas o aceite. É não, antes, agora e no futuro”.

 

Médico explica que TAS é uma desgraça II

Continua o médico Gildo Simões: “Vossa Senhoria deveria escrever sim sobre as possibilidades e as melhorias que os médicos e médicas poderiam receber da Secretaria de Saúde, quer seja através de cursos de atualização, frequencia de congressos, publicação de estudos científicos, qualificação  da medicina praticada nos postos, salários condignos e tantos outros processos que a imprensa pode se somar.Outra informação: Digitar exames,  prescrições ou o que quer que seja é tarefa de digitador. Vossa Senhoria bem sabe. Digitar é para digitador. Medicar e solicitar exames é para médicos e médicas.Receba nossos votos de saúde e agradecimento pela atenção”.

 

Sistema de saúde deve funcionar com igualdade

Esclarecimento para o leitor. Este jornalista não tem nada contra o trabalho dos médicos do sistema de saúde de Aracaju, pelo contrário, tem muito respeito, tanto é que entre os leitores diários a coluna tem muitos médicos. O espaço entende apenas que para um sistema de saúde público funcionar perfeitamente este precisa ser gerenciado de uma forma que não exista privilégios entre as principais categorias que fazem parte do mesmo. Ou seja, que os médicos, os enfermeiros e todos os outros profissionais tenham seus serviços valorizados sem nenhuma diferenciação.

 

 

Sobre a integração da polícia em Sergipe

De um leitor: “Causou mau estar na oficialidade de baixa patente da Polícia Militar o anúncio na nova política de segurança pública no Estado. Não houve qualquer novidade com relação à integração salarial entre a Polícia Civil e Militar, e por este motivo há delegados percebendo remuneração até cinco vezes maior que um Capitão PM. Como haverá integração de serviço do policiamento ostensivo e repressivo se a baixa estima é grande na Polícia Militar? Até na divisão das viaturas adquiridas recentemente há informes de que a Polícia Civil ficou com o maior número. A SSP está construindo uma mansão e dando os militares estaduais o quarto da empregada”.

 

 

PM: concursado critica mais vagas para a capital

De um leitor: “Eu sou excedente do concurso da PM, fiz a opção para o interior do estado e estou bastante decepcionado pela noticia que recebi hoje pela manhã quando liguei para o comando da Policia Militar e passaram-me a informação de que a distribuição será maior para a capital, sendo 60% (300) capital e 40%(200) interior. É assim que o governador e o secretario Kércio Pinto quer interiorizar a policia, inclusive foi dito pelos mesmos na imprensa quando foi lançado o plano emergencial da segurança publica que 70% dos novos convocados seriam para o interior. Onde o efetivo equivale a 20% do total no estado tendo nas delegacias 2 homens de plantão enquanto a capital é repleta de policiais, pois equivale a 80% do efetivo total do estado. A lista dos convocados sairá na próxima sessão, espero que o ilustre governador Marcelo Déda não ceda às pressões do alto comando da PM e faça jus ao que fora dito pelo mesmo, sendo justo e convocando pelos menos 300 homens para os 5 batalhões do interior, pois a carência é muito grande. Ficando 60 pessoas em cada um desses batalhões. Ainda há tempo das coisas serem corrigidas. Tanto a mídia sergipana como a população do interior não aceitará essa mudança e irão contestar se a distribuição for da forma que o comando está querendo fazer. Será que o episodio de Monte Alegre foi esquecido pelo governador onde a falta de efetivo na delegacia deixou o bandido à vontade?”.

 

 

Olivier nega que tenha convidado Zé Milton para o PT

E-mail recebido do petista itabaianense, Olivier Chagas: “Quero esclarecer que nunca apresentei proposta de filiação do ex-deputado Zé Milton de Zé de Dona, e muito menos de sua esposa, a vereadora Edilene, ao meu Partido. Digo mais, posso lhe garantir que tal afirmativa é uma criação mentirosa de alguém que, por certo, está terrivelmente incomodado porque coloquei o meu nome a disposição do PT para ser candidato a prefeito de Itabaiana. Importante ressaltar também que nunca fui procurado por qualquer membro da família Dona, manifestando interesse em se filiar ao Partido dos Trabalhadores.Por fim, saliento que, de fato, como foi publicado pela mídia, eu, acompanhado de alguns companheiros que compõem a executiva do partido na cidade, estivemos nos reunindo com integrantes da família Dona, objetivando conquistá-los no sentido de apoiar a candidatura petista na cidade e criar uma terceira via política, que tenha condições de ir para um enfrentamento político com Maria Mendonça e Luciano Bispo”.

 

 

Radialista explica contratação de filho

Do radialista Edivanildo Santana: “Meu caro Cláudio; o radialista ao qual se refere o texto “Olivier e o PT de Itabaiana” publicado por você em sua coluna nesta segunda-feira, 10, sou eu. É verdade, meu filho Caio Marcelo dos santos Santana, foi contratado pela fundação Santa Izabel para trabalhar com almoxarife no hospital regional Dr. Pedro Garcia Moreno Filho, de Itabaiana.  Se há crime ou absurdo neste fato desconheço. Caio tem experiência no setor adquirida durante sua estada na unidade da azaléia do município de Frei Paulo. Como os demais, apresentou currículo e se submeteu aos critérios adotados pela fundação para a seleção daquele que preencheria a vaga disponível, e segue as orientações da direção como qualquer trabalhador.  Não desejo polemizar sobre o tema, mas é possível que o leitor que lhe passou a informação, não saiba dizer onde trabalham todos aqueles que foram indicados por ele para ocupar cargos em diversos setores do estado. O nível de informação passado para o nobre colega me leva a deduzir que são originarias de quem não consegue me convencer da ideologia, e pertinência de suas atitudes e projetos políticos. Ele não se identificou, mas eu solicito ao colega que me conceda o espaço necessário para a publicação desta nota, e faço questão de ser identificado, pois não me envergonho, do meu trabalho, das minhas posições e muito menos do meu filho, que certamente só recebera por aquilo que fizer jus com seu digno trabalho, não sei se outros terão a mesma condição e disposição”.

 

O nosso cérebro é doido !!!

De aorcdo com uma peqsiusa de uma uinrvesriddae ignlsea, não ipomtra  em qaul odrem as Lteras de uma plravaa etãso, a úncia csioa iprotmatne é  que a piremria e útmlia Lteras etejasm no lgaur crteo. O rseto pdoe ser uma  bçguana ttaol, que vcoê anida pdoe ler sem pobrlmea. Itso é poqrue nós não lmeos cdaa Ltera isladoa, mas a plravaa cmoo um tdoo. Sohw de bloa.

 

 

Frase do Dia

“Não é no silêncio que os homens se fazem, mas na palavra, no trabalho, na ação-reflexão”. Paulo Freire.

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais