Fim do voto secreto

0

Ao defender o fim do voto secreto na Assembleia, o deputado estadual Francisco Gualberto deseja não apenas colocar aquele Poder em sintonia com as fantásticas manifestações populares de julho passado. Ele também pretende medir forças com a oposição, que não abre mão do voto secreto para a escolha de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Portanto, se apresentar o projeto e este for aprovado em plenário, Gualberto atesta que o governo recuperou a maioria legislativa, tão sonhada pelo governador Jackson Barreto (PMDB).

Reajuste

E o deputado Venâncio Fonseca (PP) voltou a cobrar o aumento salarial para os servidores estaduais. Segundo ele, o governo peca ao conceder um mísero reajuste de 7% para os professores e esquecer dos demais servidores. Fonseca lembrou que, por conta desse descaso governista, existem funcionários públicos em Sergipe recebendo menos do que o salário mínimo. Um horror!

Preocupado

E quem anda preocupado com a administração municipal é o vereador aracajuano Iran Barbosa (PT). Segundo ele, os problemas que já se acumulam por toda Aracaju trazem lembranças de um passado administrativo do prefeito João Alves Filho (DEM). “No último governo dele assistimos a paralisia geral nos serviços cotidianos do estado em função de um único objetivo: a construção da ponte ligando Aracaju à Barra dos Coqueiros. Tomara que isso não se repita agora”, frisou Iran.

Vejam essa!

O programa “Rodando no Macio”, lançado há um mês pela Prefeitura de Aracaju visando recuperar a pavimentação de 36 ruas e avenidas, foi suspenso por falta de asfalto. A Emurb informa que só dispõe de asfalto para fazer tapa-buracos. Oxente, e por que não se verificou isso antes de lançar o programa com grande estardalhaço?

Capados

Alô, Rosicleide, José e todos os que defendem a castração de cães e gatos abandonados: o blog também concorda plenamente com o projeto do vereador Emerson Ferreira (PT) propondo que o poder público castre os animais de rua. Contra o projeto do petista só mesmo as cadelas e as gatinhas manhosas.

Visita

O governador Jackson Barreto (PMDB) visita daqui a pouco as obras de ampliação e modernização do estádio Lourival Batista e do Espaço Zé Peixe. Iniciada em junho passado, a reforma do Batistão está orçada em R$ 15,5 milhões. Localizado no antigo terminal hidroviário de Aracaju, o Espaço Zé Peixe vai custar R$ 1,1 milhão aos cofres do estado.

Em casa

Para passar o Dia dos Pais com a família, chegou ontem em Aracaju o governador licenciado Marcelo Déda (PT). Ele estava há três meses em São Paulo tratando de um câncer no estômago. O petista deverá passar seis dias na capital, mas avisou pelo twitter que dedicará todo o tempo aos familiares.

Rango caro

Embora tenha a cesta básica mais barata do país (R$ 239,36), Aracaju apresentou em julho passado a maior alta nos produtos de primeira necessidade (17,30%). Segundo o Dieese, essa elevação é reflexo da forte seca que ainda causa estragos na economia nordestina.

Troca de rádio

A rádio Jornal/AM ganhou a concorrência para transmitir as sessões da Câmara Municipal de Aracaju. A emissora substitui a Liberdade/AM. Segundo publica hoje o Jornal da Cidade, é desejo do presidente do Legislativo, vereador Vinícius Porto (DEM), mudar da tarde para a manhã a realização das sessões plenárias. Segundo ele, com a mudança, os vereadores terão mais tempo para outros compromissos.

Repúdio

E o deputado estadual capitão Samuel (PSL) apresentou uma Moção de Repúdio contra a roqueira Rita Lee. O parlamentar ficou injuriado com a cantora, que postou o seguinte no twitter: ‘Para safado, nenhum tostão furado’. Segundo Samuel, a frase é uma indireta aos militares sergipanos, que ganharam na Justiça o direito de serem indenizados porque Rita os agrediu verbalmente durante um show na Barra dos Coqueiros.

Queijo

Uma boa notícia para os produtores de queijo artesanal: o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade, divulgou instrução normativa flexibilizando o processo de certificação para os interessados em vender seu produto em todo o território nacional. São considerados queijos artesanais aqueles feitos com leite cru e maturados em período inferior a 60 dias.

Do baú político

Uma decisão do então prefeito de Aracaju, José Conrado de Araújo (1959/1961), causou forte reação popular. No final do primeiro ano de mandato, ele resolveu tirar as festas natalinas do Parque Teófilo Dantas, colocando-as na área onde existia o Morro do Bomfim, ali onde hoje está a rodoviária velha. Diferente do parque, que era todo urbanizado, o novo local não possuía qualquer arborização, e a forte poeira afugentava as pessoas. Os vereadores oposicionistas fizeram duras críticas à mudança. Conrado bateu o pé, disse que não voltava atrás em sua decisão, porém as queixas só aumentavam. Percebendo que a manutenção das festas natalinas no novo local poderia lhe render uma derrota política, o prefeito capitulou. O parque voltou a abrigar o carrossel de ‘Seu Tobias’, as coloridas roletas, roda gigante, barracas de bebidas e comidas típicas, os namoros joviais e os chamegos de boêmios e prostitutas nos fundos da Catedral Metropolitana. Em 1979, o ex-prefeito Heráclito Rollemberg tirou em definitivo as festas de Natal do Parque Teófilo Dantas.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais