Flor do recesso

0

O disse-me-disse sobre possíveis candidatos a governador em 2014 não passa de uma flor do recesso, que vem a ser o estardalhaço dado à notícia sem muita relevância. Talvez por falta de assunto mais palpitante, a classe política não se cansa de lançar balões de ensaio. A oposição jura que o prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM) é seu melhor nome para conquistar o governo, embora fale baixo para não contrariar o senador Eduardo Amorim (PSC). Por sua vez, os governistas fazem barulho com os nomes de Jackson Barreto (PMDB) e Antônio Carlos Valadares (PSB). O fato de este ter afirmado que se o peemedebista viabilizar a candidatura terá seu apoio foi motivo para muitos enxergarem nisso um recado de Valadares, e que ele teria colocado o nome para apreciação dos aliados. Até depois do Carnaval o tom da prosa será o mesmo, embora todos saibam que esse zunzunzum não passa de blá-blá-blá.

Fácil, fácil!

O prefeito João Alves Filho (DEM) comemora a aprovação dos 11 projetos de Lei enviados por ele para a Câmara de Vereadores de Aracaju. Entre as matérias aprovadas está a que autoriza a Prefeitura a contrair empréstimo de R$ 139,4 milhões, além de duas outras criando seis novas secretariais municipais e quase 200 cargos em comissão. Hoje, os vereadores devem aprovar o projeto propondo a reorganização do sistema educacional. Nada como ter maioria no Parlamento.

Fique ligado

Pescadores profissionais artesanais têm até 30 dias após a data do aniversário para atualizar o cadastro junto ao Ministério da Pesca e Aquicultura. Caso deixem de fazer, perdem o direito de pescar.  Com o Registro Geral da Pesca, o trabalhador tem acesso a programas sociais como microcrédito, assistência social e o seguro desemprego, pago durante o defeso, período em que a pesca é proibida para proteger a reprodução de peixes, lagostas e camarões.

Vergonha

Triste notícia para os pais com filhos nas escolas municipais: entre as capitais brasileiras, Aracaju tem a pior média (3,1%) do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Em 2007, a capital sergipana ocupou a 20ª posição no ranking, mas de lá pra cá só caiu, estando agora segurando a lanterninha. Segundo a secretária da Educação, Márcia Valéria, os pais, alunos e professores não merecem resultado tão pífio. Então, mãos à obra para tentar revertê-lo.

Posse I

A delegada de Polícia Georlize Oliveira Teles foi empossada ontem como titular da nova Secretaria de Defesa Social de Aracaju. Caberá a ela comandar a Guarda Municipal, SMTT, Defesa Civil e Defesa do Consumidor. Segundo Georlize, a partir de agora a Guarda Municipal vai criar laços capazes de envolver os cidadãos na conservação dos patrimônios público e privado. Em outras palavras, ela quis dizer à malandragem que se cuide.

Posse II

O desembargador Cláudio Dinart Déda Chagas será empossado hoje na presidência do Tribunal de Justiça de Sergipe. A solenidade está marcada para as 17h no Palácio da Justiça, centro de Aracaju. Os desembargadores Edson Ulisses de Melo e Suzana Carvalho serão empossados, respectivamente, como vice-presidente e corregedora geral da Justiça. Esta é a primeira vez na história de Sergipe que dois irmãos (Cláudio e Marcelo Déda) comandam simultaneamente os Poderes Executivo e Judiciário.

Mais água

A Deso já concluiu 55% da obra que vai garantir maior vazão de água tratada para a Grande Aracaju. A previsão é que até o final deste ano os serviços sejam concluídos. O projeto consiste na duplicação da Estação de Tratamento de Água João Ednaldo, estrutura localizada em Socorro e que integra o Sistema de Adutora do São Francisco. Segundo o diretor-presidente da Deso, Sérgio Ferrari, a obra vai permitir dobrar a oferta de água potável fornecida para a população.

Seca

Os prefeitos do semiárido sergipanos se reuniram ontem, em Brasília, com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra. Discutiram soluções a curto e médio prazos para as dificuldades enfrentadas pelos municípios em função da prolongada estiagem. Entre os temas abordados destacam-se o reforço para a chamada água de produção, que garante o equilíbrio da economia da região; e a revitalização do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs).

Tá danado!

Péssima notícia: a galera vai pagar mais pela ‘birita’ neste carnaval. Pesquisa da Fundação Getulio Vargas aponta que cervejas e chopes, por exemplo, subiram 12,99% entre fevereiro de 2012 e janeiro deste ano, enquanto a inflação acumulada no período subiu 5,95%. Segundo economistas, em função da demanda comum durante a folia, os preços da água que passarinho não bebe devem subir um pouco mais.

Do baú político

O episódio foi recente, mas merece entrar logo para o baú político. Veja o que publica hoje a coluna Periscópio, do Jornal da Cidade: Há cerca de 20 dias, durante solenidade de instalação das atividades do Projeto Rondon em Sergipe, no Teatro Atheneu, o prefeito de Propriá, Zé Américo (PSC), foi convidado para falar em nome dos demais prefeitos. Microfone em punho, saudou as autoridades presentes e, em seguida, olhando para a Bandeira do Brasil no palco, disse que gostaria de homenagear o pavilhão nacional. Ao fitar o auditório, o orador viu alguém com uma bandeira vermelha e preta, e completou: “Também é hora de homenagear a bandeira do Flamengo”. A mancada foi feia e todo mundo ficou sem entender nada. Tratava-se da bandeira da Paraíba. Há quem afirme que o prefeito confundiu a palavra ‘Nego’, escrita na flâmula paraibana, com o ‘Mengo”, que a torcida flamenguista grita nos estádios de futebol.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários