Flor do recesso

0

Sem muito o que fazer neste período pós eleitoral, a classe política corre atrás de suposições para se manter na mídia. Portanto, até o final do ano vai se ouvir falar muito sobre a eleição da Mesa Diretora da Assembleia e a escolha do novo secretariado do governador reeleito Jackson Barreto (PMDB). No caso do Legislativo, os próprios candidatos à presidência se encarregarão de fazer o barulho. Quanto aos futuros auxiliares diretos do peemedebista, a tática é plantar notícias sobre prováveis convites, ou queimações contra nomes bem contados para secretários. Até que surjam fatos novos no dia a dia político, o tom da prosa será o mesmo, embora todos saibam que esse zunzunzum não passa de blá-blá-blá.

Engenharia

Parece ter caído no esquecimento a defesa pela implantação em Estância de um campus de engenharia da Universidade Federal de Sergipe. Seria bom que a classe política sergipana voltasse a cobrar tão importante empreendimento ao governo federal. Por sua potencialidade, Estância possui todos os requisitos para sediar o campus, visando formar profissionais para atuarem nas muitas empresas já instaladas, e que estão em fase de instalação naquele município.

Votos de sobra

Veja o que publica o jornal Folha de São Paulo: “A Justiça Eleitoral barrou 90 candidaturas às eleições deste ano com base na Lei da Ficha Limpa. O número corresponde a 0,3% do total de pedidos de registro (26.148). Outros 98 postulantes que foram considerados "fichas-sujas" têm recursos pendentes na Justiça. Somente dois, Paulo Maluf (PP-SP) e André Moura (PSC-SE), receberam votos para, em caso de vitória judicial, assumirem vaga”.

Leite em debate

O próximo passo das indústrias de laticínios é se unirem para fortalecer toda a cadeia produtiva, desde o pequeno queijeiro às grandes empresas. Quem pensa assim é o empresário Ricardo Franco, que comanda a Sabe Alimentos, líder do mercado sergipano com o processamento diário de 200 mil litros de leite. Segundo ele, o XII Encontro Nordestino do Setor de Leite e Derivados (Enel) será muito importante para se discutir a unidade do setor. Organizado pelo Sebrae Sergipe, o evento acontecerá de quarta a sexta-feira próxima, no Centro de Convenções, em Aracaju.

Substituição definida

A líder sindical Ivânia Pereira deve substituir o falecido José Souza na presidência do Sindicato dos Bancários de Sergipe. O primeiro passo nesta direção já foi pelos 36 integrantes do Sistema Diretivo da entidade, que indicaram unanimemente Ivânia para o cargo. Esta posição deverá ser confirmada pela assembleia da categoria, marcada para às 18h30 da próxima quarta-feira, na sede do Sindicato.

Constituinte já

Entidades sindicais promovem amanhã uma manifestação em defesa da reforma política através de uma constituinte exclusiva e soberana. Em setembro, este mesmo movimento coletou em Sergipe cerca de 200 mil votos favoráveis à constituinte do sistema político brasileiro. Marcado para o início da tarde, no calçadão da rua João Pessoa, o ato visa discutir com a população sobre a necessidade de uma urgente reforma política no Brasil. Prestigie!

Escravidão

O Conselho Federal da OAB vota nesta segunda-feira a criação da Comissão da Verdade da Escravidão Negra. O objetivo é pesquisar episódios relativos à escravização de africanos e seus descendentes e fazer um resgate histórico e social, revelando fatos que passaram ao largo da história oficial. A proposta da Ordem é instalar uma comissão nacional e encaminhar ao governo federal a sugestão de criar o grupo, nos moldes da Comissão Nacional da Verdade. Legal!

Mercado nervoso

O ex-governador de Sergipe, empresário Albano Franco PSDB), não esconde a preocupação com o 2015 que se avizinha. “A demora da presidente Dilma Rousseff (PT) em anunciar o novo ministro da fazenda está deixando o mercado nervoso”, afirma. Mas, apesar de o país está vivendo um período de dificuldades em função do desaquecimento da economia, Albano Franco segue se dizendo um otimista porque confia muito no Brasil.

Sesc e Senac

Uma boa notícia para Itabaiana: O Sesc vai construir naquela cidade um centro de atividades idêntico ao existente em Socorro. Segundo o presidente da Fecompércio, deputado federal Laércio Oliveira, outra moderna unidade será edificada na avenida Otoniel Dórea, em Aracaju, visando abrigar o Sesc/Comércio, que hoje funciona em um prédio alugado. Ele também promete aumentar a oferta de matrículas nos cursos oferecidos pelo Senac, com a expansão do número de salas de aula na capital e interior.

Troca de time

E o jornalista Eugênio Nascimento anuncia a possível ida do deputado federal reeleito Mendonça Prado (DEM) para o PMDB. Segundo o coleguinha, “Mendonça já se sente fora do DEM desde que o partido optou por apoiar o então candidato a governador do PSC, senador Eduardo Amorim. O deputado federal tem sido muito lembrado para disputar a sucessão do sogro, João Alves Filho (DEM), na Prefeitura de Aracaju”.

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano O Tempo em 31 de maio de 1949

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários