Flor do recesso

0

A zuada feita em torno da twittada do presidente nacional do PT, Zé Eduardo Dutra, afirmando que é uma opção natural do partido para disputar o governo em 2014, não passa de uma flor do recesso, que vem a ser o estardalhaço dado a notícia sem muita relevância. É claro que, como liderança estadual do PT, Dutra almeja suceder o governador Marcelo Déda, aspiração que também é do vice Jackson Barreto (PMDB) e dos senadores Antônio Carlos Valadares (PSB) e Eduardo Amorim (PSC). Só que até a convenção em 2014, muita água passará por baixo da ponte. Admitamos que é prematuro demais se falar em eleições estaduais agora. Antes delas teremos a disputa municipal em 2012. Esta sim, o balizador para o pleito estadual. Certamente, a flor do recesso plantada esta semana não sobreviverá aos primeiros fatos relevantes que ocorrerão a partir de março, quando se inicia pra valer o ano político no Brasil.

 

‘Grana’ ameaçada

 

Uma péssima notícia para os ex-governadores: a OAB vai ingressar com ação no Supremo Tribunal Federal contra o pagamento de pensão vitalícia a estes senhores. A Ação Direta de Inconstitucionalidade será baseada no artigo 37 da Constituição, que estabelece os princípios de “legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência” na administração pública. A gorda ‘mesada’ recebida pelos ex-governadores equivale ao salário de um desembargador.

 

Calmante em alta

 

O que a coluna já vem dizendo há algum tempo agora é confirmado por uma pesquisa: a galera está tomando cada vez mais calmante. O Rivotril domina o mercado, respondendo por 77% das vendas em unidades. O tranquilizante só perde hoje para o anticoncepcional Microvlar. Para os psiquiatras, há um abuso na indicação desse medicamento tarja preta, que causa dependência e pode provocar sonolência, dificuldade de concentração e falhas da memória.

 

Embaralhado

 

Quando indagado por que a ex-secretária estadual do Planejamento, Lúcia Falcon, não foi indicada para o Ministério do Desenvolvimento Agrário, o governador Marcelo Déda (PT) dá a seguinte explicação: “Eu estava brincando de baralho, mas embaralharam minhas cartas e eu fiquei sem nada”. O nome de Falcon chegou a ser anunciado pela imprensa como certo para o Ministério, mas na hora H o escolhido foi o baiano Afonso Florence.

 

Sangue azul

 

A Associação Desportiva Confiança está de presidente novo. Empossado ontem, o dinâmico Luiz Roberto Dantas é o que pode se considerar um sangue novo – e naturalmente azul – no esporte sergipano. Ele tem tudo para realizar um excelente trabalho a frente do clube proletário. Além de sério e competente, Luiz Roberto trabalha sempre focado em projetos, diferente dos velhos cartolas, que primeiro pensam neles e só depois no clube que dirigem. Boa sorte, amigo!

 

Nos ares

 

O governador Marcelo Déda (PT) entrega hoje um avião bimotor ao Grupamento Tático Aéreo. A aeronave tem capacidade para seis passageiros e será utilizada para repressão e combate ao trafico de drogas, fiscalização de área ambiental e transporte de autoridades. O bimotor é um modelo Seneca3, de fabricação nacional, do ano de 1995, e teve custo zero para o Estado. O aviãozinho foi apreendido por ter sido utilizada para o transporte internacional de drogas, tendo ficado à disposição da Polícia Federal, sendo agora repassada para Secretaria da Segurança Pública de Sergipe.
 

Mangando do povo

 

O presidente do Setransp, Adierson Monteiro, acha demagogia culpar as empresas de ônibus pela má qualidade do transporte coletivo de Aracaju. Segundo ele, se há um responsável pelo péssimo serviço prestado este é o poder público, que não cria novas linhas nem reduz a carga tributária para baratear o preço da passagem. Neste ponto, o empresário está certo, pois se a Prefeitura fiscalizasse as empresas, elas não ‘mangavam’ tanto dos usuários, mesmo cobrando uma das tarifas mais caras do país. Quanto a chamar de demagogo quem critica o péssimo serviço, chega a ser uma petulância.  

 

Cena urbana

 

Um senhor desce do ônibus, alí na Praça da Bandeira, e pergunta a um estudante onde encontra um sanitário público. O jovem olha para os lados, pensa e fica sem resposta. Decidido e apertado, o catingueiro coloca a mochila no chão, desabotoa a braguilha, expõe o ‘pescoço de ganso’ e começa a ‘regar’ as plantas. Diante do espanto do estudante, o agora já aliviado senhor não titubeia: “O moço tá estranhando porque nunca morou na roça”. E ainda há quem se amofine quando dizem que a nossa Aracaju não passa de uma fazendinha com luz elétrica.

 

Veneno proibido

O metamidofós, agrotóxico usado nas lavouras, principalmente nas de cana-de-açúcar amendoim, batata, feijão e tomate, vai sair do mercado gradualmente. Segundo o Ministério da Agricultura, em 120 dias estará proibida a importação e produção do inseticida. Sua formulação, no entanto, será permitida por mais um ano e a comercialização, até novembro de 2012. A decisão do governo foi tomada depois que uma reavaliação do agrotóxico constatou que seus benefícios não compensam os riscos à saúde.

 

Do Baú Político

 

No início do século passado, a Assembléia Legislativa aprovava até ajuda financeira para jovens sergipanos estudarem fora de Sergipe. Isso pode ser comprovado nos textos do intelectual e político estanciano Gilberto Amado. Como tantos outros estudantes, ele recebeu essa ajuda para se bancar no Recife enquanto estudava Direito. “O presidente do Estado, Josino Meneses, não gostava de meu pai e, como também antipatizava comigo, ampliou a pensão a outros jovens sergipanos, principalmente a um de quem afirmava ter tanto ou mais merecimento do que eu. Essa pensão de oitenta mil réis por mês, se bem me lembro (que de resto foi logo suspensa por iniciativa minha, assim que dela não mais precisei no ano seguinte), confirmava o que dizia meu pai sobre o presidente do Estado.”, escreveu um queixoso Gilberto Amado, que foi deputado federal e senador por Sergipe, além de embaixador no Chile e delegado do Brasil na ONU.

 

Resumo dos Jornais

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais