Fogo Amigo X Jogo da oposição

0

A nota publicada na coluna Painel da Folha de São Paulo no último final de semana dando conta que o PSB nacional colocou na cota para apoiar o candidato do PT em São Paulo, o apoio a Valadares Filho em Aracaju pode não ter origem no jogo da oposição, mas no chamado “fogo amigo”.

Todos os envolvidos e principais interessados negaram a qualquer interveniência da direção nacional do PSB no assunto. O governador Marcelo Déda deixou claro que não existe nada neste sentido. O presidente municipal do PT, Usiel Rios, pelo twitter disse que em contato com dirigentes do partido da direção nacional o assunto Aracaju nunca foi ventilado nas conversas com o PSB. O presidente municipal do PSB e o presidente estadual e pré-candidato, Valadares Filho, também deixaram claro que a decisão será do governador Marcelo Déda ao lado do prefeito Edvaldo Nogueira. Ou seja, nenhum dos interessados confirmou o teor da nota.

A oposição apostava na divisão do grupo em duas candidaturas, mas o governador Marcelo Déda conseguiu o  compromisso de todas lideranças no apoio ao candidato que será escolhido.Mas a oposição não parece preocupada com a candidatura governamental, já que muitos acreditam que João Alves Filho só não será prefeito de Aracaju se não for candidato.

Já no lado governista parece que tem alguns poucos chateados com a decisão das lideranças de passar a decisão para Marcelo Déda com o apoio de Edvaldo Nogueira.

O problema maior é o que o blog sempre alertou. Os interesses particulares são maiores do que os interesses coletivos. No momento que o governador Marcelo Déda pediu a unidade em nome do projeto maior que ele comanda desde que assumiu o governo estadual, abriu-se uma ferida em quem estava pensando apenas no projeto individual.

Déda já disse que o nome escolhido não será o candidato do seu partido apenas. Será o candidato que vestirá a camisa de todos os partidos que lhe apoiam. Seja de que lado partiu a nota o tiro saiu pela culatra. Pelas declarações das lideranças do PT e do PSB a unidade já foi construída. Um bloco que venceu as últimas duas eleições estaduais e comanda a Prefeitura de Aracaju há vários anos não pode ser desprezado politicamente, principalmente unido.

São poucos os homens que deixam de lado o individualismo e a arrogância em defesa de um projeto coletivo.

Grande é aquele que tem o caráter e a humildade suficientes para entender que também é humano, como qualquer outra pessoa.

PSB bate martelo e será o 1º partido a apoiar Haddad
FSP de hoje,12: O PSB será o primeiro partido a oficializar o apoio a Fernando Haddad (PT) na corrida pela prefeitura paulistana. O comunicado formalizando a aliança deve ser feito até amanhã pelo governador Eduardo Campos (PE) e o ex-ministro Roberto Amaral, principais dirigentes da sigla, a Lula, padrinho da candidatura de Haddad, e Rui Falcão, presidente nacional petista.

Decisão independe de articulações em Recife e Fortaleza
Campos e Amaral dirão à cúpula do PT que a decisão independe das articulações entre os dois partidos para Recife e Fortaleza, que se arrastarão até o final do mês.Os socialistas, que integram a base de sustentação a Dilma Rousseff, pretendem usar o discurso de que o acordo se faz necessário pelo fato de a eleição em São Paulo ter "caráter nacional". Na interpretação da direção do PSB, a coalizão haddadista será a única capaz de sustentar um projeto "progressista e de centro-esquerda" para a capital paulista.

Doação de avião coloca ministro do PSB na berlinda
A revista Veja trouxe em sua edição desta semana uma revelação que exige muitas explicações do governador da Paraíba, Ricardo Coutinho e do ministro de Integração Nacional, Fernando Bezerra, ambos do PSB. A nota com o título “Amizade nos Ares” diz que o ministro Fernando Bezerra, do PSB, cedeu gratuitamente por cinco anos o avião Xingu 2, fabricado pela Embraer, ao governo da Paraíba. A justificativa foi que o avião será útil para ações de combate as catástrofes naturais  como seca e enchente. Detalhe: Ricardo Coutinho, governador da Paraíba é do PSB.

PT e PMDB devem caminhar juntos em Porto da Folha
No município de Porto da Folha, administrado hoje pelo prefeito petista, Manoel de Rosinha, que já foi reeleito, o PT, o PMDB e mais cinco partidos estão conversando para lançar a chamada 3ª via, aos pré-candidatos já lançados. As lideranças destes partidos estão conversando em torno de um nome de consenso.

Em Campo do Brito Maim já tem candidato
Em Campo do Brito o prefeito Maim já decidiu o apoio a candidatura de Zé Carlinhos a prefeito. Lá a oposição terá como candidato, Leo, irmão de Zé Carlinhos. Pelo que se comenta Zé Carlinhos poderá ter o apoio também do ex-prefeito Roque.

PSC e a Dissolução do diretório de São Domingos I
Em São Domingos o PSC tem o vereador mais votado, conhecido como JJ, que obteve 770 votos e ajudou a eleger outro vereador. Lá, o ex-vereador Israel Bispo disse que tinha o compromisso das lideranças do PSC – confirmado pelo prefeito de Lagarto Valmir Monteiro – no apoio a sua candidatura a vice-prefeito e com uma chapa com cinco candidatos a vereador. A coligação seria formalizada com o PT. Mas o presidente estadual, André Moura, não assumiu o compromisso firmado e determinou a dissolução do diretório municipal para beneficiar o atual prefeito.

PSC e a Dissolução do diretório de São Domingos II
Ontem, 11, no programa de George Magalhães, na Mega FM, Israel Bispo soltou cobras e lagartos nas lideranças do PSC e disse que ele e os filiados foram traídos. Com a decisão da Direção Estadual até mesmo o vereador JJ tem sua candidatura inviabilizada. E o PSC que poderia eleger três vereadores e um vice-prefeito ficará sem nenhum representante em São Domingos.

Lideranças reclamam de André Moura
Não é somente em São Domingos que lideranças do PSC reclamam das decisões de André Moura. O blog recebeu outras duas reclamações que estão sendo checadas para posterior publicação. Um filiado do partido, com mandato, chegou a dizer que André Moura assumiu a presidência recentemente para aparar as arestas com João Alves e Mendonça Prado, já que ele é muito ligado ao ex-governador, com isso possibilitar uma aliança em Aracaju, mas tem causado sérios problemas em alguns municípios.

Associações e editais que não são disponibilizados
O MPE e o TCE devem realizar uma força tarefa em várias associações comunitárias que realizam convênio com o governo estadual para construção de obras de pequeno e médio porte. A denúncia é que algumas delas não disponibilizam em tempo os editais para algumas obras e o pequeno construtor bate “com a cara na porta” por diversas vezes para receber o edital. E quando recebe é faltando poucos dias para a licitação.

De olho nas denúncias de Augusto Bezerra
Ontem, 11, uma importante autoridade eleitoral garantiu que as denúncias do deputado Augusto Bezerra, que o deputado Gustinho Ribeiro está usando a influência do pai, que é conselheiro do TCE, para conquistar prefeitos será investigada. E não só ela, como também a outra denúncia de que o trio elétrico de ligado a família do deputado vem fazendo contratos com prefeituras por conta da influência no TCE. Pelo jeito as denúncias não ficarão soltas ao vento…

Programa de saúde para os caminhoneiros
A deputada Maria Mendonça apresentou indicação de nº78/2012 no sentido de que possa envidar esforços para a criação e manutenção de um programa de saúde para os Caminhoneiros. Diante da extensa carga horária diária de trabalho dos caminhoneiros, associada às tensões e riscos naturais da profissão, terminam por gerar problemas de saúde que são, via de regra, postergados pela necessidade de cumprir prazos nas entregas dos produtos que transportam.

Compromisso
Para a deputada, considerando a importância dessa categoria, o Estado de Sergipe deve assumir um compromisso de forma mais efetiva no âmbito da assistência médica aos caminhoneiros, podendo criar um programa específico a ser instalado anualmente, durante o mês de junho, na cidade de Itabaiana, coincidindo com a Festa do Caminhoneiro, de modo a desenvolver um mutirão de atenção e atendimento ao caminhoneiro.

Guerreiros da estrada
"Itabaiana é conhecida como celeiro do Estado de Sergipe e é também colocada em evidência como a cidade que proporcionalmente possui o maior número de caminhões e, por conseguinte, de Caminhoneiros, por isso, nada mais justo, de se ter um Programa de Saúde Voltado para esses grandes guerreiros da estrada", defendeu Maria.

Projeto
A deputada apresentou também um Projeto de Lei nº que Confere ao Município de Itabaiana, no Estado de Sergipe, o Título de "Capital Sergipana dos Caminhoneiros".O Projeto tem por objetivo conferir ao Município de Itabaiana o titulo de Capital Sergipana dos Caminhoneiros, já conhecida como a "Capital Brasileira dos Caminhões". Legitimada já está entre os caminhoneiros do Brasil e das empresas ligadas ao transporte de cargas, porém, é justo que Sergipe legalize esse título, a nível de Estado e o oficialize.

Governo de Sergipe no combate a seca
O Governo de Sergipe inicia mais uma fase no combate a seca, através de ações da Secretaria Estado da Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento Social (Seides) mcom a distribuição de cestas básicas numa ação conjunta que envolve policiais militares e bombeiros. Começa nesta terça-feira a entrega de 35 mil cestas nos 18 municípios em situação de emergência.Entre terça-feira e quinta-feira as cestas serão entregues nos municípios de Frei Paulo Poço Verde, Tobias Barreto, Frei Paulo, Tomar do Geru, Pinhão e Pedra Mole.

Em Frei Paulo, oposição sairá unida I
O blog recebeu a informação que em Frei Paulo a oposição ao atual prefeito, candidato à reeleição, Arinaldo Filho, sairá unida nas eleições deste ano. E já estão também fazendo um planejamento para mostrar algumas irregularidades. Uma delas. Seis novos veículos adquiridos pela Prefeitura há algum tempo ainda circulam sem nenhuma identificação oficial municipal. Eles vão levar a denúncia para o MPE para que sejam tomadas as devidas providencias impedindo que os veículos possam ser usados eleitoralmente.

Em Frei Paulo, oposição sairá unida II
As lideranças da oposição avaliaram como positiva a matéria veiculada pelo semanário Cinform na semana passada mostrando a verdade sobre obras iniciadas e não acabadas em Frei Paulo. A oposição já está de olho na obra de pavimentação do parque de exposição agropecuário. E já tem gente apostando que a obra não será entregue no prazo legal.

Passarela do Artesanato precisa de apoio do governo
Há alguns meses vários artesãos aceitaram a proposta do governo de se mudarem para uma área ao lado da pista de MotoCross onde foi criada a Passarela do Artesanato. Eles investiram em barracas e pagam seus impostos regularmente. E tiveram a promessa que o espaço seria divulgado na rede hoteleira. Porém, o calçadão da orla é invadido diariamente por vendedores de todas espécies, inclusive de eletrônicos sem nota fiscal e bolsas e outros objetos falsificados com nomes de griffes famosas.

Cadê a fiscalização?
O problema é que não tem fiscalização como este espaço já cobrou por várias vezes. Ontem, 11, a TV Sergipe veiculou uma ampla matéria mostrando o desespero dos artesãos que pagam seus impostos. E foi informado que a fiscalização não está sendo feita porque depende de uma sinalização da Casa Civil. Será que o governador tem conhecimento do que vem ocorrendo? Quanto custa para o governo colocar fiscais na orla para coibir que o calçadão seja invadido por ambulantes?

Solução será fechar a Passarela e todos ficarem no calçadão?
Ou o governo do Estado acha melhor que todos os artesãos da Passarela do Artesanato fechem suas barracas e passem a ocupar o calçadão da orla? Se não for feito nada por parte do governo estadual a única saída para os artesãos será esta: invadir também o calçadão da orla e seja o que Deus quiser, já que o pedestre vem encontrando dificuldades para passear no local.

Servidores sergipanos se destacam em Congresso
Em um congresso que é referência nacional em assuntos que envolvem inovação e melhorias na gestão pública, servidores de Sergipe tiveram uma presença de destaque. Cinco trabalhos de autores sergipanos, que trabalham na SEPLAG, foram selecionados para apresentação durante o Congresso: “Utilizando o business inteligence – bi na gestão de recursos humanos em Sergipe”, de Henilton Faria Santos (seplag); “inteligência ou força bruta? utilizando instrumentos de auditoria no aprimoramento da gestão da folha de pagamento em Sergipe”, de Zarath Machado da Rocha (seplag); “integrando sistemas legados: como o estado de sergipe aprimorou a gestão das informações relativas à perícia médica administrativa” de Evancy Barbosa Barros (seplag) e “direitos e deveres dos servidores: conscientizado por meio de jogos educativos”, de Wesckley Faria Gomes (seplag), além de “menos diligência, mais celeridade: o sucesso da procuradoria itinerante na apreciação de processos de servidores públicos estaduais de Sergipe Lea Rabelo dos Santos Faria”, da PGE.

Britto no TJ/SE
O Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o Ministro sergipano Carlos Ayres Britto, esteve no Tribunal de Justiça de Sergipe na tarde de hoje, dia 11. Foi a primeira visita oficial após a posse dele, no dia 19 de abril deste ano, como Presidente do STF. Carlos Britto enfatizou a qualidade do Judiciário sergipano.

Vanguarda
“Eu sempre que posso faço menção a esse desempenho de vanguarda do nosso Tribunal de Justiça sergipano e, inclusive, em processamento eletrônico serve de modelo para todo o Brasil”, destacou, acrescentando que “visitar os amigos é tão honroso quanto prazeroso”.

Recepção
O Ministro Carlos Britto foi recebido pelo Presidente do TJSE, Desembargador José Alves Neto; pelo Vice, Desembargador Osório de Araújo Ramos Filho; pelo Corregedor, Netônio Machado; pela Presidente do TRE, Aparecida Gama; pelo diretor da Esmese, Cezário Siqueira Neto; pelo Ouvidor Geral, Edson Ulisses de Melo; e também pelos Desembargadores Luiz Mendonça, Roberto Porto e Suzana Carvalho.

Problemas do Veneza
A Tribuna Livre da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) receberá nesta terça-feira, 12/6, representantes da Associação do Bairro Veneza. Na ocasião, os representantes da comunidade do bairro Veneza estarão apresentando aos parlamentares do Legislativo de Aracaju, os inúmeros problemas enfrentados pelos moradores da região. A Tribuna Livre deve começar por volta das 15h30, após a leitura da ata, se não houver vereadores inscritos para falar no Pequeno Expediente.

50 anos Banese
Ainda nesta terça-feira, 12/6, atendendo solicitação do vereador Moritos Matos (PDT), será realizada uma Sessão Especial na Casa Parlamentar que irá debater sobre os 50 anos do Banese. Fundada em 1961, a instituição bancária tem se empenhado ao longo de sua história em atender as finalidades constitutivas pretendidas através do fomento ao desenvolvimento econômico do Estado de Sergipe.

Cidadania Aracajuana
A Câmara Municipal de Aracaju (CMA) concederá na manhã desta terça-feira, 12/6, três títulos de Cidadania Aracajuana. Receberão a honraria Ana Maria Fonseca Medica, Ione Marques Matos e o jornalista e radialista Rosalvo Nogueira. As proposituras para entrega das condecorações são de autoria do vereador e presidente da Casa, Emmanuel Nascimento (PT), da parlamentar Miriam Ribeiro (PSD) e do suplente de vereador Chico Buchinho (PT). A Sessão Solene acontecerá no Plenário da CMA, a partir das 10h.

Organizador do evento
O Dieese – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos – juntamente com algumas centrais sindicais realizará a 1ª Jornada de Debates – Setor Público, com o tema Finanças Públicas: Desafios e Perspectivas para a Negociação no Serviço Público. O evento será realizado na próxima quinta-feira,14, das 8h30 às 12h30 no Sindipre-SE, situado à rua Vila Cristina, 222, em Aracaju. Os interessados devem confirmar presença pelo e-mail: relacionamento@dieese.org.br ou pelo telefone 0800 – 77 33 117.

Casa Cultural sediará audiência pública com a SMTT no Augusto Franco
Na próxima quinta-feira, 14 de junho, a Casa Cultural Careca e Camaradas sediará audiência pública com a SMTT de Aracaju – Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito, onde tratará sobre mobilidade urbana. Atendendo a uma solicitação de Max Prejuízo, a audiência pública acontecerá a partir das 19h na sede da Casa Cultural, localizada à Rua Aquilino Macena, 295, na 6ª etapa do conjunto Augusto Franco, com a participação do novo superintendente da SMTT, o engenheiro Antônio Fernando Menezes Nunes, e sua equipe técnica.

Reivindicações
Entre as principais preocupações e reivindicações da comunidade estão: o acesso ao AF, ao lado da Praça da Juventude, onde acidentes acontecem diariamente; a implantação de redutores de velocidade nas principais vias do conjunto e uma nova linha de transporte coletivo com acesso ao conjunto pela Av. Beira Mar. Compreendendo a importância da audiência pública, Max Prejuízo, coordenador da Casa Cultural Careca e Camaradas, convida toda a comunidade do Augusto Franco a participar deste grande encontro. "Agradecemos a SMTT a oportunidade desse importante debate e espero contar com a participação de toda a comunidade", disse Max Prejuízo.

Sergipe é destaque no Top 100 de Artesanato
Empreendedores sergipanos finalistas do Prêmio Sebrae TOP 100 de Artesanato foram destaque com peças feitas com a fibra do ouricuri, fibra da bananeira, bordados e renda irlandesa. Eles são dos municípios de Aracaju, Neópolis, Santa Rosa, Divina Pastora e Lagarto. Dos oito trabalhos selecionados entre as 100 unidades produtivas mais competitivas, seis são de associações.

Catálogo
Os empreendedores sergipanos terão seus trabalhos incluídos no catálogo da terceira edição do Prêmio. Ao receber os certificados, os artesãos terão a autorização para usar o selo Prêmio Sebrae TOP 100 de Artesanato em todos os seus produtos durante três anos. A solenidade de entrega do prêmio e certificados será no dia 4 de setembro, na Marina da Glória, Rio de Janeiro. A terceira edição do Top 100 contou com quarenta e um artesãos sergipanos inscritos. O número é três vezes maior que o registrado no último concurso, em 2009, quando participaram do prêmio dez trabalhos de Sergipe.

III Fórro do Brisa o “Forró da Zona de Expansão”
O último sábado, 09,ficou marcado para todos moradores da Zona de Expansão (Aruana), que participaram do III Forró do Brisa, o “Forró da Zona de Expansão”Foi uma festa animada muito bonita e organizada. Esta de parabéns a Associação De Moradores Do Residencial Brisa Mar em nome de Felipe e senhor Francisco. Agradecer também aos 31 patrocinadores que estiveram juntos a todo tempo no apoio a realização do evento. Um evento que contou com um publico de 3000 pessoas e 4 atrações da terra e muitos trios pé de serra. Em 2013 o forró já tem data marcada.

PELO TWITTER

www.twitter.com/riltonmorais  Ouvindo @gilmarcarvalho revelar os salários do procuradores do Estado, descubro que sou um otário. Salvar vidas não é importante.

www.twitter.com/geovannesdi  Nas redes sociais o importante é parecer. O faxineiro vira "diretor de limpeza", a recepcionista vira "gerente de atendimento" e por aí vai.

www.twitter.com/JoseRaimundos  Toda vez que estive insatisfeito sair, agradeci ao patrão e fui embora. Professores sejam competentes faça o mesmo.

www.twitter.com/thiagoribeirose  Eu me esforço pra ser como sou! Se eu me esforçasse um pouco mais eu seria melhor, mas me consolo pois se me esforçasse menos eu seria pior!

www.twitter.com/NadjaPiauitinga  Meu tempo é agora, quem quiser ocupar espaço que trabalhe, cresça e apareça. Não abro para ninguém!

www.twitter.com/RodrigoPaixaoSE  As coisas estão se aproximando e o caldo está engrossando, Aracaju começa a sentir um novo cenário eleitoral bem diferente dos dias chuvosos.

DO LEITOR

Avenida da vergonha
Do leitor José Almeida: “Desde outubro/2011 chamei atenção da SMTT sobre a possibilidade de diversos acidentes na Av. Alexandre Alcino que sai do Conjunto Orlando Dantas sentido Santa Maria. Chamada Av. da Vergonha e descaso do poder publico. No Loteamento Marivan, foi inaugurado um Condomínio com dezenas de apartamentos que tem seu acesso através da referida avenida na Rua da Paz. Com a precariedade da mesma solicitei uma atenção maior do órgão competente para que fizesse alguma coisa para evitar acidentes na saída e entrada da mesma. Nada foi feito, e agora estamos colhendo os frutos malignos. Os acidentes passaram a serem uma constante do dia, dia. Provavelmente estão esperando acontecer um acidente grave com vitimas fatais para que uma providencia seja tomada. E eu que pensei que o mal da SMTT era a administração do Sr. Samarone. Que o ilustre prefeito Edvaldo Nogueira tome conhecimento e chame o feito a ordem”.

Falta de médico no hospital em Lagarto
Do leitor  Samuel Neto: “Gostaria de contar uma coisa que aconteceu no dia de ontem (10/06/12) na cidade de Lagarto: Meu cunhado precisou levar o pai dele, um senhor de  quase 70 anos, no hospital regional de Lagarto pois estava sentindo muita falta de ar, e ao chegar no hospital a atendente nem quis saber o que ele tinha, foi logo dizendo que não tinha médico, prática comum naquele hospital, diante disso meu cunhado perguntou se tinha alguma ambulância para levar meu sogro para outra cidade, o que foi respondido que não tinha nenhum ambulância e que não podia fazer nada. Diante disso meu cunhado, mesmo tendo ingerido cerveja nesse dia, arriscou-se e foi assim mesmo em seu carro para o hospital na cidade de Riachão do Dantas, onde meu sogro foi atendido e medicado. Depois desse episódio eu fiquei me perguntando: o hospital Nossa Sra. Da Conceição, mesmo como todos os seus problemas de estrutura, era muito difícil chegar lá e alguém dizer que não tinha médico, sem contar que no hospital regional de Lagarto o atendimento é de ruim a péssimo. Pediatra então nem se fala porque para encontrar um plantonista durante a semana é a coisa mais difícil do mundo.Então é isso, Claudio, isso é apenas um desabafo de uma pessoa que está cansada de ver pessoas que não tem uma boa condição financeira ter que sofrer, mendigar, por uma coisa que é direito de todos conforme dita a nossa constituição.Não sei de quem é a responsabilidade pela administração do referido hospital, só sei que o prefeito de lagarto apoiado pelo governador e é inimigo político da família Reis de Lagarto”.

Sobre a greve do magistério e o direito dos alunos
Da leitora Kelly Cristina: “estou cansada, esgotada, envergonhada, e até desesperada, porque todos os dias meus filhos me pedem para ligar na escola, pra ver as noticias e saber se as aulas já voltaram. Fui questionada por eles, se eu não poderia tomar uma atitude legal contra essa greve, porque eles estão cansados de ficar sem o direito legal de estudar.Sabe a escola pública não oferece atrativos para fazer com que muitas crianças e jovens, queriam permanecer ou completar o ciclo de estudos, muito professores cumprem o horário, apenas para receber o seu  salário no final de mês, outros tentam ensinar, porém batem de frente com diretores que também são omissos ou com a secretaria de educação que não atende o mínimo para que possam dar suas aulas, as quadras de esporte na sua maioria estão deterioradas, em reforma ou não existem, os laboratórios e bibliotecas estão abandonados, violência nas escolas é algo normal, drogas também…enfim tudo faz com que os alunos queiram desistir.O que estamos vendo é algo surreal, são alunos desesperados, querendo voltar a escola, desejando estudar e ganhar conhecimento, para poderem concorrer em vestibulares, a empregos, terem uma oportunidade no futuro e os educadores, que entenderam uma lei, que, eu li, re-li e só pude entender que o piso é para carreira básica. Será que a OAB não poderia intervir e explicar de forma didática o que a lei realmente quer dizer? será que há duplo sentido nessa lei? será que os deputados federais ou senadores, não podem explicar qual a real intenção dessa lei? Acho que a resposta é bem clara, NÂO, porque eles tiveram a sorte de não precisar que seus filhos estudem em escolas públicas, mas o que o país todo e principalmente os sergipanos esquecem, é que cada um de nós é responsável pelo salário dos professores, cada um de nós paga pela existência das escolas públicas, então ela não é de graça, é o nosso dinheiro que esta sendo investido, somos nós e os próprios professores, que pagam por isso.Tenho tentado buscar uma explicação, fui até o MPE e eles não podem mover uma ação, da minha parte contra a greve, tenho participado nas redes sociais colocando meu ponto de vista, mas o que mais quero e ver meus filhos satisfeitos.Um momento político, um momento de greve, mas muito mais que isso, é um momento de dor para nós pais, que não temos outra opção senão continuar aguardando o final desta situação.Peço encarecidamente que seja feita a coisa certa, se houver o direito dos professores, que se cumpra, se houver o direito do governo que se cumpra, mas que principalmente, que se cumpra o direito dos estudantes, que também é garantido pela CONSTITUIÇÃO FEDERAL”.

GREVE NAS UNIVERSIDADES FEDERAIS

OFICIO CIRCULAR ENCAMINHADO PELA FASUBRA AOS MINISTÉRIOS DA EDUCAÇÃO, DO PLANEJAMENTO, DA SAÚDE, DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO, DA CASA CIVIL E AOS REITORES POR MEIO DA ANDIFES COMUNICANDO O INÍCIO DA GREVE DOS TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS DAS UNIVERSIDADES

“OF. CIRC. 004/12-SEC Brasília-DF, 08 de junho de 2012.

Exmo. Sr.
ALOIZIO MERCADANTE
MD. Ministro de Estado da Educação
E-mail: gabinetedoministro@mec.gov.br
Esplanada dos Ministérios – Bl. L – Ed. Sede – 8º andar

Senhor Ministro,

Comunicamos a Vossa Excelência que a categoria dos Técnico-Administrativos das Instituições de Ensino Superior, representados por esta Federação, decidiu por unanimidade, em Plenária Nacional realizada nos dias 03 e 04 próximos passados, deflagrar a greve nacional dos Técnico-Administrativos a partir do dia 11 do corrente mês.

A deflagração da greve, decidido pelo conjunto da categoria, apoia-se na falta de avanço das negociações com o Governo Federal em quaisquer dos itens de nossa pauta protocolada. Desde 2007, esta Federação vem exaustivamente tentando solucionar questões sérias referentes ao nosso Plano de Carreira, PCCTAE – Lei 11.091/2005, mas não tem percebido qualquer avanço no atendimento das demandas apresentadas.

No ano de 2011 as negociações não prosperaram e a categoria permanecerá mais um ano sem perceber qualquer reajuste em seus salários, continuando com o menor piso salarial do serviço público federal. O Governo mantém a mesma dinâmica de negociação nas mesas e não apresenta qualquer avanço no sentido de atender nossa pauta protocolada. Tendo em vista que o governo apresentou o prazo de 31 de março de 2012 como sendo o do término das negociações para, a partir daí, apresentar proposta e não fez, o XXI CONFASUBRA, realizado no mês de abril passado, deliberou por unanimidade que o prazo final para o governo apresentar uma contraproposta à nossa pauta seria o dia 30 de maio de 2012.

Findo o prazo de 30 de maio de 2012, período em que já foram realizadas 10 reuniões na mesa específica e 08 reuniões na mesa de negociação dos Servidores Público Federais, onde não houve qualquer avanço nas negociações por parte do Governo, bem como lembramos ainda que, desde 2007, somam-se 52 reuniões sem qualquer ato propositivo por parte da administração federal, não nos restou outro caminho que não o de deflagração do movimento paredista.

Diante do exposto, as entidades filiadas da FASUBRA e todo o conjunto da categoria dos Técnico-Administrativos das IFES, ao decidirem pela Deflagração da Greve por tempo indeterminado a partir do de 11 de junho de 2012, buscam resolução na Mesa de Negociação que garantam recursos para a Carreira e atendimento da pauta de reivindicação:

I-Eixo Específico:
– Reajuste Salarial: Recurso para o piso – Piso de 3 Salário Mínimo (SM) e Step de 5%;
– Racionalização dos Cargos;
– Reposicionamento dos Aposentados;
– Mudança do Anexo IV (Incentivo a Qualificação);
– Devolução do Vencimento Básico Complementar Absorvido (Mudança na Lei da Carreira – 11.091/05);
– Isonomia Salarial e de Benefícios entre os Três Poderes.

II- Eixo Geral:
– Luta contra a EBSERH;
– Luta contra a Terceirização, por concurso Público já!;
– Lutar por 10% do PIB para Educação;
– Implantação da jornada ininterrupta de trabalho de 30h sem redução de salário;
– Contra a MP 568/12 nos artigos que atingem a redução Salarial dos Médicos e Médicos Veterinários e da Insalubridade/Periculosidade;
– Em defesa da Negociação coletiva, Data Base e definição da política salarial; Ascensão Funcional (em defesa da PEC 257/95).

Atenciosamente,

ROLANDO RUBENS MALVÁSIO Jr             JOSÉ RONALDO RIBEIRO ESMERALDO
Coord. de Administração e Finanças                       Coord. de Organização Sindical
      Plantão DN/FASUBRA                                     Plantão DN/FASUBRA

ARTIGO

Na força, a corda se rompe – Edson Júnior*

No fim de semana, uma nota da Folha de São Paulo gerou fortes insatisfações e especulações de todo tipo, dando conta que o PSB nacional condicionou apoio a Fernando Haddad, em São Paulo, se houver reciprocidade aqui em Aracaju, ou seja, que o candidato do bloco seja Valadares Filho.

O governador Marcelo Déda, inconteste liderança maior do bloco, recebeu a missão de discutir com os aliados e pré-candidatos a definição de candidatura única do bloco e está conversando, dentro do seu estilo e maturidade política conquistados a cada eleição. Se o nome do candidato do bloco ainda é dúvida, há uma certeza: Marcelo Déda não pressiona e não admite pressões sobre ele. Com ele, na força não vai. Tanto que pelo twitter, manifestou não ter “conhecimento de qualquer pressão do PSB Nacional sobre candidatura em Aracaju. A candidatura do bloco aliado será resolvida aqui.” Não precisa nem desenhar.

Há alguns anos, precisamente em 2007, o governador Marcelo Déda, em entrevista ao jornal Estado de São Paulo, expressou sua preocupação com a centralidade paulista no debate nacional. Perguntado pela reportagem, respondeu: “Defendo que São Paulo tenha seu exato tamanho, que é extraordinário. Nenhum partido será nacional sem reconhecer o peso e a dimensão exata de São Paulo. O que eu combato é o paulistismo ou a paulistização, que é – sei que isso vai irritar os paulistas vindo de um nordestino – uma abordagem provinciana da política. Eu já testemunhei encontros nacionais pautados por um ajuste de contas entre correntes internas paulistas que termina influenciando o debate de todos os diretórios do País. O Brasil é muito mais complexo do que São Paulo.”
Íntegra: http://www.fazenda.gov.br/resenhaeletronica/MostraMateria.asp?page=&cod=404275
Na recente nota da Folha de São Paulo, novamente São Paulo é alçado como definidor de candidaturas em outros pontos do País, como em Aracaju, por exemplo, e o governador Marcelo Déda manteve a fidelidade do que pronunciara em 2007, mais ou menos assim: à São Paulo, o que é de São Paulo.
Se foi uma hipótese lançada pelo jornal e prontamente desmentida pelas lideranças do PSB e do próprio governador, é necessário avançar um pouco na questão, mesmo que apenas como exercício de reflexão. É preciso tirar o olho de Aracaju por um momento e fazer detida análise sobre os passos de Eduardo Campos, atual governador de Pernambuco, cujo projeto para se viabilizar presidenciável depende de sua força regional e, para isso, há um governador, do pequeno Estado de Sergipe, que goza de prestígio local e nacional e com o qual Eduardo Campos parece não querer rivalizar, mas ser A LIDERANÇA. Eduardo Campos precisa avançar no NE e assumir protagonismo regional. Esse é ponto. Como um general napoleônico, Campos segue cravando alfinetes amarelos em cada município e estados conquistados. Natural e legítimo. Faz parte do jogo político e das pretensões do PSB.
Só que o custo do projeto Campos pode ser o exílio do PT sergipano, que sem disputar a prefeitura agora em 2012, sem disputar governo em 2014 e com a caminhada de Eduardo Campos em assumir a liderança no NE com vistas à disputa pela presidência da república, obrigará o PT a se tornar uma sigla apêndice, com diagnóstico de inanição até a morte, ou com sérias sequelas, no caso de sobrevivência. O PSDB fez isso com o DEM e PPS e os sinais de fragilidade dessas siglas se revelam a cada eleição.

É evidente que a militância do PT sabe o que acontece e não dará aval ao extermínio da sigla. Prega a unidade, confia na liderança do governador Marcelo Déda, mas pode se expressar de outra forma nas ruas, porque sabe que, inclusive, as próprias lideranças do partido ficam sob ameaça de um apagão político. Ninguém se constitui como liderança, simplesmente anulando outras lideranças. Temos fartos exemplos aqui no nosso Sergipe. Trazer São Paulo e Pernambuco para Sergipe, cria sérios embaraços no caminho da unidade.

Assim como o PSB e todos os partidos do bloco, o PT tem legitimidade para pleitear encabeçar 2012, pelo histórico de unidade ao grupo apresentado nas últimas eleições, pela inauguração de um novo modelo gerencial em Aracaju, pela capilaridade eleitoral da sigla e por seu próprio processo interno, com realização de prévias e apoio do Diretório Nacional do partido. Com apoio do bloco, é evidente que o PT é extremamente competitivo.

Apesar de todas variáveis positivas, o PT e seu pré-candidato, Rogério Carvalho, não saíram da linha da unidade, nem buscaram forças externas para dar empuxo. Confiaram e confiam na condução do governador e do bloco, pois é assim que tem que ser.
Usar a força ao diálogo é um convite ao revide; ação e reação. Ninguém é candidato de si próprio e isso vale para todos os integrantes do bloco; agora e em 2014.

É preciso profunda análise sobre todos os pontos que levem o bloco a uma candidatura segura, robusta e com capacidade de enfrentamento com os candidatos da oposição e com os quais, aí sim, a verdadeira e dura disputa.

O bloco aliado deve se comportar como aliado com o aliado. Se não for assim, a corda se rompe, para a felicidade da oposição, que não se move, apenas observa, silente.

*Acadêmico Jornalismo

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

 Frases do Dia
"Quando duas pessoas se amam, elas não se submetem e não se dominam, apenas se completam”. Autor desconhecido. Homenagem ao Dia dos Namorados e a Sil, parceira que me completa há 26 anos.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários