Futebol, política e Cia

0

Seguramente o povo brasileiro tem duas paixões: futebol e política. É como se cada brasileiro já nascesse analista político ou técnico de futebol. Este ano, os dois assuntos (que tanto aguçam o imaginário popular e despertam amores e antipatias) voltam a dominar o cotidiano das pessoas, já que teremos eleições majoritárias para cargos políticos federais e estaduais, além da copa do mundo. Indubitavelmente, teremos um ano especial.

 

Na política, tanto quanto no futebol, é preciso técnica, equilíbrio e comando. Sem esses três elementos devidamente conjugados o insucesso torna-se um truísmo. Num e noutro cenário, é necessário que o comandante do processo escolha os seus melhores quadros para a disputa, tenha equilíbrio emocional em suas decisões e poder de comando, mantendo a autoridade, sem ser autoritário.

 

É bem verdade que nunca teremos unanimidade de pensamentos em se tratando de política e de futebol, afinal “cada cabeça um mundo”. O importante na tomada de decisões é a busca pela harmonia e equilíbrio do grupo, de maneira que todos se sintam parte de um todo e que o comandante sobreleve o interesse coletivo ao individual.

 

O leitor mais novo (e o mais velho também) deve recorda-se das conversas com familiares sobre as vicissitudes da Copa de 1970, pois havia excelentes jogadores, e não fora tarefa fácil armar aquele time histórico. Algumas mudanças se fizeram necessárias para a obtenção do tricampeonato. Afinal, como aproveitar jogadores de talentos inquestionáveis como Tostão, Pelé, Rivelino, Gérson e Jairzinho no time titular, se praticamente todos eles atuavam nas mesmas posições em seus respectivos clubes? Não deu outra: Zagallo improvisou Rivelino na ponta esquerda; Jairzinho na ponta direita; Tostão fazendo as vezes de um centroavante, além de Wilson Piazza que foi deslocado para a quarta zaga.

 

Pois bem, paralelamente, no campo político, por vezes também se tem abundância de bons nomes para a ocupação de poucas vagas. E o papel do estrategista político, tal qual o técnico de futebol, é buscar a escalação que melhor atenda ao agrupamento a que ele pertence sem perder a coesão, mesmo que, para tanto, precise deslocar um centroavante para a defesa e o goleiro para o ataque. Coisas do futebol… coisas da política!

Defenestrando a carta branca de Amorim I

Há três anos a imprensa divulga que os liderados do empresário Edvan Amorim deram autonomia total a ele para falar e tomar decisão em nome de todos. Essa posição foi reafirmada por várias vezes neste período pré-eleitoral. Agora surgem as notícias de que alguns deputados do grupo de Amorim querem uma “conversa” com o governador Marcelo Déda para que o acordo seja selado. E aí? Não vale mais nada a carta branda dada por eles a Amorim? Ou estão defenestrando o seu líder?

 

Defenestrando a carta branca de Amorim II

Nos bastidores comenta-se que essa defenestração contra Amorim parte do deputado André Moura que tem em sua base eleitoral todos os alvistas e ele próprio assume que é alvista de coração (a propósito leia questionamentos do leitor Gilson Costa nesta coluna a André moura). Os deputados Angélica Guimarães e Zeca da Silva reafirmaram apoio ao acordo. André está insatisfeito porque lideranças estão apoiando Laércio Oliveira e ele quer ser o mais votado de qualquer jeito. Mas quem conhece o empresário Amorim certamente ele chamará o “feito a ordem” e ponto final.

 

“Conversa” é para pedir dinheiro

E ontem, 01, no programa que apresenta na rede Ilha o radialista e suplente de deputado, Gilmar Carvalho, deixou claro que a conversa com o governador tem que ser com as lideranças partidárias e quem estiver condicionando este apoio a uma conversa, na verdade, quer pedir dinheiro. Ele lembrou que sempre conversou com muito prazer com Déda, mas neste momento não há necessidade. Ele deixou claro que essa “conversa” é para estabelecer negociata. Epâ! E não é que tem sentido o que Gilmar falou.

 

Homens verdadeiros e honestos

“A maior necessidade do mundo hoje é de homens –  homens que se não comprem nem se vendam; homens que no seu íntimo sejam verdadeiros e honestos; homens que não temam chamar o pecado pelo seu nome exato; homens, cuja consciência seja tão fiel ao dever como a bússola  o é ao pólo; homens que permaneçam firmes pelo que é reto, ainda que caiam os céus?”. Ellen G. White, do livro “Educação”. Casa Publicadora Brasileira.

 

Lula em Sergipe

Com este espaço publicou com exclusividade na semana passada, através de uma fonte do Palácio do Planalto, está 90% confirmada a vinda do presidente Lula a Sergipe no próximo dia 10, onde, entre as ações, vai lançar o programa “Um Computador por Aluno”, numa escola estadual da Barra dos Coqueiros. Hoje o governador está em Brasília para definir os detalhes da viagem.

 

Candidatura a deputado federal

Essa movimentação toda de Zé Almeida, o agora Almeida Lima, pode ser resolvida com uma candidatura a Deputado Federal. Ou seja, deputado também emenda o orçamento, pode presidir a Comissão de Orçamento, destinar verbas para municípios, etc. Nas rodas políticas o comentário é que as assinaturas dos prefeitos solicitadas por Almeida serve apenas para “encher” o ego dele e nada mais.

 

Nunca teve votos

Como o Almeidinha nunca teve votos, foi sempre eleito por Jackson e depois por João, será que ele tem medo de enfrentar uma campanha proporcional? Para o PMDB, já seria de bom tamanho, visto que o seu mandato como Senador é medíocre; não chega aos pés do de Jackson. Vai Almeidinha, tenta se eleger com as próprias pernas, vai.

 

Enterro em Boquim

Dor e comoção foram os sentimentos externados no final da tarde desta terça-feira, 1º, quando o governador Marcelo Déda foi até o município de Boquim, localizado a 90 quilômetros de Aracaju, acompanhar o  enterro dos corpos dos catadores de laranja que morreram no último dia 31 de maio de forma trágica. Um caminhão que transportava os trabalhadores e centenas de quilos de laranjas passou por uma ponte de madeira que, com o peso, tombou e provocou a morte de sete pessoas (cinco homens e duas mulheres) e deixou mais de 20 feridos. O acidente aconteceu em uma estrada do povoado Fonte Nova, que liga Estância a Boquim.

 

Atenção e assistência

O governador Marcelo Déda, que iria a Brasília ontem tarde, cancelou a viagem para prestar condolências ao município e aos familiares. “Adiei uma viagem à Capital Federal para trazer minha solidariedade aos cidadãos de Boquim e às famílias das vítimas. O Governo do Estado está à disposição da prefeitura, porque a primeira ação cabe à prefeitura e o Governo se associa a ela para dar atenção e assistência”, declarou.

 

Opções proporcionais para o PCdoB I

Os dirigentes do PCdoB em Sergipe vêm discutindo com tranqulidade internamente qual o melhor caminho para as candidaturas proporcionais que serão apoiadas pelo partido este ano. Depois da saída de José Eduardo, da disputa para federal, o nome de Tânia Soares continua sendo ventilado, principalmente a pedido da Direção Nacional. Mas boa parte dos dirigentes estaduais prefere que Tânia mantenha a candidatura a estadual que tem este ano chances concretas de vitória. Tânia  hoje é a primeira suplente da coligação.

 

Opções proporcionais para o PCdoB II

Se a maioria do Diretório Estadual decidir pela candidatura de Tânia Soares a estadual, o partido pode fazer uma dobradinha com o PDT, apoiando José Franco para federal e em troca ter o apoio de Fábio Henrique em Socorro. Com isso Tânia sairia eleita somente nos municípios de Socorro e Aracaju. Outro problema é a dificuldade do partido em encontrar um nome com reais chances de vitória para substituir Tânia na disputa da AL.

 

Fezes de cachorro, saúde e educação

Desde que este espaço publicou o artigo “Fezes de cachorro, saúde e educação”, no último dia 08 de maio vem recebendo e-mails de leitores reclamando da falta de consciência de quem tem cachorro, principalmente nos bairros 13 de Julho e Jardins e não recolhem as fezes dos animais que ficam diariamente nas calçadas. Nos países desenvolvidos e em algumas cidades do Brasil os donos passeiam com seus cachorros com uma pá pequena e uma sacola para recolher os dejetos.

 

Reclamações no bairro 13 de Julho

Ontem o blog recebeu mais reclamações de leitores. Desta vez do bairro 13 de Julho nas ruas Professor Antônio Fagundes de Melo e Antônio Fagundes Santana, onde fica a Pandoro. Segundo moradores as calçadas ficam cheias de dejetos e os donos acham normal e ainda fazem “cara feia” quando são questionados. É lamentável!.

 

Campanha de conscientização

O blog está tentando fazer uma parceria com uma empresa de publicidade que produza uma campanha para conscientizar os donos de cães. O poder público poderia fazer a sua parte.  É um problema de saúde pública, que muita gente acha normal, mas que é grave demais. Para quem não leu o artigo sobre o assunto:

(https://.infonet.com.br/claudionunes/ler.asp?id=98233&titulo=claudionunes)

 

Esclarecimentos associação e presidente

Do presidente da associação José Adelmo Dias Silva: Sobre as notas veiculadas na sua coluna na Infonet, na terça-feira, 1º de junho, intituladas “Simão Dias: associação e ex-presidente condenados pelo TCU I” e “Simão Dias: associação e ex-presidente condenados pelo TCU II”, esclarecemos: O convênio firmado entre a Associação Quinginbe Floresta e o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) foi executado 100%, conforme as determinações previstas, inclusive, com a fiscalização do Incra e a liberação dos pagamentos só depois de comprovada a realização de cada item. Até o momento, não recebemos nenhuma notificação de condenação”. As notas publicadas foram reproduzidas de decisão do TCU.

 

Decisão pessoal

O governador Marcelo Déda fez questão de ressaltar o desprendimento do vice-governador Belivaldo Chagas com o projeto pessoal e em defesa do coletivo. Disse que fez um convite pessoal a Belivaldo Chagas para assumir a SEED. “Se eu tenho cota, este é da minha cota pessoal como foi o convite a Bosco Mendonça (Governo)”. Ele disse que tem gratidão pelos dois grandes gestos de lealdade de Belivaldo este ano. O primeiro quando passou três meses à frente do governo e agora, que mais uma vez prevaleceu o espírito coletivo. Déda deixou claro que Belivaldo assumirá a SEED com “carta branca”.

 

Honra e Ética

Outro ponto do discurso de Déda foram os elogios ao professor José Fernandes de Lima, que já havia pedido há algum tempo para deixar o cargo e se dedicar ao Conselho Federal de Educação e aos artigos científicos publicados em revistas em todo mundo sobre a física. Déda relatou uma série de ações da gestão de Lima, lembrando que ele é um dos que passou mais tempo na pasta e ressaltou a honra e a ética que norteia a vida do ex-secretário.

 

Sobre exclusividade

Muitas vezes o bom profissional da comunicação para preservar sua fonte, deixa de publicar uma notícia exclusiva. O jornalista tem que abrir mão da exclusividade para não sacrificar a fonte e depois não ter mais credibilidade.

 

Mandato

O deputado federal do DEM, Jerônimo Reis, teve o mandato cassado ontem, 01, pelo pleno do TJ/SE, através de pedido feito pelo MPE de Lagarto. O deputado tinha recorrido, mas a liminar foi cassada. No lugar de Jerônimo assume o ex-deputado Pedro Valadares, também do DEM.

 

Aposentadoria tornada pública. E a vaga?

Ontem, 01, através de ofício o TCE, comunicou a AL, a aposentadoria oficial do conselheiro Antônio Manoel de Carvalho Dantas, através do Sergipe Previdência. O detalhe: e a vaga, existe ou não?

 

Desempenho em 1º lugar do curso da UFS no exame da OAB

O professor de Direito Civil da UFS, João Hora Neto, não esconde sua satisfação com a colocação que o curso obteve, com o melhor desempenho nacional do último Exame Nacional da OAB. “ Tamanha conquista, sem dúvida, é digna de júbilo, em prol da cultura jurídica sergipana”. Foram 44 inscritos presentes; 43 aprovados na 1ª fase e 36 aprovados na 2ª fase.

 

Homenagem a Guido Azevedo

 O senador Valadares (PSB) foi à tribuna ontem prestar homenagem ao ex-deputado sergipano Guido Azevedo, falecido no último dia 25. “Grande político, homem sensível sempre com o pensamento voltado para a assistência dos desvalidos no setor jurídico, advogado que era, e extremamente prestigiado na esfera política, pois isto tem como prova evidente o fato de ter participado de cinco legislaturas na Assembléia Estadual de Sergipe”, destacou Valadares.

 

Processo democrático

O senador lembrou aos presentes à sessão do Senado, que Guido Azevedo, muito antes da existência das Defensorias Públicas, pontuava seu trabalho como advogado na defesa gratuita das pessoas mais pobres. “Como político, sempre trabalhou para revigorar o processo democrático, começando sua vida política no então MDB, para redemocratização do país, contra o regime autoritário de então e pelo exercício pleno das liberdades”, enfatizou Valadares.

 

Tragédia em Estância

Alguns questionamentos precisam ser feitos a imprensa, principalmente para alguns programas de rádios que fizeram ampla divulgação do grave acidente com um caminhão em Estância: Por qual motivo o prefeito de Estância, principal responsável pela estrada municipal onde ocorreu o acidente não foi ouvido? O prefeito não poderia ter abertos os festejos juninos, mas comparecido ao local e providenciado toda ajuda necessária? Mandar assessor não vale. Ontem, 01, a Prefeitura de Estância enviou releases para imprensa apenas destacando a abertura dos festejos juninos e nenhuma ação sobre o acidente. Lamentável! O próprio governador abriu mão da agenda para reunir assessores. E por último, não dá para inocentar o motorista porque é um “pobre coitado”. Nesta linha de raciocínio ninguém será culpado.Tanto o motorista, quanto o proprietário do caminhão e o poder público são responsáveis pelo acidente.

 

Obras do Presídio Feminino em Socorro

O secretário de Estado da Infraestrutura, Valmor Barbosa, visitou na manhã de ontem, 1, a obra do Presídio Feminino (Prefem) em Nossa Senhora do Socorro, com a presença do corpo técnico responsável. Segundo Valmor a visita às obras em andamento do governo do Estado é uma rotina na Secretaria da Infraestrutura (Seinfra). “Essas inspeções acontecem com o intuito de verificar o cumprimento do cronograma, algumas possíveis modificações no projeto e o início de novas etapas da obra”, afirmou.

 

Destaque nacional para Mansão Luciano Barreto Júnior

O Mansão Luciano Barreto Júnior, empreendimento do altíssimo luxo da Construtora Celi, foi destaque do Portal IG, como referência em prédio inteligente no Brasil. A matéria ressalta que o Mansão possui avançadíssima tecnologia de ponta que permite acionar muitos comandos através do celular ou do computador, graças ao avançado sistema de automação predial desde a área comum até os apartamentos. O Portal IG enaltece ainda que o empreendimento foi contemplado pelo concedido pela Associação Brasileira de Automação Residencial (Aureside) com o Selo Grautec – Nível 3, maior nível de excelência concedido a projetos residenciais que realmente estão dentro dos padrões e normas de automação. Sem dúvida, o Mansão Luciano Barreto Júnior é um baluarte da construção civil de Sergipe, que, graças à Construtora Celi, colocou o Estado em destaque em inovação e tecnologia no setor.

 

Aula inaugural dos cursos da ETSUS-SE

A Fundação Estadual de Saúde (Funesa), por meio da Escola Técnica do Sistema Único de Saúde (ETSUS-SE), realiza no próximo dia 2 de junho, a aula inaugural do curso de Formação Inicial em Agente Comunitário de Saúde, Técnico em Saúde Bucal e Técnico em Vigilância em Saúde. O evento acontece às 9h, no auditório do hotel Parque dos Coqueiros, em Aracaju.

 

2700 alunos iniciantes

O objetivo da aula inaugural é dar boas vindas aos aproximadamente 2700 alunos iniciantes dos cursos técnicos da ETSUS-SE e promover a integração entre eles e educadores e gestores da instituição, uma ação imprescindível no sentido de incentivá-los no início dessa busca por uma melhor formação. A aula será ministrada pelo deputado estadual Rogério Carvalho. Todos os 75 municípios de Sergipe serão contemplados com o curso.

 

Salão do Turismo

Ainda repercute positivamente a participação de Sergipe na quinta edição do Salão de Turismo – Roteiros do Brasil, realizada no final de maio em São Paulo. Na coluna do Trade, da jornalista Sílvia de Oliveira ela destacou a idéia de uma sergipana: “Parabéns Thaís Figueiredo – Para quem não sabe, na 5ª Edição do Salão do Turismo em São Paulo, representantes da região Nordeste estiveram todos fardados com uma bela camisa inspirada em obras do pintor ítalo-brasileiro Alfredo Volpi, um dos mais importantes pintores do modernismo brasileiro, foi idéia da sergipana Thaís Figueiredo do marketing da Emsetur. A camisa ficou perfeita desde as cores e principalmente por ter promovido a integração entre os nove Estados da região.Segundo Thaís Figueiredo, essa aceitação é de suma importância, pois é o resultado de muito trabalho. “É uma realização profissional ver seu trabalho sair do âmbito estadual e passar a ser da região. O fato de perceber a satisfação e o orgulho com que as pessoas vestem essa camisa me deixa muito feliz”, revela a assessora da Emsetur.

 

Municípios no Salão do Turismo

Segundo Silvia, a avaliação do encontro também foi positiva. Quase 60% dos participantes o consideraram ótimo e 41% bom. O encontro trouxe inovações em relação ao ano passado, incluindo na negociação entre as operadoras e agências, representantes dos destinos turísticos e técnicos do Sebrae.Entre os municípios sergipanos que estiveram presentes divulgando seus atrativos: Silvinha Oliveira (Canindé); Cleuso Freitas (Monte Alegre); Silene Lazarito (São Cristóvão); Irineu Fontes (Laranjeiras); Luiz Disanti (Estância); Sérgio Oliveira (Aracaju). A divulgação dos festejos juninos, distribuição de brindes com sabonetes de leite de cabra de Canindé; doces de Dona Nena de Monte Alegre; queijadas de São Cristóvão; barco de fogo de Estância; artesanato de Laranjeiras ganhou destaque no estande com a coordenação do Diretor de Turismo da Sedetec, Joab Almeida, do presidente da Emsetur, José Roberto com a assessoria técnica de Gisleide Souza, Thais Figueiredo, entre outros. Outro destaque foi o artesanato de Sergipe onde Conceição Costapinto, coordenadora do Proart-SE fez questão de frisar que nosso Estado foi um dos únicos que apresentou bordado.

 

Sergipinho vai para final da Copa Rosa Elze de Futsal

São Cristóvão (SE) – Uma verdadeira guerra, no bom sentido, definiu o segundo finalista da Copa Rosa Elze de Futsal. No clássico local entre Itaporanga e Sergipinho , melhor para o Sergipinho que venceu pelo placar de 4 a 3. Com o resultado, o time conquistou vaga na decisão da Copa, contra o Bragantino.A final da 2ª Copa Rosa Elze de Futsal acontece neste  sábado (05), a partir das19h, na quadra do bairro Rosa Elze.A equipe campeã  da  2ª Copa Grande Rosa Elze de Futsal  além de levar um troféu de campeão também embolsará a quantia de R$ 1.000,00 reais,  o vice-campeão leva R$ 500,00 reais mais troféu  já o terceiro colocado leva R$ 300,00 mais troféu. A II Copa Grande Rosa Elze de Futsal,  tem o apoio de empresas da região e a participação ativa da prefeitura municipal de São Cristóvão e do dep. Wanderlê Correia, onde sem os mesmos não seria possível a realização da Copa. A realização é do Instituto Ipê Gol e Coordenação de Orácio Oliveira.

 

DO LEITOR

 

Onipresente?

Do leitor Gilson Costa:  “Quantas vezes, o deputado André Moura, usou a tribuna e os apartes para levantar, literalmente, “a bola” para a oposição chutar contra o gol do governo”. Dia 28 de maio sua coluna foi aberta com um texto sob o título acima. No texto é lembrado o que teria dito o deputado André Moura , cobrando do governador Marcelo Déda fidelidade à aliança que teria de ser de “corpo inteiro”. Tudo certo, tudo bonitinho. A cobrança do deputado veio na coluna Periscópio do Jornal da Cidade do dia 27 de maio. Mas hoje, 1º de junho, o deputado André Moura, pelo menos segundo está no Jornal do Dia, coluna da Rita Oliveira, assume de vez sua divindade. É a capacidade divina de estar em todos os lugares ao mesmo tempo. Trazendo isso para a realidade política do nosso Estado, polarizada do jeito que está, é como se estivesse com Déda e com João Alves ao mesmo tempo. Está escrito numa nota de título “Com a oposição” que o ex-prefeito de Rosário do Catete, Laércio Passos, insatisfeito com o tratamento recebido do governador, tende a ficar com a oposição. E diz mais o texto da jornalista Rita Oliveira: “Ele esteve na semana passada, em companhia do deputado estadual André Moura, num encontro com o ex-governador João Alves Filho, quando deram os primeiros passos para firmar um acordo para outubro”. E desde que leram esse texto meus botões não pararam mais de perguntar:1) Esse “deram os primeiros passos” inclui o deputado André Moura? 2) O deputado André de corpo inteiro Moura participou da conversa ou foi apenas um fiel condutor? 3) O deputado de corpo inteiro goza tanto assim da confiança do ex-governador a ponto de participar desse tipo de conversa? 4) Enquanto estava com João Alves, André estava de corpo inteiro presente ou o coraçãozinho pulsava por Déda? 5) Será que o deputado de corpo inteiro André Moura é um cavalo de Tróia? E se é, em favor de quem?”

 

Falta de respeito do Banese

De um servidor público devidamente identificado: “Nobre Jornalista, venho através deste manifestar e comunicar  a falta de respeito do Banese para com os funcionários públicos do Estado de Sergipe uma vez que a cada 3 meses somos obrigados a pagar uma taxa de R25,00 por um cadastro que cadastro é esse? Ninguém recebe nada  em casa nem atualiza nenhum dos dados sem contar que somos funcionários do Estado e recebemos obrigatoriamente neste Banco. Estamos sendo assaltados todos os meses o Banese cobra: Plano de Tarifa R$ 11.00, Cadastro R$ 25,00, Seguro do CH Especial – R$ 2,90 todo mês e se sacar mais de 3 vezes paga R$ 1,20 por saque ou seja, estamos sendo furtados descaradamente pelo banco que deveria tratar os funcionários  públicos com mais respeito”.

 

Preso com Regalias na Delegacia Plantonista

Do vice-presidente do SINPOL/SE, Antônio Moraes: “No início da noite dessa terça-feira, 1º/06, agentes de polícia civil que estavam de plantão na delegacia plantonista informaram a este representante classista que havia um preso andando solto pelas dependências da unidade policial. Foi informado que o cidadão, Márcio José Batista dos Santos, no domingo passado (30/05/2010), foi preso em flagrante delito, por policiais militares do GTRAN, sendo lavrado o Auto de Prisão em Flagrante nº 537/2010, por porte ilegal de arma de fogo (art.14 da Lei 10.826/03). O delegado responsável pela lavratura do flagrante foi José Luis Acioly Teixeira (telefone funcional 8816-6499).Os agentes de polícia civil informaram ainda que o preso estava dormindo no alojamento destinado ao descanso dos policiais civis, além de circular livremente o prédio. Tudo isso com autorização “superior”.Ato contínuo, preocupado com a segurança dos agentes do Estado, mantive contato telefônico com o delegado Augusto César, delegado plantonista do dia 1º/06, este inicialmente disse não ter conhecimento da situação. Solicitei então confirmação do fato. Liguei novamente para o delegado que narrou conversa, por telefone, que ele havia tido, minutos antes, com a delegada Thaís (telefone funcional 8816-6460), coordenadora da delegacia plantonista. Segundo o delegado Augusto César, a delegada Thaís lhe disse que o preso deveria ser mantido fora da cela, pois havia autorização “superior”.Eu encaminhei pessoalmente mensagens de texto para o corregedor e para o superintendente os quais não responderam.O flagrante foi devidamente comunicado ao Poder Judiciário no dia 31/05/2010, segunda-feira. Tramita na 2ª Vara Criminal sob o número 201021290335. Está concluso para o juiz que homologará ou não a prisão em flagrante.A quem interessa manter preso fora de cela? Como fica a segurança dos agentes do Estado (agentes, escrivães e delegados) numa situação dessa? Sérias providências precisam ser tomadas”. Antonio Moraes, policial civil e vice-presidente do SINPOL SERGIPE.

 

Voto Facultativo

Do leitor Dinho Santana:  “Foi com grande satisfação que li na coluna do seu xará Claudio Humberto no dia 31/05: OAB quer plebiscito do voto facultativo – O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, defendeu nesta segunda (31) a realização de um plebiscito sobre o voto facultativo no país, junto com as eleições de outubro. Pesquisa Datafolha publicada no sábado (26) mostrou o crescimento da rejeição ao voto obrigatório no país. Segundo o instituto, 44% dos eleitores não iriam às urnas se não fosse obrigado. Com o tenho invocado já de há muito este Direito Democrático, de pronto parabenizei no espaço da própria coluna Bronca Geral, em 01/06; como segue: Direto ao ponto – Agora sim parabenizo o senhor Ophir Cavalcante, presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, que com base em pesquisa do Datafolha em outubro; onde ficou comprovada a rejeição de 44% dos eleitores em irem às urnas. Levantando a bandeira do Voto Facultativo, a Ordem vem ao encontro a um anseio popular; afinal democracia é o direito da não obrigatoriedade… Só fica devendo agora punir seus pares “Fichas Sujas”, o que não depende de plebiscito e sim ao desapego do corporativismo (Defesa dos interesses ou privilégios de um setor organizado da sociedade, em detrimento do interesse público)!”

 

CCP e  humilhação com os terceirizados

De um terceirizado: “Conheço seu trabalho e lembrei que já fez outras reportagens sobre os terceirizados que na época eram da POSTDATA. Atualmente são funcionários da CCP Serviços Ltda que prestam serviços a secretaria da fazenda de Sergipe, trabalham em diversos postos fiscais, CEAC, na secretaria etc como digitadores. É uma humilhação, eles estão ganhando menos que um salário mínimo, onde o piso de um digitador não pode ser menos que isso. Uma vergonha, sem dúvida a secretaria repassa pra eles o quádruplo do que pagam os digitadores. Além de estarem a mais de um ano sem receber o retroativo. São trabalhadores que mereciam ser valorizados, muitos trabalham mais do que os fiscais e são pessoas instruídas e a grande maioria com nível superior e são desvalorizados como profissionais de informática”.

 

 

Participe ou indique este blog para um amigo:

claudionunes@infonet.com.br

 

Frase do Dia

“A gratidão é a virtude da posteridade”. Tobias Barreto.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários