Gospel brasileira: a nova bossa nova?

0

2012 chegando e a gente agradecendo a DEUS por 2011. Resolvi publicar um artigo de Gianne Carta da Revista Carta Capital. Findar 2011 com a música gospel em ascensão é uma grande vitória para o povo de Deus. O Festival Promessas foi um grande marco para a música gospel no país e teve imprensa estrangeira destacando o evento. Confira.

No país do samba, da bossa nova e agora de um funk (medíocre) há espaço para a música gospel. É isso que narra aos seus leitores o jornalista Tom Phillips, do diário britânico The Guardian.

Phillips, cujo artigo publicado na terça-feira 27 é intitulado Gospel starts to strike a chord in Brazil the home of bossa nova, usou como gancho o fato de o Festival Promessas, no Aterro do Flamengo, ter sido transmitido pela Globo dia 18 de dezembro. E isso às vésperas do Natal. Foi, disse o jornalista do Guardian, o primeiro festival evangélico transmitido pela Globo.

Resumiu ao diário britânico Regis Danese, corretamente introduzido como “um dos maiores cantores da música gospel no Brasil”: “Este é um dia histórico para a música gospel brasileira”. Deus, segundo Danese, merece ser agradecido pelo festival ao qual compareceram 20 mil pessoas – e milhões puderam assisti-lo em seus televisores.

Phillips conta que o mercado da música gospel brasileira vale 1,5 bilhão de reais. Mais: “60 milhões de brasileiros estariam direta ou indiretamente ligados à Igreja Evangélica”. Palavras ao Guardian do deputado federal Arolde de Oliveira. Oliveira é também proprietário do Grupo MK Music, que ele alega ser o maior selo de música gospel na América Latina.

Ainda existe “preconceito” contra a música gospel, concede Oliveira. Mas com a chegada de selos musicais como a Sony, a música gospel adentra cada vez mais o mercado secular. A música gospel é lucrativa, escreve Phillips, também porque evangélicos são contra a pirataria de CDs e DVDs. E jamais baixam músicas ilegalmente na internet.

A Globo entrou nesse mercado evangélico, parece óbvio, porque ele é lucrativo. No entanto, Luiz Gleizer, diretor da Globo TV, disse para o jornalista Phillips que a rede de tevê só quis “documentar um festival de música gospel” porque ela tem importância crescente na “vida cultural” do País.

Gleizer advertiu, porém, que a Globo não é um canal de tevê católico, e sim secular e republicano. O que Gleizer entende por “republicano” é uma incógnita. E atrás de altos índices de audiência promoveu, bem ou mal, um evento evangélico. Nada disso surpreende.  O grupo da família Marinho é dono da gravadora Som Livre, e do seu catálogo gospel constam cantores populares como o Padre Fábio de Melo.

Essas questões globais, contudo, não são abordadas pelo Guardian. O foco do artigo, afinal, era somente a música gospel na terra onde nasceu a bossa nova…

Nesse contexto, o jornal britânico estava mais interessado em retratar os novos cantores que carregam guitarras, tamborins e Bíblias. Entre eles, Regis Danese é a fonte principal do artigo. Seu álbum Compromisso, explica o jornalista Phillips, vendeu mais de 1 milhão de cópias. Em 2009, Danese foi indicado ao Grammy Latino. O jornalista conta, ainda, como após sua performance no Festival Promessas Danese foi “bombardeado” por perguntas de repórteres.

“O senhor escutou a voz de Deus?” “O que ele disse?”
Ao cabo de cada resposta de Danese o repórter da revista Nova Jerusalém dizia: “Amem. Louvado seja o Senhor”.

Que tal virar o ano louvando a Deus?

Várias igrejas na capital e nos municípios terão programação para você virar o ano agradecendo a DEUS pelo o dom da vida. A Presbiterana Renovada próximo ao Riomar terá culto iniciando às 21h30 encerrando depois da virada. O Pastor Marcos Andrade antecipa que 2011 foi o ano da excelência.

A igreja Quadrangular terá culto das 22h até a chegada de 2012. Será no Emes e na igreja sede no Siqueira Campos.
A Universal do Reino de Deus terá a vigília da virada. Será em todas as igrejas.

A maior igreja em Sergipe, Assembleia de Deus, também fará em todas as filiais e na sede o grande culto da virada. Procure uma mais próxima de você. Louve a Deus por todas as coisas.

Aline na virada

Aline Barros gravou o especial de fim de ano da Rede Globo, “Show da Virada”, que vai ao ar na próxima semana, na madrugada do dia 31 para o dia 1. O programa teve a direção de núcleo de Aloysio Legey e foi gravado no Credicard Hall, em São Paulo. A cantora foi a única apresentação gospel do Especial de Final de Ano da emissora.
Aline agradece novamente o carinho e atenção de toda produção da rede globo em especial ao diretor Legey, ela ainda acrescenta que foi uma honra poder participar do programa que irá celebrar a virada para o ano novo.
“Missão cumprida, estava tudo lindo durante a gravação do especial, foi uma bênção! Obrigada, Legey”. Declarou a cantora.

Fernanda Brum participará do Réveillon da Baixada, organizado pela TV Globo

O telejornal RJTV entrevistou a cantora e pastora Fernanda Brum sobre sua participação no Réveillon da Baixada, em Duque de Caxias, Rio de Janeiro.

A entrevista ocorreu durante a primeira edição do telejornal na última quarta-feira, dia 28/12, e ganhou destaque por ser a primeira vez que um artista gospel vai participar do show promovido na virada do ano pela Prefeitura do Rio de Janeiro.

O evento é uma coprodução da prefeitura com a TV Globo, e reúne turistas e moradores para celebrar a data comemorativa. A entrevista ocorreu na praça em que acontecerá o show e foi acompanhada de perto do público que estava presente, que cantou a música “Videira”.

A apresentação da pastora Fernanda Brum será inspirada no projeto “Glória In Rio”, e contará com a participação do grupo Afrolata em algumas músicas do repertório separado pela cantora para o evento, segundo informações da assessoria da gravadora MK Music.

Band renova contrato com R.R. Soares por mais um ano

Durante todo o segundo semestre desse ano a saída do programa Show da Fé, apresentado por R.R. Soares, da grade de programação da Band foi dada como certa. Porém recentes negociações garantem a permanência do programa da grada da emissora.

Não foi a primeira vez que a Band ameaçou tirar o programa religioso do ar. Segundo Lauro Jardim, da Veja, o missionário já havia aberto negociações com a Rede TV quando uma reviravolta nos últimos dias garantiu a sua permanência na emissora.

O programa, que hoje tem a duração de vinte minutos, estará a partir de segunda-feira de 21h às 22h na programação da emissora.

Senado aprova projeto que inclui música gospel

A canção gospel está prestes a virar um gênero musical oficial, como o samba, o hip hop ou o sertanejo. No último dia 20, o Senado aprovou seu reconhecimento como manifestação cultural. Se a presidente Dilma Rousseff sancioná-lo, cantores, pastores, padres, parlamentares evangélicos e católicos que entoam esses cânticos e hinos de louvor cristãos poderão ser contratados como artistas e ter direito aos benefícios de isenção fiscal da Lei Rouanet.

Consultado pela Casa Civil, o Ministério da Cultura recomenda prudência ao Palácio do Planalto. O diretor do Centro da Música da Funarte — vinculado à Cultura —, Bebeto Alves, elaborou um parecer e considera que o projeto é polêmico. Bebeto entende não haver dúvida de que a música gospel é uma expressão cultural, mas se preocupa com a exploração religiosa da conversão desse estilo em manifestação cultural.

— É um assunto polêmico, um tema delicado e que precisa de um pouco de cuidado. A música gospel é, sim, uma manifestação cultural num país onde os gêneros musicais são muito amplos e variados. Mas tem uma questão de fundo, que é a catequese, a dinâmica religiosa e litúrgica. O risco é de haver uma distorção do entendimento de expressão e linguagem de cultura com evento de cunho religioso. Imagino que deva ter algum impedimento quanto a isso. De se coibir distorções no uso das benesses da lei — disse Bebeto Alves.

O projeto faz uma ressalva e exclui dos benefícios da lei os eventos musicais gospel promovidos por igrejas. O autor da proposta é o hoje ex-deputado bispo Robson Rodovalho (PP-DF), um dos fundadores da Igreja Sara Nossa Terra. O líder evangélico também é cantor e já gravou vários discos com músicas desse tipo.

O deputado e cantor Pastor Marco Feliciano (PSC-SP), da Assembleia de Deus e que já lançou até DVD, afirmou que o projeto beneficia um segmento, o evangélico, vítima de preconceito.

— Tem verba federal para cultura afro, para a música sertaneja e até para o funk. Por que não para a música gospel? — disse Marco Feliciano.

Para o líder da Renovação Carismática Católica, o deputado Eros Biondini (PTB-MG), a música cristã ultrapassou templos e igrejas e já é reconhecida como obra cultural. Biondini cita os padres Fábio de Melo e Marcelo Rossi como exemplos de sucesso nesse estilo.

— Essa lei não vai beneficiar só a música gospel dos evangélicos, mas também a produção cultural católica. Ambas são inspiradas no Evangelho. Será uma grande conquista — disse Biondini.

Thalles é o melhor cantor de 2011 e estará no Mais de Deus 2012

Talento, ousadia e musicalidade. A junção destes talentos, complementados pelo dom de levar a Palavra por através da música fizeram de Thalles Roberto um dos nomes mais badalados no cenário fonográfico, dentro e fora do meio evangélico, em 2011. Fechando o ano, o cantor acaba de vencer mais uma enquete promovida pelo portal Creio e emplaca como a maior revelação da música cristão, na opinião dos mais de 100 mil leitores que votaram durante todo o mês. Thalles obteve 40% dos votos. Bruna Karla ficou em segundo lugar com 30%.

UMESE realiza confraternização com a família pastoral sergipana

A última segunda, 26/12, foi um dia especial! Num dia belo e ensolarado, diversas denominações evangélicas estiveram reunidas em confraternização no Hotel Fazenda Boa Luz, no município de Laranjeiras, em Sergipe, num evento promovido pela União dos Ministros Evangélicos do Estado de Sergipe – UMESE, que tem à frente o Pr Jorge Abreu, da Igreja Shalom do Augusto Franco.
O evento reuniu mais de 200 pessoas e foi muito gratificante vê o Corpo de Cristo reunido. Muitos aproveitaram para relaxar, jogar sinuca, pescar, tomar banho de piscina, passear pela fazenda e, é claro, rever os amigos e irmãos e colocar as novidades em dia.

Pastor Heleno avalia mandato e reforça compromisso com o homem do campo

O deputado federal Heleno Silva (PRB) reuniu seu grupo para avaliar sua atuação em 2011, período em que apresentou emendas a outros projetos de lei, viabilizou recursos para municípios junto ao Governo Federal e participou de audiências. Além dessas ações, o ano ficou marcado por ele ter sido escolhido o relator da Medida Provisória 543/12, a principal medida legislativa do Programa Nacional de Microcrédito (Crescer) que beneficia mais de três milhões de brasileiros.

Titular das comissões de Agricultura e das Políticas Públicas de Combate às Drogas, Heleno Silva passou seu ano no legislativo com a ideia fixa de semear, de olho nos frutos do futuro. No caso, o que ele busca colher é a solução para o endividamento agrícola dos pequenos agricultores, em especial os da região Nordeste, ameaçados de perderem suas terras devido à inadimplência.

O ano de 2011 não trouxe a solução que o parlamentar queria, mas abriu novas possibilidades. Como relator da MP 543/12 Heleno busca incluir em sua proposta medidas que possibilitem ajudar os produtores rurais. “Não deu para ser votada neste ano, mas deixo bem encaminhada para 2012”, avalia.

Além disso, o parlamentar apoio a luta pela UFS no sertão e participou da marcha para a criação de um campus que atenda às demandas região.  Outro tema foi o pagamento do Garantia-Safra que, juntamente com o governador Marcelo Déda e o ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Afonso Florence, definiu o pagamento do benefício, um seguro de R$ 668,00 para os produtores rurais que perderam a colheita.

Heleno ajudou seu partido que na Câmara aprovou projetos de leis importantes para a vida dos cidadãos brasileiros, como o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – Pronatec e a criação do Estatuto da Juventude.  Lutou e aprovou a PEC 270 que dá garantia de direitos ao servidor que se aposentar por invalidez, e a PEC da Música, que institui imunidade tributária para CDs e DVDs produzidos no Brasil.

Heleno relembra, ainda, que ao assumir o mandato fez de imediato o requerimento de indicação à Casa Civil da Presidência da República e ao Ministério das Cidades para adoção de medidas de atendimento às populações que moram em casas de taipa. Mas a solução estava nas mãos do deputado que direcionou o Orçamento Geral da União (OGU) de 2012 e priorizou a emenda de bancada para a erradicação da casa de taipa no Estado. Cerca de. () serão voltados para solucionar esse problema que afeta a mais de seis mil sergipanos.

Relatoria

Dentre ações que pautaram o parlamentar, a Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (CAPADR) aprovou o seu relatório ao Projeto de Lei 380/11 que concede seguro-desemprego ao agricultor familiar rural que tenha suas terras inundadas por ocasião de enchentes sazonais. O valor do benefício será de um salário mínimo mensal.

Para concluir, o republicano é relator do projeto 493/09, que propõe um aumento de 30% no salário de porteiros e vigias e que acabou de passar pelo Senado. O reajuste consiste num adicional de periculosidade, já previsto pela CLT, e que agora pretende ser ampliado para funcionários dos condomínios ligados à segurança.

“Em 2012 votaremos na Comissão de Trabalho da Câmara esse projeto tão importante para os vigilantes e porteiros dos condomínios de todo o Brasil, reivindicando adicional de periculosidade. Como deputado, é meu dever aprovar essa iniciativa. É mais do que justo”, defende Heleno. “Por tudo que significou, 2011 pode ser visto como um bom ano. Um ano em que plantamos as sementes que frutificarão em um país mais justo e digno para os brasileiros”, aposta.

Laércio faz visita à imprensa sergipana

O deputado federal Laércio Oliveira teve agenda cheia na última semana do ano. De recesso na câmara dos deputados, o parlamentar aproveitou para visitar emissoras de rádio e televisão, além de redações de alguns jornais em Aracaju.

Entre os assuntos mais discutidos o sucesso do primeiro ano de mandato, fechado com chave de ouro pela pesquisa da revista Veja, que o destacou como o melhor parlamentar de Sergipe e o 42º do Brasil, os projetos para 2012 e a pré-candidatura a prefeito de Aracaju.

Nos próximos dias o deputado irá aproveitar o recesso para viajar com a família. Descanso merecido.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais