Governo da arrumação

0

A briga dos partidos por mais espaços na administração estadual tem forçado o governador Jackson Barreto (MDB) a fazer constantes mudanças na equipe de auxiliares. Ontem mesmo ele empossou dois secretários visando manter a aliança com a família Reis – Jerônimo, Fábio e Goretti. Para disfarçar que o constante troca-troca é imposto pela insatisfação dos aliados, JB diz que “as mudanças de secretariado fazem parte da rotina administrativa”. Não é bem assim. João Gama foi deslocado para a Secretaria da Cultura porque Jackson precisou da Secretaria do Planejamento, Administração e Gestão para agradar os políticos lagartenses, contrariados porque o protegido Rosman Pereira, após empossado, recusou permanecer presidindo a esvaziada Fundação Hospitalar da Saúde. Anteriormente, Jackson agradou ao novo aliado, deputado federal Laércio Oliveira (SD), com a Secretaria da Indústria e Comércio e, para não contrariar os pastores do PR, que mandavam na pasta, nomeou o ex-secretário Francisco Dantas na presidência da Administração do Meio Ambiente. Nomear e exonerar são requisitos exclusivos de quem governa, porém não é saudável para o Executivo esse troca-troca de lugares feito exclusivamente visando atender barganhas eleitorais.

Alça de mira

O mais novo alvo do senador Renan Calheiros (PMDB/AL) é o deputado federal André Moura (PSC/SE). Para atingir o presidente Michel Temer (PMDB), o peemedebista anda espalhando que Moura é um homicida. Segundo reportagem do portal UOL, Renan fundamenta-se no fato de entre os processos que correm contra André existir um inquérito por tentativa de homicídio. Calheiros diz ainda que Temer premiou o sergipano com a liderança do governo no Congresso porque André é membro da falange política ligada ao ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, preso em Curitiba. Homem, vôte!

Meia boca

Policiais civis, militares e federais ficaram invocados com a decisão do Supremo proibindo-os de paralisar as atividades. A alegação dos ministros do STF é que é inconstitucional o exercício do direito de greve por parte dos servidores públicos que atuem diretamente na área de segurança pública. Ora, e caracteriza paralisação o fato de os policiais serem “impedidos” pelos familiares de saírem dos quartéis, como ocorreu recentemente no Espírito Santo? Cala-te boca!

Festa pra santa

O governo de Sergipe dará total apoio ao ato religioso em homenagem ao centenário de aparição de Nossa Senhora de Fátima. A promessa foi feita pelo governador Jackson Barreto (PMDB) à cúpula da Igreja Católica. Marcada para maio próximo, a festa vai acontecer no Parque da Sementeira, em Aracaju. JB também disse aos religiosos que está garantido o acesso aos presídios sergipanos da Pastoral Carcerária, que leva evangelização aos detentos.

Campo lacrado

O Estádio Mendonção, em Itabaiana, está interditado por determinação judicial. Motivo: a direção do campo não instalou os para-raios, conforme havia se comprometido no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que expirou em 24 de fevereiro último. Caso não respeite a proibição, o governo estadual pagará multa  de R$ 10 mil por cada jogo realizado. Aff Maria!

Pindaíba

O governo de Sergipe deve mais do que as disponibilidades de caixa e equivalentes de caixa de recursos sem vinculação. Pelo menos é o que mostra um ranking dos indicadores do Regime de Recuperação Fiscal elaborado pelo Ministério da Fazenda. A votação do projeto de socorro aos estados na pindaíba deve acontecer hoje na Câmara Federal.

Mais de 100 mil

O Ipesaúde atingiu a marca de 107.309 atendimentos entre janeiro e março passado. O número corresponde desde marcação de exames e consultas nas redes próprias e credenciadas. Só neste mês foram quase 15 mil consultas e exames marcados na central de atendimento. Visando orientar os beneficiários, o instituto está realizando o Circuito de Palestras sobre a Saúde da Mulher em suas unidades regionais do interior.

Contra a reforma

Delegados, peritos, agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal entraram em estado de alerta visando pressionar o governo a rever a possiblidade de aposentadoria especial para atividades consideradas de risco. Segundo a Associação Nacional dos Delegados da PF, a medida visa tornar público o debate sobre a necessidade de regras especiais para a aposentadoria de profissionais da segurança pública. Então, tá!

Tinta e pincel

A prefeita de Capela, Silvany Sukita (PEN) e o ex-secretário de Obras, Manoel Sukita (PEN) terão que mandar retirar as cores amarela e vermelhas pintadas em todos os prédios públicos do município. Na determinação, a Justiça sugere que os dois mandem repintar os imóveis com cores neutras, preferencialmente as da bandeira brasileira. A despesa da pintura terá que ser custeada pelo casal Sukita. Crendeuspai!

Deixa pra depois

Diante de tanta indecisão é reações contrárias, o melhor seria empurrar com a barriga a votação da reforma da Previdência. Quem pensa assim é o senador Eduardo Amorim (PSC). Segundo ele, “o melhor que poderia ser feito é postergar essa reforma, cuja tramitação, historicamente, demanda um período longo”. Amorim acha que antes da Previdência, o governo deveria brigar pela aprovação da reforma tributária. É, pode ser!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano A Cruzada, em 18 de abril de 1920

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários