Governo de saia

0

Pela segunda vez na história política de Sergipe uma mulher vai assumir o governo do Estado. A pioneira foi a ex-vice-governadora Marília Maynard (PSC). Agora será a vez de Angélica Guimarães (PSC), presidente da Assembléia Legislativa, que substituirá o governador Marcelo Déda (PT) enquanto o petista tratará de assuntos particulares. 
Como o vice Jackson Barreto (PMDB) está viajando, Angélica ocupará, a partir da próxima sexta-feira, o principal cargo político de Sergipe por oito dias. É uma interinidade curta, mas merece destaque, pois mostra que a cada dia as mulheres estão ocupando cargos antes só preenchidos por homens. A coluna deseja boa sorte à futura e primeira governadora sergipana. (Este comentário foi revisado para corrigir uma informação truncada).

Roupa suja

É feia a crise na Federação do Comércio de Sergipe (Fecomércio). Insatisfeitos com o atual presidente da entidade, Abel Rocha, seis sindicatos convocaram para hoje uma assembléia geral extraordinária visando eleger uma junta administrativa provisória em função da renúncia coletiva da maioria absoluta dos diretores da Federação. Abel argumenta que pelo estatuto da Fecomércio, enquanto houver suplentes não há necessidade de mudar a diretoria, mas os renunciantes entendem que não há mais clima para manter a atual diretoria. O bicho vai pegar!

Seqüestro

A Polícia ainda não tem pistas dos bandidos que atacaram o veículo que transportava o subsecretário estadual de Articulação com os Municípios, Jorge Araújo. Ele, duas líderes comunitárias e o motorista Jair Santos tiveram os pertences roubados pelo bando e depois foram seqüestrados. Após ficarem por um bom tempo em poder dos bandidos, foram liberados às margens da estrada. O crime aconteceu sábado à noite no povoado Sítios Novos, em Poço Redondo.

Vitrinismo

O Sebrae Sergipe está convidando empreendedores para assistir à palestra sobre “Vitrinismo e Visual Merchandising”, marcada para as 19h30 da próxima quarta-feira, no auditório do Sebrae. A palestrante será a consultora Raquel Vilas Boas, que irá orientar sobre como utilizar essa importante ferramenta para atrair vendas. Também vai ser apresentada a estruturação do curso para a segmentação de Moda, que ocorrerá em agosto próximo.

Não é louco

O vereador Olivier Chagas (PT) distribuiu nota desmentindo notícias de que teria fechado um acordo político com o prefeito de Itabaiana, Luciano Bispo (PMDB): “Não seríamos loucos de promover tal precipitação. Temos é que trabalhar muito para fortalecer o Partido, que deverá estar preparado no ano que vem para o desafio eleitoral”, revela Olivier. O vereador disse ainda que não vai fazer asneira, “nem impor constrangimento aos nossos líderes. Podem escrever isso”. Tá escrito!

Compadrio

O Sindipetro Sergipe/Alagoas não aceita o argumento de que as plataformas marítimas instaladas na costa sergipana não passam por melhorias porque o Ibama não libera licenças para tal. Quem pensa assim é o diretor do Sindicato dos Petroleiros, Stoessel Chagas, o “Toeta”. Segundo ele, se Petrobras e Ibama fazem parte do mesmo governo de Dilma Rousseff (PT), “não há porque um prejudicar o outro. Não podemos aceitar essa relação de compadres”, fustiga o sindicalista.

Zeca explica

Para quem se surpreendeu em ver a presidente Dilma Roussef (PT), acompanhada dos ministros da Fazenda e Minas e Energias, reunindo-se com a Vale e a Petrobras visando apressar o projeto de carnalita em Sergipe, que pode injetar até US$ 4 bilhões em nossa economia – o secretário Zeca da Silva, do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia, tem uma explicação: “O empenho do governador Marcelo Déda foi decisivo para que a presidente entrasse de vez nessa questão”.

Trânsito louco

Como perguntar não ofende, por que será que a SMTT não desenvolve uma ampla campanha de conscientização junto aos motoristas de Aracaju? Todos os dias ocorrem acidentes, geralmente causados por imperícia ou irresponsabilidade dos condutores, porém a SMTT só sabe multar. Quando os pardais e lombadas eletrônicas foram retirados das ruas e avenidas da capital, ensaiou-se uma campanhazinha, mas ficou nisso. Desse jeito, fica difícil para Aracaju reconquistar o título de a capital da qualidade de vida.

PC se organiza

Dirigentes sergipanos do Partido Cristão participaram no último final de semana, em São Paulo, do segundo encontro nacional do PC. De acordo com o presidente da agremiação política em Sergipe, Antônio Carlos Lima, vários diretórios já foram organizados no interior do Estado, como forma de preparar a legenda para as eleições municipais de 2012.

Essa é do baú

Os sergipanos conheceram o cinema em 1903, graças ao comerciante italiano Nicolau Pungitori, que veio tentar a sorte em Sergipe. Pesquisa feita pelo jornalista e historiador Luiz Antônio Barreto revela que o jovem estrangeiro fundou naquele ano o Teatro Carlos Gomes, atraindo locatários dos cinematógrafos que trouxeram para a capital sergipana os primeiros metros de filmes, da novata sétima arte. O Teatro Carlos Gomes foi transformado, mais tarde, no Cine Teatro Rio Branco, em homenagem ao Barão do Rio Branco, chanceler do Brasil, falecido no final de 1912. Solteiro e integrante da Loja Maçônica Cotinguiba, Nicolau Pungitori jamais retornou à Itália, tendo morrido em 27 de março de 1909.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários