GOVERNO DOS MICRO E PEQUENOS EMPRESÁRIOS

0

O secretário da Administração, Jorge Alberto, reúne micro e pequenos empresários sergipanos nesta quarta-feira, 31, para um café-da-manhã. Na oportunidade, será apresentado o “Uso do Poder de Compras do Estado, com foco na administração centralizada das licitações, contratos e compras governamentais 2007/2009 como indutor do desenvolvimento econômico e social”. O encontro acontece no Hotel Mercure. O Governo Marcelo Déda vem se destacando nas questões de modernização das compras públicas gerando fortalecimento das micro e pequenas empresas (MPEs) e gerando economia para o Estado. No período de janeiro de 2007 e dezembro do ano passado, a participação das MPEs nas compras públicas cresceu 1000% passando de 6,86% (antes da vigência da Lei 6.206/2007) para 65,36% em dezembro de 2009. Em junho de 2009, o Governo lançou o Credicompras Governamentais Banese que em seis meses formalizou 68 operações, totalizando R$ 1.525.449,79 em valores emprestados. Não é à toa que o governador Marcelo Déda não se cansa de dizer que o companheiro Jorge Alberto tem sido uma grata surpresa em sua administração.

EDUCAÇÃO CORPORATIVA 

O Banco do Nordeste do Brasil foi agraciado com o prêmio de excelência em educação corporativa, Cubic Awards Brasil 2010, iniciativa que reconhece as principais universidades corporativas brasileiras. A instituição foi classificada em primeiro lugar, na categoria de Best New Corporate University, destinada às universidades empresariais ainda em fase de implantação ou com até 2 anos de vida. O Banco do Nordeste recebeu menção honrosa e alcançou a nota máxima em todos os critérios de avaliação.  

PRODUÇÃO EM DOBRO

O setor industrial sergipano será palco de novos investimentos. Isso porque a Crown Embalagens Metálicas da Amazônia decidiu dobrar a produção da sua unidade localizada no município de Estância. A empresa, que já fabrica um bilhão de latas de alumínio por ano, terá sua capacidade de produção aumentada. Será realizado um investimento de R$ 45 milhões, responsável pela geração de 50 novos empregos.

PRODUÇÃO EM DOBRO 2

Para oferecer a infraestrutura necessária à instalação da Crown, o Governo de Sergipe realizou os serviços de acesso à área com obras de pavimentação, drenagem e implantação de meio fio. A empresa também foi beneficiada pelo Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI), que visa estimular e incentivar o desenvolvimento socioeconômico do Estado através da concessão de benefícios.

PRODUÇÃO EM DOBRO 3

A Crown está recebendo além de apoio local e de infraestrutura, incentivos fiscais, com desconto no pagamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). A fábrica da Crown é o maior investimento privado de Sergipe desde a chegada da Ambev em 1998, durante o Governo Albano Franco.

FEIRA DE TECNOLOGIA

Com a chegada da Copa, o Bompreço já antecipa a disponibilidade de produtos tecnológicos para os clientes que queiram adiantar as compras, com economia. A ação faz parte da Feira de Tecnologia, que começou sexta-feira e vai até o próximo dia 11, nas lojas Hiper Bompreço de todo o Nordeste. A variedade envolve, entre outros, notebooks, netbooks, TVs, câmeras digitais, celulares e acessórios de informática. A expectativa é incrementar as vendas entre 20% e 30% os negócios em relação à edição passada.

FEIRA DE TECNOLOGIA 2

Quem quer assistir aos jogos da Copa em alta definição uma sugestão é o monitor TV, que também pode ser utilizado para o computador. Confira algumas opções: TV LCD, com 20 polegadas. R$ 598; TV LCD, 21,5 polegadas, Full HD. R$ 798 e TV LCD, 24 polegadas, Full HD. R$ 998. O pagamento pode ser feito em 15 vezes no cartão Hipercard.

McDONALD’S 

O McDonald’s Brasil, operado pela Arcos Dourados, maior operadora de restaurantes da América Latina e maior franquia do McDonald’s no mundo, presente em 19 países, obteve um faturamento de R$ 3,45 bilhões em 2009. O valor é 4,8% superior ao registrado no ano anterior. Em Sergipe a rede está presente há 13 anos. São dois restaurantes e um Drive-thru  que   empregam atualmente 214 funcionários. A expansão das operações foi um dos fatores que contribuiu para o incremento. Só no ano passado, a empresa inaugurou 102 pontos de venda no Brasil. 


SETOR TEXTIL

O setor têxtil através de seus representantes vinculados ao sindicato da categoria esteve reunido com secretário do Desenvolvimento Econômico, Jorge Santana, para discutir os resultados das medidas implementadas em 2009. O sindicato e os empresários querem a manutenção dos benefícios concedidos em tempos de crise – corte de 30% do valor do ICMS. O encontro foi positivo e Jorge Santana solicitou um relatório com nova proposta para encaminhar ao governador Marcelo Déda. Vale apenas lembrar que a crise se foi e é preciso certa dose de bom senso nesse novo pedido. O governo, por sua vez, não pode desamparar por completo o setor.

 

 

 

 

 

 

Comentários