Governo, PM e a segurança pública

0

Nos últimos dois anos, a segurança pública em Sergipe recebeu muitos investimentos, tanto na parte estrutural como de equipamentos. O governador anunciou que investiu cerca de R$ 38,4 milhões nos dois primeiros anos de governo, algo significativo para Sergipe. Na área salarial, no ano passado a Polícia Civil teve uma conquista histórica com o plano de carreira de nível superior e salários que chegarão em 2010 a um patamar significativo, se comparado com outras categorias.

 

Na semana passada, grande parte da imprensa tomou como surpresa o anúncio, pelo governador Marcelo Déda, do reajuste de 10% para todos que compõe a PM de Sergipe. Esse reajuste foi definido no ano passado como parte do acordo com a categoria. O governador também deu um recado duro para algumas lideranças que estão criticando os baixos salários.

 

É preciso deixar claro que o estopim na PM de Sergipe está acesso. Parte desta chama foi aquecida com o acordo feito pelo Governo do Estado com a Polícia Civil, que teve uma conquista histórica. No caso da PM, cujo efetivo é bem maior do que a PC, é preciso cautela, mas não se deve fechar o diálogo com a categoria. O problema é que as lideranças da PM estão indo por um caminho errado, através do confronto, não só com a polícia civil, mas com o próprio governador. Este caminho chega a ser infantil e suicida.

 

Está claro que a Polícia Civil está mais próxima do atual comando da SSP do que a PM. Está na hora do governo sinalizar que está disposto a manter um diálogo aberto com a PM e um dos passos seria nomear um dos coronéis como adjunto da SSP. Além de uma sinalização positiva com a corporação militar o governo ganharia em muito, já que o atual vive em constantes intrigas e fofocas, contra tudo e contra todos, segundo se comenta nos bastidores da SSP e o próprio governador deve ter conhecimento.

 

Está claro que o policiamento ostensivo melhorou, mas a filosofia da polícia comunitária está adormecida. É necessário que a SSP seja uma fomentadora desta filosofia, que tem muitos recursos em Brasília, esperando apenas que levem projetos nesta área. É preciso melhorar a estrutura da Polícia Comunitária que tem uma ligação direta com as comunidades através dos conselhos de segurança.

 

Outro ponto importante é resolver o problema em grande parte das delegacias do interior, onde a polícia militar fica de plantão, quando na verdade a responsabilidade é da polícia civil. O PM do interior deve sair das delegacias e ir para o policiamento ostensivo. E outras idéias simples, como os delegados do interior cumpram o expediente todos os dias da semana (não são todos, mas alguns aparecem na segunda à tarde e somem na sexta-feira) e o básico: no dia de feira no município.

 

O mais importante neste momento é que o diálogo com as lideranças da PM seja transparente, com uma luz acessa 24 horas em busca de melhorias. A começar pelo Plano de estruturação da carreira da PM, com o ingresso já com o nível superior. É uma estrutura carcomida de dezenas de anos, que um governo só não consertará, mas, assim como os avanços que foram significativos para a Polícia Civil, na PM também pode-se avançar. Basta um diálogo franco sem radicalizações de nenhum dos lados.

 

Retorno das férias

Este jornalista pede compreensão aos leitores que ao passar dos dias vai comentar alguns episódios que aconteceram nas últimas semanas como também responderá todos os e-mails recebidos no período de férias. Para que as férias fossem realmente férias, este jornalista permaneceu um bom tempo “desconectado” do mundo da Internet.

 

Sergipanos barrados na Espanha

Até quando o governo brasileiro, leia-se o presidente Lula, vai aceitar que a Espanha trate os brasileiros com desdém e nenhum respeito. Há mais de um ano que mensalmente brasileiros são barrados no aeroporto de Madri, ficam detidos e depois são obrigados a retornar ao Brasil. Ontem, 25, mais de 40 brasileiros foram detidos, entre eles três sergipanos, que têm parentes na Espanha e mesmo comprovando que estavam a passeio (com estadia e dinheiro para gastar), foram detidos durante todo o dia de ontem numa sala do aeroporto. Eles três e mais 11 passarão por uma entrevista hoje, 26, pela manhã. Já os outros (mais de 30) foram obrigados a retornar ao Brasil ainda ontem.

 

Falta de respeito com os brasileiros

Se alguns poucos brasileiros entram na Espanha para virarem imigrantes ilegais ou se prostituirem cabe a polícia da Espanha tomar as devidas providencias, mas no caso de alguns, que comprovam residência, dinheiro para gastar, passagem de ida e volta e preenchem todos os pré-requisitos é preciso que o governo brasileiro tome uma dura providencia. Ontem, os pais de uma das sergipana que foi detida em Madri entraram em contato com o presidente nacional da OAB, César Britto, pedindo ajuda junto a embaixada brasileira na Espanha. De imediato César Britto entrou em contato com sua assessoria em Brasília e conseguiu mostrar a Embaixada brasileira na Espanha o constrangimento que os três sergipanos estavam passando. A OAB deve aproveitar mais este episódio para pedir ao governo brasileiro medidas duras contra a Espanha.

 

Anúncio será tímido

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, anunciará amanhã, 27, os novos secretários municipais que integrarão o seu segundo mandato, iniciado no último dia 1º.  O anúncio acontecerá às 9 horas, no auditório do Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos. Vai anunciar a criação da Secretaria de Esporte e da Juventude, para contemplar a vereadora Karla, do PCdoB e deixar o suplente Chico Buchinho como vereador de Aracaju. As outras mudanças serão tímidas e não afetarão as áreas principais da máquina municipal.

 

Bomba sobre o Plano Diretor

Este jornalista esta esperando que a Prefeitura reenvie o Plano Diretor para a Câmara de Aracaju para fazer uma comparação minuciosa com o que estava tramitando até o início de 2008, quando a PMA resolveu pedir de volta. Algumas emendas que tinham sido apresentadas por setores comprometidos com o crescimento desordenado da cidade – principalmente na chamada Zona de Expansão – serão checadas. A quem diga que algumas delas foram incorporadas pela Prefeitura. Será?

 

Parque dos Falcões

No último sábado, 24, este jornalista visitou o Parque dos Falcões, localizado na Serra de Itabaiana e pode comprovar a abnegação de como Percilio e mais quatro colaboradores mantém a estrutura do local dentro do possível para bem atender aos turistas. A equipe está preparada para mostrar detalhadamente a origem das cerca de 300 aves (falcões, gaviões, corujas e outras), que estão no local.

 

Parceria com a Secretaria do Meio Ambiente

O Parque dos Falcões recebe mensalmente aves oriundas das apreensões do pelotão ambiental da PM, como também de outras organizações. A maioria passa por um período de adaptação é retorna a natureza, outras, com asas quebradas, não podem retornar a natureza e ficam no local. O gasto com alimentação é alto, já que as aves comem coelhos, ratos e outros bichos. Bem que a Secretaria de Estado do Meio Ambiente poderia fazer um convênio para ajudar de alguma forma aquele espaço. Hoje toda renda vem da tarifa cobrada a cada visitante (R$ 10,00, adulto e criança R$ 5,00), mas ainda é pouco. O Parque dos Falcões já é conhecido nacionalmente e precisa de uma atenção maior. O sergipano que não conhece vale a pena conferir. É preciso agendar a visita pelo telefone 9962 – 5457 (Genisson).

 

Transmissão pela Aperipê TV

De parabéns toda direção da Aperipê TV pela transmissão de alguns jogos do campeonato sergipano 2009. É um esforço digno, que merece ser elogiado por todos os sergipanos. A parte técnica não deixa a desejar, mas a narração dos jogos, infelizmente, deixa a desejar.

 

Narração fora do tempo

Este jornalista conferiu dois jogos: Itabaiana X Sergipe, na abertura do campeonato e  no último sábado, 24, Confiança x Olímpico de Itabaianinha. O narrador falava a todo minuto “pela direita, “pela esquerda”, “pelo meio”, esquecendo que o telespectador está assistindo o jogo e não apenas ouvindo como no caso do rádio. Sem falar no bate papo onde a narração fica em segundo plano. E alguns absurdos como “cruzamento pelo alto” quando o jogador cruzou a bola rasteira e “lançamento” quando o jogador chutou ao gol. Se fosse narração pelo rádio o ouvinte não perceberia, mas na televisão mostrou que o locutor está fora do tempo. Uma boa pedida para quem ficar em casa é assistir pela Aperipê, baixar todo o som e ligar numa emissora de rádio de sua preferência.

 

Arrecadação com o ICMS cai 3,7%

Deu na FSP, de hoje, 26: A crise financeira internacional chegou ao caixa dos Estados. A arrecadação do ICMS, principal tributo estadual, caiu 3,7% -de R$ 19,727 bilhões em outubro para R$ 19,007 bilhões no mês de novembro.Os repasses constitucionais feitos pela União, outra fonte importante de recursos, ainda registraram crescimento em dezembro -5,2% em relação a novembro. Mas, quando comparados a dezembro de 2007, há uma queda de quase 1%, o pior resultado do ano.E os dados preliminares do ICMS de dezembro e janeiro não são animadores. Na Bahia, o imposto caiu cerca de 10% em relação a janeiro de 2008. Em Minas Gerais, o recolhimento em dezembro foi 3% inferior a novembro. No Rio de Janeiro, o corte no orçamento será superior a R$ 500 milhões. No Rio Grande do Sul, as metas de arrecadação não foram alcançadas pela primeira vez no ano em dezembro.

 

Reunião de Lula com governadores

Na quarta-feira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva reúne-se com os governadores das regiões Norte e Nordeste, os mais afetados pela queda nos repasses da União. O governo federal quer que os Estados mantenham o ritmo de investimentos para evitar um impacto ainda maior da crise na economia. “Ainda é cedo para saber a magnitude da perda na arrecadação, mas o cenário de recuperação dos investimentos dos Estados nos próximos dois anos não deve se confirmar”, diz o economista do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) Marcelo Piancastelli, que renegociou a dívida dos Estados quando era secretário-adjunto do Tesouro Nacional. Em São Paulo, de acordo com números do Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária), a arrecadação do ICMS caiu 12,9% em novembro em relação a outubro, mas ainda continuava mais alta do que em 2007. Naquele ano, o Estado recebeu R$ 63,2 bilhões do tributo. Até novembro, já acumulava R$ 69,6 bilhões.

 

SMTT: agentes despreparados

Ontem, 25, às 17h30, na rotula do Orlando Dantas, próximo ao São Conrado, tudo ia bem, quando dois agentes da SMTT, resolveram – mesmo com o sinal funcionando perfeitamente – “ajudar” o trânsito. Um mandou parar os veículos de um lado e o outro mandou os veículos do outro lado da avenida transitarem. O problema é que ele deixou o tempo passar, passar…e a fila começou a crescer no outro lado e vindo do Orlando Dantas. E o pior: quando viram que a fila estava quilométrica e os motoristas buzinando, os dois resolveram respeitar os sinais e ficaram só olhando a “lambança” que fizeram. Ligar para SMTT para reclamar não adianta. Com coletes refletores os nomes dos agentes estavam escondidos. Ou seja: com certeza a famosa casa da Mãe Joana está mais organizada do que a SMTT.

 

Posse na ACESE I

No próximo dia 29 será empossada a nova diretoria o e Conselho Deliberativo da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe – ACESE. O grupo que hora assume a ACESE, liderado pelo empresário Sadi Gitz, que estava à frente da ACESE interinamente traz grandes projetos para a administração no biênio 2009/2010. Entre tais projetos destaca-se a ampliação do número de associados e continuidade dos eventos que proporcionam constantes encontros entre os empresários. Na mesma data serão empossados os membros da nova diretoria do Conselho de Jovens Empreendedores de Aracaju – CJE Aracaju, que faz parte da ACESE.

 

Posse na ACESE II

A solenidade de posse das duas entidades acontece no Auditório Atalaia do Centro de Convenções de Sergipe a partir das 20 horas. A eleição da chapa “Opção pelo Desafio” que compõe a nova equipe diretiva da ACESE aconteceu no último dia 16 e foi realizada como outras tantas, nas quais apenas uma chapa concorreu ao pleito.  Para o empresário Sadi Gitz, que faz parte da diretoria da ACESE há vários anos e hora assume a presidência da centenária entidade, a nova equipe é formada por associados que sempre contribuíram com o desenvolvimento de ações para benefício dos empresários e certamente continuarão realizando projetos que mantenham o sucesso dos trabalhos empreendidos sempre com visão em atender às necessidades e defender os direitos daqueles que integram a família ACESE.

 

DO LEITOR

 

E a orla de Atalaia? I

Do leitor Sandro: “Quero usar esse espaço para manifestar o meu desconforto com  um problema que acredito afetar boa parte da população dessa cidade. Como usuário diário da infraestrutura disponibilizada pela Orla de Atalaia nas minhas atividades esportivas (caminhadas, corridas etc), me chama a atenção como a conservação daquela área, tão importante para os aracajuanos e todos os que nos visitam, vem sendo negligenciada. A iluminação está deficiente com vários trechos às escuras vulnerabilizando a segurança de quem transita por lá à noite. O trecho dos lagos, cartão postal dessa cidade e motivo de muitos comentários positivos daqueles que recebemos para mostrar a nossa bela Aracaju, apresenta uma das fontes já a um bom tempo sem funcionamento. Ontem, estava ás escuras. Detalhe estamos em época de receber turistas ou familiares de outros estados. A limpeza, assim como conservação dos alambrados a tempos que não nos anima a tecer os elogios que fazíamos, como atrativo da cidade”.

 

E a orla de Atalaia? II

Continua Sandro: “Então, peço sensibilidade das autoridades relacionadas com a conservação daquele espaço, tão importante e tão democrático da nossa cidade, para os reparos e/ou reformas necessárias. Quero acreditar, e conheço a grande competência e compromisso  de muitos que fazem essa administração, que providências já devem estar sendo encaminhadas. Que não tenhamos tempo, como é de praxe do brasileiro, de nos acostumar com, a quase sempre,  falta  crônica de conservação dos espaços públicos. Não me interessa cores partidárias ou  paternidades declaradas da obra. O que desejo como cidadão residente nessa cidade tão querida, é que continuemos a nos orgulhar daquele espaço e aproveitá-lo com a alegria e o orgulho que sempre tivemos da mais bonita orla do litoral brasileiro”.

 

Mudanças no governo

Do leitor Edilson: “As mudanças que ocorreram em alguns cargos do atual governo foram tímidas, diante da urgente necessidade do governo Deda mostrar a que veio. A transição do discurso de mudança à prática, tem sido excessivamente lenta e  não vale mais qualquer referência ao governo anterior. Após dois anos, é hora de mostrar resultados concretos, palpáveis. E quanto à saída deste ou daquele secretário, é bom lembrar que o cemitério está cheio de “insubstituíveis”, mas o mundo continua a girar. No mais, espero que este espaço continue a ser referência do jornalismo sério em Sergipe”.

 

Laranjada em Itabaiana I

Do leitor Douglas Rafanelle: “Enquanto cidadão filho de Itabaiana tinha um sonho em um dia esta terra ser plenamente politizada, onde o direito de escolha fosse respeito tanto por vencedores como por derrotados mais o que  estou vendo em Itabaiana é vergonhoso. Não se pode levar para os prédios públicos para departamentos e assim por diante, as cores de uma campanha eleitoral,campanha terminada rumos novos vida nova  ,mais em Itabaiana É diferente uma coisa e você  adotar os logotipos dos carros da marca da gestão atual ai sim nada demais mais transformar os prédios públicos em copias idênticas de comitê eleitoral. Depois de uma campanha terminada os caprichos as disputas as divergências e os egos têm que ser ceifados em benefício de uma sociedade geral o gestor de Itabaiana não pode administrar só  para os seus eleitores.

 

Laranjada em Itabaiana II

Continua Douglas:”Itabaiana tem uma bandeira onde nela tem suas cores já pensou  se o governador do estado resolve pintar todas as escolas publicas estudais todos os palácios das corres do PT vermelho? Seria um absurdo ,então a moda agora em Itabaiana é tudo laranja onde a bandeira e as corres do município são esquecidas em troca de um capricho. Lembro ao  atual gestor do município que a vaidade o derrotou em 2004, e se ele não ficar atento as vontades de alguns apaixonados vai cometer os mesmos erros um administrador publico de verdade não pode colocar as suas divergências políticas acima da ética da responsabilidade,digo de forma clara torço que a gestão do atual prefeito seja coroada de vitórias ,porque todas as vitórias conseguidas por ele certamente será benéfica para mim e todos o cidadãos desta terra apenas gostaria que no recanto do seu lar apelasse para a consciência e veja se vale a pena manter o palanque armado faltando tanto tempo para futuras campanhas, a Luciano  Bispo meus votos de um gestão cercada de razão e não de apaixonados”.

 

Frase do Dia

“O homem poderoso que junta a eloqüência à audácia torna-se num cidadão perigoso quando lhe falta bom senso” . Eurípedes.

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários