Greve pode parar a saúde

0

Os servidores da Secretaria estadual da Saúde cruzam os braços a partir desta segunda-feira (04). Eles protestam contra o recente reajuste salarial de 5% concedido pelo governo e prometem só retornar ao trabalho se tiverem os salários reajustados em 100%. O próprio presidente do Sindicato da categoria, Augusto Couto, entende que a reivindicação é exagerada: “Sei que não teremos esse aumento agora, mas se o secretário Rogério Carvalho atendesse pelo menos três itens da pauta, suspenderemos a paralisação”, promete. O sindicalista aposta que os cerca de mil servidores da Saúde vão aderir à greve, que deverá afetar o funcionamento do Hospital de Urgência de Sergipe, Hemose, Instituto Parreiras Horta, Centro de Referência da Mulher e Maternidade Nossa Senhora de Lourdes.

 

Sem acordo


Acontecerá no próximo dia 11 mais uma rodada de negociação entre os representantes do comércio sergipano e o Sindicato dos Comerciários visando discutir o acordo salarial da categoria. Com data base no quinto mês do ano, o último acordo firmado entre as partes data de maio de 2007. Há cinco meses que empresários e trabalhadores tentam sem sucesso fechar um novo acordo. A principal dificuldade para se chegar ao entendimento é a proposta de bancos de horas feita pelos empresários. Os trabalhadores preferem receber as horas extras em dinheiro. Estão certíssimos!

 

Vice-campeã


Apesar de não ocupar mais o primeiro lugar entre os setores econômicos com o maior número de acidentes de trabalho, a indústria da construção civil mantém elevados índices de ocorrências, perdendo apenas para o setor rural. Mesmo com os esforços do governo, que resultaram, por exemplo, na revisão das normas de segurança e de entidades  de classe, o registro de ocorrências, em geral, vem crescendo em termos absolutos. Especialistas garantem que, embora a análise das estatísticas deva levar em conta o crescimento da atividade produtiva, o setor de construção é uma área que necessita de bastante atenção.



Teste recusado

 

Três candidatos a vereador no município de Campo do Brito (SE) entraram com pedido de liminar no Tribunal Superior Eleitoral para não se submeterem a teste de verificação de alfabetização, marcado para esta segunda-feira (04). Gilson Meneses de Jesus (PSB), José Iolando de Almeida (DEM) e Manoel de Souza (PT do B) pedem, ainda, o deferimento do registro de suas candidaturas. Eles foram intimados a fazer o teste de verificação de alfabetização por determinação de juízes de primeira instância.


Não fez o beabá

O candidato a vice-prefeito de Poço Verde (SE), Germano Ghacas (PSB), teve o seu registro indeferido no último dia 22 por ter se atrapalhado no teste de verificação de alfabetização. Ele ainda tentou escrever de carreirinha, mas não conseguiu fazer o bebabá solicitado e foi considerado analfabeto. Aliás, Germano Chagas também deixou de disputar uma cadeira na Câmara de Vereadores em 2004 porque nem leu, nem escreveu. Resultado: o pau comeu.


Carros em alta


As
prestações a longo prazo e os juros controlados são os principais responsáveis pelas vendas de carros novos. O gerente de vendas Márcio Mendonça informa que cerca de 70% dos veículos comprados em Sergipe são financiados. Segundo pesquisa feita pelo DIEESE, o carro mais vendido no mercado sergipano é o Siena, seguido pelos Gol e Corsa sedan. Márcio revela que uma das principais preocupações do comprador é com o valor de revenda do veículo.


Juros nas alturas 

A alta das taxas de juros bancários aumenta sistematicamente o endividamento e compromete o planejamento financeiro das famílias. Segundo dados divulgados pelo Banco Central, na semana passada, a taxa média de juros (pessoas físicas e jurídicas) aumentou 4,2 pontos percentuais no primeiro semestre, em comparação com o mesmo período de 2007, e chegou a 38% ao ano em junho. Nem precisa dizer que um dos principais vilões dos endividamentos tem sido o cheque especial. Em junho, os juros da modalidade de crédito atingiram 159,1% ao ano, chegando próximo da maior marca, a de agosto de 2003 (163,9%).


Educação no campo

Está marcada para hoje (04) a aula inaugural da primeira turma em Licenciatura em Educação no Campo. Será às 10 horas no Centro de Treinamento da Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Sergipe – Fetase, localizado no conjunto residencial Eduardo Gomes, em São Cristóvão. O curso é promovido pela Universidade Federal de Sergipe em parceria com a Fetase.


Bons resultados


O secretário estadual da Administração, Jorge Alberto, está satisfeito com a receptividade dos pequenos empresários aos seminários para incentivar as micro e pequenas empresas a participarem das compras públicas. “O governo de Sergipe está trabalhando para que o Estado atue como um fomentador do desenvolvimento econômico e social, fortalecendo esse segmento empresarial que representa mais de 95% dos estabelecimentos produtivos”, diz Jorge.


De volta ao batente

 

Os deputados estaduais e os vereadores de Sergipe retornam às atividades parlamentares nesta segunda-feira (04). Na Assembléia a novidade é o painel eletrônico que foi instalado no Plenário para facilitar as votações dos projetos de lei. A implantação da novidade vai possibilitar mais transparência às atividades parlamentares, por proporcionar mais clareza a respeito dos votos de cada um dos deputados. Com a instalação do painel eletrônico, o público presente ao Legislativo e os telespectadores da TV Alese vão poder acompanhar a freqüência dos parlamentares. Legal!

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais