Hospital de campanha AJU: MPE arquivou,mas MPF continua investigando

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Em Sergipe, o Ministério Público Federal, a Controladoria Geral da União e a Polícia Federal estão atentos ao destino dos recursos federais enviados para o enfrentamento do coronavírus.
Em matéria exibida pela TV Atalaia, no Jornal do Estado, da última terça-feira, 12,  a procuradora do MPF, Eunice Dantas, explicou que foi feito um levantamento onde foram apurados os valores repassados para cada ente federativo. “E acompanhado deste levantamento foram feitos outros para apurar qual era o grau do risco”, disse, explicando que foram verificadas as empresas contratadas, se estão no mercado há muito tempo, se foram criadas recentemente, os sócios delas e a partir daí foi feita uma planilha e verificados os casos mais críticos.

Eunice Dantas ressaltou na matéria que já pediu ao governo do Estado e aos municípios onde acharam situações mais críticas que fossem enviadas toda a documentação da contratação desde a dispensa, a justificativa para a dispensa e os processos de pagamento para verificar se houve alguma irregularidade. Ela explicou que haverá uma comparação com outros contratos de entes federativos e será acompanhada também a entrega dos produtos.

Na matéria, Eunice Dantas lembrou que o caso do hospital de campanha em Aracaju, cujo arquivamento foi feito recentemente pelo Ministério Público Estadual, como há recurso federal a investigação continua dentro do Ministério Público Federal. Veja toda matéria da TV Atalaia:

 

 


A verdade tarda, mas não falha A verba transferida de fundo a fundo tem natureza federal. A prestação de contas é feita junto ao TCU e CGU. Por serem recursos transferidos pela União, a justiça federal apura a responsabilidade por eventual malversação, atraindo, assim, a atribuição do MPF. Fundamentação legal: Portaria GM/MS n. 204, de 29 de janeiro de 2007.

“Rebuliço” Arrepare o rebuliço que foi ontem, 13, naquele órgão cujo chefe tem ao seu lado auxiliares contando os dias para acabar a gestão dele. O blog chegou a ouvir dois áudios hilários das conversas de ontem. O rebuliço foi tão grande que se chegou a falar em “grampos”. Ao contrário de lá, as “Fontes” do blog são altamente confiáveis, confidenciais e jamais se comunicam por celular, e-mail e redes sociais. O nível é altíssimo, tipo da série “La Casa de Papel.” Pode grampear à vontade, mesmo sendo crime…

Fundo de quintal Não, não é o grupo musical de samba raiz. Neste caso tem muita coisa misturada: multa de 100 mil, confecção de máscaras e licitação após a entrega. E o fundo de quintal? Aí entra o amigo que fez as máscaras e entregou muito antes de todo processo. Vixe Maria! E aconteceu onde? Sei lá…

Bomba atômica Já pensou se é verdade que circula uma gravação (inclusive, entre autoridades) envolvendo um agente público, que tem a obrigação de investigar, querendo proteger empresário envolvido em coisa errada? E também sendo citado? Seria um salva-se quem puder se esse mistério vier a se tornar público no estado de Sergipe!

Obra de ficção O blog publica hoje na íntegra a Carta Aberta aos Sergipanos assinada por 19 entidades empresariais que critica a ausência de um plano estruturado de combate ao COVID-19 em Sergipe, protegendo a saúde de todos e ajudando a economia. A verdade é que desde a saída traumática de Lúcia Falcón de Oliveira, provocada pelo pior governador da história de Sergipe, JB, que o planejamento do governo de Sergipe virou peça de ficção, boa pra otários… Por essas e outras que o governo de Sergipe entrou em bancarrota, faz tempos, infelizmente.

Sergipe é um dos poucos Estados do país que estão com as obras públicas paradas Segundo levantamento da CBIC, que é feito quase que semanalmente, Sergipe, Piauí e Pará são os três Estados do país que estão com as obras públicas paralisadas. Em Sergipe, mesmo com o decreto governamental colocando elas como atividade essencial, tem uma decisão contra. Situação sui generis…

Bloqueio total em Aracaju? E ontem, 13, o blog foi informado que setores públicos de Aracaju serão fechados por oito dias, como, por exemplo o mercado do Augusto Franco. Será verdade? O certo é que onde ocorreram bloqueios total (lockdown, para ficar na moda), os gestores tiveram respaldo da Justiça. Em Aracaju, a Defensoria já deu carta branca ao prefeito. Será uma medida heroica ou política? Satisfação para a sociedade para dizer “fiz o que pude” diante da tragédia?


Candelária, na Academia Sergipana de Letras Uma história de vida que orgulha Sergipe é a de Candelária, que chegou a lançar um livro. Em maio de 2014, quando surgiu uma vaga o titular deste espaço, ao lado de outros profissionais liberais, encampou a campanha “Candelária, na Academia Sergipana de Letras, uma puta ideia”, mas há uma casta em Sergipe, que se rotula de intelectuais cuja leitura nunca passou das fronteiras sergipanas. Além disso, tem imortal que nunca escreveu um livro, só “emprestou” o nome. E todos sabem. Agora a cadeira do imortal Estácio Bahia Guimarães está vaga. Maria Niziana Catelino, a Candelária, escreveu um livro sobre a vida dela em 1989. Pelo trabalho à frente da Associação Sergipana de Prostitutas concorreu no ano 2000 ao prêmio “Mulher do Ano” da revista Cláudia. Candelária sim, faz parte do universo cultural de Sergipe e merece não só virar imortal, mas todo respeito dos sergipanos.

Placas indicativas de prevenção Com expressiva maioria dos votos foi aprovado ontem, 13, na Câmara Municipal de Aracaju o Projeto de Lei que prevê a colocação de placas indicativas com medidas de prevenção contra doenças transmissíveis em salões de beleza e estabelecimentos similares, a exemplo de barbearias e espaço de depilação. O Projeto, de autoria do vereador, Vinícius Porto (PDT), tem por objetivo reduzir a exposição da clientela e dos próprios profissionais da área a doenças e riscos desnecessários.

Práticas de higiene O vereador Vinícius Porto ressalta que os institutos de beleza são considerados estabelecimentos de interesse da saúde, pois podem representar um risco para seus usuários, se boas práticas de higiene não forem adotadas. “Com a instalação de placas indicativas, com medidas de prevenção, o estabelecimento confirma seu compromisso com a saúde de seus clientes e ganha maior credibilidade junto à sociedade”, afirma o vereador.

Afastamento vereador Capela O Tribunal de Justiça de Sergipe determinou o afastamento do vereador e ex-presidente da Câmara de Capela, José Adalton, irmão do ex-prefeito Sukita. Ele foi denunciado pelo MPE por sacar um cheque de um jantar que nunca existiu no valor de R$ 7,9 mil.

 


Ipesaúde recebe nova ambulância para ampliar assistência serviço de urgência O Ipesaúde, com o objetivo de reforçar a assistência para os beneficiários, adquiriu mais uma ambulância, que vai fazer parte do Serviço de Pronto Atendimento (SPA). As viaturas são utilizadas pela unidade de urgência para transferência de pacientes internos, ou em situações esporádicas, caso o paciente necessite se deslocar do SPA para sua residência.

Centro de Síndrome Gripal A ambulância também está equipada e à disposição do Centro de Tratamento da Síndrome Gripal, que atende casos leves e moderados de doenças respiratórias e atua neste momento de enfrentamento ao coronavírus. Caso o paciente apresente um quadro que necessite ser encaminhado ao serviço de urgência, a nova ambulância realizará o translado, como explica a gerente Maria de Lourdes Menezes.

Suporte De acordo com a coordenadora do Serviço de Pronto Atendimento, Renata Pinho, essa ampliação será essencial. “Nós já oferecemos o suporte a pacientes e com a chegada de mais uma ambulância conseguiremos otimizar ainda mais o nosso serviço”, disse.

PRF inicia hoje operação nacional preventiva com foco na segurança viária A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia hoje,14, uma Operação Nacional de Segurança Viária. Engajada no Movimento Maio Amarelo, a instituição aposta na ostensividade de suas equipes em pontos críticos de acidentalidade para coibir condutas perigosas e assim reduzir o número de acidentes nesses locais.

Em Sergipe, ações ocorrerão em trechos críticos mapeados pela instituição durante a pandemia A ideia é fazer com que motoristas percebam os potenciais riscos à segurança viária oferecidos nesses trechos que, de acordo com dados registrados pelo órgão, somam maior número de acidentes graves e vítimas em acidentes fatais. A estratégia reforça o tema do Maio Amarelo: “Perceba o risco. Proteja a Vida”, alinhada com a campanha PRF que faz o alerta de “em tempos de pandemia, se for sair de casa, respeite as leis de trânsito”.

Rosário distribui kits da merenda escolar A Prefeitura de Rosário do Catete, concluiu na quarta-feira, 13, a entrega de 2.102 kits da merenda escolar para os alunos da rede municipal. Foram quatro tipos diferentes, com os produtos variando de acordo com a necessidade nutricional da idade do aluno, incluindo os da Educação de Jovens e Adultos.

Explicações Os pais ou responsáveis também receberam da Secretaria Municipal da Educação(Semed) um panfleto explicando que a entrega não era de cesta básica, mas sim um kit com produtos da merenda escolar e que era em caráter temporário, enquanto as escolas estiverem com as aulas presenciais suspensas em virtude do Coronavírus.

Sinpol lança segunda fase da campanha voltada para a valorização dos policiais civis de Sergipe O Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe (Sinpol/SE) lançou a segunda fase da campanha de valorização dos policiais civis com o objetivo de chamar a atenção do governador Belivaldo Chagas para todos os problemas relacionados à base da Polícia Civil, composta por agentes, agentes auxiliares e escrivães.

Gente miúda Com o tema “Quem o governador chamou de ‘gente miúda’ arrisca a vida por você”, a ação busca lutar por reposição inflacionária, fusão dos cargos da base da Polícia Civil, redução do tempo que o policial demora a ser promovido na carreira, auxílio alimentação e auxílio saúde; entre outras necessidades ignoradas pelo Governo do Estado.

Insensibilidade Além disso, é uma resposta ao fato do governador Belivaldo Chagas ter se referido à categoria policial civil com o termo “gente miúda” durante uma live realizada recentemente aberta ao público. Entretanto, é essa gente que fez um concurso público para a Polícia Civil e que investiga todos os crimes do nosso estado. São esses mesmos profissionais que recebem diariamente vítimas nas delegacias; são homens e mulheres com família e que se orgulham da profissão que escolheram, mas que infelizmente contam atualmente com um governador insensível às demandas da categoria e da pasta da Segurança Pública como um todo.

Live com Ana Cláudia Arantes Diante desse momento de pandemia, a clínica Onco Hematos vem promovendo lives em seu Instragram para passar orientações e informações em relação ao Covid-19. Nesta segunda-feira, 11, a oncologista e paliativista da Onco Hematos, Erijan Andrade, recebeu a geriatra e paliativista, Ana Claudia Quintana Arantes, para falar sobre “Como manter a esperança diante do medo de morrer entre o câncer e o coronavírus?”. A oncologista iniciou a live comentando sobre as dificuldades da equipe de Cuidados Paliativos para oferecer aos pacientes um melhor cuidado e atenção durante esse momento de isolamento social. “Estávamos acostumados a oferecer de tudo ao paciente, mas nesse momento não podemos ter contato físico com, não podemos cuidar da maneira que gostaríamos. Mas, no meio disso tudo, o que mais temos que ter é a esperança. Por isso que pensamos nesta live, pois os pacientes com câncer além de lidar com a doença ainda têm que se preocupar com a questão do vírus. E hoje o que mais eles querem ouvir é uma voz de conforto, uma forma de atravessar melhor por mais esse desafio”, afirmou.

Live com Ana Cláudia Arantes II Sobre o assunto, a paliativista Ana Claudia Arantes enfatizou que o momento que estamos vivendo não há precedente. Por isso, não há certezas. “Não há uma perspectiva, não dá para comparar com outras doenças. O espaço para todos os envolvidos é muito novo. Têm os pacientes que estão em tratamento, os que acabaram de receber diagnóstico, outros que já estavam em cuidados paliativos exclusivos. Tem ainda o contexto da família, que antes amparava e agora teve que se afastar. Então, isso é uma coisa impensável, ninguém poderia imaginar que um dia ia ter que se afastar por amor. E para a gente que é da área que cuida da Saúde, isso também é uma coisa nova. Nunca imaginamos tratar o paciente sem ter contato, ouvir o paciente sem cuidar dele frente a frente”, explicou.

ESPECIAL 

Do Vatican News

O alto Comitê para a Fraternidade Humana divulgou uma mensagem neste intitulada “Rezar pela humanidade”, onde convida os líderes religiosos e pessoas de todo o mundo a recorrer a Deus a uma só voz na quinta-feira, 14 de maio, rezando, fazendo jejum e praticando obras de misericórdia, pedindo o fim da pandemia e por um mundo mais humano e mais fraterno”.
A mensagem dirigida a todos os “nossos irmãos que acreditam em Deus criador e aos nossos irmãos em humanidade onde quer que estejam”, diz o seguinte:

“Nosso mundo enfrenta hoje um grave perigo que ameaça a vida de milhões de pessoas em todo o planeta, a saber, a rápida disseminação do coronavírus (Covid-19). Enquanto confirmamos a importância do papel dos médicos e da pesquisa científica no combate a essa epidemia, não esqueçamos de nos dirigir a Deus Criador nesta grave crise. Nós, portanto, convidamos todas as pessoas, em todo o mundo, a dirigir-se a Deus rezando, suplicando, jejuando, praticando obras de misericórdia, cada pessoa, em todas as partes do mundo, segundo sua religião, fé ou doutrina, para que Ele elimine essa epidemia, nos salve desta aflição, ajude os cientistas a encontrar um remédio que a derrote e para que Ele liberte o mundo das consequências sanitárias, econômicas e humanitárias da propagação desse contágio grave.

O alto Comitê propõe, de acordo com os objetivos do Documento sobre a Fraternidade Humana, fixar 14 de maio, como um dia de oração, jejum e invocação para a humanidade, e convida todos os líderes religiosos e pessoas de todo o mundo a responder a este convite humanitário e recorrer a Deus a uma só voz, para que preserve a humanidade, a ajude a superar a pandemia, restitua a ela a segurança, a estabilidade, a saúde e a prosperidade, e torne nosso mundo, eliminada essa pandemia, mais humano e mais fraterno”.

O Comitê foi criado em agosto de 2019, com o objetivo de implementar o Documento sobre a Fraternidade Humana assinado pelo Papa Francisco e pelo Grão Imame de Al-Azhar em 4 de fevereiro de 2019, na capital dos Emirados Árabes Unidos.

O Comitê é formado pelo cardeal e presidente do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso, Dom Miguel Ángel Ayuso Guixot; pelo presidente da Universidade de Al-Azhar, prof. Mohamed Hussein Mahrasawi; pelo secretário pessoal do Papa Francisco, Dom Yoannis Lahzi Gaid; pelo conselheiro do Grão Imame, o juiz Mohamed Mahmoud Abdel Salam; pelo presidente do Departamento de Cultura e Turismo de Abu Dhabi, Mohamed Khalifa Al Mubarak; pelo secretário-geral do Conselho Muçulmano dos Idosos, Sultan Faisal Al Rumaithi; e pelo escritor e representante da mídia árabe, Yasser Hareb Al Muhairi. O rabino Bruce Lustig foi incluído como membro do Comitê em setembro.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

A força da diversidade humana. Por Antônio Samarone: “Além do Coronavírus, a África enfrenta os gafanhotos. Nuvens de gafanhotos devastaram as plantações na África, esse ano. A oitava praga do Egito, foi a maior dos últimos 25 anos. Os inseticidas não dão conta de duzentos milhões de insetos famintos. Quando os gafanhotos chegaram região autônoma de Xinjiang Uygur, no noroeste da China, foi uma festa. O gafanhoto frito é uma iguaria local. O quilo de gafanhotos frescos ou congelado custa 400 yuans (3 dólares).Os agricultores chineses liberaram 1.000 patos para comer os gafanhotos. Um patinho pode “controlar” 4 metros quadrados de terra e comer gafanhotos. O uso de patos para evitar a praga de gafanhotos é econômico e ecológico em comparação com a pulverização de pesticidas.A china está vendendo até gafanhoto. Na última viagem ao Juazeiro do Norte, comprei uma imagem do Padre Cícero (made in China).”

Fala Baixo que é Segredo De um médio empresário sergipano: “Achamos o dinheiro! O tão falado apoio do Banese aos Microempresários com o fundo de aval do Governo do Estado de Sergipe já esta sendo operado. Enquanto muitos empresários buscam nas agências do Banco do Estado de Sergipe a linha de crédito denominada de Credi-Investe, funcionários do banco não sabem o que falar acerca dela. Dizem que o banco ainda não está operando. Esse jornalista descobriu, através de um empresário, que a linha que teve a criação de um fundo pelo Governo do Estado de Sergipe de R$ 500.000.000,00 já esta em operacionalização. É importante que os funcionários saibam que SIM, já estão operando, só não lhe contaram isso e que.. O grande operador desta linha não é o Banese e sim a: SE Promotora. Acreditem se quiser. O empréstimo que foi destinado com garantia do Governo do Estado vai deixar uma comissão pelos negócios e possíveis produtos acessórios “contratados” pelos clientes a SE Promotora. Essa empresa é responsável pela gestão do correspondentes bancários do Banese, mas não precisava que ela operasse essa linha de crédito. Será que o Governador do Estado de Sergipe tem conhecimento de que a diretoria do Banese tenha tomado essa decisão? Em favor de quem? Fechar as agências? Não dá a devida publicidade? Quem analisa? Qual o critério? Em tempo que contamos mortos, alguns contam dinheiro…”                                                     

Live AMASE A AMASE – Associação dos Magistrados de Sergipe – realizará na tarde desta quinta-feira, uma Live que será transmitida pelo seu Instagram Amase_Sergipe, a partir das 16hs entre o presidente da associação, Roberto Alcântara e o ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal, Carlos Ayres Britto. O tema da Live é Democracia e Poder Judiciário.




“Abrace o Destino”: Abrajet Sergipe anuncia campanha com o intuito de minimizar os efeitos da Covid-19 no turismo do Estado A disseminação do novo coronavírus neste começo de 2020 já apresenta severos impactos na indústria do turismo. Dos guias às grandes cadeias hoteleiras, as perdas no setor são evidentes. Por conta disso, a Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo – Seccional Sergipe (Abrajet Sergipe) anuncia a campanha “Abrace o Destino”, com o foco nas regiões e atrativos que foram prejudicados com os efeitos da pandemia. “A ideia do projeto é acolher e, principalmente, ajudar roteiros locais que precisam de apoio neste período crítico. Trabalhamos com a divulgação de atrativos turísticos e achamos válido utilizar da comunicação para impulsionar a iniciativa”, explica o presidente da Abrajet Sergipe, Luis Mendonça.

Primeira ajuda O destino inicial está localizado no município de Itabaiana, a 45 km de Aracaju, e é conhecido como uma grande reserva de manejo e cuidado com aves de rapina. Trata-se do Parque dos Falcões, que é administrado por José Percílio e Alexandre Correia. “O parque possui uma despesa alta com a alimentação dos animais e a permanência do local fechado para visitações deixou tudo ainda mais difícil”, completa o presidente da Abrajet.

Mais roteiros O projeto pretende a cada semana envolver um roteiro sergipano com o intuito de fortalecer a estrutura nas respectivas localidades. “É válido lembrar, que os mesmos devem apresentar uma conta bancária ou local próprio para recebimento da contribuição da campanha”, finaliza Luis Mendonça.

Parque dos Falcões O Parque dos Falcões possui a autorização e apoio do IBAMA para a criação de aves em cativeiro e se tornou uma referência mundial no manejo, reprodução e reabilitação dessas aves. O roteiro se tornou um dos produtos ecoturísticos mais conhecidos do Estado e ainda oferece um passeio guiado pelas trilhas no Parque Nacional Serra de Itabaiana, com quem faz fronteira. Atualmente, o Instituto possui mais de 300 aves, entre gaviões, falcões, corujas, socós-boi, pombos, entre outros animais. Mais informações pelo Whatsapp (79)9 9964-6336 e doações: Banese /Banco 047/Agência 039 /Conta Corrente: 003/100.449-6 /CNPJ: 06.180.843/001-01  /Instituto Parque dos Falcões /Fonte e Card/Divulgação: Abrajet/SE.

UTILIDADE PÚBLICA – Com o mundo em alerta durante a pandemia do novo coronavírus, o escoamento da produção agrícola vem se apoiando, cada vez mais, em ideias criativas para tornar as relações comerciais mais seguras, tanto para quem produz quanto para quem consome os alimentos. Atenta a essa nova forma de relacionar a comercialização ao mundo digital, a EMDAGRO vem apoiando os produtores rurais a estarem mais conectados e mais próximos dos seus clientes. Agora, produtos naturais, oriundos de produção agroecológica, podem sair do campo até a sua casa por meio do sistema delivery. Confira os contatos de produtores integrantes de Associações e Cooperativas localizadas em diversos municípios e encomende a sua feira ao produtor mais próximo!


PELO E-MAIL E FACEBOOK



O SETOR PRODUTIVO DO ESTADO DE SERGIPE, representado pelas entidades abaixo listadas, responsável por mais de 300 mil empregos diretos, MANIFESTA A SUA PROFUNDA INSATISFAÇÃO pela ausência de um plano estruturado de combate ao Covid-19 que proteja, de forma clara e objetiva, a saúde dos sergipanos e a economia do nosso estado.

Desde o início dessa crise, os empreendedores sergipanos, a duras penas, acreditando na suposta redução dos impactos da pandemia, têm acatado as medidas de prevenção e combate à propagação do vírus, impostas pelo Governo do Estado, em especial as de isolamento social e suspensão de atividades, mesmo observando que tais medidas não vêm surtindo o efeito propagado.

Os empresários, de forma a contribuir com a sociedade sergipana, somaram esforços para a compra de respiradores para atender a população, a doação de equipamentos hospitalares, o fornecimento de máscaras e outros equipamentos de proteção para os profissionais da saúde, além de campanhas de conscientização através de parcerias com a iniciativa privada, no sentido de melhorar a estrutura de saúde neste momento de pandemia.

Também foram apresentadas pelo setor produtivo, ao Governo do Estado, à Prefeitura de Aracaju e demais prefeituras, uma série de sugestões para a retomada das atividades econômicas, de forma gradativa e com medidas de proteção a colaboradores e o público em geral. No entanto, apesar de
toda disposição dos empresários para o diálogo, o Governo de Sergipe implementou e, em seguida, revogou medidas de flexibilização sem apresentar qualquer justificativa técnica, demonstrando total falta de planejamento e prejudicando ainda mais diversos setores da nossa economia, elevando o desemprego, que hoje já atingiu milhares de pessoas em todo o Estado, além da falta de previsibilidade faz com que as empresas não consigam manter seus colaboradores.

Vale destacar que se ações mais concretas voltadas para apoiar às empresas, durante a travessia dessa pandemia, bem como se os poderes públicos continuarem deixando indefinidamente os empresários às escuras, sem nenhuma previsibilidade sobre a retomada das atividades econômicas, infelizmente esse oceano de incertezas gerará ainda mais a destruição de dezenas de milhares de empregos.

Vários setores da economia estão sendo vistos como os grandes vilões propagadores do vírus pelos governantes e órgãos fiscalizadores, será que terá de acontecer uma grave depressão social e econômica para que escutem a nossa voz? Poderá ser tarde demais! Quando teremos uma resposta?

O fato é: a situação atual traz profunda insegurança à sociedade em geral, aos empresários, colaboradores, informais e autônomos, fazendo-se necessária a apresentação urgente de um Plano de Expansão da Estrutura de Saúde para atendimento às vítimas do COVID-19, simultaneamente com um Plano de Retomada das atividades econômicas, com o objetivo de salvar vidas e preservar empregos.

Se um diálogo mais efetivo não for feito urgentemente, priorizando as pautas apresentadas nesta carta, isso custará a prosperidade de vários anos do futuro dos sergipanos, até que se consiga superar essa tragédia que se abaterá sobre TRABALHADORES e EMPRESÁRIOS do nosso querido estado.

Assinam a nota 19 entidades empresariais. Confira aqui: https://bit.ly/cartaaossergipanos

PELO TWITTER

www.twitter.com/andretrig Brasil acima de tudo? Fomos um dos últimos países do mundo alcançados pela pandemia. Apesar do tempo que tivemos p/nos preparar adequadamente, desperdiçamos tempo e energia c/uma crise política desnecessária,e nos dispersamos c/o negacionismo científico que vem de cima #COVIDー19



www.twitter.com/molote_molote Mês que vem o Brasil completa 7 anos ininterruptos de

instabilidade política.

www.twitter.com/AntonioSamarone O LOCKDOWN EM SERGIPE?
http://93noticias.com.br/noticia/48954/lockdown-em-sergipe-por-antonio-samarone

www.twitter.com/coronelrochase @belivaldochagas cria nova modalidade de combate ao coronavírus. O autoisolamento, sem testar positivo. Prevenção ou covardia? O certo é que abandonou quem está na linha de frente do combate. O CMT dos bombeiros acaba de entregar o cargo por falta de apoio. @governosergipe

www.twitter.com/Sen_Alessandro Temos um presidente que não governa e vive negando a realidade ou buscando desculpas. É preciso que seja chamado à responsabilidade e defina, junto com Congresso, STF, governadores e prefeitos o roteiro para superar a crise na saúde e na economia. É a sua obrigação!

www.twitter.com/frednavarro Bolsonaro e a direita brucutu devem ter 25% de eleitorado fiel. Lula e a esquerda troglodita devem ter outros 25%. Os 50% de isentões, ao penderem eventualmente para um dos lados, definem impeachments e eleições.


Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter


Frase do Dia
“A realidade pode mudar, o homem pode mudar. Procurem ser vocês os primeiros a praticar o bem, a não se acostumarem com o mal e sim vencê-lo.” Papa Francisco.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários