Hospital São Lucas troca de mãos

0

Agora é oficial, pois uma nota foi emitida, mas  o Hospital São Lucas acaba de trocar de dono. Sai das mãos dos familiares do falecido dr. José Augusto Barreto e dr. Wilhelm Todt, os seus criadores e fundadores e passa para as mãos  de uma rede nacional, a Ca D´Or, que é baseada em São Paulo. Até o momento em que passávamos esta informação para o computador, não se tinha especulado o valor da  transação. Mas, deve ter sido em troca de muitos reais, pois o São Lucas é o mais importante estabelecimento hospitalar de Sergipe. O dr. Antônio Samarone, que já foi vereador em Aracaju, praticamente condenou a transação, que não levou em conta o caráter social do Hospital. Como se trata de um negócio entre particulares, o governo não pode se meter. Azar do Estado que deixou passar batido a venda do mais importante entidade hospitalar do Estado.

Para baixar o gás de cozinha

Dá tempo ainda de conquistar votos para  as eleições do próximo domingo? Sei não, mas Fernando Haddad, o candidato do PT, acha que dá porisso vai soltando, em conta gotas, aquilo que pretende fazer se assumir a  presidência no próximo ano. Por exemplo, ele acha que o gás de cozinha está realmente muito alto e é preciso torná-lo acessível para as classes mais baixas. De fato esta é uma medida urgente e necessária. Aqui em Sergipe, o botijão é negociado a R$ 85 o botijão. Poucos chefes de família podem dispender uma quantia tão alta por um simples botijão que não dura mais do que 25 dias. Dá para torcer por Haddad então…

Pelo fechamento do zap

Por outro lado, o presidenciável Haddad foi um dos que engrossaram o coro pelo fechamento do whats-app, o aplicativo mais popular da internet. Ele reclamou que em muitos países “democráticos” como Cuba, Venezuela, etc., não existe oi programa. Quem quiser se comunicar use simplesmente a internet. O “zap” sofra muito  de  reclamação pela influência que causa  nas votações. É perturbador que um cara preparado como Fernando Haddad também pense assim, não é mesmo? Mas o zap não deu nem satisfação aos seus assinantes. Quer dizer, vai tudo continuar como antes.

Mesa redonda com Emilia

Na noite de segunda-feira, a vereadora e defensora pública Emília Correa, do Patriotas, participou junto com o Senador eleito Alessandro Vieira e o ex-candidato ao governo do Estado, Milton Andrade, de uma mesa redonda no programa “A Voz do Sertão” apresentado por Walter Freitas, na cidade de Nossa Sra. da Glória. Entre os temas discutidos a eleição do primeiro turno e os resultados inesperados que mostraram uma renovação democrática e apontam para o fim gradativo do voto de cabresto na cidade de Glória. Emilia teve por lá nada menos que 166 votos o que mostra  o desejo do povo de mudança e a aposta em nomes novos e ficha limpa.

A AL funciona só hoje

Praticamente são umas férias o que a assembleia Legislativa decretou no início desta semana. A não ser por hoje, não vai haver sessões ordinárias, a próxima foi convocada para segunda-feira, no horário regimental, ou seja  a tarde. O Legislativo faz uma brecha apenas hoje para entrega de títulos de cidadania sergipana a cinco professores  de outros Estados que trabalham no território sergipano. Os deputados foram convidados a comparecer a esta sessão de hoje. Mas, serão poucos os que deverão aparecer por lá. Os parlamentares estão no corre-corre para conquistar votos para um dos dois candidatos a governador.

MEC libera verbas para seus órgãos

O Ministério da Educação liberou RR 5,11 milhões em limite de empenho para as universidades federais, instituições da rede federal de educação profissional, cientifica e tecnológica e hospitais de ensino vinculados a pasta no Estado de Sergipe. No total, em todo o país, o valor liberado foi de R$ 729,1 milhões. Com esta verba, o MEC assegura às instituições federais de ensino cem por cento de execução das despesas de custeio e investimento em fontes do Tesouro. Até o momento foram liberados limites  de empenho no  valor de R$ 8,2 bilhões  para as despesas discricionárias, sendo R$ 7,5 bilhões em custeio   R$ 8.702,1 milhões em investimento. De 2016  até hoje, a dotação orçamentária das despesas de custeio, algo que não ocorreu em 2015. Naquele ano, as universidades federais não receberam sequer a totalidade da verba de custeio e atingiram somente 40%  da verba de investimento disponível para o ano. Em 2016, o MEC retornou a liberação de 100% do que estava previsto no orçamento de custeio para todas  as universidades do país. Em 2017, o percentual liberado das despesas com investimento foi de 70%.

E o Judiciário, hein?

Declaração polêmica do célebre José Dirceu, que passou uns tempos preso e agora zanza pelo País provocando polêmicas. Segundo ele, o Judiciário  não é um poder. Só existem dois poderes no País, o Executivo e o Legislativo.  O Judiciário seria um órgão auxiliar dos dois outros poderes.

Gás Natural Canalizado

A política nacional de preços praticada pela Petrobras para o gás natural canalizado prevê o reajuste trimestral, diferentemente da gasolina e do diesel que sofrem variações diárias. O próximo reajuste do gás natural canalizado, que é baseado na variação da cotação do dólar e do preço internacional do petróleo e ocorrerá a partir de 1º de novembro de 2018. A Petrobrás confirmou o reajuste a ser aplicado ao preço do gás natural canalizado será de 12,54%. Esse aumento deve impactar de modo variado o preço final para os diversos egmentos de consuo de gás natural canalizado.

Financiamento de Imóveis

Para estimular a construção civil, o Conselho Monetário Nacional alterou regras con o objetivo de incentivar o financiamento de imóveis. Financiamentos pelo Sistema financeiro de Habitação, com o uso do FGTS, tiveram o teto ampliado para 1,5 miolhões de reais. O governo também flexibilizou as regras para captação de recursos pelos bancos para financiamento imobiliário, o que dee ampliar as ofertas de crédito. As mudanças entrarão em vigor em janeiro de 2019.

Quanto a  Petrobras já recuperou

A Petrobras ultrapassou a marca de R$ 3 bilhões em valores recuperados a título de ressarcimento de danos por meio de acordos de leniência e delações premiadas. A companhia recebeu devolução de R$ 549 milhões como parte do acordo de leniência assinado em julho com o Ministério  da Transparência  e Controladoria Geral da União, a Advocacia Geral da União, a SBM Offshore N.V. e a SBM Holding  S. A. Além deste pagamento o acordo ainda prevê o abatimento de US$ 179 milhões de pagamentos futuros, devidos pela Petrobras a SBM, com base em contratos vigentes, conforme divulgado na assinatura do acordo.

Onde anda Michel Temer?

Desde que começou a campanha deste ano, o Presidente Michel Temer desapareceu do noticiário. Só se falou nele quando foi denunciado numa dessas ações que  exige ressarcimento por atos de corrupção no Porto de Santos. Que maldades o sr. Michel Temer anda aprontando? É preciso ficar de olho nele…

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais