Imaginem! Cuba exigindo eleições diretas…

0

O Presidente de Cuba, Raul Castro, se nega a reconhecer o governo do presidente Michel Temer. O Chefe de Estado rejeitou receber as credenciais do Embaixador Frederico Duque Estrada, atual assessor-chefe de Comunicação do Itamaraty. As informações foram publicadas esta semana pelo jornal “O Dia”. Ainda de acordo com a publicação, Castro afirmou que só irá retornar relações com o Brasil, quando o presidente da República for eleito pelo voto direto. Com a rejeição, o Senado brasileiro não tem como reconhecer a indicação.  A mesma situação ocorre em relação ao governo da Venezuela. No entanto, o embaixador de Cuba no Brasil, Alberto Castellar não entregou suas credenciais.

Durma-se com um barulho desses. Cuba exigindo eleições diretas. Só que há mais de 50 anos eles não querem saber de eleições diretas…

Agricultores podem renegociar dívidas com o BNB

Produtores rurais dos estados nordestinos e norte de Minas Gerais e Espírito Santo podem renegociar dívidas com descontos de até 95%. A medida vale para operações contratadas no Banco do Nordeste até dezembro de 2011 e beneficia mais de 674 mil agricultores, que terão, ainda, quatro anos de carência. O abatimento máximo será aplicado em operações de até R$ 15 mil contratadas até 2006 por produtores residentes no Semiárido. Fora dessa região, o rebate é de até 85% da dívida para créditos contraídos. As operações registradas entre 2007 e 2011 recebem descontos de até 50% para agricultores do Semiárido e 40% para os que produzem fora desse perímetro. Os benefícios são obtidos em renegociações de dívidas nas agências de relacionamento do Banco do Nordeste. A  primeira parcela da operação repactuada vencerá em 2021 e a última em 2030. As taxas de juros anuais aplicadas variam entre 0,5% para agricultores familiares e 5% para grandes produtores.

A falta que folhinhas e agendas fazem

Já há algum tempo não se distribuem folhinhas, calendários, até agendas, pelas grandes empresas. O que era comum até uns dez anos atrás, hoje é uma dificuldade encontrar esses produtos tão úteis para quaisquer clientes de empresas. Quem salvou a Pátria este final de semana foi a Caixa Econômica Federal, que distribuiu calendários de mesa com seus clientes. Folhinha, principalmente aquelas com folhas individuais para cada dia, está se tornando objeto raro. Vai desaparecer do mercado dentro de alguns anos. Nem nas lojas que vendem produtos de papel encontram-se folhinhas. Agendas então, nem se fala mais nisso. É capaz de o prezado leitor procurar por agendas numa livraria e o vendedor fazer cara de desentendido.

Vendas fracas no Natal

E já que falamos em venda, ainda não foram divulgados os números relativos às vendas do período que antecedeu o Natal. Mas, elas foram fracas, diga-se de passagem. Até nos shopping-centers muitas lojas fecharam antes do horário previsto por causa da falta de clientes. O mesmo aconteceu com o comércio no centro da cidade. Nos sábado e domingo antes do Natal, as lojas no centro cerraram suas portas na parte da tarde. Pela manhã, ainda havia clientes, mas depois do meio-dia o comércio ficava às moscas, causando até medo de assaltos. Até porque também não havia muitos policiais na redondeza do centro…

2016, ano bom para o cinema americano

O ano de 2016 pode entrar para a história como o dono da maior bilheteria do cinema. A previsão é da consultoria que contabiliza a venda de ingressos nos Estados Unidos,  ComScopre.  Empresa diz que o ano pode terminar com US$ 11,3 bilhões arrecadados com  comercialização de entradas para filmes. O recorde anterior era de 2015, quando a bilheteria norte-americana gerou US$ 11,1 bilhões. O fim de semana do Natal também foi um presentão par a indústria do cinema. O filme “Rogue One”, da saga Star Wars, vendeu US$ 96 milhões, só nos dias 24 e 26. No total, segundo a Deadline, o norte-americano gastou US$ 287 milhões nos cinemas neste período. Até agora, mesmo com os números de “Rogue One”, o longa mais visto nas salas norte-americanas deste ano foi “Procurando Dory”, com US$ 488 milhões arrecadados. No Brasil, a sala escura tem sido dominada por “Minha Mãe é uma Peça 2” que somou R$ 10 milhões no fim de semana de estreia.  Foram mais de 700 mil espectadores e a liderança nas bilheterias do país.  Na segunda posição o filme “Rogue One” que foi visto por mais de 244 mil pessoas e arrecadou 4,5 milhões de reais.

   …e para encerrar…

SEMELHANÇA – A se notar e anotar: o Prefeito eleito e diplomado, Edvaldo Nogueira, está cada dia mais magro. Imaginem quando assumir a Prefeitura. Vai terminar passando pelo buraco da agulha. Ah, sim: não sei se o prezado leitor tem a mesma impressão, mas ele está cada vez mais parecido com o escritor Paulo Coelho, aquele brasileiro que mora na Europa.

    ***
CINEMA – Em nenhum lugar do mundo, salas exibidoras entram em recesso. Mas, em Aracaju isso ocorre. O Cine Vitória, na Rua do Turista, só volta a exibir filmes no dia 4 (ou será 5?) de janeiro de 2017.

    ***
ALMOÇO – O Rotary Club de Aracaju-Norte só volta a reunir seus associados, no tradicional almoço das segundas-feiras no próximo dia 9 de janeiro. Até lá, o Clube dá-se férias…

    ***
TAPUMES – Os tapumes que circundavam a praça Fausto Cardoso afinal foram retirados. Afinal descortinou-se que as reformas ali foram… Reformas? Que reformas?

    ***
A LUZ – O último a sair que apague a luz. Esta é a frase que o dr. João Alves Filho não vai poder dizer na hora de ir embora para casa. É que a Energisa já cortou a luz…

Comentários