Impostos em excesso

0

O cidadão vai trabalhar em média 147 dias, reservando cerca de 40% da sua renda, somente para pagar tributos. É o que aponta estudo do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT). Como se vê, o número é um indicativo de que a carga tributária é excessiva, penalizando os trabalhadores e o setor produtivo. Além dos valores pagos, que significam quase 37% do PIB, o modelo de tributação também é problemático. De acordo o estudo, como a maior parte dos impostos e contribuições incidem sobre a renda e o consumo, o setor produtivo e as pessoas de menor renda são os mais prejudicados. Segundo o IBPT, quem ganha entre R$ 3 mil a R$ 10 mil paga a maior carga de impostos, 42,62% da renda. Isso faz lembrar aquele velho adágio: Plante e coma, senão o governo toma.

 

Nova capital

 

Durante todo o dia de hoje a capital de Sergipe é Aquidabã. A transferência simbólica é uma determinação do governador Marcelo Déda (PT) e faz parte da agenda do Programa Sergipe de Todos, que é coordenado pela primeira dama Eliane Aquino. Nesta sexta-feira, as comunidades de Aquidabã e municípios vizinhos receberão serviços e informações de secretarias, órgãos da administração estadual e entidades parceiras. O governador passará o dia na nova capital despachando com prefeitos e lideranças políticas da região.

 

Idade da pedra

 

Um cidadão paulista que reside há anos em Aracaju tomou um baita susto ao procurar o Instituto de Identificação Carlos Menezes para renovar sua cédula de identidade. Ao saber que a 1ª via do documento foi gerada em São Paulo, o servidor da SSP informou que são necessários 120 dias, no mínimo, para o suplicante receber a nova carteira, que terá o número modificado. Nem precisa dizer que o cidadão desistiu e estuda a hipótese de dar uma chegadinha em São Paulo para rever os parentes e tirar a 2ª via do documento. Pode uma coisa dessa em plena era da informatização? Nem na época de Fred e Barney!

 

Cidadania verde

 

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PC do B), vai apresentar nesta sexta-feira o projeto ‘Plantando Cidadania 2010″. Será daqui a pouco no Parque Augusto Franco (Sementeira). A ideia é ampliar a massa arbórea de Aracaju, elevando a qualidade de vida da população. A meta é plantar 30 mil mudas de árvores este ano de norte a sul da capital, em vários espaços, incluindo ciclovias, praças e canteiros. A natureza agradece.

 

Fique de olho

 

Essa interessa aos amigos da terceira idade: governistas da Câmara dos Deputados buscam um acordo para a aprovação da Medida Provisória 475 que reajusta os benefícios dos aposentados que recebem mais de um salário mínimo. A MP reajustou os benefícios em 6,14 %, a partir de 1º de janeiro, levando em conta a inflação do ano anterior mais 50 % do PIB. No entanto, os partidos de oposição e também alguns partidos da base governista querem um reajuste maior para essas aposentadorias.

 

Braços cruzados

 

Policiais federais ameaçam paralisar suas atividades no próximo dia 14. O indicativo de greve foi aprovado ontem, devendo a decisão de cruzar os braços ser confirmada nos próximos dias, em assembleias estaduais realizadas pela categoria. A principal reivindicação dos PF’s é a reestruturação salarial. Uma proposta de recomposição salarial chegou a ser apresentada à categoria pelo Ministério da Justiça em março de 2009, mas, desde então, se encontra “engavetada” no Ministério do Planejamento.

 

Violência

Segundo a Unesco, apenas no ano passado nada menos do que 78 jornalistas foram mortos de forma violenta em todo o mundo. A Federação Internacional de Jornalistas informou que 2009 foi um dos anos “mais sangrentos” da história recente. O Brasil não é mencionado no relatório divulgado hoje. Mas no país um dos casos emblemáticos de violência contra profissionais de imprensa ocorreu em 2002. O episódio provocou a morte do jornalista Arcanjo Antonino Lopes do Nascimento, conhecido como Tim Lopes, de 52 anos, que trabalhava na TV Globo. Investigações policiais mostraram que ele foi torturado antes de morrer e levou golpes de espada. O corpo foi queimado.

Sem aumento

Não deverá haver aumento no preço da gasolina e do botijão de gás no acumulado deste ano. A boa previsão é do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central. Por outro lado, o Copom manteve as estimativas de reajuste das tarifas de telefonia fixa e de eletricidade, neste ano, em 1,6% e em 3,3%, respectivamente.

Comportamento

 

O presidente do Ipesaúde, Vinicius Barbosa de Melo, disse estranhar que o Sindicato dos Médicos de Sergipe tenha levado primeiro à imprensa a pauta de reivindicações da categoria. “Ficamos surpresos com este comportamento porque nunca nos negamos em dialogar com os servidores do Instituto”, afirmou. Segundo Vinicius Barbosa, das 14 reivindicações apresentadas pelos profissionais de saúde em 2007 apenas a implantação do Plano de Cargos e Salários (PCS) ainda não foi atendida, mas o projeto está em fase bem adiantada.

 

Brasão esquecido

 

O brasão da Prefeitura de Aracaju está esquecido. A denúncia é do vereador Dr. Emerson (PT). Segundo ele, a cada prefeito que entra, um símbolo é criado, passando assim a ser uma característica do mandato do momento.”É importante existir um fortalecimento institucional, se já há um brasão porque ele não é usado?”, questiona o parlamentar. Está certo.

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários