Imprensa é constrangida e silencia

0

Imprensa é constrangida e silencia


Aconteceu um fato surreal em Aracaju. Na última quinta-feira (29), jornalistas e radialistas foram impedidos de deixar as dependências do Complexo de Polícia Especializada (Cope) porque a cédula de identidade de um criminoso sumiu durante a entrevista coletiva. Os coleguinhas foram convidados pela SSP para a apresentação de uma quadrilha acusada por tráfico de drogas e seqüestros. Em vez dos bandidos, a Polícia apresentou armas, drogas e as identidades dos presos. Quando a coletiva estava terminando, um delegado deu pelo sumiço de uma cédula e levantou suspeita contra os 22 profissionais de imprensa, que foram impedidos de deixar o local e ameaçados de serem revistados. Sete minutos depois, um policial entra na sala para devolver o documento, que ele havia levado para xerocá-lo. Ai é que aconteceu o inusitado: os policiais, que antes suspeitavam dos profissionais, fizeram um pacto de silêncio com as vítimas e todas cumpriram fielmente. Nem mesmo os editores ficaram sabendo do constrangimento e do estranho acordo. No último sábado (31), porém, o motorista de uma das equipes de reportagem decidiu abrir a boca. A pergunta que se faz é: o que teria levado 22 jornalistas e radialistas a não denunciarem a violência sofrida?

 

A procura de dólares


O grupo empresarial que está negociando a instalação da Refinaria Atlântico Sul em Sergipe atua no momento em três frentes distintas: está buscando investidores interessados em participar de projeto avaliado em US$ 3 bilhões; concluindo o projeto de engenharia; e elaborando o EIA/RIMA para atender as exigências ambientais da Adema e do Ibama. O terreno onde deverá ficar a refinaria está localizado na Barra dos Coqueiros e a promessa de compra e venda deverá ser celebrada nos próximos dias entre o governo estadual e a Atlântico Sul.


De olho no capacete


Desde ontem (1º) o Detran já pode fiscalizar os adesivos refletivos e a certificação dos capacetes usados por motoqueiros junto ao Inmetro. Estão sujeitos às normas editadas pelo Contran equipamentos fabricados a partir de 1º agosto de 2007. Os adesivos refletivos devem estar nas partes laterais e traseira do capacete para tornar o motoqueiro mais visível aos demais motoristas.  A ausência dos dispositivos ou do selo do Inmetro passa a ser considerada infração grave. As penalidades previstas são multa de R$ 127,69, cinco pontos na Carteira de Habilitação e retenção do veículo para regularização. Cuide-se!


Novo sergipano


Sergipe ganha um novo filho nesta segunda-feira (02). É o vereador aracajuano Juvêncio Oliveira (DEM), que receberá na Assembléia com o Título de Cidadão sergipano. A homenagem, fruto de um requerimento do deputado estadual Venâncio Fonseca (PP), vai acontecer às 17 horas de hoje no plenário do Legislativo. Juvêncio é natural do Rio de Janeiro.


Rua 24 horas


A Rua 24 horas, desativada há muito tempo, deverá voltar a funcionar ainda este ano. O projeto de reforma física do espaço já está pronto e o governo pretende iniciar as obras no início do segundo semestre. O pavimento superior será utilizado pelo Centro de Atendimento ao Cidadão (Ceac). A parte térrea da Rua 24 Horas, localizada na Praça Olímpio Campos, centro de Aracaju, vai abrigar lojas comercias. O objetivo da reativação do local é aquecer o comércio do centro da capital. As informações são do secretário estadual da Indústria e Comércio, Jorge Santana.

Cabeça a cabeça


As próximas eleições em Japaratuba prometem. O pré-candidato apoiado pelo atual prefeito Gerard Olivier (PT) é o peemedebista Hélio Sobral, que já administrou o município de 93 a 96 e é o atual vice-prefeito. Pela oposição, a pré-candidata é a ex-primeira dama de Pirambu, Lara Moura (DEM). Em 2004 Olivier a derrotou por minguados 49 votos e olha que o petista é uma liderança muito querida em Japaratuba. Há quem garanta que a disputa será das mais acirradas. Portanto, quem apostar agora em Hélio ou Lara corre um sério risco de ficar sem o dinheiro.

Alô aposentados


A partir de amanhã (03) aposentados e pensionistas do INSS não poderão fazer saques de crédito consignado com o cartão. O objetivo das mudanças previstas na Instrução Normativa 28 é combater fraudes e evitar que aposentados e pensionistas sejam  induzidos ao endividamento. Segundo o INSS, o empréstimo terá que ser creditado diretamente na conta do beneficiário. No caso de cartão magnético, o dinheiro tem que ser depositado na conta corrente ou de poupança da pessoa que recebe o benefício. Se for ordem de pagamento, na mesma agência e conta do beneficiário.


Emprego seguro


Você sabia que as empresas de vigilância empregam cerca de 5 mil pessoas em Sergipe? Esse exército protege lojas comerciais, indústrias, bancos e repartições públicas. O piso da categoria é de R$ 507, 00, mas os vigilantes complementam o salário com horas extras. A maioria deles trabalha na Grande Aracaju.


Petição de miséria


A rodovia estadual ligando Ribeirópolis a Nossa Senhora da Glória virou um tabuleiro de pirulito. Toda a sua extensão está coberta de enormes buracos. Foi ali que a colisão entre uma Kombi e um caminhão deixou quatro mortos no último sábado (31). Segundo a presidente da Federação dos Trabalhadores Rurais de Sergipe, Lúcia Moura, se o governo não fizer nada nos próximos 15 dias, a rodovia ficará sem condições de tráfego.


Luto

A coluna chora as prematuras mortes dos amigos Zé Fotógrafo e professor Francisco Paulo, o nosso Chico Mocó. O primeiro perdeu a vida no último sábado (31) quando a Kombi em que viajava colidiu com um caminhão. Chico morreu ontem (01), no Hospital João Alves Filho, onde estava internado para tratar de uma deficiência renal. Descansem em paz, camaradas!

 

Até mais!

 

A Infonet publica esta coluna todas as segundas e sextas-feiras.

Comentários