Impressões de Montevidéu, capital do Uruguai.

0

Conhecer um pouco da cidade de Montevidéu, capital da República Oriental do Uruguai, torna os laços com o país vizinho mais estreitos e nos dá certeza que os valores da educação e da união familiar existem. O Uruguai está mais perto do que a gente imagina. Sua fronteira terrestre localiza-se com o estado brasileiro do Rio Grande do Sul. Nossos vizinhos nos recebem com palavras de bem querer e de  boas vindas. A energia positiva está no taxista, na vendedora ou no recém conhecido uruguaio, que além dessa bondade em desejar que tudo de bom aconteça conosco, tem ainda comportamento cortês e pacífico.

 

A população da capital é de  1,5 milhão de habitantes, na sua maioria de decendência européia de língua espanhola, com um índice de analfabetismo de apenas 4%.

Passear pelas  ruas de Montevidéu dá  uma sensação de tranquilidade, pois não existem engarrafamentos e violência no trânsito. A calma reina entre as pessoas que caminham despreocupadas, pois a educação no trânsito é visível, principalmente quanto ao respeito e prioridade com os pedestres nas faixas de segurança. A maioria das casas não são muradas, vemos algumas grades e poucas cercas elétricas.

 Sem estresse, as pessoas são silenciosas, andando nas ruas

calmamente, sentadas nos bancos dos inúmeros  parques, conversando e tomando chimarrão, fazendo exercícios às margens do rio da Prata ao longo da orla, conhecida como Rambla, com mais de 20Km de extensão numa singular harmonia familiar.

Essa pequena nação da América do Sul, tem na agropecuária sua maior fonte de renda, de excelente qualidade, visível nas mesas com cortes de carnes selecionadas, macias e saborosas, deixando ao agrado do freguês o tempêro do sal.

Entretenimento certo está na dança embalada por rítimos 

típicos, como tango, milonga e folclore, revivendo principalmente o músico e cantor de tangos  nascido no Uruguai, Carlos Gardel.

Na praça principal, a da Independência, encontro da cidade antiga e do moderno centro comercial, localizada na  av. 18 de Julho, vê-se o suntuoso mausoléu de mármore, granito e bronze da estátua do general Artigas, que é reverenciado pela guarda do governo, com hinos e marchas, em frente ao  palácio do governo, sede do poder executivo.

Essa cidade hospitaleira, sede do Mercosul, de clima

temperado, média de 16°C, com  povo gentil, que cumprimenta com um caloroso aperto de mãos ou somente com um beijo na face, transmite segurança e carinho, unindo cada vez mais os vizinhos brasileiros.

 

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais