Incoerência de Eduardo Campos e PSB

0

  “O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Tem informações que são repassadas sem o mínimo de respeito com a imprensa e a população. O presidente nacional do PSB, Eduardo Campos ao comunicar o senador Valadares que as alianças nos estados devem manter a coerência para a candidatura dele a presidência da República é uma incoerência sem tamanho.

Dizer que o PSB não pode se aliar com o PMDB e o PT em Sergipe porque eles não votam em Eduardo Campos é querer usar a técnica de Joseph Goebbels, um dos primeiros a usar o marketing político em defesa do nazismo e de Adolf Hitler.  Talvez seja a influência nefasta do apoio do sectário Roberto Freire a candidatura de Campos. Freire é o maior embuste gerado pela chamada “esquerda” no país nos últimos tempos.

O próprio senador Valadares sabe que esse discurso de Eduardo Campos será desmontado e desmoralizado rapidamente. Só um exemplo, já citado neste espaço: no Rio Grande do Norte, PSB, PT e PMDB estarão juntos. O candidato é Humberto Alves, do PMDB, tendo como vice um petista e o senador do PSB. Lá serão dois palanques presidenciais: um para Dilma e outro para Campos. Em outros estados, como o Acre e Amapá, a sede de Campos pode acabar com o PSB.

Ou seja, é bom o senador Valadares e o presidente estadual Valadares Filho, fiquem alerta com a técnica nazista de Eduardo Campos, porque podem prejudicar o desempenho eleitoral do PSB de Sergipe em 2014.

Pelo jeito Eduardo Campos é do tipo que prefere palavras ardilosas no lugar da verdade. Bem diferente do avô, Miguel Arraes, que não foi apenas mais um político, mas um estadista.

Resta saber se o senador Valadares vai deixar se iludir pelas técnicas nazistas de Eduardo Campos.

Enfim começa 2014, o ano que acabará rapidamente
O Brasil é assim mesmo. Tudo começa após o Carnaval. Como este ano a festa foi em março, o ano começa esta segunda-feira, mas não promete durar muito, não. Daqui há pouco o país vai respirar apenas Copa do Mundo e nada mais. Serão vários feriados. E se o Brasil for campeão, aí o país vai parar por completo alguns dias. Depois vem as eleições, as promessas vãs de todos os políticos. E acabou 2014.

Encontro de Jackson e Valadares
Acontece ainda esta semana mais uma conversa entre o governador Jackson Barreto e o senador Valadares. Os dois estão juntos há muito tempo e as divergências momentâneas podem ser superadas com humildade e respeito mútuo.

Marcelo Déda faria 54 anos nesta terça-feira, 11
Amanhã, 11, Marcelo Déda Chagas completaria 54 anos. Um homem cujo legado será medido por várias gerações. A falta de sua liderança já está sendo sentida pelos aliados, que começam a procurar rumos diferentes. A aliança que elegeu Déda governador em 2006 perdeu seu timoneiro.

Marujo na Gávea
“Foi duro o caminho e árdua a jornada, mas chegamos. Como um marujo na gávea já podemos enxergar no horizonte sinais de um tempo novo e anunciar ao povo desta terra sergipana:Alvíssaras, meu capitão! O sonho de uma geração, a esperança que alimentou tanta luta, a fé que convocou tanta gente, é agora história!” Trecho do discurso de Déda ao tomar posse em janeiro de 2007.

Agência do Banese terá o nome de Marcelo Déda
O governador Jackson Barreto e a presidente do Banese, Vera Lúcia de Oliveira, inauguram hoje, 11, às 18 horas, no bairro Santa Maria, a mais nova agência do Banco do Estado em Aracaju. A nova unidade do Banese se chamará Agência Governador Marcelo Déda Chagas. A data escolhida para o evento, 11 de março, é o dia em que o ex-governador Marcelo Déda, falecido em dezembro de 2013, estaria completando 54 anos.

Compromisso
Segundo a presidente do Banese, Vera Lúcia de Oliveira, a Agência Governador Marcelo Déda Chagas irá melhorar a vida dos moradores do Santa Maria e ajudar a movimentar a economia da região. “A instalação dessa nova unidade bancária é mais uma prova do compromisso do Governo de Sergipe e do Banese para com o desenvolvimento econômico e social do Estado”, afirmou a presidente.

Selo “Aqui Tem Preço Justo”
É grande a repercussão das notas publicadas neste espaço sobre os altos preços cobrados em alguns restaurantes de Sergipe, principalmente em Aracaju, quando comparados com restaurantes do mesmo porte, nos estados vizinhos. O blog vai continuar na luta, que não é mais solitária e vem ganhando sugestões e adesões.

Selo “Aqui Tem Preço Justo” II
Uma ideia e que alguns segmentos do turismo, como Emsetur, ABIH-SE, o Aracaju Convention & Visitors Bureau, a própria Associação dos Bares e Restaurantes de SE, criassem um selo, para orientar os sergipanos e os turistas. Seria, por exemplo, tipo “Aqui Tem Preço Justo”. Seria ótimo para mostrar que tem gente no segmento do turismo preocupada em reduzir os preços dos bares e restaurantes que exageram, além de fortalecer os estabelecimentos que realmente praticam o preço justo.

Sofrimento capelense. Bancos deixam clientes sem dinheiro
Quase dois meses após ter seus caixas dinamitados, a agência do Banco do Brasil em Capela, ainda não conseguiu funcionar a contento. Só dois caixas eletrônicos foram instalados e no final de semana não tem dinheiro para saque. É uma reclamação geral. Alias, neste final de semana os caixas do Banese também não tinham dinheiro e na Caixa Econômica, não há interatividade com o Banco Brasil. Os capelenses que sofram, pois os bancos não estão nem aí. E o povo está pondo a culpa no governador.

Rodovias
Excelente a matéria do Jornal da Cidade do último domingo mostrando a necessidade de recuperação e construção de acostamentos nas rodovias estaduais SE – 170, Itabaiana-Moita Bonita e SE-290, Itabaianinha-Tobias Barreto. Desde 2011, através de indicação lutamos para que a rodovia SE-170 seja recuperada com a construção de acostamentos para reduzir o número de acidentes fatais.

Luta antiga
A propósito desde 2011, através de indicação a deputada estadual Maria Mendonça alerta para os constantes acidentes fatais e cobra do governo do estado a reforma e o alargamento não só da SE-170, mas da Rodovia João Paulo II que liga Itabaiana a Campo do Brito.

Emenda ao orçamento
A deputada apresentou uma emenda, quando da votação da lei do orçamento do Estado que foi aprovada, que garante os recursos para a execução dessa obra nas rodovias. Os recursos de Cinco milhões já foram assegurados no orçamento. "Então que essa situação seja colocada na ordem do dia, de forma emergencial. Até quando mais vidas serão ceifadas diante dessa situação", questionou.

Audiência
Em entrevista a rádio Capital do Agreste a deputada informou ainda que hoje, 10, estará agendando uma audiência com o governador Jackson Barreto e com o diretor do DER para saber o que de fato está ocorrendo. Se já existe licitação, pois, os recursos já estão assegurados e cabe agora a vontade política para a solução do problema que é tão grave.

Aracaju: PMA apresenta proposta ao Sindimed
No último sábado, 8, a Prefeitura de Aracaju, mantendo a política de diálogo constante com as categorias que fazem parte do quadro de funcionários municipais, reuniu-se com representantes do Sindicato dos Médicos de Sergipe (Sindimed) para discutir questões reivindicadas pela classe de trabalhadores da saúde.

Pagamento
Durante a reunião, a administração municipal apresentou a proposta de pagamento dos interníveis, que será realizada a partir de maio. Ainda de acordo com a proposta da Prefeitura, o valor retroativo aos meses anteriores será pago aos profissionais em quatro parcelas. A proposta foi bem recebida pelos representantes que estavam na reunião, e será levada para discussão com o restante da categoria durante reunião que, de acordo com o sindicato, acontecerá na segunda-feira.

Presenças
Participaram da reunião os secretários municipais Igor Albuquerque (Planejamento e Orçamento), Marlene Calumby (Governo), Leane Carvalho (Saúde), e o procurador-geral do município, Carlos Pinna Júnior, além dos representantes do Sindimed: o presidente João Augusto, o vice-presidente José Menezes, o primeiro-secretário Luiz Carlos Spina, e a primeira-tesoureira Glória Tereza Lima.

Atuação forte
Em entrevista ao Correio de Sergipe do último final de semana o vereador de Aracaju, Max Prejuízo, fez um balanço do primeiro ano como parlamentar. Entre os pontos destacados uma atuação forte no conjunto Augusto Franco onde tem a base eleitoral dele.

Atuação forte II
Max disse que tem compromisso com toda Aracaju, mas diariamente é elogiado pela população onde mora pelas conquistas, como por exemplo, a conclusão do canal 5, a retomada da obra do mercado e o fim da invasão do Recanto dos Manguezais com o acolhimento e concessão de auxilío-moradia para dezenas de famílias. Ele elogiou  a sensibilidade social da senadora Maria do Carmo.

Dia Nacional da Advocacia Pública
No último sábado, 07, foi comemorado em todo país o Dia Nacional da Advocacia Pública.A Lei 12.636/2012, assinada pela presidenta Dilma Rousseff e pelo advogado-geral da União, ministro Luiz Inácio Lucena Adams, instituiu a data comemorativa.

Homenagem
A data foi escolhida em homenagem ao dia 7 de março de 1609, quando foi criado o cargo de Procurador dos Feitos da Coroa, da Fazenda e do Fisco, na época do Brasil-Colônia. A função foi o passo inicial para a criação dos atuais cargos da Advocacia-Geral da União (AGU) como advogados da União, procuradores federais, procuradores da Fazenda e procuradores do Banco Central.

Importância
A Procuradoria-Geral do Estado de Sergipe destaca a data através do Procurador André Meira. Para o procurador do estado, chefe da Procuradoria Especial de Atuação junto aos Tribunais Superiores, André Meira, essa é uma importante data para a categoria jurídica e merece ser lembrada todos os anos: “queremos ressaltar a importância dos Advogados Públicos e realçar as conquistas da carreira e os benefícios para a população com a atuação dos Procuradores”.

Arrecadação
Segundo a Advocacia Geral da União (AGU), para ilustrar a importância da Advocacia Pública Federal no Brasil, cabe destacar que apenas em 2011 a Advocacia-Geral da União arrecadou mais de R$ 15 bilhões aos cofres públicos e economizou R$ 54,9 bilhões. Os números são resultados da atuação da Procuradoria-Geral da União (PGU), Secretaria-Geral de Contencioso (SGCT) e Procuradoria-Geral Federal (PGF) e Consultoria Geral da União (CGU).

Aracaju inicia vacinação contra o HPV nesta segunda-feira
Meninas entre 11 e 13 anos de idade já podem se prevenir do Papiloma Vírus Humano (HPV). A campanha de vacinação será aberta na capital sergipana a partir de hoje, 10, e prossegue até o dia 10 de abril.

Locais
A Secretaria da Saúde de Aracaju informa que as vacinas estão sendo disponibilizadas em quatro locais durante a greve dos enfermeiros.   O primeiro é na Unidade de Saúde da Família (USF) Maria do Céu, situada na rua Maruim Nº198 – bairro Centro,  o segundo é na sala de vacina do Ipes, que fica na rua Campos, no Centro. E para estimular a prevenção entre as jovens, a Saúde montou mais dois pontos, no Shopping Rio Mar que funcionará já a partir do dia 10 e no Shopping Jardins que será instalado durante a semana.

Bárbara  Santos triatleta campeã seletiva mundial – SC
Em mais uma etapa da Copa Brasil que também foi seletiva para mundial junior e jogos olímpicos da juventude 2014, a atleta Sergipana Bárbara Santos de apenas 15 anos sagrou-se campeã em junior e assim conquistou uma vaga para os jogos olímpicos da juventude 2014 e mundial junior representando a seleção brasileira.  Esse é o segundo atleta sergipano em menos de um mês que conquista vaga na seleção brasileira, o outro foi o também triatleta Rômulo Menezes.  Ambos são filiados a FETRISE – Federação de Triathlon de Sergipe e treinam no Complexo João Hora de Oliveira.

Agenda
10 de março, segunda-feira. Hoje é o dia do sogro e do telefone.
Levantamento aponta que brasileiro gasta com juros quase dois meses de renda. Em quatro anos, matrículas no ensino integral (2 turnos) crescem 46 por cento. Vale marca nova data para definir exploração da carnalita. Mulheres de São Paulo se unem pelo fim das cantadas. Os brasileiros doam mais a pedintes e a igrejas do que a entidades filantrópicas. Alto custo do crédito sufoca a economia. São Paulo é a capital mais segura do país. Obra da 13 vai ficar pronta em maio. PMA vai decidir sobre liberação de trecho da pista que está interditado. Situação de Flávio Conceição vai ser apreciada pelo TCE. PMDB trabalha para ganhar mais um Ministério. 4 de abril é data importante para a sucessão estadual.

Curtas
VIETNÃ ENCONTRA OBJETOS NO MAR QUE PODEM SER DE AVIÃO SUMIDO. DOIS EUROPEUS SÃO ENCONTRADOS MORTOS EM CASA DE PRAIA EM JENIPABU (RN). /// ESTADOS UNIDOS ENVIAM CAÇAS À POLÔNIA PARA REFORÇAR VIGILÂNCIA DO ESPAÇO BÁLTICO. /// PADRE JOSÉ DE ANCHIETA, FUNDADOR DA CIDADE DE SÃO PAULO, VAI SER CANONIZADO. /// GOVERNO AMERICANO MOVE TROPAS E CAÇAS, MAS A RÚSSIA NÃO CEDE. /// DILMA LANÇA OFENSIVA PARA CONQUISTAR O EMPRESARIADO. /// MARINA AINDA NÃO DEFINIU SE ACEITA SER VICE DE EDUARDO CAMPOS.

ESPORTE  – O  ESPAÇO DO ALCEU –  por Alceu Monteiro

Racismo e impunidade
O jornalista Jânio de Freitas é um dos mais importantes do país. Em sua coluna de ontem, ele escreveu sobre os recentes episódios de racismo no futebol brasileiro. A coluna abre espaço para um trecho do comentário assinado pelo referido analista político, com o qual concordamos inteiramente: “Se a imprensa esportiva se dedicasse a mostrar a necessidade de medidas eficazes, como seria a proibição de jogo na gaúcha Bento Gonçalves por um ano, ou em cidades paulistas onde alguém sofra o que o santista Arouca sofreu, o futebol deixaria de ser oportunidade, senão incentivo, para o racismo. A história de mais de cem anos de jornalismo esportivo inclui escassos momentos de contribuição ao desenvolvimento humano e ético do esporte brasileiro.” A coluna de Jânio de Freitas é publicada na Folha de São Paulo. Como sempre acontece, JF emite sua opinião com a mais absoluta objetividade. Vale a pena ler o que ele escreve.

Pesquisa interessante
Dados de pesquisa feita pelo governo federal a respeito dos veículos de comunicação social, compreendendo 18 mil entrevistas em 848 municípios brasileiros, apontam a liderança da TV (97 por cento), vindo a seguir o rádio (60 por cento), internet (46), jornal impresso (24) e revistas (14 por cento). Como se vê, supremacia da televisão aberta, sendo que o rádio continua firme e forte, em segundo lugar. Quanto aos jornais tradicionais, a luta pela sobrevivência consiste em garantir um espaço relevante na internet, setor em que está a audiência do futuro, mantendo o prestígio da marca do impresso.

Rodada do Campeonato sergipano
No Estádio Paulo Barreto, em Lagarto, o líder Sergipe aplicou uma tremenda goleada no quadro local, por 7 a zero. A partida foi uma espécie de treino de luxo para o jogo da próxima quarta-feira, às 20,30 horas, no Presidente Médici, em Itabaiana, pela Copa do Brasil. O Lagarto, de técnico novo, foi vítima da maior goleada do atual campeonato. É preciso lembrar que o Lagarto é o nosso outro representante na Copa do Brasil. Em Tobias Barreto, no Brejeirão, o Amadense derrotou, de forma surpreendente, o Confiança, por 1 a zero. O Coritiba perdeu dentro de casa para a Socorrense, por 1 X 0, e em Estância, no Francão, Estanciano e Itabaiana empataram: 1 a 1.

Os quatro primeiros
Com os resultados de ontem, o Sergipe ampliou a diferença para o segundo colocado: Sergipe – 15 – Confiança – 10 – Itabaiana – 10 e Estanciano – também 10 pg.

Socorrense X Amadense
Este jogo atrasado será disputado na próxima quarta-feira, à tarde, no Estádio Wellington Elias, em N.Sra. do Socorro.

Ingressos
Para a partida Sergipe X Náutico, pela Copa do Brasil, já estão sendo vendidos desde a última quinta-feira.

Jogo rápido
Derrota para o lanterna do campeonato pode gerar crise no Confiança. /// O Dragão vai enfrentar o Sergipe, no dia 17 de março (segunda-feira), no Presidente Médici, em Itabaiana. /// Mudança do Lagarto foi um desastre. /// Estanciano X Itabaiana – público pagante de 150 pessoas. Amadense X Confiança – 418. /// Como se pode falar em sucesso neste campeonato, com essa minguada presença de torcedores nos estádios? /// O clássico Sergipe X Confiança, na próxima segunda-feira, de vital importância, poderá atrair um público mais numeroso.

PELO TWITTER

www.twitter.com/FranciscoPippio  Hipócritas adoram apontar o dedo!

www.twitter.com/sargentoedgard  Caro leitor,não adianta dizer que ñ confia nos políticos e depois vender ou trocar seu voto,assim os políticos também ñ confiam no eleitor.

www.twitter.com/olivaluiz  Se quiser saber o que é péssimo gosto musical é só fazer um levantamento com as músicas que pedem os artilheiros musicais,no Fantástico.

www.twitter.com/Abrahao_Filho Meus pais me batiam quando eu era criança e agora tenho esse trauma chamado “respeito pelos outros”.

www.twitter.com/SauloAndrade_ Será que o IBGE tem uma pesquisa pra sabermos o número de pessoas que receberam os milagre prometidos nas correntes santas do Whatsapp?!

www.twitter.com/Emidio_Costa  Posição política se herda na Direita. Na esquerda se constrói espaços. Isso leva tempo, dedicação. Não é fruto de vontade, mas do trabalho.

DO LEITOR

Coluna na Folha
Abrahão Crispim Filho: "Nos últimos dias, nas últimas edições de sua coluna na FOLHA ou nos seus comentários na GLOBO, a jornalista Eliane Catanhede dá sérios sinais de desequilíbrio, bate os chiliques de Miriam Leitão, em dois temas – Venezuela e Ucrânia. O extra deve ser muito bom, pois a veneranda senhora, que para usar uma expressão da desastrada Marina, repaginada, é um desastre em todos os sentidos para o jornalismo".

Resposta Energisa ao leitor Júlio
Da Ascom/Energisa: “Informamos que, de fato, a Energisa não mais realiza manutenção de iluminação pública na sua área de concessão, cabendo às respectivas prefeituras de cada município a realização do serviço. E, em resposta ao que foi levantado pelo leitor Júlio Carvalho, hoje, 07/03, no seu blog, afirmamos que a informação passada pelo nosso Call Center (sobre a responsabilidade de realizar a manutenção) foi correta, todavia entendemos que houve algum erro de comunicação, uma vez que o número da prefeitura de Aracaju para solicitação de serviços de manutenção de iluminação pública é o 3179-1619 (Emurb) e não o que foi apresentado pelo Júlio.”

Nota à Imprensa – Resposta assessoria senador Amorim ao texto do leitor Messias Gonçalves
Da Ascom/senador Eduardo Amorim: A respeito do artigo publicado no Blog do jornalista Cláudio Nunes na última quinta-feira, dia 6, com o título principal “O preço de um projeto. Quem vai pagar a conta?” assinado por Messias Gonçalves, a Assessoria de Imprensa do senador Eduardo Amorim informa o seguinte:
– Ao realizar uma comparação do momento político em que vivenciamos e o texto “O preço de um projeto. Quem vai pagar a conta?” percebemos o alto teor de “partidarismo”. O autor é adepto a um partido político e segue fielmente as orientações PARTIDISTA. As afirmações do referido não tem fundamento político e presta-se apenas a denegrir a imagem do senador Eduardo Amorim.
– A pesquisa realizada pelo autor sobre o senador Eduardo Amorim é descabida e incompleta, não condiz com a verdade. Eduardo Amorim é médico de formação, diplomado pela Universidade Federal de Sergipe, concluiu residência em anestesiologia, na cidade de Campinas em São Paulo e Algologista (clínico em dor) pelo Hospital Clinic de Barcelona na Espanha. Formou-se em 2010 na Universidade Tiradentes, tornando-se Bacharel em Direito, pós-graduação concluída em Direito do Estado e uma outra em curso em Direito Tributário, ou seja, prolongaríamos esse parágrafo pontuando sobre o vasto currículo do parlamentar que, diga-se de passagem, é conhecido pelos sergipanos.
– Há uma grande falta de informação do autor sobre a passagem do senador Eduardo Amorim na Secretaria de Estado da Saúde. Vamos rememorar: mesmo com um orçamento 15 vezes menor do que o atual, Eduardo Amorim estruturou o SAMU estadual, levou diversos Centros de Especialidades para o interior sergipano, preparando assim o processo de regionalização da saúde, ampliou a ala pediátrica do hospital João Alves, bem como, na mesma unidade, inaugurou a ala para tratamento de queimaduras, realizou diversas reformas de hospitais, criou a Escola de Saúde Pública, que tinha como propósito capacitar os servidores, implantou o Centro de Atenção à Saúde de Sergipe (CASE), com tratamento exclusivo para pacientes especiais, instituiu a criação de diárias para tratamento de pacientes fora do seu domicílio, além do serviço Buco Maxilo Facial nas regionais de Saúde 24h, incentivou a realização de transplantes e, acima de tudo, humanizou a relação entre gestor e servidores da saúde sergipana. Por fim, ainda que os problemas da área existissem, ressaltamos que, durante a gestão de Eduardo Amorim, a secretaria de Saúde não passou por greves de servidores, pela aproximação e diálogo frequente com os servidores e com o Ministério Público (MP), e muito menos foi alvo de pedido por parte do MP de uma intervenção federal, caso que ocorre atualmente, revelando as mazelas por que passa a saúde estadual e que tem trazido intranquilidade à toda população sergipana.
– No ponto do texto que enaltece o político Jackson Barreto, o autor esquece as polêmicas que ele foi protagonista, podemos rememorar algumas como, por exemplo, o envolvimento dele caso da privatização da Energipe, como foi divulgado pela mídia a época.
– O autor deve realizar pesquisas ainda mais aprofundadas, não do senador Eduardo Amorim, mas do político Jackson Barreto, que notadamente responde a uma série de processos judiciais, a maioria deles por atos de desonestidade com dinheiro público. Em uma pesquisa simples no Wikipédia eles destacam que “Jackson Barreto foi eleito como o quarto maior ficha suja do Brasil pelo programa CQC da rede Bandeirantes. Ainda segundo a reportagem, Jackson tem diversos problemas na justiça relativos a peculado”.
– Messias Gonçalves, você também pode rever a reportagem do CQC no youtube sob o título “O Maior Ficha Suja do Brasil – Jackson Barreto”.
– A Assessoria de Imprensa, por sua vez, está sempre disponível a prestar as informações necessárias ao bom jornalismo.

ARTIGO

Diário dos Zés por Liziane Monteiro*

Seu Zé é Madeira, e não Machado. Todos os dias esse humilde aracajuano se acorda às 04h30 da manhã. Dentro de meia-hora, tempo suficiente para um rápido banho e em seguida engolir o seu pão com café, ele já está no ponto do coletivo, aguardando o ônibus que o levará até o  trabalho. Normalmente o ponto se resume a um pedaço de pau na vertical, com uma pequena placa em sua extremidade superior. Cobertura? Proteção contra a chuva ou o calor saariano de Aracaju? Nem pensar! Os humildes usuários do transporte público da Capital não fazem jus a tamanha regalia!
Depois de uma longa espera de quase uma hora, enfim, chega o ônibus tão aguardado pelo seu Zé. O veículo, em regra, é velho, mal conservado e superlotado. Sem uma eficiente política municipal de mobilidade urbana, o trajeto de aproximadamente 20 quilômetros, entre a sua casa – no Bairro Industrial – e o local do seu trabalho – na região da Atalaia – é percorrido após uma penosa viagem de cerca de 1h30. Um serviço que muitos não iriam querer nem mesmo de graça, o humilde trabalhador e os demais usuários do transporte coletivo em Aracaju são obrigados a pagarem r$ 2,35 para tê-lo. Seria cômico se não fosse trágico!
É pouco provável que seu Zé já tenha ouvido falar em Edward Murphy e seus postulados. Todavia, a notícia veiculada nos últimos dias, dando conta de que o SETRANSP pretende reajustar a tarifa do transporte coletivo, ainda este ano, dos atuais r$ 2,35 para r$ 2,71, colocou-lhe, bem como milhares de outros aracajuanos, frente a frente à 3.ª máxima, da famosa Lei do Capitão da Força Área americana: não há nada tão ruim que não possa piorar. Mesmo que a qualidade do transporte público em Aracaju se comparasse aos mais eficientes sistemas mundiais, ainda assim o índice de reajuste proposto – 15,48% – seria tido como surreal.
O percentual de aumento da tarifa sugerido pelos empresários do setor de transporte coletivo torna-se ainda mais aberrante quando comparado a outros índices. Seu Zé não sabe, mas o seu salário mínimo, entre 2013 e 2014, sofreu reajuste de apenas 6,62%. No mesmo período, a variação oficial da inflação ficou em exatos 6,5%.  Em 2013, com um salário mínimo de r$ 678,00, o trabalhador aracajuano gastava, aproximadamente, 13,8% dos seus rendimentos com tarifas de ônibus. Caso o reajuste pleiteado pelo SETRANSP seja acolhido, o contribuinte passará a ter mais de 16% do seu salário mínimo atual – r$ 724,00 – comprometido com transporte. É ou não é uma vergonha?
A situação do seu Zé não está nada fácil. Existe outro Zé, entretanto, que não tem do que reclamar. Este Zé, ao contrário daquele, não aguarda ônibus sob chuva ou sol escaldante, não enfrenta cansativas jornadas abordo de veículos velhos e lotados, tampouco gasta quase 1/7 do seu salário somente com passagens. Não, não! O Zé, que é machado, tem motorista e um confortabilíssimo Fiat Freemont branco sempre à sua inteira disposição. Tudo isso sem ter que tirar um centavo sequer do próprio bolso. As suas despesas ficam por conta do seu Zé e dos demais contribuintes aracajuanos.
São quase 17, é hora de seu Zé arrumar suas tralhas e se preparar para a exaustiva viagem de volta. A sua batalha diária está longe de terminar. Entre a espera no ponto de ônibus e o seu deslocamento até em casa, são quase 2h. Por seu turno, o outro Zé, neste instante, já está em sua residência, ao lado do seu amigo Monteiro. Ambos apreciam um extraordinário Whisky 18 anos e papeiam sobre as planilhas do reajuste da tarifa. Um consenso parece inevitável. Pobre Zé!

* bacharela em Direito e militante do Movimento não pago. E-mail:http://monteiro.liziane@bol.com.br

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun  

Frase do Dia
“Toda experiência é sagrada, pois poderá fornecer a chave do universo que nós procuramos”

Toshitsugu Takamatsu, praticante japonês de artes marciais, nasceu em 10 de Março de 1887 e morreu em 1972.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários