Indústria para silenciar jornalistas

0

Excelente o artigo da jornalista Cássia Santana publicado no último domingo, 23, no Jornal do Dia, com o título “Federalizando a Imprensa”. É um assunto que o leitor pode pensar que é irrelevante, mas não é. Trata-se do grande número de processos judiciais contra os jornalistas em todo país. É preciso que se faça algo e o debate precisa ser aberto.  Este jornalista assina embaixo do que escreveu Cássia, porque os diversos processos judiciais que enfrenta impetrado por alguns que querem calar a imprensa através da coação e do custo alto das indenizações. Leia os trechos principais do artigo:

 

Imprensa livre, e isto não é sinônimo de imprensa acuada, movida pelo rancor que cultivam aqueles que tentam calar jornalistas e os órgãos de comunicação, daqueles que buscam elevadas indenizações por meio de ações judiciais. O número destas ações em tramitação no Poder Judiciário brasileiro é excessivo com justificativas nada plausíveis, caracterizando a existência de uma verdadeira indústria para silenciar profissionais e empresas. A procuradora regional da república Janice Ascari, do MPF de São Paulo, fez observação corajosa durante o debate “Falhas e brechas da justiça: como evitar a impunidade nos crimes contra a imprensa”.

 

Janice Ascari defendeu a tese de federalizar os crimes políticos contra jornalistas, de forma que as investigações e o respectivo julgamento sejam de competência da Polícia Federal e da Justiça Federal, respectivamente. E ela destaca como alvo principal de sua proposta os assassinatos de jornalistas. Ao todo são 25 assassinatos em 15 anos no Brasil, colocando o país como terceiro nas Américas.

 

Os jornais de circulação nacional e blogs deram destaque à postura da procuradora e causaram reações diversas. Na ótica da procuradora, “há duas formas de intimidação do exercício do jornalismo: primeiro, proibir veículos e jornalistas de falar sobre fulano; depois, após a publicação, entrar com ações de indenização”. No discurso, a procuradora conclui: “Aí o jornalista tem que se preocupar com o valor da indenização, se preocupar em pagar o advogado. Isso tudo o sofca”. Com certeza procurador. E não só sufoca o profissional, como também engessa e até provoca uma censura velada aos veículos de comunicação, que, para evitar possível falência provocada pelos ônus dos honorários de advogados e os desgastes no Judiciário enquanto tramitam os processos, acabam desestimulando o jornalista a colocar em prática o talento investigativo.

 

E o artigo de Cássia Santana segue com opiniões e a cobrança a Fenaj e entidades sindicais para abrirem o debate e encontrar uma solução concreta para a categoria. É preciso encontrar uma saída rapidamente porque do jeito que se encontra os jornalistas estão à mercê de várias interpretações de juízes. E, infelizmente, em muitos casos eles não gostam da imprensa, contribuindo com a censura velada e silenciosa contra a imprensa no país.

 

Lula em Sergipe

A assessoria do presidente Lula já está organizando a vinda dele para Sergipe no próximo mês. Uma fonte do gabinete do presidente informou que ele deve chegar em Aracaju no dia 9 de junho à noite, vindo de Maceió (AL),  dormindo em Aracaju e pela manhã do dia 10 vai a Barra dos Coqueiros lançar o programa Um Computador por Aluno (UCA). De lá retorna para Aracaju onde assina a ordem de serviço para duplicação da BR-101 e outro programa na área educacional. Almoça e segue para Salvador (BA).

 

Candidatura de Márcio

Este jornalista recebeu ontem diversos telefonemas sobre a matéria publicada com exclusividade da candidatura de Márcio Macedo a deputado federal. A grande maioria contra a decisão. São petistas e aliados que entendem que essa decisão partiu do governador Marcelo Déda. Agora é aguardar outubro.

 

Almoço e chapa majoritária

Pelo twitter, o senador Valadares (PSB) noticiou que almoçou ontem com o governador Marcelo Déda onde ouviu reflexões políticas de um líder amadurecido procurando somar sem ofender os aliados. “Antes que alguém pergunte: o almoço com o Governador Déda foi em sua residência particular que fica em frente ao parque da Sementeira …”  A impressão que ficou para Valadares é que Déda vai acelerar os entendimentos em torno da chapa majoritária.

 

Reajuste servidor público

Como já era esperado o governador anunciou ontem que o reajuste será de 5,26%  de acordo com o IPCA de abril. O reajuste é linear e somente o magistério,  as polícias Civil e Militar, o Corpo de Bombeiros e a Defensoria Pública, que já foram contemplados desde o ano passado não ganharão o reajuste.

 

 

PF investiga email falso sobre o fim do 13º salário

 Vítima de informação falsa disseminada na internet, o deputado federal Mendonça Prado (DEM) protocolou uma notícia-crime (queixa) na Superintendência de Polícia Federal, pedindo investigação da autoria de um email mentiroso que informa suposta votação na Câmara dos Deputados versando sobre o fim do 13º salário para os trabalhadores brasileiros. Ao pedir a instauração de inquérito policial para responsabilizar o autor da notícia difamatória, Mendonça Prado anexou certidão da Câmara dos Deputados comprovando a inexistência da tramitação de tal projeto.

 

Comparação propaganda

Há muita balbúrdia quando o assunto é gasto do Governo de Sergipe em propaganda. O Jornal da Cidade, em sensato editorial, no último domingo começou a colocar os pontos nos “iis”, mostrando o percentual de investimentos para este ano, que ficará na casa dos R$ 25.200.000,00 o equivalente a 0,47 % do orçamento estadual previsto para 2010. Bem diferente dos 36,5 milhões gastos em 2006. 

 

Último lugar no Nordeste

Não bastasse isto, a Folha de São Paulo divulgou ontem, 24, o ranking do investimento dos governos em propaganda no país. Sergipe é o 21º Estado do país e, seguramente, ocupa o último lugar no Nordeste quando o assunto é gasto com publicidade.

 

Receptividade da população

Surpreendeu a receptividade da população com a reinauguração do Palácio Olímpio Campos que passou a ser museu com a visitação aberta ao público. O secretário da Casa Civil, Oliveira Junior disse que ficou feliz ao ver o grande número de pessoas que visitou o PMOC no último final de semana. “São pessoas que nunca entraram no Palácio e outras que vieram não só ver como ficou totalmente restaurado mais relembrar o passado”, disse.

 

Nova atração turística

Oliveira Junior lembrou que a localização do PMOC vai configurá-lo como mais uma atração turística já que está localizado num ponto estratégico perto da Catedral Metropolitana, da ponte do Imperador e do Centro de Turismo locais muitos visitados pelos turistas. “Quando recebi esta tarefa fiquei satisfeito porque vi a importância história desta recuperação”, disse Oliveira, ressaltando que o governador Marcelo Déda foi muito feliz ao conceber a ideia.

 

Horário de funcionamento

Com a entrada gratuita o Palácio-Museu estará de portas abertas para quem quiser apreciar o rico conteúdo reunido em seu interior. Tem também um ponto de venda Editora Diário Oficial, localizado na cafeteria do palácio onde já estavam disponíveis 116 títulos de autores sergipanos para venda a preço popular. O horário de funcionamento irá das 10h às 17h, no caso das terças às sextas-feiras e das 9h às 13h, nos sábados e domingos. Mais informações também podem ser obtidas em seu site, através do endereço http://www.palacioolimpiocampos.se.gov.br.

 

Inauguração de praça

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira vai inaugurar nos próximos dias, a praça Missionária Zilda Arns, localizada entre a Alameda Antônio de Pádua Araújo e a Av. Sílvio Teixeira, no bairro Jardins. A solenidade acontece às 19h30 e contará com a presença do governador Marcelo Déda. Os investimentos totalizam R$ 580.317,05.

 

Zilda Arns foi a fundador da pastoral da Criança

A obra é uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) e o Governo do Estado de Sergipe, que doou o terreno para viabilizar a construção. A praça ocupa uma área de 7.468 m² e o projeto é pioneiro em Aracaju na implantação de equipamentos de ginástica específicos para idosos. Além disso, conta com itens de acessibilidade para garantir a inclusão das pessoas com mobilidade. A autoria da propositura foi da Vereadora Simone Gois.

 

Apelo a Deso

Existem dois vazamentos há algum tempo bem ao lado da praça da Juventude que será inaugurada pela Prefeitura nos próximos dias. Um é perto do posto de saúde e o outro é em cima do passeio da praça jorrando muita água.

 

Ciclistas pedem passagem no trânsito

Durante a semana passada na agência de notícias da Prefeitura de Aracaju foram publicadas diversas matérias sobre o ciclismo. A PMA vem realizando diversos investimentos na área como a construção de ciclovias e incentivando o uso da bicicleta como acontece em diversos países desenvolvidos. Aracaju é quase toda plana e isso facilita muito para o ciclista.

 

Campanha de conscientização do ciclista

Em uma das matérias foi levantada  a necessidade de que o ciclista, assim como o motorista, respeite as regras do trânsito. E é verdade muitos ciclistas insistem em andar na contramão e não andar do lado direito da pista. No centro da cidade, são diversos os acidentes provocados por ciclistas, principalmente contra pedestres, que quando vão atravessar as ruas olham para o lado correto da pista e de repente, lá vem um ciclista na contramão. Sem falar no trânsito. Se o motorista tem que ter sua responsabilidade o ciclista também.

 

Motociclistas irresponsáveis

É preciso também que a PMA realize uma campanha de conscientização para os motociclistas. Muitos não respeitam sinais, faixa de pedestres, passam pelo lado dos veículos batendo nos retrovisores e tudo mais. Um dado que vem levando a vários acidentes é a irregularidade de passar por cima dos canteiros nas avenidas principais. Na orla, por exemplo, quase em frente ao bar do Joel existe no canteiro central uma passagem para cadeirante, mas o que se vê a todo momento são motociclistas passando pelo local.

 

Manhã de festa para desportistas em Boquim

O governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado do Esporte e do Lazer (SEEL) promoveu na manhã do último domingo, na cidade de Boquim, uma manhã de festa e muito esporte, com a solenidade de abertura da Copa Sergipe de Futebol Sub – 17, competição que tem como principal objetivo promover a interiorização do esporte e a descoberta de valores, para suprir o a demanda de craques do futebol sergipano e até do futebol brasileiro.A concentração das agremiações aconteceu na praça Hermes Fontes. Mais de 40 equipes, participantes da Copa Sub 17 e do Campeonato Interpovoados Dilson Oliveira participaram do desfile, pelas ruas da cidade de Boquim, com chegada no Complexo Desportivo do Sesi.

 

A CICP mostrará sua linha de produção na FITEC 2010

A Companhia Industrial de Celulose e Papel – CICP -, instalada em Itaporanga D’Ájuda também estará no pavilhão da Feira da Indústria e Inovação Tecnológica – FITEC – mostrando para os sergipanos toda sua linha de produção a qual inclui papéis higiênicos, toalhas e guardanapos das marcas Novo, Leve , Caprice, Rose, Alpino e as marcas próprias da rede G.Barbosa e Bompreço. Geradora de 260 empregos diretos e outros 200 indiretos a CICP utiliza como matéria prima as aparas de papéis vindo s de reciclagem e celulose de eucalipto branqueada adquirida em Minas Gerais.

 

Moradores de Itaporanga

 95% dos empregos gerados pela indústria de papel são de moradores do município de Itaporanga, de onde a linha de produção é distribuída para comercialização em todo o Estado em Alagoas, Pernambuco, Bahia, Brasília e Goiânia. Visite a FITEC, conheça o trabalho da CICP e descubra que em Sergipe são fabricados muitos produtos que fazem parte do seu dia-a-dia com total qualidade.

 

Fábrica Asuly-Tex expõe na FITEC

Fundada desde 1988, a Asuly-Tec gera cerca de 100 empregos diretos e trabalha na produção de uniforme escolar, roupas esportivas e fardamento para empresas, além de abadas que são produzidos para festas em Sergipe. Atualmente fabrica em torno de 40 mil peças por mês, e toda sua produção é comercializada em Sergipe, Bahia, Alagoas, Rio de Janeiro, Pará e Brasília. Neste período de Copa do Mundo a fábrica está inovando e produzindo bandeiras do Brasil e outros produtos de uso sazonal.  A Asuly-Tex estará no pavilhão da Feira da Indústria e Inovação Tecnológica – FITEC – que acontece de 27 a 30 de maio no Centro de Convenções de Sergipe, mostrando seu trabalho. Visite a FITEC e descubra tudo que é produzido em Sergipe e faz parte do seu dia-a-dia.

 

Estudantes da FaSe realizam 1ª Jornada Jurídica nesta quinta-feira

Nesta quinta-feira, 27, será aberta a 1ª Jornada Jurídica dos Acadêmicos da FaSe (Faculdade de Sergipe). O evento, que será realizado nos dias 27 e 28, a partir das 18h30, contará com quatro palestras ministradas por profissionais renomados de Sergipe. As inscrições podem ser realizadas durante o turno da manhã e da noite, no stand do evento montado na faculdade, localizada à rua Teixeira de Freitas, 10, no bairro Salgado Filho. O valor está fixado em R$ 30 para estudantes e R$ 50 para profissionais.

 

Palestras

O evento será aberto com a palestra “Novos rumos da responsabilidade civil e o direito à indenização por danos morais”, ministrada pelo especialista em direito civil Edir Machado. Em seguida, o advogado Wellington Mangueira, ex-militante do Partido Comunista Brasileiro, preso em Sergipe durante o regime militar brasileiro, fala sobre a “Lei de Anistia: benefícios aos torturadores é afronta às vítimas”. Na noite da sexta-feira, 28, duas novas palestras: “Sistema prisional e sua reestruturação”, ministrada pelo advogado criminalista Emanuel Cacho. Para finalizar o evento, a palestra “Aspectos jurídicos da compra pela Internet” será apresentada pelo presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB/SE e diretor do Instituto Brasileiro de Política e Direito do Consumidor (Brasicon), Winston Neil.

 

Resgate do cartão escolar

Foi encerrada, no dia 30 de abril, a retirada gratuita dos cartões Mais Aracaju Escolar do ano 2008. Já os de 2009 têm seu encerramento previsto para o dia 30 de junho. No entanto, os alunos interessados em resgatar os cartões referentes aos anos de produção 2007, 2008 e 2009 deverão comparecer à sede do SETRANSP (situada na Rua F – s/n° – D.I.A), a partir do dia 1° de julho, para solicitação da sua 2ª via do cartão que pode ser feita a qualquer momento, pois o serviço deixou de ter tempo limitado. No entando é preciso apresentar a declaração escolar que comprove que o aluno está matriculado em um estabelecimento de ensino e um comprovante de residência.

 

ESPAÇO CULTURAL

 

São João e São Pedro em Carmópolis

Um das maiores festas que aguardamos são os festejos juninos. Como já é uma tradição, o estado inteiro se prepara para dançar forró e se reunir com seus familiares ap redor de um bela fogueira. E a gestão “Carmópolis de Todos”, também vai comemorar seu São João e seu São Pedro antecipado. “ Carmópolis não tem esse tipo de tradição tão forte a exemplo de Areia Branca, Estância e Itaporanga, até porque nós temos uma grande festa que acontece no mês de julho, a tradicional festa alusiva à padroeira Nossa Senhora do Carmo. Mas este ano vai ser diferente. Na minha gestão a família carmopolitana vai poder curtir seu forró sem sair do município”, afirma a prefeita municipal Esmeralda Cruz. Confira a programação: http://www.carmopolis.se.gov.br/noticias.aspx?id=184

 

Lançamento do CD Arteiro

O músico Rubens Lisboa é um destes sergipanos que se tivesse no chamado “grande centro cultural” seria sucesso nacional e internacional na certa.  Depois de três CD`s que lhe deram alegria, mas que foram trabalhos de banda ele partiu para um trabalho onde todas as músicas são suas. O resultado será lançado no próximo sábado, 29, às 21h, no auditório da Biblioteca Pública Epifânio Dória. A prova que sua nova estripulia vem dando certo é que muitas destas canções já vêm sendo tocadas no eixo Rio-São Paulo.

 

 

Quarta etapa do projeto “Maria Scombona convida”

Como sempre a Maria Scombona inova. Foi assim no Mundo Rock Interior e tantos outros projetos da banda e é assim também no Projeto Maria Scombona Convida. Uma série de apresentações no Capitão Cook que busca revelar novos nomes da cena musical de Aracaju, apresentar as músicas inéditas do próximo CD da banda que já está sendo gravado, além de interagir com nomes consagrados do circuito musical sergipano. Isso só poderia ser idéia da Maria.Para esta quarta etapa os convidados da vez são Nino Karvan e Ode ao Canalha. Pode-se dizer que Nino representa o que há de melhor da música sergipana. Com brilho próprio e muita garra elabora trabalhos primorosos. Neste show promete fazer uma apresentação inesquecível. Já Ode ao Canalha marca uma nova fase da música sergipana. Composta por jovens de 20 e poucos anos, suas composições têm como grande influência, a música do Jorge Ben e de contemporâneos como Paulinho Moska. Suas letras têm como principal tema o fascínio pela mulher e comportamentos sociais dos tempos modernos. Com seu samba-rock “soul” malicioso, a banda já tocou em várias casas de show e festivais do cenário alternativo da cidade. Hoje faz coro junto a algumas recentes, e excelentes, bandas sergipanas por boa música e acessível a todos.  Será na quarta-feira, dia 02, a partir das 23h, no bar Capitão Cook, ao preço de apenas R$ 10,00, com Maria Scombona, Nino Karvan e Ode ao Canalha.

 

DO LEITOR

 

Candidata é a Praça e não a cidade

Do leitor Messias Gonçalves: “Neste final de semana, alguém emite uma opinião, erroneamente, dando parecer sobre a escolha ou não da Praça de São Francisco, à condição de “Patrimônio Cultural da Humanidade”, por parte da UNESCO, quando da realização em Brasília, da 34ª Reunião do Comitê do Patrimônio Mundial, nos dias 25de julho a 03 de agosto de 2010, devido. Segundo ele, pelo estado em que se encontra a cidade, não contribuirá para a conquista desse pleito. De certo modo é interessante essa segunda colocação. A cidade como toda precisa melhorar As suas aparências. Porém, pelo bem e pela ordem, a justiça precisa e deve prevalecer sempre. Em nada tem a ver as duas condições. Quem está candidata ao título, é a PRAÇA DE SÃO FRANCISCO. E não a cidade inteira. Mas mesmo assim o governo do estado vem enveredando esforços, através de recursos, primeiro na própria praça, como em diversas obras de infra estrutura, nos diversos cantos da cidade e do município, como a duplicação da Rodovia João Bebe Água, a estrada São Cristóvão/Rita Cacete, um novo hospital, entre tantas outras. É a cidade já colhendo os frutos, mesmo ainda estando na condição de candidata. Imaginem os senhores o que a cidade ganhará quando conseguirmos o tão almejado pleito. São Cristóvão, através dessa escolha, passará a ser vista e patrocinada até por organismos internacionais. E lembrar também que com essa conquista, a Praça de Francisco, estará entre os oito co Brasil, com essa denominação. Estaremos iguais com o Pelourinho em Salvador, as cidades mineiras de Ouro Preto e Diamantina, São Luiz no Maranhão, entre mais outras quatro. Portanto, seria bom que essas pessoas não saíssem por ai dizendo e falando o que não entendem. Mesmo que seja por interesses que não tenha nada a ver com essa candidatura. Não importam os pessimistas. Os “louros” devem ir para quem abarcou essa ideia e investiu maciçamente.

 

Sobre terceirização

Do leitor Eurico: “Na sua coluna de hoje eu li sobre a questão do Concurso para Merendeiras e outros cargos de serviços básicos, onde vc.critica a forma desse Concurso que só beneficia pessoas com melhor formação de escolaridade que o Edital permite participar.Sempre tive essa visão crítica desse tipo de Concurso, uma vez que, como a Constituição não permite limitar os requisitos exigidos desses cargos para cima, isto é, “só pode concorrer ao Cargo de Merendeira e a outros básicos, pessoas que possuam a formação máxima básica ou Fundamental”. Dessa forma todos aprovados assumiriam imediatamente seus cargos. Hoje os aprovados são de nível superior e até pós-graduados, esperando uma “boca política” para se beneficiar dos CC´s disponíveis. Como esses CC´s nem sempre estão disponíveis no tempo esperado, essas pessoas não assumem esses cargos e a Instituição  fica a ver navios com os cargos em vacância. Diante disso, para corrigir essas distorções, somente a terceirização seria capaz de corrigir tais incongruências”.

 

A crise na pediatria

Da leitora Waldênia Menezes, acadêmica de direito: “Acabo de chegar de uma via-crucis que vem se tornando rotina para os pais e mães sergipanos :a procura por atendimento médico para seus pequenos.Minha sobrinha de dez anos de idade,que tem plano de saúde Unimed Plus,ardia em febre.Ora essa,pelo valor dispendido todos os meses com sacrifício tenho direito a um atendimento de qualidade,não?Juntamente com minha mãe,conduzimo-la ao Hospital da Unimed,onde há mais ou menos um mês já tínhamos tido um péssimo atendimento-acredite o jornalista que para garantir o direito da minha menina de ser atendida tive de fazer um escândalo,pois esperávamos há quase três horas e nada- e surpresa:mesmo com as constantes reclamações nada mudou,ou melhor,mudou para pior,por que o hospital estava ainda mais atulhado de crianças e pais desesperados.Depois de quase vinte minutos de espera,fui informada pelo recepcionista que a ficha da minha sobrinha era a quarta e não era para atendimento:era para ser cadastrada,ainda!!!Resolvi me dirigir ao Hospital São Lucas,à pé,por conta do trânsito caótico,e rebocando a garota,que já mal se mantinha de pé ela, mormente majestosas placas diferenciando consciência,urgência e emergência,situação ainda mais humilhante,pois me foi comunicado pelo recepcionista que havia uma lista de espera,ao que questionei se era para atendimento e quanto tempo iria demorar.Resposta: “Senhora,aí dentro está muito cheio,a lista é para VER se o médico vai atender depois” .Que espécie de atendimentos PARTICULARES são esses???Degradada e afrontada,além de amendrotada com a idéia de vê-la desfalecida a qualquer momento,consegui atendimento no Hospital da Polícia Militar pelo IPES,pois seu pai é servidor estadual. Até quando,ou vão esperar alguma criança morrer na sala de espera sem atendimento?A Medicina em si é um sacerdócio,quiçá a Pediatria,mas vamos culpar um pobre médico plantonista por não poder atender todas as crianças doentes em seu plantão?Onde está o Ministério Público para fiscalizar essa balbúrdia nas Emergências infantis particulares do nosso Estado?E o direito do consumidor de pagar(caro,muito caro) por um serviço de saúde e cumprir com seu compromisso e não ter retorno?  Com a palavra,as autoridades competentes”.

 

  

Participe ou indique este blog para um amigo:

claudionunes@infonet.com.br

 

Frase do Dia

“A preguiça caminha tão devagar, que a pobreza não tem dificuldade em a alcançar”. Confúcio.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários