Infidelidade: A cobra vai fumar

0

Toda imprensa sergipana divulgou na semana passada e a sociedade tomou conhecimento que de que o Procurador Regional Eleitoral Ruy Nestor Bastos Mello pediu informações sobre “quais mandatários do Estado de Sergipe (governador, vice-governador, deputados estaduais, prefeito, vice-prefeito e vereador) requereram desfiliação partidária nos últimos 60 (sessenta dias)”.

O blog não tinha a informação, mas ao conversar com uma importante liderança política no último final de semana foi informado que o caso da mudança de partido do deputado federal Almeida Lima, que deixou o PMDB pelo PPS não foi alcançado pela medida da PRE.  Sinceramente o blog vai buscar informações esta semana, mas prefere acreditar no trabalho realizado pela Justiça Eleitoral em Sergipe.

Se for verdade, realmente fica difícil para a imprensa e a sociedade entenderem porque a medida da PRE não alcança os deputados federais, como é o caso do deputado federal Almeida Lima (PPS), que deixou o PMDB, sob a alegação de desconforto, quando toda a imprensa divulgou, que a motivação foi fictícia, fruto da influencia que Almeida conquistou junto a cúpula do PMDB, por ter feito patrocinado em passado recente a defesa do senador alagoano Renan Calheiros, quando o mesmo teve o nome envolvido com escândalos denunciados pela imprensa nacional.

A prova de que não havia desconforto algum, é o fato de que semanas antes da sua desfiliação, o deputado federal Almeida Lima tinha seu nome citado constantemente na imprensa local, dando conta da sua indicação pelo PMDB, para o Ministério do Turismo. Além deste fato, se Almeida Lima fosse perseguido pela direção estadual do PMDB não teria conseguido a legenda para disputar a eleição no ano passado para deputado federal.

Agora existem dois aspectos no caso de Almeida Lima. O técnico (que foi abordado acima) e outro político, que o blog não sabia e recebeu a informação da liderança política que conversou longamente com um membro do PPS de Sergipe e ouviu dele a informação de que dificilmente a Procuradoria irá atuar sobre o deputado federal, visto que o órgão está buscando junto a bancada verba para construção da nova sede e isso criaria dificuldades.

Essa informação maldosa repassada pela liderança não é verdadeira e é apenas mais uma manobra de quem deseja desacreditar o trabalho sério e correto da Procuradoria Regional Eleitoral. E essa informação maldosa se dissolve por completo lembrando que a bancada federal de Sergipe tem 11 parlamentares (8 dep. Federais e 3 senadores) e um voto contra não seria obstáculo para aprovação de uma emenda de bancada seja ela qual for.

E o deputado Almeida Lima foi eleito pelos votos dos sergipanos pelo PMDB. E a lei da fidelidade partidária é para todo mundo, inclusive para aquele que foi (e sempre será) escudeiro-mor de Renan Calheiros em Brasília, servindo de chacota nacional.

E quem pensar que jogando informações maldosas nos bastidores inibirá a atuação do órgão, pode cair do cavalo, ou melhor, pode reforçar o estoque de lexotan.

Nenhum outro órgão em Sergipe atua com tanta imparcialidade como a Procuradoria Regional Eleitoral. E o blog, sem receio algum, assina embaixo: a cobra vai fumar.

Ouro da Ginástica Olímpica no Pan: Sergipe faz parte desta vitória
A segunda medalha de Ouro do Brasil nos Jogos Panamericanos de Guadalajara (México) foi no conjunto da Ginástica Rítmica e também tem uma participação de Sergipe, ou melhor, de Aracaju, onde foi montado o Centro de Treinamento e as atletas moram. A sede da Confederação fica em Aracaju e tem o apoio decisivo do governo do Estado. De parabéns Luísa Matsuo, Débora Falda, Dayane Amaral, Eliane Sampaio, Drielly Daltoé, ao som de “My Way”, ganharam 25.100 pontos e conquistaram o Ouro para o Brasil.

Henri Clay na ISTOÉ
A filiação do advogado sergipano Henri Clay Andrade ao PSOL teve repercussão nacional. Por exemplo, a última edição da revista ISTOÉ (2188, página 32), que já está nas bancas, saiu com a seguinte nota, na coluna Brasil Confidencial, do jornalista Octávio Costa: "De olho na prefeitura de Aracaju, o ex-presidente da OAB de Sergipe e atual ouvidor-geral da OAB federal, Henri Clay Andrade, está liderando uma frente de esquerda formada por PSOL, PSTU e PCB. Ele aguarda novas adesões para lançar a candidatura."

Pré-candidato desconhece município
Um deputado, que diz ser pré-candidato a prefeito de um município da Grande Aracaju, mais uma vez fez um 'papeläo' em seu programa de rádio no domingo. Dizendo ser 'conhecedor' do município em que se intitula candidato, foi desmentido por várias vezes pelos secretários de Comunicação e o da Saúde daquele município, à ponto de desligar o telefone para depois das participações dos secretários poder falar o que bem queria em seu programa radiofônico. Se vale um conselho, deputado procure conhecer para criticar…

Vice-prefeita de Malhador continua no PSB
No último final de semana – com base em informações da direção provisória do PSD em Sergipe – o blog informou que entre os novos filiados do partido estava a vice-prefeita de Malhador, Elayne Araujo. Através de e-mail o irmão dela e presidente municipal do PSB, Diogo Araújo informou que Elayne continua no partido e é pré-candidata a prefeita pelo PSB em 2012. Nem ela nem o pai, o ex-prefeito Dédé do Inhame deixaram o PSB. Diogo informou que o PSD em Malhador está sob o comando de dois vereadores que fazem parte do grupo de Elayne.

Peregrinação de Divina Pastora
Milhares de fiéis participaram da peregrinação a Divina Pastora na manhã de ontem,16. O evento religioso, considerado um dos maiores de Sergipe, contou com a presença do governador em exercício, Jackson Barreto que, ao lado dos demais fiéis e do bispo auxiliar de Aracaju, Dom Henrique Soares da Costa, percorreu mais de 10 km de trajeto no ato de fé. A peregrinação teve início na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, em Riachuelo, onde foi celebrada uma missa, e seguiu até a Igreja Matriz Nossa Senhora Divina Pastora, no município que leva o mesmo nome da santa.

Prova de amor
“A peregrinação é um instrumento de fé muito importante para nós católicos. Não é apenas uma caminhada, mas uma prova de amor à mãe de Jesus. Nossa Senhora Divina Pastora é a condutora desse povo e é por meio dela que nós chegamos ao seu filho e fortalecemos a nossa fé. Estou aqui hoje, fazendo o meu papel como governador do Estado em exercício, e representando o governador Marcelo Déda, rezando pelo povo sergipano e por sua felicidade, mas acima de tudo em nome da fé”, declarou o Jackson Barreto.

USES Convoca Seu XXIV Congresso
Na tarde do último sábado, 15, no auditório do Centro de Educação Profissionalizante José de Figueiredo Barreto, foi Realizado o CONEEB da USES. Mais de 100 Grêmios Estudantis de Todo o Estado Participaram e avaliaram o que foi os últimos dois anos da Gestão da entidade. Ficou decidido também que o XXIV Congresso da USES será nos dias 19 e 20 de novembro no município de Simão Dias.

Representatividade
Para o Tesoureiro Geral da  USES, Jorielto Oliveira a entidade esta novamente alinhada aos interesses dos estudantes sergipano. "Hoje a USES sabe a pauta dos estudantes, chegamos a quase todos os municípios para mostrar que os estudantes secundaristas tem uma grande entidade que os representa!”, disse.

Empreendimento
Com financiamento da carteira de crédito imobiliário do Banco do Estado de Sergipe (Banese), a empresa 3M Incorporações e Construções Ltda. inaugurou, na noite da última sexta-feira, 14, mais um empreendimento habitacional. Trata-se do Residencial Umarama, um edifício de seis andares com três apartamentos por andar, localizado na Av. Desembargador João Bosco de Andrade Lima, na Orla de Atalaia, a cerca de 300 metros da praia.

Agilidade
Segundo um dos sócios da 3M, o engenheiro civil Marcelo Batista Santos, este foi o primeiro prédio da empresa construído com financiamento do Banese. “A Diretoria do Banese foi muito ágil, muito competente na realização do nosso contrato e liberação do crédito. Ficamos bem impressionados com o tratamento que tivemos no Banese e já estamos com um novo pedido de financiamento na carteira de crédito imobiliário do Banco”, informou o empresário.

Qualidade para os sergipanos
Para o presidente do Banese, Saumíneo Nascimento, que compareceu à inauguração do Residencial Umarama, o edifício, cuja denominação significa ‘lugar arejado’, na língua tupi, apresenta um excelente padrão de qualidade, com preços acessíveis para a população. “O Banese se sente satisfeito em apoiar um empreendimento como este, contribuindo para o aumento da oferta de domicílios de excelente padrão de qualidade para a população sergipana. Este é o papel de um banco público, dentro da orientação do governador Marcelo Déda de colocar o Banese à disposição dos empresários sergipanos para atender às suas demandas e pleitos que venham a gerar empregos e trazer benefícios para a população”, disse Saumíneo.

XIV Encontro Estadual do Proler I
A Secretaria de Estado da Cultura, por meio do Comitê Sergipano do Proler, realizará no período de 18 a 21 de outubro de 2011, na Biblioteca Pública Epifânio Dória, o XIV Encontro Estadual do Proler, com a temática “Por uma sociedade leitora: experiências, motivações e estratégias”.

XIV Encontro Estadual do Proler II
O objetivo do Encontro é reunir profissionais, estudantes nas áreas de cultura, educação, comunicação, informação e demais interessados para debater e trocar experiências sobre leitura, literatura e ensino. A finalidade maior, essência do PROLER, é o incentivo à leitura. Nesse sentido, o Comitê Sergipano tem procurado privilegiar ações e procedimentos que envolvam a sociedade civil e os poderes públicos para o compromisso com o estímulo à leitura em todas as áreas.

XIV Encontro Estadual do Proler III
“Leio, logo existo” seria o lema adequado para resumir o tema do nosso Encontro. As contribuições virão em forma de debates que valorizam a participação e a experiência do público no processo de formação de leitores. Nesta edição, teremos uma Roda de Leitura especial que homenageará a escritora Gizelda Morais, idealizadora da Roda de Literatura em Sergipe.

XIV Encontro Estadual do Proler IV
O evento constará de várias atividades: palestras, mesa-redonda, conferência, minicursos, exposição, atividade artística e lançamentos de livro e CD. O encerramento  contará com a participação da Secretária Executiva do Plano Nacional do Livro e Leitura – MinC/MEC e do show da Casa do Zé. Será fornecido certificado de 30h para participantes de até 75% de frequência. As inscrições estão sendo realizadas na Biblioteca Pública Epifânio Dória.Informações: 3179.1907/3179.1935/ proler@cultura.se.gov.br, biblioteca.publica@cultura.se.gov.br

Inscrições abertas
Começam nesta quarta-feira, 19, as inscrições para animais que participarão da Exposergipe Aracaju. Os criadores interessados em inscrever seus animais para o evento que tem data marcada para acontecer de 6 a 13 de novembro no Parque de Exposições João Cleophas, na capital, devem ficar atentos aos prazos. Todas as informações de valores, locais e horários para as inscrições estão disponíveis no www.exposergipe.com.br

Espetáculo de MMA chega a Sergipe
Está tudo quase pronto para o MMA aterrissar de vez em Aracaju. Os organizadores da 6ª edição do Minotauro Figth prepara os detalhes finais do evento, que será realizado no ginásio Constancio Vieira, sexta-feira 21e já desperta a atenção dos admiradores das artes marciais.

Apoio da SEEL
O Minotauro Figth é mais um vento esportivo de caráter nacional, que conta com o apoio do governo do estado de Sergipe, através da Secretaria de Estado do Esporte e do Lazer (SEEL). A expectativa dos organizadores é de casa cheia sexta-feira no Constancio.O maior evento de MMA do Brasil desembarca em Aracaju, com os maiores nomes desse esporte no Brasil. Os organizadores transformaram o Minotauro Figth em um mega-show de lutas.

Prestígio
Valter Duarte, presidente da Federação Sergipana de Boxe (FSB), esse evento estava programado para Lisboa-Portugal, mas graças ao prestigio do estado de Sergipe, que tem promovido grandes eventos esportivos nacionais, o espetáculo de MMA foi remarcado para Aracaju. Valter Duarte revela que fechou uma parceria com Luiz Carlos Dória em eventos de lutas, confirmando o Minotauro Figth em Aracaju. “Esse será apenas o início de grandes eventos nacionais aqui no estado de Sergipe. O 6º Minotauro Figth conta com o apoio importante da Secretaria de Esporte do governo do estado. Só assim foi possível o espetáculo de lutas chegar em Aracaju”, revela Valter Duarte.

60 Países
Ainda segundo Valter Duarte, consta da parceria com os organizadores, que o evento será mostrado para todo o Brasil e 60 países, através do canal Premier Combat. “Seremos brindados com as presenças dos irmãos Nogueira, Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro, além de estrelas como Luiz Dorea e outros destaques do mundo do MMA.

Presenças
O “Card” de lutas terá as presenças de lutadores sergipanos como o Campeão mundial de jiu-jítsu Jackson Naco (Gfteam),Yuri Andrey (Titãs), Bob Westreler (Tribo), Newton Cachorrão (Tribo), que estarão encarando  os maiores lutadores do Brasil, como os irmãos  japoneses Shiudi Yamauchi e Ossamu Yamuchi, que fazem parte da equipe de Anderson Silva. Segundo os organizadores do evento, o espetáculo constará de 8 lutas emocionantes.

Assembleia hoje, 17, dos bancários
O Sindicato dos Bancários de Sergipe convoca os seus filiados para Assembleia Geral Extraordinária nesta segunda feira, dia 17, as 18 horas, em sua sede, para analisar as propostas patronais, tomar deliberações e definir os próximos encaminhamentos.  Mais informações www.bancariose.com.br

PELO TWITTER

www.twitter.com/EvandroGaldino O boicote que a Globo faz ao PAN, mostra o quanto a emissora só esta interessada na grana. E vem para ca com código de ética. #panenarecord

www.twitter.com/ClovisCBMelo Uma dançarina conhecida como "Mulher Maravilha", É o grande trunfo do DEM, ex PFL, para a vereança em Salvador, nas eleições de 2012. Pode?

www.twitter.com/OtavioSales Meu pai foi Professor!!!Minha mãe é Professora!! Eu sou Professor!!A mãe de minha filha é Professora! Será que Sophia vai ser Professora ?

www.twitter.com/PauloSNunes Todo o dia se inicia um novo ciclo, uma nova chance, o ontem já passou. Não se prenda ao passado, viva o presente, construa um bom futuro.

DO LEITOR
 
Por que não vemos policiais militares nas ruas? Desabafo de um PM.
E-mail de um policial militar devidamente identificado: “Sou policial militar, e venho através deste e-mail fazer um breve relato da indignação da maioria dos policiais militares do nosso Estado, e explicar porque não vemos a polícia militar nas ruas.Como leitor deste blog,  venho acompanhando quase que diariamente as reclamações da sociedade sergipana quanto à inércia da PM no atendimento das ocorrências. Sabemos  que o Governo Déda  ficará marcado pelo grande avanço na política salarial da corporação, como todos sabem,  Sergipe paga um dos melhores salários do Brasil. O grande problema que vem causando revolta aos policiais militares que desenvolvem suas atividades no policiamento Ostensivo é a forma como os procedimentos de Crimes Militares são concluídos por parte da Justiça Militar. Caro jornalista, todos os dias são divulgados no Boletim Interno da  Corporação os resultados dos processos de policiais militares julgados pela 6ª Vara , é incrível e absurdo a quantidade de condenações que são apresentadas no Boletim, concordo que os excessos e os desvios de conduta têm que ser punidos no rigor da lei, mas infelizmente a maioria das condenações são enquadradas no Art. 298 do Código penal Militar ( DESACATO E DESOBEDIÊNCIA A SUPERIOR ), mas o pior vem agora, a forma do cumprimento da pena vem sendo na sua maioria acompanhada pelo RECOLHIMENTO IMEDIATO do policial militar ao PRESÍDIO. enquanto isso acompanhamos na mídia quase que diariamente os crimes de trânsito que ceifam vidas, onde seus autores respondem em liberdade, e o policial militar que comete um crime de MENOR POTENCIAL OFENSIVO vai para a cadeia.Não estou defendendo a quebra da disciplina e da hierarquia na Instituição, mas pergunte aos policiais militares se apenas bons salários são suficientes para um bom desempenho de suas atribuições.  Será que a avaliação subjetiva de um superior é necessária para punir um subordinado e levá-lo à prisão ? Que estímulo ao trabalho terá esse policial ao sair do presídio ?  Pois esse mesmo policial que fora recolhido ao presídio atuou em ocorrências,   prendendo meliantes em flagrante e fica surpreso ao ver o infrator da lei solto no outro dia, enquanto ele tem que cumprir sua pena no PRESÍDIO, é revoltante… Acho que apresentei alguns pontos que explicam a falta de estímulo ao serviço por parte dos combatentes da Polícia Militar, muitos dos comprometidos  com o serviço não querem trabalhar mais nas ruas, preferem o serviço administrativo, repito, não defendo a quebra da disciplina, mas é um absurdo a forma rigorosa que a JUSTIÇA MILITAR  vem analisando os casos. É por esses motivos que falta polícia nas ruas, pois a maioria está no serviço administrativo com medo dos procedimentos e a outra parte está no PRESÍDIO MILITAR  cumprindo penas que poderiam ser de outra forma, como por exemplo o pagamento de cestas básicas e, ou prestação de serviços à comunidade. Grato pela atenção, solicito o anonimato do meu-email, pois ainda há resquícios da ditadura em nossa  BRIOSA POLÍCIA MILITAR”

Não valorizamos as coisas boas vindas do nosso Sergipe!!
Do leitor Deivid Silva: “Nesse sábado um fato histórico e marcante no Esporte Brasileiro, no Esporte Olímpico. A Ginástica Brasileira conseguiu uma prata com Artur Zaneti e um bronze com Diego Hypolito no Campeonato Mundial de Ginástica em Tóquio/JAP, ou seja, 2 medalhas mundiais em um mesmo Mundial, fato que assegurou aos dois ginastas vaga nas Olimpíadas de Londres 2012. Mas o que é mais destacável é que a pessoa pública reconhecida internacionalmente e que comanda a Ginástica Brasileira, é sergipana, isso mesmo é sergipana. Elogiada pela Globo, entrevistada ao vivo no Sportv, a sergipana Luciene Resende, Presidente da CBG, se emocionou com as conquistas. Tal feito ganhou destaque em toda imprensa nacional e mundial. A Ginástica Brasileira fez história e a frente dela uma sergipana. Enquanto a Globo, UOL, Folha de São Paulo, Correio Braziliense e outros jornais retratam isso, nada na imprensa sergipana é divulgada. Vamos valorizar o que é nosso. Abaixo as apresentações e a Presidente Luciene Resende vibrando no Ginásio com a bandeira brasileira!! http://sportv.globo.com/site/noticia/2011/10/zanetti-e-prata-nas-argolas-e-faz-historia-no-mundial-de-ginastica.html”

Escravidão dos terceirizados nas sondas de perfuração da Petrobras
Do leitor Luiz Claudio Ferreira Santos: “Gostaria de fazer uma denúncia de escravidão e ato desumano com o trabalhador profissional terceirizado da Petrobrás nas Sondas de Perfuração da própria estatal aqui no nosso estado. Funcionários são tratados como escravos durante 12 horas de trabalho sem intervalo de descanso na hora do almoço, equipamentos da sonda SC-85 (Sonda Convencional) da Petrobrás sem condições seguras para o trabalho. A pressão por parte da Gerência de Perfuração junto com encarregado da Sonda é muito grande, todos trabalham com medo de perder seu emprego caso não executem os serviços inseguros que eles pedem. A gerência da própria contratada acata o que a gerência da perfuração da Petrobrás decidir. Só vendo pessoalmente como é o trabalho desse pessoal todo. É uma forma de trabalho pior que os escravos na base da chibatada no tempo da escravidão. Eu mesmo já passei por isso e aguentei até o fim. Sofri um acidente o ano passado por motivo dos equipamentos precários não dar condições de trabalho. Por pouco não fui a óbito, no mesmo ano passado o mastro da Sonda convencional SC-91 caiu quando o mesmo estava içado, por pouco os plataformista que estavam no local não morreram esmagados. Pena que a petrobrás cobre tudo que ocorre de incidente nas Sondas de Perfuração que é grande os riscos de acidentes. Escrevo esse texto pra as autoridades trabalhistas tomarem uma decisão pra segurança desses trabalhadores. Infelizmente os sindicatos não observam esses casos”.

ENTREVISTA

Henri Clay no Jornal do Dia
Pelos equilíbrio e lucidez do conteúdo, segundo a perspectiva deste jornalista, o blog transcreve, mais à frente, íntegra da entrevista que o advogado Henri Clay Andrade concedeu ao jornalista Gilvan Manoel, publicada no Jornal do Dia de ontem, domingo 16, que ainda está nas bancas:

Henri Clay defende reforma política
Recém-filiado ao Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), o advogado Henri Clay Andrade, disse que a opção pela sigla tem relação com a sua luta em defesa da classe trabalhadora.Nesta entrevista exclusiva ao Jornal do Dia, Henri Clay critica a falta de mudanças estruturantes dentro da atual gestão do PT em Sergipe. O governo Déda é de ampla coalizão e muito parecido com o governo João Alves.

JD – O que faz um profissional tão bem-sucedido em sua vida  como o senhor assumir uma carreira partidária? O senhor quer mesmo ser candidato à Prefeitura de Aracaju?
HC – Eu não assumi uma carreira partidária, apenas estou filiado a um partido político. Sou advogado e me realizo com a minha profissão. Exerço-a com entusiasmo, pois, ao defender exclusivamente a classe trabalhadora, consegui aliar o meu fascínio pela advocacia com as minhas convicções ideológicas. Aprendi com os líderes do movimento sindical a ser um militante político no exercício da advocacia. Não me filiei com o compromisso de ser candidato.

JD – qual a razão de sua opção pelo PSOL, já que o senhor sempre foi visto como integrante de um grupo do PT?
HC – Eu nunca fui integrante a um grupo do PT. Há militantes históricos e muitas pessoas que ainda estão filiadas ao PT com as quais me identifico. Ao me filiar ao PSOL, fiz uma opção programática e não pragmática. Estou filiado para ser um militante ativo na formação e ampliação da Frente Social de Esquerda, formada pelo PSOL, PCB e PSTU. Queremos aglutinar e dialogar com o conjunto da classe trabalhadora e com segmentos da sociedade civil. Vamos escrever e executar um projeto político-social consistente para Aracaju e para Sergipe.

JD – Depois de tantos anos de governo, o senhor acha que o PT não representa mais os setores progressistas?
HC – O PT participa de um governo de ampla coalizão do qual é refém. O pragmatismo do exercício do poder sufocou a vida partidária. O partido não consegue implementar o seu programa. Metaforicamente, vejo, com tristeza, o PT em alto mar amarrado com nó cego e sem forças para desatar.

JD – O PSOL tem uma pequena militância, pouco tempo na TV e assusta muito potenciais financiadores de campanhas. No caso de ser confirmada a sua candidatura a prefeito, como o senhor pensa em vencer essas barreiras?
HC- O PSOL tem uma militância crescente, qualificada e compromissada com ideais socialistas e libertários. A Frente Social de Esquerda vai reunir uma grande e forte militância. Muita gente vai se surpreender. Nosso tempo na TV será o suficiente para apresentar um projeto em que o povo incorpore à sua alma, ostente no seu peito e possa chamar de seu. As campanhas sociais e eleitorais serão sustentadas pelos segmentos e militantes sociais que se identificam com o nosso programa, pelos cidadãos que sonham com mudanças estruturantes e pelo conjunto da classe trabalhadora.

JD – O senhor acha que ainda há tempo para que algum ponto da reforma política, como o financiamento público das campanhas, entre em vigor já nas eleições de 2012?
HC – Não. O tempo previsto pela Constituição Federal já passou. Em se tratando de eleição, a lei será aquela que esteja em vigor a pelo menos um ano antes do pleito.

JD – Qual a razão da reforma política ser tão protelada no Brasil? A quem interessa esse quadro atual?
HC – Falta vontade política da maioria dos Deputados Federais e Senadores. Há conivência e conveniência de muitos políticos para nada mudar. A reforma política pra valer apavora os coronéis da política, os corruptos e os corruptores.

JD – O senhor esteve na linha de frente da mobilização para que o sergipano Carlos Alberto Menezes fosse indicado ministro do STJ. O ato da presidente Dilma em fazer outra opção interferiu na sua opção partidária?
HC – Não há qualquer relação. Sei separar os eventos.  Façamos como os filósofos do futebol. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. A advocacia e a sociedade civil organizada mobilizaram-se, de verdade, em apoio ao nome de Carlos Alberto Menezes para o cargo de Ministro do STJ, pelas suas notórias qualidades: Advogado militante há mais de 30 anos; ex-presidente da OAB/SE; professor da UFS; mestre e doutor em direito e ainda com forte simbolismo de ter sido um militante político preso e torturado pela ditadura militar. Ele foi escolhido com láurea pela OAB e pelo STJ.

JD – Quais os principais partidos e personalidades que o senhor pensa em atrair para o seu palanque caso seja mesmo candidato a prefeito?
HC – Não tenho palanque. O projeto da Frente Social de Esquerda (PCB, PSTU e PSOL) será diferente e inovador. Nós não priorizamos eleições e sim gerações. Um partido político é uma instituição da democracia que deve ter vida diária, deve ser uma luz, uma referência da cidadania. Grande parte dos partidos no Brasil se transformou em meras siglas eleitorais. Estou filiado ao PSOL com o compromisso de ser um militante da Frente Social de Esquerda.

JD – O senhor acha que a aliança liderada pelo governador Marcelo Déda já está esgotada em Aracaju?
HC – Toda aliança política baseada em conveniências eleitorais não tem vida longa. Não há projeto político sustentável. E o povo de Aracaju começa a perceber isso.

JD – Qual a avaliação que o senhor faz do governo Déda? E da administração Edvaldo Nogueira?
HC – O governo Déda é de ampla coalizão e muito parecido com o governo João Alves. E o governo Edvaldo está atrelado ao governo Déda. Não houve reformas sociais e administrativas estruturantes. Muitos fundadores e valorosos militantes do PT e do PCdoB estão alijados do governo. O atual governo não teve a coragem de romper com os vícios e a capacidade administrativa de mudar o vergonhoso cenário que encontrou: servidores públicos desvalorizados, segurança pública em frangalhos, educação precária e saúde na UTI. Como diz o ditado popular: Tudo continua com dantes no quartel de Abrantes.

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia
"Nem Deus afunda esse navio".
Declaração de Joseph Bruce Ismay, proprietário da empresa White Star Line, que construiu o Titanic (Ismay, que morreu em 17 de outubro de 1937, estava a bordo do navio quando ele naufragou, em abril de 1912; por ironia, Ismay salvou-se por ter entrado no ultimo bote salva-vidas a deixar o Titanic).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários