Internet nas nuvens

0

Sempre que fui meio fora lei em aviões. Meu iPod sempre esteve ligado durante os pousos e decolagens. Nunca achei que ele pudesse derrubar o avião com sua interferência. Semana passada a ANAC liberou o uso de celulares em aviões. Ela afirmou que “O processo de certificação encontra-se encerrado e a TAM já está autorizada a utilizar esses serviços nessas aeronaves”. A TAM teve que provar que não existe nenhuma interferência eletromagnética que pudesse vir a comprometer a segurança do voo. A TAM vai colocar o sistema da OnAir (empresa que desenvolveu e administra a aplicação que permite o uso de celulares em voos) em três rotas de seus voos domésticos.

A aplicação permite que até 12 ligações possam ser feitas simultaneamente. É um número razoável, mas com a popularização do sistema talvez esse número seja pequeno. Para mensagens de texto não existem restrições de número. Teoricamente, todos os passageiros podem enviar SMSs simultaneamente. O melhor dessa coisa toda é que os smartphones poderão acessar a internet. Aí sim a brincadeira fica interessante.  

De acordo com o fabricante, o sistema funciona quando o voo atinge a altura de 3000m. Antes disso os celulares não conseguirão o sinal necessário para fazer as ligações ou navegar na internet.

O que ninguém disse é quanto isso vai custar. Como não acredito em Papai Noel, o preço deve ser um pouco salgado. Além disso, o preço da ligação deve ser diferenciado do preço da navegação. As ligações devem custar uma pequena fortuna, já o acesso a internet tenho minhas dúvidas, mas não deve ser tão “popular” assim. De qualquer forma é um grande avanço para quem precisa realmente estar conectado o tempo todo. Quando você está de férias tem mais que deligar tudo que te conecta com o mundo, mas quando você viaja a trabalho, duas horas num avião parecem intermináveis.

E nos pousos de decolagens? Continua na mesma: “a partir deste momento todos os aparelhos eletrônicos, incluindo câmeras de vídeo, laptops e jogos eletrônicos deverão ser desligados”. Tá certo…

 

Foursquare

A pouco mais de um ano atrás criei uma conta no Foursquare, que é uma rede social que tem como apelo a geolocalização. Para quem não conhece o Foursquare tem aqui uma reportagem bem interessante da Revista Epoca. Porém, precisamos de mais gente usando para poder ter um maior e melhor mapeamento da nossa cidade. Recentemente usei o Foursquare em Belo Horizonte e notei que por lá tem muito mais pontos mapeados. Se você tem usa os celulares mais modernos e tem plano de dados habilitado, faça o download do programa e diga pode onde você anda. De quebra me adicione como amigo.

 

Redes Sociais

Nem precisa ficar discutindo aqui a grande utilização das redes sociais. O detalhe é que lá no Facebook (ou Orkut) você diz com quem você anda (teoricamente, já que são seus amigos), no Twitter você diz o que está fazendo e no Foursquare onde você está. É praticamente um namoro com a internet. E tem gente que acha normal.

 

Por falar em redes…

Uso das redes social a nivel mundial

Vi uma figura interessante que mostra a quantidade de usuários em cada serviço. Eu achava que o Facebook era o serviço com maior número de usuários, mas ele perde para o Skype. Surpreendente é o Hotmail ter o dobro de usuários do gmail. Tudo bem que ele nasceu primeiro, mas o gmail não é melhor? Gostaria de saber o motivo da não migração. Será comodidade?

 

CTRL Z do gmail

Muitas vezes você acaba enviando antes da hora um email seja por um descuido ou por pressa mesmo. Pensando nisso, o gmail ativou o recurso Undo Send ou Cancelar envio (para quem tem setado o português como idioma). Com ele é possível configurar um tempo (entre 5 e 30 seg) para que o usuário desista de enviar o email. O recurso está disponível no gmail Labs.

 

Tweets da semana

@ammenendez    Escutei hoje: “Aracaju é uma cidade grande, já tem até atentado! Só falta mesmo um cinema 3D”.  

@gerorge_wos E lá se vão os tucanos descendo a Serra… RT@ChicoBarreira: Atenção! Novo IBOPE dá 20 pontos de vantagem para Dilma http://bit.ly/93IhHe

@srlm    TSE da .IN: urnas eletrônicas de lá, da mesma geração das do .BR são “perfect”. isto é, ERAM; porque? http://bit.ly/a6ncqg

@fragapimentel Qual o som da ordenação de dados? Esse povo da ciência da computação tem o que fazer não 😛 http://www.youtube.com/watch?v=t8g-iYGHpEA

@vcsa “Não quero nem pensar em ir trabalhar amanhã”. Será que não está na hora de mudar de emprego? http://www.mudedeemprego.com.br/

 

O ensino superior

Semana passada rolou uma discussão bem interessante (no Buzz) sobre como anda o ensino no curso superior. Não vou colocar aqui pois foram em torno de 30 posts. Na verdade, comecei reclamando que os alunos estavam cada dia menos interessados em aprender (claro que estou generalizando). Alguns comentários foram do tipo: o professor deve usar uma estratégia diferente para poder prender a atenção do aluno. Concordo em parte, pois sei de muitos professores que seguem metodologias de ensino ultrapassadas. Entretanto, sinto que, em geral, os alunos de hoje estão menos preparados para ter a liberdade que o curso superior oferece. E você, o que acha?

 

Vou ficando por aqui. Não deixe de fazer seu comentário ou mandar um email para andresmenendez@infonet.com.br. Se quiser também pode dar uma tuitada www.twitter.com/ammenendez

Até a próxima semana!

 

Em tempo: não dá para falar de um time que não tem atacantes.

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários