Intolerância religiosa

0

Enquanto igrejas católicas e evangélicas se espalham por Sergipe, centros afrodescendentes estão reduzindo suas atividades, se transferindo para áreas menos povoadas ou fechando as portas por conta da intolerância religiosa. O caso mais recente de perseguição ocorre em Socorro, onde a mãe de santo Silvânia das Virgens tem sido pressionada a fechar o terreiro de candomblé São Bartolomeu. Segundo queixa prestada por ela à Secretaria Estadual de Direitos Humanos, um policial civil e vizinho dela está movendo paus e pedras para silenciar os atabaques e cânticos, num claro desrespeito às diferenças religiosas. A coragem da Ialorixá Silvânia em denunciar as perseguições contra sua casa de culto afro contribuiu para atestar como ainda é forte a intolerância religiosa, apesar de a Constituição Brasileira estabelecer ser este um país laico, que respeita todas as manifestações dos credos religiosos e da fé.

Duro golpe

Vítima de um câncer no intestino, foi sepultado ontem (13), um domingo chuvoso de outono, o professor Luiz Alberto. Fundador do PT em Sergipe, ele era um militante com grande capacidade de articulação, tendo participado dos principais momentos do partido. Este é o segundo duro golpe sofrido pelo PT em apenas quatro meses. O primeiro ocorreu em dezembro passado com a morte prematura do ex-governador Marcelo Déda.

Novela

As atenções estarão voltadas hoje para a Assembleia, onde as comissões temáticas finalmente devem apreciar o projeto autorizando o governo estadual a contrair um empréstimo de R$ 250 milhões. É voz corrente em Sergipe que a matéria ainda não foi a votação por orientação direta dos irmãos Amorim, que não querem ver o estado com essa dinheirama num ano eleitoral.

Caiu fora

Quando retornar da Colômbia, para onde foi com grande comitiva participar de um evento sobre segurança pública, o prefeito João Alves Filho (DEM) terá que nomear uma nova secretária da Saúde para Aracaju. A atual, Leane Carvalho, entregou o cargo na última sexta-feira, horas antes da viagem do demista, que pediu a ela para permanecer à frente da pasta até seu retorno. A saúde pública é o principal problema do governo de Alves Filho.

Homenagem

Um seminário marcado para amanhã no Museu da Gente Sergipana vai homenagear a falecida professora Ofenísia Freire no ano do seu centenário. Organizada pelo mandato da deputada estadual Ana Lucia (PT), a homenagem consta de palestra proferida pela pesquisadora e poeta Ana Medina e lançamento da exposição itinerante sobre a vida política, social e literária da mestra Ofenísia, comprometida com a educação e com a democracia.

Bem na fita

O novo presidente do Banese, Fernando Mota, vai receber um banco muito bem estruturado e com uma ótima carteira de crédito. Veja os números: 460 mil clientes, R$ 3,5 bilhões em ativos totais, R$ 1,6 bilhão em crédito no estado, 62 agências e 10 postos, 267 pontos Banese, 550 caixas eletrônicos e 1,2 mil funcionários. Mota aguarda a aprovação de seu nome pelo Banco Central para marcar a data da posse.

Com problemas

Insegurança, iluminação pública precária, transporte deficiente e falta de hidrantes são alguns dos problemas enfrentados pelas empresas instaladas no Distrito Industrial de Nossa Senhora do Socorro (DIS). De acordo com Domingos Luiz, o “Pingo”, presidente da Associação que congrega as empresas instaladas no DIS, a subestação de energia elétrica que atende ao Distrito já carece ser ampliada. O governo informou que está investindo cerca de R$ 30 milhões em melhorias para o Distrito Industrial.

Muita grana

Para desespero da oposição, o governador Jackson Barreto (PMDB) assina hoje em Lagarto ordens de serviço para obras avaliadas em R$ 110 milhões. São R$ 91 milhões para esgotamento sanitário, outros R$ 15 milhões para a construção de um novo mercado, e mais R$ 3,5 milhões para pavimentação de 28 ruas. Jackson também vai ceder à Prefeitura o prédio de um colégio para ser transformado no Centro da Cultura Sílvio Romero.

Dúvida atroz

Embora entenda que um terceiro candidato ao governo de Sergipe ajuda a qualificar o debate, o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) ainda não sabe se aceita o desafio. Entrevistado pelo colega Walter Lima, o peesebista disse estar analisando com muito carinho sua possível candidatura, até porque o partido terá que montar um palanque em Sergipe para o presidenciável Eduardo Campos. “Isso é imperativo", argumenta.

Vice da Gama

O Flamengo colocou ontem o Vasco da Gama em seu devido lugar: o de vice-campeão. Em pleno domingo de ramos, o Urubu saboreou uma deliciosa bacalhoada para comemorar mais um título de campeão carioca, conquistado em cima do principal rival, com um gol irregular e feito no último minuto da partida. Nem precisa dizer que a urubuzada está sorrindo de orelha a orelha: quaquaraquaquá. Dá-lhe Mengão campeão!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Gazeta Socialista em 24 de junho de 1950

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários