Itabaiana: governança/planejamento sepultaram populismo Luciano Bispo

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.


O cidadão sergipano e, principalmente, o itabaianense, que passou 8 anos fora do Estado e retornou agora não reconhecerá a cidade de Itabaiana e todos os seus povoados. Nos últimos anos, nenhuma outra cidade do interior de Sergipe foi transformada para melhor. E Itabaiana não nada em rios de dinheiro, mas tem uma administração alicerçada na governança com planejamento.

O município é um dos poucos, ou melhor, o único do Estado que tem uma usina de asfalto própria. Não é difícil quando o dinheiro público é tratado com transparência. Esta semana, o prefeito, Valmir de Francisquinho, mesmo após conseguir eleger o sucessor dele com uma margem de 7,5 mil votos à frente do candidato de Luciano Bispo, já assinou novas ordens de serviços para reformar duas avenidas e construir mais duas praças.

Para os mais jovens, Luciano Bispo e Jackson Barreto foram muitos parecidos eleitoralmente: tiveram votações estrondosas para prefeitos, mas foram péssimos gestores. Luciano Bispo deixou a Prefeitura devastada, com dívidas e salários atrasados. E Valmir teve que reconstruir pedra sob pedra. Já Jackson, todos conhecem, saiu como o pior governador da história de Sergipe e, hoje vive, com depressão porque não conseguiu eleger o pupilo vereador. Em 1988, Jackson elegeu o prefeito Paixão, elegeu-se vereador com enorme votação e levou mais sete com ele. Hoje, amarga a dor de não eleger um vereador e não deixar um legado político.

A politicagem através do populismo barato levaram Jackson e Luciano ao poder, mas por incompetência e falta de gestão levarão os dois para o limbo da história política de Sergipe.

Alcançaram o poder através do populismo barato e se afogaram na incompetência administrativa.

 

Morre o ex-governador João Alves Filho FaxAju: O ex-governador João Alves Filho morreu no final da noite de terça-feira (24). Ele estava internado há uma semana no hospital Sírio Libanês, em Brasília, para onde foi levado após sofrer uma parada cardíaca. No hospital, João foi diagnosticado com Covid-19. A família está resolvendo como será o sepultamento. A senadora Maria do Carmo, em entrevista pela manhã da terça-feira (24), disse que João Alves Filho seria cremado e suas cinzas trazidas para Aracaju a fim de evitar o sepultamento imediato em razão do Covid.

Questionamento para o superintendente da SMTT Aracaju Do leitor Marcelo Manoel – Conj. Orlando Dantas: “Quando a SMTT, através do seu superintendente, Sr. Renato Teles, irá providenciar a pintura de faixas de pedestres ao longo das avenidas Heráclito Rolemberg, Adélia Franco e Hermes Fontes, após os serviços de recapeamento do corredor de transportes sul, bem como, religar os semáforos da Avenida Heráclito Rolemberg (atual José Carlos Silva) ao lado da loja Jacaúna Decorações? O retorno de acesso à avenida permanece fechado até o dia de hoje e o semáforo desligado. Igualmente também os semáforos no acesso ao Conjunto Orlando Dantas, bem como, próximo ao Posto de Saúde também permanecem desligados. Muito obrigado pela oportunidade.”

Propriá: terra sem lei para os motoqueiros A população de Propriá não sabe mais a quem recorrer para que a fiscalização no trânsito da cidade aconteça. Os motoqueiros não usam capacetes e não respeitam as leis de trânsito e a omissão da Prefeitura na falta de fiscalização é enorme. Até os motociclistas que dirigem corretamente com capacete e respeitando as leis são prejudicados. Só apelando para o MPE punir o gestor.

Muita bebida alcoólica A eleição no Baixo são Francisco e Sertão ficou mais caro este ano. Segundo algumas lideranças por isso alguns não conseguiram eleger seus sucessores. Sem contar à reeleição que ficou bem mais cara. Se fizerem um levantamento que nas últimas semanas que antecedeu a eleição a venda de bebida alcoólica atingiu níveis nunca vistos…

Grata surpresa E quem recebeu uma festa surpresa ontem, para comemorar os 29 anos, foi o jovem empresário Lúcio Assis, que foi candidato a vereador em Aracaju pela primeira vez e surpreendeu com 1.052 votos ficando à frente de muitos políticos conhecidos. Lúcio tem um trabalho destacado em prol dos animais, através de uma ONG e propostas renovadoras para a área da juventude e do esporte.

DAGV investigará crime de transfobia contra a vereadora Linda Brasil Infonet: A vereadora eleita em Aracaju, Linda Brasil (Psol), esteve na manhã desta terça-feira, 24, no Departamento de Atendimento a Grupo Vulneráveis da Polícia Civil (DAGV) para registrar um Boletim de Ocorrência referente a várias agressões e manifestação de ódio que têm sofrido através das redes sociais desde que foi eleita no dia 15 de novembro. Linda Brasil, que é a primeira mulher trans eleita em Aracaju, elaborou um dossiê com todas as agressões transfóbicas sofridas nos últimos dias. “São áudios no whatsApp, em grupos de conversa e stories no Instagram, deslegitimando minha condição de mulher. São pessoas que dizem que eu sou uma mentira, que sou uma aberração, não sou criação de Deus, é um discurso de ódio misturado com fanatismo religioso”, explica Linda. Toda matéria da Infonet aqui.

Iran Barbosa repudia desrespeito à autonomia da UFS Após o Ministério da Educação (MEC) nomear uma reitora “pro tempore” para a Universidade Federal de Sergipe (UFS), o deputado estadual Iran Barbosa (PT) manifestou-se contrariamente à decisão que se configura numa intervenção na Instituição de Educação Superior. Para Iran, a medida é um cerceamento à autonomia universitária e fragiliza os princípios e pressupostos de Democracia no ambiente universitário.

Reitor eleito Durante a Sessão Mista da Assembleia Legislativa de Sergipe, ontem, 24, o parlamentar pontuou que a UFS já tem reitor eleito, através da Consulta Pública, e que a nomeação da reitora pró-tempore desrespeita a autonomia da comunidade acadêmica e todo o processo eleitoral. O parlamentar somou-se às diversas manifestações contrárias à decisão governamental.“Gostaria de externar a minha preocupação com o aprofundamento do caráter antidemocrático e perseguidor que está em andamento no nosso país, a partir de uma política estabelecida no governo federal. Essa intervenção é resultado dessa política e precisamos reagir contrariamente”, afirmou. “Quero me somar a todas as vozes que, dentro e fora da comunidade acadêmica, têm se manifestado contra essa decisão”, manifestou Iran Barbosa.

Malhador: De virada, Assisinho foi eleito o novo prefeito Já diz o ditado que só existe eleição ganha quando os votos são depositados nas urnas. Para que você leitor entenda o início da matéria, um fato curioso aconteceu no município de Malhador, agreste sergipano. No último pleito de 2016, derrotada por uma pequena margem de votos, exatos 31, a oposição do município, liderada por Jadinho Faro, esposo da ex-prefeita Sarina, saiu fortalecida e praticamente imbatível para o pleito de 2020. Sem um nome que representasse o consenso na situação, a eleição se encaminhava para uma vitória inédita da oposição, uma vez que o grupo liderado pelo líder político Dedé do Inhame, nunca havia perdido nenhum pleito desde os anos 80. Enquanto as pesquisas apontavam uma vitória acachapante da oposição, em abril de 2020, surgiu o nome do jovem Francisco de Assis Araújo Júnior, Assisinho, como gosta de ser chamado, para capitanear o projeto.

Novo modelo Apostando num novo modelo de fazer política em Malhador, Assisinho começou a dialogar com a população faltando pouco tempo para o pleito. Uma vitória que para muitos parecia impossível, começou a ser assimilada pelo povo que passou a rejeitar o nome que liderava a oposição e a aceitar a ideia de conferir o mandato ao jovem que na vida pública tinha em seu currículo uma passagem pela Secretaria de Obras do município. Com o apoio do líder Dedé e da atual prefeita Elayne, Assisinho começou a abrir o diálogo do grupo e a trazer peças que foram fundamentais na construção de uma virada histórica, a exemplo do seu vice, Dr. Everaldo Faro, que havia sido candidato a vice pela oposição em 2016. Retirado da condição de postulante a vice da oposição sem que fosse consultado, Everaldo aceitou o convite de Assisinho para compor a chapa que mais tarde se sagraria vitoriosa.

Renovação No último domingo, com 563 votos de frente, Assisinho foi eleito prefeito de Malhador após ter percorrido casa por casa do município com a promessa de ser a renovação que Malhador esperava. Em seu primeiro vídeo nas redes sociais após a sua vitória, o prefeito eleito demonstrou ter descido do palanque e disse estar “aberto para quem queira contribuir para com o desenvolvimento da cidade”.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Sobre a crítica de um leitor/paciente publicada neste espaço ontem, 24: A direção do Hospital Primavera vem a público informar que diante do cenário de pandemia do novo Coronavírus, segue todas às normas de segurança estabelecidas pelo Ministério da Saúde no que diz respeito à saúde dos pacientes e colaboradores, assim como, na prevenção e enfrentamento da Covid-19, exigindo o uso de máscaras e disponibilizando álcool em todos os setores e no acesso ao hospital. Informamos ainda que periodicamente a Vigilância Sanitária realiza inspeções para averiguar as condições sanitárias para o funcionamento. A Rede Primavera está à disposição para qualquer tipo de esclarecimento e continua com a missão de honrar e proteger a vida das pessoas.

                                                     
Coroa do Meio, Aracaju: moradores da Rua Gervásio de Araújo Souza agradecem a Emurb “Caro Cláudio o asfalto chegou aqui na Rua Gervásio de Araújo Souza nos trechos entre as ruas Jugurta Franco e Bezerra de Menezes. Nós agradecemos a Emurb e você que abraçou nossa causa justa cobrando várias vezes quando a rua estava intransitável por conta das chuvas e cheia de lama. Obrigado.”

                                                 

                                                                        

 

Gente Sergipana – João Gilvan Rocha. Por Antônio Samarone: “Sergipano de Propriá, médico e professor de medicina. Em 1974, de forma surpreendente, elegeu-se Senador pelo MDB de Sergipe, derrotando o poderoso Leandro Maciel. Exerceu o mandato com competência e brilhantismo. Gilvan Rocha foi um dos poucos políticos sergipano com destaque nacional. De nada adiantou, encerrou a passagem pela política com esse único mandato. Em 1982, disputou o Governo do Estado, sendo derrotado.”




EVENTOS ONLINE – É SÓ ENVIAR PARA DIVULGAR NESTE ESPAÇO


“Direitos Humanos em Mosaico: panoramas e reflexões”, hoje 25/11, às 19h É o lançamento da obra “Direitos Humanos em Mosaico: panoramas e reflexões” de forma virtual. O evento será transmitido às 19 horas, através do canal da Eduneb no Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=YUIjY_bBkc4 São organizadores do livro os advogados, Ilzver de Matos Oliveira, Diogo de Calasans Melo Andrade e Delcele Mascarenhas Queiroz. A primeira parte da obra é iniciada com o texto “Evolução dos direitos fundamentais no constitucionalismo tardio brasileiro”. Pedro Meneses Feitosa Neto, Maurício Gentil e Ilzver de Matos analisam o processo evolutivo dos direitos fundamentais no constitucionalismo brasileiro, ou seja, desde a Carta Imperial de 1824 até a Constituição Cidadã de 1988.Entre os temas que foram abordados no livro estão: as facetas jurídicas do trabalho infantil artístico no Brasil; a aprendizagem profissional do jovem em conflito com a lei: reflexos de um sistema jurídico garantista?; desafios à participação social nas políticas de enfrentamento às mudanças climáticas; o direito e arte em conjunção pelo meio ambiente sadio; etc.



PELO E-MAIL nunesclaudio@infonet.com.br E FACEBOOK

Maria representa região Nordeste na Final Nacional do Festival da Canção Aliança Francesa, dia 26/11

Sete candidatos de todo o Brasil disputam a grande final do Festival da Canção Francesa, na quinta-feira, dia 26, às 19 horas. A final será transmitida pelo Facebook, YouTube e Twitch da Aliança Francesa Brasil e das AFs participantes. Os candidatos foram escolhidos em acirradas disputas regionais nas cidades de Aracaju, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo. O alto nível dos candidatos chamou a atenção dos jurados e impressionou as plateias. Os finalistas estarão concorrendo a uma viagem de uma semana em Paris, com bilhetes Air France. O segundo lugar desfrutará de um fim de semana para duas pessoas em uma unidade Club Med no Brasil.

O festival é um concurso musical nacional promovido pela Aliança Francesa, em parceria com a Air France e o Club Med e conta com o apoio da Embaixada da França no Brasil. Criado em Porto Alegre nos anos 2000, o Festival cresceu até se tornar um festival nacional e hoje é referência na promoção da canção em língua francesa no Brasil.

A novidade dessa 13ª edição é a realização do Festival pela primeira vez de forma virtual, através de transmissão ao vivo nas redes sociais. É uma iniciativa inédita da Aliança Francesa que, em razão da atual pandemia de Covid-19 e as recomendações de segurança das autoridades sanitárias e da OMS, decidiu experimentar esse novo formato artístico, em sintonia com as tendências atuais. Mantemos assim o Festival, que já faz parte do calendário das Alianças Francesas no Brasil, garantido a segurança dos candidatos e do nosso público.

A banca de jurados este ano é formada pelo diretor artístico Andre Heller-Lopes; pelo produtor cultural Flavio Scubi; pela cantora Juliette Bossé, do duo belga Rive; pela cantora carioca Letrux; e pelo cantor francês Séverin. O júri vai avaliar a afinação, ritmo, interpretação, postura cênica e pronúncia dos candidatos.

O Festival – Em 2020, a Aliança Francesa completa 135 anos de presença no Brasil. Para além do ensino de idioma, a Aliança Francesa oferece um rico leque de atividades culturais. A língua francesa está, naturalmente, no centro de sua programação, e é a língua francesa que desejamos celebrar por meio do Festival da Canção Aliança Francesa. Confira o regulamento do Festival da Canção Aliança Francesa 2020, disponível no site: www.festivaldacancaoaf.com.br
Transmissão ao vivo via: Facebook (@aliancafrancesabrasil) / Youtube (@aliancafrancesabrasil) / Twitch (@aliancafrancesabrasil)

Mais informações: www.festivaldacancaoaf.com.br

OPINIÃO

A história de um vencedor Por Fábio Henrique, radialista, policial Rodoviário Federal e deputado Federal


Amigo Cláudio Nunes, ontem, na sua coluna, foi publicado um texto de opinião sobre mim e sem a assinatura do autor. Porém, apenas por coincidência do destino, é o mesmo texto publicado por um secretário do prefeito de Nossa Senhora do Socorro nos grupos de whatsapp, desde a semana passada, e que foi apenas redistribuído por outros quatro cargos em comissão, sem que houvesse repercussão ou até debate pelo fato nos próprios grupos.

Essa “Opinião” faz parte de um projeto de interesse do prefeito de tentar apagar a minha história no nosso município. Mas, me considero um homem vencedor, filho de um vendedor do mercado e de uma professora de escola pública, que galgou importantes espaços na política, fruto de muito trabalho. A eleição de 2020 foi a única que eu perdi, mas tenho orgulho de ter feito uma campanha completamente limpa.

As “promessas mirabolantes” expostas nessa “Opinião sem assinatura”, são realidades em Nossa Senhora do Socorro, que estão no dia-a-dia dos queridos socorrenses, e que somente a oposição não enxerga. São fatos concretos, como: pavimentação e recapeamento de mais de 800 ruas; as ciclovias; as praças da Juventude, a praça da Cultura e outras dezenas de praças; a realização de concursos públicos, construções de escolas e unidades de saúde; implantação da Guarda Municipal; criação do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos – PCCV; entre outras obras e ações que estão em Socorro para que o amigo Cláudio Nunes possa ir conferir. Ninguém conseguirá apagar a minha história!

Eu sempre respeitei a opinião das pessoas, mas essa esta publicada em sua coluna está recheada de mentiras! Eu fui muito bem recebido em todas as localidades do município, andei por todas. Ao contrário do que foi dito, quem foi mal recebido foi o prefeito, que recebeu banho de água no Marcos Freire II, que tomou ovada no Mutirão, que foi impedido de passar por uma rua no Marcos Freire I, entre outros fatos ocorridos na campanha dele.

Outro fator que me tranquiliza é que nos institutos sérios, que faziam avaliação de forma séria, nós lideramos às pesquisas até oito dias antes da eleição. Fizemos uma campanha linda, e agradeço demais aos meus aliados, não fui abandonado por ninguém. Mas o que ocorreu? Inclusive foi publicado na imprensa e aqui na sua coluna, nesse mesmo espaço, foi a compra de voto, a corrupção eleitoral; fatos amplamente comprovados. Querem esconder que a eleição de Nossa Senhora do Socorro foi tomada na ‘tora’! Mas eu acredito piamente na Justiça Eleitoral de Sergipe.

O escritor dessa “opinião”, que não quer aparecer e não sei o porquê se esconde, disse que cumpro uma ‘pena’ no mandato de deputado federal. Mas que pena? Esse é um mandato desejado por quase todos os políticos de Sergipe e que agradeço muito. Honro o mandato que foi me dado pelos sergipanos, com grande expressão dos socorrenses, não tenho um voto contra o trabalhador, não tenho um voto contra Sergipe, as minhas posições são favoráveis ao meu Estado. Eu debato com qualquer pessoa o meu mandato, tenho orgulho dele porque exerço em favor do meu Estado.

Voltando para a eleição 2020, respeito a vontade do povo! Da mesma forma que essas urnas confirmaram que mais de 67% dos socorrenses disseram que não aceitam Padre Inaldo como prefeito, porém ele ficou com uma pequena maioria dos votos. O resultado foi um empate técnico entre os três primeiros colocados, mesmo com a utilização absurda da máquina, com a compra de votos e que está sob a análise da Justiça.

E para concluir, solicito que o prefeito desmonte os palanques e busque unir forças em favor do nosso povo. O que temos de fazer é esquecer a política e trabalhar por Nossa Senhora do Socorro. Precisamos que o prefeito desburocratize as ações para não perder os R$ 10 milhões em pavimentação, fruto de uma emenda do deputado Fábio Henrique, que é a maior da história de Socorro; além dos R$ 2 milhões para a Saúde. Prefeito, está na hora de virar o disco e do senhor ir trabalhar pelo povo de Nossa Senhora do Socorro.



PELO TWITTER

www.twitter.com/SergioLuiz_SE

(01) Peguei a senha as 12:00 horas, me informaram que de deveria marcar a consulta no primeiro andar as 13:00 horas. Aguardei até agora. Me informaram que é no térreo. Volto para o térreo. Minha senha já foi chamada. A quem serve o sistema que não serve ao usuário? …

(02) Ainda na UBS José Calumby. Me devolveram para o 1° andar com uma nova senha. Nuca vi um serviço tão ruim. Ninguém sabe nada, e quem diz que sabe dá orientação errada. Tenho medo do médico que irá consultar. A quem serve um serviço que não serve ao usuário? ….

(03) São 14 horas e 16 minutos. Marquei a consulta faz um mês, tive atendimento por enfermeiro que disse não tratar do assunto e encaminhou para médico. Peguei senhas às 12 horas e até agora nada. A quem serve um sistema que não serve ao usuário?

(04) São 14:34 como pode ser visto no monitor. Muitas pessoas já desistiram. Não usava o SUS a muito tempo. Tá pior do eu imaginava. A quem serve um sistema que não serve seus usuários?


(05) Todo mundo batendo cabeça na UBS José Calumby. Nada anda. A quem serve um sistema de saúde que não serve ao usuário?

(06) Cheguei na UBS às 9 horas, sai agora. Resumo: marquei consulta 30 dias atrás, para hoje um enfermeiro dizer que devo marcar consulta para um pediatra. Tentei marcar. O sistema disse que tá em análise. A quem serve um serviço que não serve?

www.twitter.com/profanselmo Quando um político nega o racismo já é grave, mas quando um juiz nega a existência do racismo é o fim dos tempos.

www.twitter.com/frednavarro “Perdoe sempre seu inimigo. Não há nada que o enfureça mais.” Oscar Wilde, “O retrato de Dorian Gray”



Siga Blog Cláudio Nunes:                   

Instragram

 Facebook

 Twitter



Frase do Dia
“Quanto mais esperto o homem se julga, mais precisa de proteção divina para defender-se de si mesmo.” Sêneca.

https://www.vaticannews.va/pt/vaticano/news/2020-11/cardeal-ravasi-webinar-racismo-lumsa-mulheres.html

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários