JB constrangido

0

Era visível o constrangimento do governador Jackson Barreto (PMDB) ao falar pela primeira vez sobre a escandalosa liberação pela Polícia de Ítalo Bruno Araújo, flagrado em um carro cheio de armas e suspeito de praticar assalto em Aracaju. O mancebo em questão vem a ser enteado do secretário da Segurança Pública, João Eloy. Nestes seis dias posteriores ao episódio, o que se viu foi a cúpula da SSP blindando o chefe e tentando justificar a atitude do delegado Augusto César Mendes, que não enxergou motivos para lavrar o devido flagrante. Parte da imprensa já não fala mais no assunto e, estranhamente, a barulhenta oposição ao governo fez voto de silencio. Jackson prometeu receber o secretário hoje e disse esperar que tudo seja devidamente apurado. Difícil é o cidadão comum acreditar que a Polícia terá liberdade para investigar as acusações de tentativa de assalto e porte ilegal de armas que pesam contra Ítalo, e a suspeita de prevaricação do delegado, com João Eloy dando as ordens na Segurança Pública. Aqui pra nós, caminha-se para ficar tudo como dantes no quartel de Abrantes.

Língua ferina

Chega a ser um absurdo o deputado estadual Augusto Bezerra (DEM) afirmar que tem conselheiro do Tribunal de Contas pressionando prefeitos a votarem num parente candidato a cargo eletivo. Ninguém vai acreditar numa calúnia dessa, pois o TCE jamais foi usado politicamente pelos senhores conselheiros. Aliás, todos eles detestam política partidária e chegam mesmo a desencorajar os filhos que querem se candidatar. Pelo visto, Augusto está querendo jogar os conselheiros contra o povo. Faça isso não, deputado!

Na terrinha

A presidente Dilma Rousseff (PT) estará entre nós na próxima terça-feira. Vem prestigiar em Aracaju a formatura dos alunos do Pronatec, programa de formação técnica que é a menina dos olhos da presidente. Naturalmente que dona Dilma vai aproveitar a passagem pelo estado para sondar como anda sua popularidade entre os sergipanos, já que é pré-candidata à reeleição.

Mudança

E o jornalista e publicitário Carlos Cauê deixa hoje a Secretaria de Comunicação do Governo para se dedicar ao planejamento da campanha eleitoral do governador Jackson Barreto (PMDB). Será substituído interinamente pelo adjunto Sales Neto. Boa sorte aos dois!

Prepare o bolso

O governador Jackson Barreto espera anunciar na próxima segunda-feira o reajuste linear para a maioria dos servidores e a implantação do Plano de Cargos Carreiras e Vencimentos para a chamada ‘raia miúda’. Antes, ele se reúne com o secretário da Fazenda, Jeferson Passos, visando saber se há folga no caixa para fazer as duas coisas. Caso não haja, a galera terá que se contentar apenas com a merreca do reajuste linear.

Mais empregos

O programa de incentivos do governo de Sergipe atraiu mais oito novas empresas para o estado, sendo sete novas indústrias e uma distribuidora de bebidas. Serão cerca de R$ 26,3 milhões de investimentos, que irão gerar 331 novos empregos. Os novos empreendimentos serão instalados em Estância, Laranjeiras e Socorro, e produzirão móveis, massa de concreto e argamassa, estrutura pré-moldada, conduítes, confecções e quentinhas. Legal!

Exército

O Exército fará a segurança da Seleção da Grécia, que usará o Batistão como base de treinamento. A medida foi anunciada ontem pelo governo federal e vai alcançar as sedes da Copa do Mundo e todas as áreas de treinamento. Nesta sexta-feira, o secretário da Infraestrutura, Valor Barbosa, já coloca o Batistão à disposição dos gregos. A delegação da Grécia deve chegar em Aracaju na semana que vem.

Não muda

A Justiça eleitoral decidiu ontem que a Lei que mudou a ordem de votação na urna eletrônica não pode ser aplicada nas eleições deste ano. A lei em questão alterou a ordem de votação para que os deputados federais constem como o primeiro voto. Como não haverá mudança, segue valendo a ordem verificada nas eleições gerais de 2010, quando o primeiro voto foi para deputado estadual.

Não adoeça

Um popular dizia ontem que o vereador aracajuano Agamenon Sobral (PP) não pode nem pensar em adoecer: “Se ele cair doente é bom não passar nem por perto de um consultório médico. O melhor é procurar um bom pai de santo”, dizia o eleitor de Sobral. Depois de fiscalizar a frequência dos professores nas escolas públicas, Agamenon agora acompanha o expediente dos médicos e enfermeiros nos postos de saúde. Nem precisa dizer que as três categorias estão tiriricas com ele.

Recorte de jornal

Publicado no Diário de Sergipe em 31 de janeiro de 1945

Resumo dos Jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais