João e Amorim: bem-me-quer, malmequer

0

Enquanto os partidos que apoiam os governos Déda e Edvaldo Nogueira tentam uma união quase impossível em torno de apenas uma candidatura, alguns líderes da oposição tentam uma união que se feita será como um casamento forçado, feito por interesses eleitorais comuns e tendo como testemunha, não os filiados, mas um cartório com várias assinaturas.

Boa parte das lideranças do grupo dos irmãos Amorim defende uma candidatura própria, com o nome de Zeca da Silva. Outros ainda sonham em apoiar a candidatura de Valadares Filho. Mas quando se comenta em apoiar João Alves em troca do vice e do apoio para 2014, quase todos são favoráveis ao acordo.

Só que nos últimos dias, por conta dos números nas pesquisas eleitorais, o ex-governador João Alves Filho vem fazendo, como se diz lá no interior, “pescoço duro” para a união com Amorim. Alguns dos seus aliados entendem que ele pode vencer a eleição em Aracaju sem o apoio do grupo Amorim  e com isso será o fiel da balança para 2014. Do contrário, firmando um acordo, ficará apenas com uma opção para 2014 e de mãos atadas.

Por este motivo o empresário e presidente estadual do PTB, Edvan Amorim fez questão de declarar a imprensa que Almeida “foi um dos melhores prefeitos que Aracaju já teve”. Foi um bom prefeito em outro período e em outras circunstâncias. Hoje a realidade é outra e só para lembrar: dos que estavam com Almeida Lima naquele período não restou ninguém. Ou seja, todos estavam errados e Almeida o único certo.

Na verdade o próprio Edvan sabe que a candidatura de Almeida Lima e o nível de rejeição que ele tem não vai para lugar nenhum. Como o blog já publicou Edvan deseja mesmo é compor com um candidato a prefeito. E está certo já que seu objetivo é o governo estadual em 2014.

Até as convenções no final de junho a brincadeira do bem-me-quer, malmequer, entre os grupos de João Alves e Amorim vai continuar. Até porque é importante que os dois grupos continuem na mídia. Do lado de João ele precisa contornar a rejeição da senadora Maria do Carmo e do deputado federal Mendonça Prado aos irmãos Amorim. A rejeição extrapola a questão política.

Por isso até lá muitas pétalas de flores serão tiradas na brincadeira do bem- me-quer, malmequer.

Resta saber para quem sobrarão os espinhos. É como escreveu o poeta inglês Lord Byron: Os espinhos que colhi, são da árvore que plantei

Mendonça reafirma que não subirá no palanque com os Amorim
“Não subirei em nenhum palanque que registrar a presença desses ilustres senhores. Nem em 2012, nem em 2014, nem nunca”, disse o deputado Mendonça Prado se referindo aos irmãos Amorim ao ser entrevistado no Faxaju Online. Ou seja, como o blog vem dizendo a briga vai além das questões políticas.

Juiz deve ser humilde, diz Carlos Britto
Ao assumir a presidência do STF (Supremo Tribunal Federal), o ministro Carlos Ayres Britto afirmou ontem que os magistrados brasileiros não podem ser prepotentes e que o Judiciário "tem que se impor o respeito". "Quem tem o rei na barriga um dia morre de parto, permito-me a coloquialidade do fraseado, e os juízes não estão imunizados quanto a essa providencial regra de vida em sociedade", disse ele. "O Poder que evita o desgoverno, o desmando e o descontrole eventual dos outros dois não pode, ele mesmo, se desgovernar, se descontrolar", completou Ayres Britto. (FSP)

Talentos sergipanos
A posse do sergipano Carlos Ayres Britto à frente da presidência do Supremo Tribunal Federal (STF), ontem, foi prestigiada por diversas autoridades sergipanas. “Hoje é um dia de festa para o Estado de Sergipe porque vê na figura de Carlos Ayres Britto o resgate da nossa tradição de estado culto e de estado produtor de talentos que tenham ajudado a forjar a Nação brasileira”.

Excelente mandato
Entre as autoridades de Sergipe presentes a presidente da Assembleia Legislativa deputada Angélica Guimarães (PSC), que fez questão de parabenizar Carlos Britto pelo nova função que vai coroar sua trajetória no STF. "Tenho certeza de que Carlos Britto fará um excelente mandato no STF. O povo de Sergipe está orgulhoso desse brilhante jurista,, falou a presidente.

Dilma em SE para dois eventos
Segunda-feira, a presidenta Dilma Rousseff praticamente passa o dia em Sergipe. Pela manhã, ela participa da solenidade de assinatura entre a Vale e a Petrobras para a execução do Projeto Carnalita, na sede da vale, em Rosário do Catete.  Estratégico para Sergipe, o projeto consiste na extração da carnalita para produção de potássio, indispensável na composição de fertilizantes. Com a assinatura do contrato entre a Vale (produtora) e a Petrobras (dona da jazida que será arrendada para a exploração da carnalita), os investimentos podem chegar a US$ 4 bilhões.

Empenho de Déda
O governador Marcelo Déda não mediu esforços ao longo dos últimos cinco anos e meio para que a Vale e a Petrobras chegassem a um acordo entendendo a importância da exploração do minério para a economia do Estado e para impulsionar a cadeia produtiva de fertilizantes do país. Ele sempre trabalhou junto ao Governo Federal para pôr fim ao imbróglio entre as duas empresas, sempre conduzindo reuniões entre ambas as empresas.

Discutir Seca com governadores do NE
Ainda em Sergipe, a presidenta participará de uma reunião com os governadores do Nordeste para discutir a Seca na região. De acordo com o governador Marcelo Déda, a própria Dilma decidiu que o encontro será em Aracaju, na segunda-feira à tarde

Concurso Público de Graccho Cardoso. Atenção MP!
O blog vem recebendo diversas reclamações de pessoas que passaram no concurso realizado pela Prefeitura de Graccho Cardoso no ano passado – através da empresa Amiga pública – que foi homologado em fevereiro deste ano, mas a prefeita Maria Crizabete insiste em não chamar os concursados. Vale lembrar que o concurso só foi realizado por conta do MP para sanar irregularidades administrativas.

Direito precisa ser garantido
Os aprovados em diversos cargos estão agora buscando a promotoria para garantir o direito deles de serem chamados. Os concursados entendem que a Prefeitura tem recursos suficientes para contratá-los, mas por motivos políticos é preferível manter comissionados ou terceirizados exercendo funções expressas no edital do concurso.

Decisão do STJ
Já existe uma decisão do  Superior Tribunal de Justiça deixa claro que todo e qualquer aprovado em concurso público dentro do número de vagas previstas no edital tem o direito líquido e certo à nomeação, e a administração pública não pode frustrar essa expectativa  por motivos não aceitáveis. “Principalmente, quando nos dedicamos ao máximo para galgar uma das vagas”, disse um dos aprovados que até o momento não conseguiu falar com o promotor da Comarca de Aquidabã, responsável por Graccho, porque o mesmo está de férias.

Conferência do PT de São Cristóvão
O Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores de São Cristóvão realizará no próximo domingo, 22 de abril, a partir das 8 h no Salão Paroquial Nossa Senhora do Loreto no Conj. Brig. Eduardo Gomes a Conferência Municipal do PT, com o tema "O que move o PT?  Você!!!", que definirá a tática eleitoral de 2012. Teremos a presença do Deputado Federal Rogério Carvalho e lideranças estaduais, além da apresentação de um vídeo sobre a atuação do PT de São Cristóvão e muito mais!

Sergipe Parque Tecnológico, não está parado, diz secretário
O secretário de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão,  Oliveira Júnior (Acumulando interinamente a SEDETEC) rebateu as notas publicadas neste espaço ontem de que o Parque Tecnológico de Sergipe está parado. “Ao contrário do que informa a sua coluna de hoje, em Sergipe não há nenhuma estagnação: muito pelo contrário. As obras estão em andamento, e já estamos fechando novos acordos para a utilização das áreas em projetos com a colaboração da Universidade Federal de Sergipe”, disse, para depois fazer um convite para acompanhar o andamento da obra.

Cadeias produtivas distintas
Oliveira Junior disse também que a matéria citada pelo blog, dando como exemplo a Bahia, já foi objeto de análise entre as equipes do Sergipe Tec e SEDETEC, “Justamente para aproveitarmos como referência para o planejamento das nossas ações, mas vale lembrar que os modelos e as cadeias produtivas priorizadas em cada um dos parques são bastante distintos”.

Jony esclarece
O vereador Jony Marcos,PRB, esclareceu ontem que seu discurso na tribuna na Câmara não foi uma ação de agressão verbal contra o radialista George Magalhães, mas apenas externou que não teve o tempo que gostaria no programa para responder os ouvintes, já que boa parte foi ocupada por eles. “Sou amigo dele e inclusive sinto por sua saída do rádio, espero que volte o mais rápido possível”, disse. Jony disse que na próxima quarta-feira estará apresentando um substitutivo a lei dos ciclomotores que deve contemplar todos os vereadores para que seja votado o mais rápido possível.

“Pediu um negócio”
Na mesma sessão o presidente da Câmara, vereador Emanuel Nascimento, ao criticar o radialista George Magalhães fez uma declaração que merece uma explicação maior. Disse que George tornou-se seu inimigo porque ele lhe procurou e pediu um negócio que ele (Emanuel) não pode atender. É preciso um esclarecimento porque a duvida ficou no ar.

Rogério e Márcio Macedo inscrevem o nome do Cacique Serigy no Livro
dos Heróis da Pátria.Os deputados federais Rogério Carvalho e Marcio Macedo( PT) apresentaram no dia do índio, 19 de abril, um projeto que inscreve o nome do Cacique Serigy no livro dos Heróis da Pátria. O intuito da publicação  é homenagear todos aqueles que se destacaram em prol da pátria brasileira, sejam naturais do país ou não.

História oficial
"O objetivo deste Projeto é inserir na nossa história oficial a figura do indígena que se destacou pela resistência à conquista portuguesa. O cacique Serigy é considerado o guardião da soberania, da autoestima, da liderança e da luta. Não obstante, trata-se de um simbolismo importante nesta semana em que se comemora o dia do índio, 19 de abril, para fortalecer a luta", comentou Rogério.

Audiência pública com presidente da Embratur
A Comissão de Turismo e Desporto (CTD) aprovou hoje requerimento de autoria do deputado Valadares Filho (PSB), no qual convida o presente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Flávio Dino, para participar de audiência pública, com data ainda a ser marcada, na CTD.

Debate
Segundo Valadares Filho, o objetivo da audiência é promover o debate sobre os planos e programas da Embratur para o ano de 2012. O deputado elogiou a gestão do atual presidente Flávio Dino; mas destacou a importância de os membros da Comissão de Turismo e Desporto conhecerem de forma mais detalhada as ações e planos da Embratur para o desenvolvimento do turismo no Brasil. Também serão convidados para participar da audiência pública representantes do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Formatur).

Terá a Fundação Aperipê técnicos precoces?
Na quinta-feira, 19,  às 9h15 da manhã transitava pela Avenida Beira Mar o Fiat  placa NVG-08-07 da Fundação Aperipê, além do motorista, uma mulher na frente e no banco traseiro duas crianças. Como o carro da Aperipê tem a inscrição Eng. Técnica, fica a pergunta: Terá a Fundação técnicos precoces? Ou o veículo estava sendo usado para fins particulares? Com a palavra o superintendente, Luciano Correa.

Parque transformado
Nesta sexta-feira, Aracaju recebe mais um cartão postal, o novo Parque dos Cajueiros. Mais uma obra realizada com sucesso, pelo Governo do Estado através da Secretaria da Infraestrutura e sua vinculada Cehop. Aos olhos dos aracajuanos que acompanharam o surgimento do parque, percebe-se a grande transformação que foi realizada. Lá, o visitante irá encontrar uma ampla área de lazer com quadras poliesportivas, parque infantil, restaurantes e uma academia de ginástica ao ar livre para pessoas da melhor idade.

Sucesso
Além da população, quem comemora também é o secretário Valmor Barbosa por concluir com sucesso mais uma obra à frente da pasta da Infraestrutura. O Governo do Estado junto com a Prefeitura, realizarão as reinaugurações do Parque dos Cajueiros e do Calçadão da  Avenida Beira Mar a partir das 17h e às 18h30.

Homenagem no Senado a Luiz Antonio Barreto
"Trata-se de uma figura pública que inspirou a todos nós, políticos sergipanos, que pautamos nossa atuação na busca da valorização da cultura popular, do folclore e da educação".  A exaltação foi feita a Luiz Antonio Barreto, em pronunciamento na tribuna do Senado Federal, pelo senador da República Antonio Carlos Valadares (PSB), ao registrar o falecimento do jornalista e historiador, ocorrido na última terça-feira (17/04).

Sergipanidade
Para Valadares, Luiz Antonio Barreto foi sinônimo de orgulho ao povo sergipano. "Jornalista, historiador, diretor do Instituto Tobias Barreto  e ex-secretário de Estado da Educação e da Cultura do Estado de Sergipe, desbravou enormes obstáculos para fazer valer seu amor incondicional pela cultura popular, pelo folclore e pela memória da gente sergipana, prefigurados em Tobias Barreto e Sílvio Romero".

Prazo para entrega de Declaração do Simples termina nesta sexta
Termina nesta sexta-feira o prazo para a entrega da Declaração Anual do Simples Nacional (DASN), referente às atividades de 2011.  Devem apresentar o documento as micro e pequenas empresas optantes do Simples Nacional, inclusive as que permaneceram inativas durante o ano passado.O preenchimento e a transmissão da declaração devem ser feitos pelo Portal do Simples Nacional (www.receita.fazenda.gov.br). O empresário que entregar a DASN fora do prazo pagará uma multa mínima de R$ 200, podendo chegar a até 20% dos tributos declarados.

Aquicultores têm situação regularizada
Empenhado em regularizar a vida de centenas de aquicultores, o Governo do Estado de Sergipe, através da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema), promoveu a elaboração de uma resolução que garante a legitimidade do cultivo da Tilápia no Estado. A iniciativa, aprovada pelo Conselho Estadual do Meio Ambiente (Cema) em 12 de março deste ano, visa a inclusão do trabalhador à atividade aquícola, além de permitir uma série de vantagens para os pequenos produtores que sobrevivem da prática.

Prática ilegal
O cultivo da Tilápia em tanques de rede e escavado era uma prática ilegal, ausente da certificação ambiental por décadas. O cenário para o Estado ficou ainda mais sensível pela ótica da legitimidade ao exercício da atividade em decorrência da Resolução 413/2009, a qual estabelece, entre outras considerações, que a tilápia, entre outros animais aquáticos, é uma Espécie Exótica, ou seja, introduzida em águas brasileiras, daí o porquê da proibição do cultivo.

Causas
Segundo o secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEmarh), Genival Nunes, a aprovação da regularização de lei pelo Conselho Estadual do Meio Ambiente de Sergipe, a qual dispõe normas e critérios para o licenciamento ambiental da aquicultura no âmbito das águas de domínio do Estado de Sergipe, se dá pelo fato de o Estado vir a atender duas importantes causas.O secretário destacou ainda algumas extras vantagens do licenciamento ambiental para os pequenos produtores. “Além de acesso ao crédito, a Adema beneficiará o ramo os enquadrando na emissão da Licença Simplificada (LS)”, disse.

Feijoada no Quality
O Quality Hotel Aracaju inovou e a já tradicional feijoada de sexta-feira em seu Restaurante Kaju ganhou novas e deliciosas opções. Agora, além dessa iguaria tipicamente brasileira, há outras opções marcantes da região nordeste com pratos que variam a cada semana. Entre os sabores, itens como galinha caipira com pirão, rabada com agrião, lombo bovino recheado,  galinha ao molho pardo, lombo de porco braseado e carne do sol. O melhor de tudo é que o preço continua o mesmo: R$ 30,80 por pessoa. O Quality Hotel Aracaju – um investimento Celi Empreendimentos Hoteleiros administrado pela Atlantica Hotels – fica ao lado do Shopping Riomar.

Lançamento do Repletto
A Stanza – marca do segmento econômico da Celi – acaba de lançar oficialmente o Repletto Condomínio Clube, empreendimento no Luzia com opções de 2 ou 3 quartos, todos com suíte e varanda, com a qualidade e pontualidade Celi. Contando com uma inovadora campanha, onde as crianças estrelam apontadas como ‘os maiores especialista em diversão do mundo’, as peças desenvolvidas pelo Marketing Celi em parceria com a Teaser Propaganda enaltecem a completa área de lazer do Repletto. Confira matéria no site Stanza: http://migre.me/8JvXc

CBDD realiza 'Abril Dança' 2012 no Studium Danças
Na próxima semana, o Conselho Brasileiro de Dança (CBDD/CID/UNESCO) promoverá mais uma edição do "Abril Dança", em comemoração ao Dia Internacional da Dança, celebrado em 29 de abril. Mostras de vídeo, apresentações de trabalhos teóricos sobre dança, aulas públicas e debates acontecerão em todas as turmas do Studium Danças durante toda a semana. No dia 28, o evento será encerrado com a já tradicional Mostra de Dança, que se iniciará às 17h, com a palestra do osteopata Aníbal de Araújo Morais. O evento é gratuito e aberto à participação de toda a comunidade da Dança. Bailarinos, coreógrafos e grupos que desejarem se apresentar podem inscrever-se através do telefone 3214-3209.

PELO TWITTER

www.twitter.com/WilliamFonseca  Sinto a brevidade da vida. Acordo todos os dias agradecendo por mais um dia. E ainda tem gente que acorda amargurado. Problemas todos temos.

www.twitter.com/CarlosMariz  No Brasil, há mais corrupto por metro quadrado do que grão de areia na praia.

www.twitter.com/Gilbertotv  Muita gente pergunta qual a minha religião. Confesso que não tenho nenhuma ainda, mas confesso também que adoro Deus e não vivo sem ele.

www.twitter.com/Ricamconsult Nunca discuta com um idiota. Ele lhe fará descer ao seu nível e ganhará por ter mais experiência.

www.twitter.com/clovis_silveira Aposto um sorvete, como essa CPI é do cachoeira é mais uma e como sempre à alegria de tantos que vive de esperança é comer pizza!

www.twitter.com/marciorocha1 Gostaria de questionar a @_unit_ onde enfiam os rios de dinheiro ganhos com as mensalidades que não compram cadeiras novas para os alunos?

 
ARTIGOS

Caso Gautama mostra que corrupto é figura menor – Carlos Drummond*

Uma das peculiaridades do caso da Construtora Gautama, especialíssimo por mais de um motivo, é revelar que o personagem tido como central em casos do tipo, a saber, o corrupto, é um mero figurante. Para uma quantidade considerável de cidadãos, agora ficou claro que é impossível comparar o poder de fogo do corruptor, a empresa, com o do corrupto, seja ele o político ou o funcionário público.

A diferença é muito concreta e diretamente proporcional à distância entre o tamanho do capital do empresário e o tamanho do salário do funcionário ou dos proventos do político, por melhor que seja a remuneração destes. A estrutura mantida pela construtora e revelada pela Polícia Federal mostra dezenas de funcionários e políticos de vários escalões, incluindo titulares de ministérios e de governos estaduais, supostamente nutridos por propinas que, comparadas às verbas obtidas a partir dos subornos, são verdadeiramente minúsculas.

Mas se o corrupto é figurante, por que é tratado sempre como personagem central das histórias de corrupção pela maior parte da mídia e da sociedade? A questão remete a mais de uma explicação. Empresas e bancos são com freqüência poupados pela mídia. Além de pagarem os anúncios que mantém jornais, revistas, emissoras de televisão e de rádio e portais da internet, os empresários e os banqueiros contratam assessorias de imprensa que atulham os veículos de comunicação de matérias e informações do seu interesse. Lançam mão também de mecanismos de envolvimento como convites para viagens e almoços e presentes. Nenhum profissional sério e tarimbado cai nesse engôdo, mas sempre há quem engula o anzol.

Uma outra explicação para a alta cotação das empresas e dos bancos nos meios de comunicação é a glorificação do consumo, do mercado e do lucro na sociedade contemporânea. Esse efeito é maximizado pela sua contraparte, a demonização e o desmonte do estado ao som da banda da iniciativa privada em geral. Operação em que as privatizações desempenham um papel especialmente importante, jogando no colo do capital investimentos feitos com dinheiro público já amortizados e mercados constituídos por valores que, sob certos critérios, serão sempre inferiores ao que deveriam ser. Quando a privatização é uma venda para empresa estrangeira, a perda e o enfraquecimento do estado são duplos: o país sofre uma perda perpétua de receita e um aumento permanente de despesa ao se comprometer a remeter lucros para o exterior.

Por todos os motivos apontados, devassar a vida de uma empresa ou de um banco é muito mais difícil do que a de um político ou funcionário. Ou seja, é muito mais fácil pegar políticos e funcionários públicos do que empresas e bancos. Pessoas jurídicas contam com as muralhas dos seus escritórios e dos paraísos fiscais e exércitos de advogados, contadores e assessores de todos os tipos, que lhes ensinam como pagar o mínimo de impostos e os ajudam a driblar fiscais, auditores e jornalistas. Pessoas físicas como funcionários e politicos, por mais poder que tenham, não rivalizam com bancos e empresas. A não ser nos casos em que, pelas proporções dos seus negócios paralelos, tornaram-se empresários de algum tipo. A esta altura, no entanto, eles já estão do outro lado.

*Carlos Drummond é jornalista. Coordena o Curso de Jornalismo da Facamp e é doutor em Economia pela Unicamp. Artigo publicado no portal Terra: terramagazine.terra.com.br/interna/0,,OI1647774-EI6609,00-Caso+Gautama+mostra+que+corrupto+e+figura+menor.html  

Colégio Graccho: 60 anos de história na educação sergipana prof. José Costa

Em 21 de abril de 2012, o Colégio Graccho completará 60 anos de serviços prestados à sociedade sergipana, especialmente as crianças e jovens, através da excelência na educação e valorização do conhecimento.

Com a administração competente de “Seu” José, a pedagogia do amor de Tia Lalia na direção, a inovação de Neto na vice-direção e a colaboração de seus irmãos nas coordenações pedagógicas, o Colégio Graccho se tornou em uma das melhores escolas de Sergipe, oferecendo o que há de melhor na educação.

Tenho orgulho de fazer parte desta história por 22 anos, de 1988 a 2009, contribuindo com o seu engrandecimento através das aulas de educação física e basquete para os alunos do 2º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio.

Nos 22 anos que trabalhei no colégio, o vi crescendo e se modernizando para oferecer as melhores condições de estudos para os seus alunos.

Quando ingressei no colégio, as aulas de esportes eram realizadas no ginásio esportivo José Silva de Souza na Rua Frei Paulo e as aulas curriculares no Grêmio Escolar Graccho Cardoso, como era chamado na época, na Rua Zaqueu Brandão. Em 1992, com a construção do novo prédio no mesmo terreno do ginásio, os alunos do ensino fundamental e médio foram transferidos para lá e os da educação infantil continuaram no prédio antigo até 1998, quando o espaço foi vendido e transformado no Colégio Estadual Djenal Queiroz. Em 1999, com a aquisição de uma nova área vizinha ao colégio, a educação infantil foi transferida. Ao mesmo tempo, o Graccho construiu o parque aquático e o parque infantil.

O esporte sempre foi destaque no Graccho, por diversas vezes sagrou-se campeão de basquete, voleibol, pólo aquático, natação, Karatê, Judô, futsal, handebol em todas as competições que participou. O Graccho também disputou competições regionais da Rede de ensino Anglo e Pitágoras nos estados da Bahia, Minas Gerais e Alagoas, levando o nome do esporte sergipano além fronteiras.

O Graccho, ao longo dos anos, vem realizando diversos eventos envolvendo seus alunos, tais como: Joguinhos Olímpicos, Gincana, Fecac, Feira Junina, Formaturas, Espetáculo, Páscoa e Vestibulinho transformando o estudar em prazer. O sucesso dos eventos é conseguido com a participação e envolvimento de todos os que fazem a família Graccho: alunos, professores, coordenadores, funcionários e direção.

Colégio Graccho, 60 anos de história, tradição, pioneirismo e inovação.

Atalaia Agora está guardada    escritor Antônio Saracura
(publicado no JornaldaCidade.Net/afjsaracura@ig.com.br)

Tenho andando sozinho todas as manhãs de sol, pelas areias desertas da praia da Atalaia, no trecho que vai da foz do Sergipe ao rumo do antigo Tropeiro. Confesso que assustado sempre.  Cachorros cabeçudos brincam soltos em volta dos donos imbecilizados, e outros de presas afiadas retesam cordinhas simbólicas. Andarilhos, desocupados, trêmulos crakeiros, refugos dos circos montados para embromar a juventude vã, senhores de idades, senhoras circunspectas, casais de gays trocando carícias, e outros casais também.

Quem vai saber o que um solitário andarilho falando sozinho pode encontrar pelo caminho? Sem querer impressionar ninguém e nem polemizar o assunto, toda vez que saio de casa, rezo, pedindo a meu Deus perdão  dos meus pecados. Quem sabe não  seja a minha última viagem por essa terra sem lei, onde se pode tudo?

Mas hoje eu desfrutei uma imensa satisfação. Pelo menos por um minuto, sentir-me um cidadão prestígiado, um homem garantido.

No meu jeito rude, vou  explicar por quê?

Minhas antenas eternamente ligadas vasculham o deserto imenso de areia branca. Estou descendo a restinga, vindo dos Grandes Lagos de João Alves, que não canso hoje  de o louvar por isso.

Dois pontos pretos pintam no horizonte ainda indefinido.

Continuo seguindo meu destino inexorável de todo dia de manhã, em busca de minhas rimas voláteis e de uma flexibilidade perdida de vez, pelo  que parece!.

Os dois pontos crescem mais do que o fariam pelas minhas passadas trôpegas. Um ao lado do outro, alinhados, mas sem a rigidez da matemática que nunca pude captar a alma inteira? .

Meu Deus!

Seriam dois urutus portenhos tentando recompensar as Malvinas perdidas? Ou uma patrulha de batedores americanos perpetrando um novo Panamá? Quem sabe apenas um casal motorizado desfrutando a brisa doce-salgada dessa Aracaju fagueira?

Já  os vejo, agora, mais claramente.

São dois estranhos monstros verdes que vem e vem, já chegando a  mim. Dois militares de colete e armados cavalgam os quadriciclos esportivos (não  os tanques de guerra que pensei que fossem).

Corto-lhes a frente, pois estão a poucos passos, e eles estacam ao meu lado. Eu          pergunto:

– De que planeta vocês desceram, meus amigos? O que fazem aqui em nossa  terra?

E a resposta simpática, educada, decente, encheu os meus ouvidos de satisfação e meu coração de paz:

– Somos a patrulha de praia. Da Polícia Militar de Sergipe. Há quinze dias que rondamos as areias. A Atalaia agora está guardada. Pode seguir tranquilo o seu destino!

Metas e Dinheiro Robson Carvalho de Menezes*

Será que nossas metas estão relacionadas a quantidade de dinheiro que temos?

Muitos de nós vivemos somente a reclamar, ou simplesmente vivemos a nos habituar a reclamar da situação financeira em que estamos ou nos encontramos no momento. “E normal vermos pessoas que falam, “João ganha mais do que eu”, Maria foi promovida”, olhe o carrão que José comprou ““… Porque eu não tenho um carro assim, porque eu não tenho um salário grande como ele ou ela, e outras coisas mais que escutamos quase que sempre.
Vejamos: Você já ouviu alguém dizer que a falta de dinheiro é um enorme problema? Na verdade, ela nunca é um problema, e sim um sintoma do que está acontecendo embaixo da terra.
Vivemos num mundo de causa e efeito, onde tudo é resultado: o dinheiro é resultado, a riqueza é resultado, pobreza é resultado, o seu peso é resultado.
A fata de dinheiro é o efeito. Mas onde está a causa? Ela se resume ao seguinte: a única maneira de mudar o seu mundo "exterior" é modificar o seu mundo "interior".
No título de hoje, coloquei Metas e Dinheiro. Então onde entra as metas? Vamos começar:
E o que é uma Meta?
Características básicas de uma META:
•Quantificável •Temporal •Desafiante •Realizável •Significado
Levanto aqui, uma pesquisa com vocês.
Quem aqui tem suas principais metas definidas?
Respondam a si mesmos e pense! Agora trago dados de pesquisa que fiz em sites nos Estados Unidos.
Pesquisa:   Resultado nos USA
A – 3% – Metas definidas e por escrito
B- 13% – Metas não escritas
C-  84% – Não tinham metas definidas
Salários:
Salário de B = 2 X Salário de C
Salário de A = 10 X Salário total de B + C
Se você só se sente feliz quando está fazendo alguma coisa que o move na direção de alguma coisa que quer.
As grandes perguntas passam então, a ser:
è Quais são as suas metas? è Que objetivos você tem em mente? è No fim das contas, aonde pretende ir?
"Lembre a si mesmo que você está onde está por causa do que fez ou deixou de fazer. Você é o arquiteto do seu próprio destino."
•O sucesso é uma questão de metas, e tudo mais é teoria.
•Sua capacidade de estabelecer metas é a chave-mestra do sucesso.
Quaisquer que sejam os seus resultados – abundantes ou escassos bons ou maus, positivos ou negativos-, lembre-se sempre de que o seu mundo exterior é apenas um reflexo do seu mundo interior. Se as coisas não vão bem à sua vida exterior, é porque não estão indo bem na sua vida interior. É simples assim.
Lembre-se que seu mundo interior criar seu mundo exterior.
Boa Leitura e sucesso.
*Professor Especialista.
http://www.administradores.com.br/home/robsongestor
Facebook: robsonmenezes_gestor@hotmail.com

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun    
 
Frases do Dia

A esperança não murcha, ela não cansa, também como ela não sucumbe a crença. Vão-se sonhos nas asas da descrença, voltam sonhos nas asas da esperança.Augusto dos Anjos, poeta brasileiro, nasceu em 20 de Abril de 1884 (m. 1914).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários