João não errará como Déda

0

Passada a eleição municipal de Aracaju e a derrota do grupo político que encontra-se à frente da Prefeitura de Aracaju há mais de 20 anos, parece que as principais lideranças da situação procuram encontrar juntas um denominador comum para aglutinar os partidos aliados no novo contexto político da cidade.

Dos 24 vereadores eleitos de Aracaju, o bloco da situação elegeu 11: Três do PT, Iran Barbosa, Emanuel Nascimento e Dr. Emerson; Dois do PMDB, Robson Viana e Dr. Gonzaga; Dois do PSB, Lucas Aribé e Max Prejuizo; e um do PCdoB, Lucimara; outro do PRB, Pastor Jony; mais um do PSD, Ivaldo José e o vereador do PTdoB, Valdir Santos. Todos estes partidos estão na base aliada do governo Marcelo Déda.

Mais recentemente o vereador Robson Viana (PMDB), defendeu publicamente a parceria entre o governador em exercício Jackson Barreto (PMDB) com o futuro prefeito João Alves (DEM). Robson chegou a lembrar da parceria dos dois em 1986, quando João era governador e Jackson prefeito.

A imprensa conseguiu poucas informações sobre a conversa de Déda e Jackson no último final de semana, mas muita gente aposta que o governador deu carta verde para que JB comece uma reforma administrativa e também deixe claro quem é quem no atual bloco.

Déda e Jackson tem estilos diferentes na prática política. Enquanto Déda exagera no excesso de ações republicanas, Jackson gosta de trabalhar sem meios termos: ou é ou não é aliado. E ponto final. Ou seja, definindo quem são os fiéis aliados do governo para 2014.

Sinal Verde – Voltando ao discurso do vereador Robson Viana, está claro que foi um indicativo que o sinal verde está aberto para o prefeito eleito João Alves. Porém, o sinal não foi dado pelo vereador como alguns interpretaram, mas sim pelo próprio Jackson Barreto. E o próprio Jackson deixou claro que vai abrir as portas de Brasília para o prefeito João Alves.

O atual governador em exercício sabe que João Alves terá no final de dezembro que tomar uma posição política que definirá se o seu acordo com os irmãos Amorim é para 2014 ou não. A eleição do futuro presidente da Câmara é desejada tanto por João como pelos irmãos Amorim.

Jackson Barreto sabe que se conseguir manter unido os 11 futuros vereadores poderá tirar proveito de qualquer defecção no grupo que elegeu João Alves. Precisa apenas apagar algumas chamas acesas por alguns dos eleitos em seu grupo.

João não é Déda – E Jackson Barreto sabe também que o futuro prefeito João Alves Filho quer eleger um presidente do grupo, mas que seja alinhado com ele e não apenas aos irmãos Amorim. Em 1982, quando foi eleito governador pela primeira vez, João Alves começou seu governo em 1983, com uma bancada na AL, em sua maioria esmagadora, alinhada ao projeto do então ex-governador, empresário e deputado federal Augusto Franco. Não demorou muito, para que em 1984, João Alves tivesse a maioria tranquila e quando rompeu com Augusto Franco não teve dificuldades em continuar com o apoio significativo na Assembleia.

  E o atual processo de embate para aprovação de  uma autorização de empréstimo do governo pela Assembleia está reforçando a necessidade de João Alves eleger um presidente que seja fiel a ele. Ou seja, João não é Déda, que com o espirito republicano exarcebado teve uma maioria na AL, mas que na verdade não era liderada por ele. Não soube construir sua própria maioria. E o atual momento mostra que o erro foi fatal.

Jackson está tentando, nos bastidores, preparar o tabuleiro de xadrez para a disputa de 2014. A eleição do futuro presidente da Câmara de Aracaju é a primeira jogada que vai mostrar se João e os irmãos Amorim estão realmente afinados.

Com o aval de Marcelo Déda, Jackson Barreto quer saber com quem contará para sua disputa em 2014.

Por isso, ninguém duvide que 2013 desponte não só com a mudança do grupo político na Prefeitura de Aracaju, mas com uma nova composição política que pode deixar no mesmo palanque lideranças que há poucas semanas estavam em palanques opostos.

Política é como nuvem. Você olha e ela esta de um jeito. Olha de novo e ela já mudou. A frase de Magalhães Pinto, ex-governador mineiro que morreu em 1996 continua mais atual do que nunca.

Laranjeiras: Paulinho denuncia acordos de R$ 10 milhões
O deputado estadual Paulinho das Varzinhas (PTdoB) fez uma revelação bombastica ontem, 22, ao discursar na AL. Paulinho denunciou acordos que elegeram o candidato Juca Bala de cerca de R$ 10 milhões. E disse que o empresário do Jornal da Cidade, Marcos Franco, emprestou R$ 2 milhões para receber R$ 4 milhões. “Respondo pelos meus atos e pode me processar”, avisou.

MPF e PF precisam apurar
Ele desafiou os acusados a ingressarem na justiça para que ele possa nominar todos os fornecedores e os acordos firmados. “Pelo que sejam quebrados os sigilos telefonicos e tudo mais”, disse, afirmando que aceitou o resultado das urnas, respeitando a decisão do povo, mas não calado com as acusações de abuso do poder economico contra o seu grupo político quando na verdade os abusos foram do grupo vencedor. É preciso que o Ministério Público Eleitoral e a Polícia Federal chamem o parlamentar para que repasse todas as informações que ele diz ter, inclusive mensagens via celular. Segundo o deputado, ainda na tribuna, a PF está investigando uma das denúncias.

Dois pesos e duas medidas
Ontem, 22, três leitores alertam – por conta do artigo “Dois pesos e duas medidas”, que a expressão correta é “Um peso e duas medidas”. O blog esclarece que no caso do artigo de ontem a expressão foi modificada propositadamente porque refletiu uma crítica sobre dois pesos (prefeituras e governo) e duas medidas (uma favoravel e outra contra) na ação de um parlamentar.  Ou seja, são dois assuntos distintos, que versam sobre finanças e duas atitudes também distintas.

Sukita não pode seguir exemplo da AL
Enquanto as lideranças da situação, inclusive o senador Valadares (PSB) apela para o bom senso no sentido que os deputados aprovem o pedido de empréstimo solicitado pelo governo do Estado, o prefeito de Capela, Sukita (PSB),que não conseguiu eleger sua candidata resolveu radicalizar. Em reunião com alguns vereadores exigiu que eles só aprovem os projetos depois de sua avaliação. Sukita não pode prejudicar o povo em nome de projetos pessoais. Espera-se também que os vereadores nao caiam nesta armadilha.

Parcerias
E em vários municípios lideranças já estão montando suas parcerias para 2014. No PMDB, por exemplo o deputado estadual Zezinho Guimarães pode fechar apoio do seu grupo em Itabaianinha para apoiar Jorge Alberto, que deseja retornar a Câmara dos Deputados. Em troca Jorge poderá levar seu grupo em Laranjeiras a apoiar Zezinho.

CPI da Comunicação I
A instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito pela Assembléia Legislativa, atendendo a sugestão formulada por lideranças políticas que fazem oposição ao governo estadual poderá constituir-se em excepcional oportunidade para apurar as ligações entre parlamentares e outras autoridades com as emissoras de rádio e televisão, que, como se sabe, são concessões para exploração de serviços públicos.

CPI da Comunicação II
Segundo o artigo 43, da Constituição do Estado de Sergipe, “o deputado não poderá, desde a expedição do diploma, firmar ou manter contrato com pessoa jurídica de direito público, autarquia, empresa pública, sociedade de economia mista ou empresa concessionária de serviço público,, salvo quando o contrato obedecer a cláusulas uniformes.”  O artigo 43 também fixa outras proibições a partir da posse dos citados parlamentares.

CPI da Comunicação III
Assim, ao invés de ater-se à questão de pagamentos sem critério feitos pelo governo estadual, seria muito importante que a CPI investigasse, de igual forma, as relações entre representantes do povo e os veículos de comunicação social, lembrando que apenas inserem-se nesse particular as emissoras de rádio e de televisão. A mídia impressa, vale frisar, não é concessão de serviço público. Desta forma, jornais e revistas não se enquadram na situação. Quanto à Internet, salvo melhor juízo, não há, por enquanto, uma legislação que se refira, claramente, aos sites, blogs e redes sociais.

Conexão Aperipê em novo horário
E ontem o blog destacou os bons resultados do jornalismo da TV Aperipê e esqueceu de destacar que o telejornal Conexão Aperipê desde ontem deixou de ser exibido às sete e meia da manhã e passou para o horário do meio dia e meia. O telejornal Conexão é ancorado pelo jornalistga Euler Ferreira cuja competência profissional é reconhecida por todos.

PL isenta anuidade da OAB I
O deputado federal André Moura (PSC), foi designado pela Comissão de Finanças e Tributação (CFT), da Câmara dos Deputados, para ser o relator do Projeto de Lei 3837 de 2012 que isenta estagiários e advogados recém-formados de contribuições para a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O projeto altera o Estatuto da Advocacia (Lei 8.906/94).

PL isenta anuidade da OAB II
No caso dos estagiários, o autor do PL, deputado Dr. Grilo (PSL/MG) considera a cobrança descabida. “Grande parte dos estudantes tem de se valer de programas como o Fies para conseguir arcar com os custos da graduação, o que demonstra a dificuldade que eles enfrentam para pagar as mensalidades”, afirmou.

Café da manhã I
Como ocorre mensalmente, realizou-se ontem, 22, mais um Café da Manhã dos Aposentados e Pensionistas do Banco do Brasil, no auditório do BB. Nesta edição de outubro, o patrocínio foi da AAFBB, a mais antiga entidade dentre as constituídas por aposentados em todo o país. A AAFBB completa, em 24 de outubro, 61 anos de existência. Por essa razão, o Café da Manhã serviu para comemorar a referida efeméride. Na oportunidade, um grupo de assistidos pela APABB, associação criada por funcionários do Banco do Brasil, fez uma aplaudida apresentação artística, com números de dança que despertaram emoções no público presente ao acontecimento. Lealdo Andrade Santos, aposentado do BB, é o delegado estadual da APABB. Ele esteve presente, acompanhado de seus companheiros de diretoria. A APABB presta assistência a filhos de funcionários do BB e também a portadores de necessidades especiais de toda a comunidade.

Café da manhã II
A participação do grupo da APABB enriqueceu o Café da Manhã de outubro. Além de Wallas Alves de Moraes e Francisco Jurandir, da AAFBB, também estiveram presentes Almir Souza Vieira (ANABB), José Souza Santos, Antonio Menezes, Arnaldo Cardoso e George Ferreira (AFABB), Milton Oliveira (Sindicato dos Bancários), Sandra (GEPES), Francisca Alzira (CASSI) e Ubiratan Pinho, Henrique Dias Filho e Clóvis Prado dos Santos, todos do Conselho Deliberativo da AABB Aracaju. Durante o Café da Manhã foi confirmada a realização da Semana do Aposentado, no período de 6 a 10 de novembro.

Tio Maneco apresenta: Vanguart I
Consagrada como a 'Melhor Banda do Ano' no VMB 2012, a Vanguart fecha a programação de aniversário do Tio Maneco com chave de ouro. A apresentação integra a turnê de lançamento do disco ”Boa parte de mim vai embora” (2012) e conta com o show de abertura dos paranaenses da Sugar Kane. A banda vem do lançamento de seu segundo disco de estúdio, 'Boa Parte de Mim Vai Embora', divulgado em 2011, e ganhou projeção nacional com o clipe de 'Mi Vida Eres Tu', canção de trabalho de seu disco mais recente.

Tio Maneco apresenta: Vanguart II
Fredy Franco, sócio do Tio Maneco, lembra que o boteco mais descolado da cidade programou um mês inteiro de grandes atrações para retribuir o carinho recebido pelos sobrinhos. “Completamos dois anos de serviços e resolvemos dividir nossa alegria com os frequentadores do Tio Maneco. Nesse curto período, fomos acolhidos por um público exigente, que não tinha muita opção na cidade. Chegou a hora de agradecer a preferência”. A festa de aniversário do Tio Maneco está prevista para o próximo dia 09, na Casa Cultiva (Rodovia José Sarney, 170) e conta ainda com apresentação de Arthur Mattos e Coutto Orchestra de cabeça.

2º Encontro de Umbandistas de Sergipe
O Centro de Umbanda Caboclo Tupy promove, por meio de seu sacerdote, Fábio Maurício, o 2º Encontro de Umbandistas de Sergipe. A atividade acontecerá no dia 10 de novembro, a partir das 8h, no Centro Educacional Prof. José Sebastião Santos (CEPJSS), localizado na Av. Augusto Franco, 2.685, bairro Ponto Novo, em frente ao Hiper Sales Construção. Mais informações: (79) 9984-7083 / 8114-5505 / caboclotupy@yahoo.com.br

Jornalistas e radialistas fazem ato hoje,23
A falta de avanço nas negociações da campanha salarial 2012/2013 fez com que os comunicadores sergipanos realizem um ato público a partir das 7h desta terça-feira, dia 23, em frente a sede do Jornal do Dia, na avenida Ivo do Prado 276, que tem como proprietário Elenilton Pereira, vice-presidente do sindicato patronal. A decisão foi tomada na assembleia conjunta ocorrida na noite da última quarta-feira (17) na sede do Sindicato dos Radialistas.

Faturamento
“Convocamos todos os comunicadores do estado de Sergipe para um ato de protesto pelo não avanço nas negociações da convenção 2012/2013. Os patrões não aceitam negociar pontos fundamentais para nós trabalhadores”, disse Fernando Cabral presidente do Sindicato dos Radialistas. As empresas de comunicação em nosso estado nunca faturaram tanto, o mercado da comunicação vem crescendo ano após ano muito acima do PIB nacional (de janeiro e junho deste ano, cresceu 11,02% em relação ao mesmo período de 2011, apesar do baixo desempenho da economia), mesmo assim os patrões se negam a pagar um salário digno aos seus colaboradores, que vivem com salários achatados.

Retrocesso
“E na última audiência, ocorrida em setembro, ainda quiseram retroceder no quesito reajuste, não aceitam o piso administrativo e dizem não a publicação da escala de folga dos jornalistas em 30 dias. Não há boa vontade em valorizar os trabalhadores da comunicação. Só dizem não para nossas pautas”, aponta a presidente do Sindijor, Caroline Santos.

Contraproposta sem apresentação
Os comunicadores lembram também que e frustrante perceber como o sindicato patronal não apresenta contraproposta para as cláusulas sociais. Este ano foi apresentada proposta para valorizar àqueles profissionais que buscam a academia para aprimorar os seus conhecimentos. Foi proposto percentuais de gratificação que estimulem os trabalhadores, afinal os jornalistas são trabalhadores do intelecto, precisam sempre aprofundar seus conhecimentos e ter acesso aos bens culturais, mas a proposta também foi negada.

Flagrantes esportivos
CICLISMO – Lance Armstrong tem todos os seus títulos cassados por uso e tráfico de doping. /// Ciclista foi vencedor de 7 voltas da França. /// Críticas às arbitragens colocam CBF em maus lençóis. /// Fluminense e Atlético Mineiro lideram a tabela da série A-1. /// Muitos pedem Diego Cavalieri na seleção brasileira. /// Ronaldinho Gaúcho também é citado para voltar à seleção. /// Sampaio Correia do Maranhão campeão da série D. /// Em passado recente, Sergipe ganhava do Piauí e do Maranhão, no ranking da CBF. Hoje, nosso futebol está atrás dos lanterninhas da região. /// Com as rendas da série A-2, seria melhor que os jogos fossem disputados com portões abertos. /// Confiança tenta a contratação de Valdson. Um meia que vem da Paraíba poderá reforçar o Dragão do Bairro Industrial. /// Ribeiro Neto vai comandar as divisões de base do Sergipe.

Curtas
Acidente com ônibus mata 11 pessoas no Rio de Janeiro. /// STF encerra julgamento: Dirceu e mais 9 são condenados por formação de quadrilha. /// OBAMA X ROMNEY – empatados nas pesquisas de intenção de votos. /// Fabricantes de TV multados em 5 milhões por propaganda enganosa. /// Após ataques de MALAFAIA, HADDAD ganha apoio de líderes evangélicos. /// Genoíno, Delúbio e Valério também foram condenados pelo STF. /// Após fraude, TSE faz pente-fino nas contas de 17 partidos. /// Divisão social é flagrante na eleição em Salvador. /// Empate técnico é hipótese no colégio eleitoral nos Estados Unidos. /// Julgamento do mensalão não deve resultar em anulação de leis. /// STF vai agora julgar o mensalão do PSDB (MG) e o o do DEM (DF). /// Ministro Joaquim Barbosa poderá vir a Sergipe no próximo dia 5 de novembro. /// Encontro nacional vai reunir presidentes dos tribunais estaduais e ministros de tribunais superiores em Aracaju.

PELO TWITTER

www.twitter.com/emanuelcacho  Bom senso: Apoiar Déda e Jackson Barreto para a Assembleia aprovar o empréstimo ao Estado!!!

www.twitter.com/Emidio_Costa  Só Estados sadios tem direito ao PROINVESTE. Dívidas antigas são repactuadas.Investimentos em Infraestrutura. SE ostenta todas as condições!

www.twitter.com/RodrigoPaixaoSE  Além da ALESE o governo terá dificuldades no processo de adoção dos órfãos da Prefeitura de Aracaju, será q ainda tem espaço e Dinheiro?

www.twitter.com/CelMagno  Aviso a todos do 25 em Aracaju , os "camaleões" estão na área a caça de cargos. Tratem de por armadilhas ou contratar o controle biológico.

www.twitter.com/geovannesdi  A pergunta que não quer calar, vc é feliz no que esta fazendo?

www.twitter.com/Evertonos Hoje passei o dia refletindo sobre a vida, a minha participação, a minha responsabilidade, e de que forma torna-lá melhor: Atitude.

www.twitter.com/laysmillena  "Bênçãos são derramadas a cada instante. Há sempre um novo milagre para acontecer…". Bom dia!

www.twitter.com/sergioalves1  Um ser humano é fruto dos caminhos que percorreu e suas conquistas e sonhos são frutos do que se plantou.

www.twitter.com/ayresgga  O pessoal dos direitos humanos deveriam ficar na frente dos bandidos na hora da troca de tiros!Que tal?

DO LEITOR

Kite Surf em Aracaju e o constante perigo
Do Luiz Carlos Barretto   (barretto@infonet.com.br): “O livro Crônica de uma morte anunciada, de García Márquez, conta  o último dia de vida de Santiago Nasar.  No romance, quase todos os habitantes do lugarejo onde vive Santiago, ficam sabendo do homicídio premeditado algumas horas antes (daí o título), mas não fazem nada de concreto para proteger a vítima ou impedir os algozes.Aqui em Aracaju, não precisamos ter uma morte anunciada. Nos finais de semana, é fácil ver os praticantes do kite surf fazendo suas manobras entre os banhistas, principalmente nas proximidades do bar Parati.
O kite surf é dotado de uma prancha, cabos de aço com 25 m de extensão e uma vela (ou pipa). Com nossos ventos, o praticante desenvolve altas velocidades.Ao invés de se afastar das pessoas e praticar  o esporte em águas mais profundas, como determina das normas da Marinha,  o kite surfista costuma ficar em águas bem rasas, passando muito próximo de banhistas e crianças que brincam na parte mais rasa do mar.Um acidente pode trazer conseqüências fatais, a exemplo do que aconteceu em Bertioga/SP há menos de um ano, quando uma criança faleceu ao ser atropelada por um jet ski quando se encontrava brincando na areia da praia.Os praticantes do kite surf deveriam ter mais senso de responsabilidade, evitando passar entre as pessoas, mas isto não acontece.A Marinha do Brasil deve e precisa ser alertada para que seja efetuada uma fiscalização na área, coibindo tal prática.Vamos evitar um acidente, que, conforme já dissemos, pode ter conseqüências fatais”

A verdade
Do leitor Messias Gonçalves (mameangon@bol.com.br): “Rivanda Farias de Oliveira, e não Batalha como ela inscreveu na justiça eleitoral no último dia seis de outubro, um dia antes da eleição para a escolha de prefeito, vice-prefeito e vereadores na cidade de São Cristóvão. E Armando batalha, tentando mais uma vez burlar a justiça, a colocou primeiro como candidata a vereadora, para ver se a justiça liberaria, como acabou acontecendo.
Embora não pudesse ocorrer, mas acabou acontecendo. Talvez a preocupação maior por parte do MP e da própria justiça eleitoral, fosse com as candidaturas ao cargo de prefeito.  Depois ela vem a renunciar ao cargo de vereadora, para aguardar o momento apropriado para substituir Armando Batalha.
Com mais de trinta condenações, Armando Batalha passou a ser o maior ficha suja de Sergipe. Mesmo assim, tentou até o final da tarde de sábado, dia seis, véspera da eleição, obter decisão favorável a sua candidatura, pelo TSE em Brasília. E manteve um ritmo acelerado de campanha até a tarde desse mesmo dia, inclusive com uma carreata no grande Rosa Elze.
Em momento algum da campanha ele teve ao menos a dignidade de dizer aos seus corregionários, que poderia haver a substituição.  Segundo boatos, existia entre a alta cúpula da sua coligação, cogitação de quem deveria assumir. Entre as opções, a sua mãe, dona Madalena de Góis, o seu filho pelo nome, a sua companheira Rivanda e um seu cunhado.
Foi pelo lado errado. Escolheu outra ficha suja. Rivanda Farias fora demitida do serviço público. Nos meses de outubro, novembro e dezembro de 2008, além da maior parte do mês de janeiro de 2009, quando só então se colocou à disposição para o serviço, a recorrente não se desincumbiu do seu ônus de comprovar se obteve qualquer tipo de licença ou outra situação que justificasse sua ausência ao trabalho. Isso é o que está escrito no voto da Desembargadora Marilza Maynard Salgado de Carvalho, relatora do recurso em segunda instância. (Processo nº 2011209839)
Vejam que somente essa situação já lhe coloca enquadrada na lei da ficha limpa. Por ter sido demitida durante os últimos oito anos e ter sido condenada também em segunda instância. Portanto só nos resta esperar da justiça de São Cristóvão, indeferir essa candidatura, recontar os votos de legenda e declarar o segundo colocado, o professor Wanderlê, já que ninguém atingiu mais de 50% (cinquenta por cento) dos votos, situação em que se exige uma nova eleição.
Diante de todos esses atos, não restaram para as coligações concorrentes, buscar a justiça, solicitando a impugnação da referida candidatura, como auxiliando nas informações que por ventura tenham sido deixadas de lado, quando do pedido de registro ao cargo de vereadora”.

ARTIGO

Proinveste: um apelo ao bom senso, para o bem de todos os sergipanos     por Márcio Macêdo*

O mundo está diante de uma crise econômica que tem afetado especialmente os países da Europa e os Estados Unidos. No rastro dos efeitos da crise, economistas têm alertado para a desaceleração da economia mundial e, no caso brasileiro, da perda de competitividade do País. Contudo, o ministro Guido Mantega, em audiência pública realizada no Senado, foi categórico em afirmar que temos quase o dobro das reservas internacionais que tínhamos em 2008 (US$ 370 bilhões em 2012), uma situação fiscal ainda mais sólida e instrumentos disponíveis para a implementação de políticas de estímulo à economia e de aceleração do crescimento.

Um dos instrumentos de estímulo à economia do Governo Federal é o Programa de Apoio ao Investimento dos Estados e Distrito Federal (Proinveste). Através dele, Sergipe tem a oportunidade de manter-se em crescimento, gerando renda e milhares de empregos, através de uma série de investimentos que irão dinamizar a economia e minimizar os efeitos da crise financeira mundial.

Além disso, o Proinveste é a chance do Estado renegociar dívidas, sem comprometer a sua capacidade de endividamento. São R$ 727 milhões que irão beneficiar não um Governo ou grupo político, mas sim os mais de 2 milhões de sergipanos. Neste sentido, é imperativo ao Parlamento Estadual levar em consideração a importância da aprovação do empréstimo, que viabilizará a concretização de obras fundamentais ao desenvolvimento do Estado e a efetivação de ações sociais, tão vitais ao povo sergipano.

O apelo que se faz aos 24 deputados estaduais é pela oportunidade de Sergipe assegurar a manutenção do Brasil em condição confortável em relação à crise. Um impensado não ao projeto repercutirá negativamente na economia local e também no contexto nacional, no qual o Estado está inserido. Pois não foi à toa – ou por qualquer tipo de favorecimento à sigla partidária – que Sergipe está no grupo dos 17 Estados a receber recursos do Governo Federal.

O nosso Estado tem solidez fiscal em suas contas públicas, o que o credencia a adquirir um empréstimo de até R$ 1,435 bilhão. Ainda assim, o Governo do Estado busca com a autorização da Assembleia Legislativa utilizar metade desta capacidade – R$ 727 milhões. É importante lembrar que, dentre os Estados que poderão receber os recursos do Proinveste, até agora somente Sergipe não aprovou a devida lei.

Todos os demais estados brasileiros que necessitam e têm direito ao empréstimo, já aprovaram as leis em suas respectivas Assembleias Legislativas. É o caso do Acre, com direito a R$ 452,5 milhões; Bahia, R$ 1,48 bilhão; Goiás, R$ 627 milhões; Mato Grosso, R$ 1.09 bilhão; Minas Gerais, R$ 1,32 bilhão; Paraíba, R$ 689 milhões; Piauí, R$ 624 milhões; Rio de Janeiro, R$ 940,9 milhões; Rio Grande do Sul, R$ 731 milhões; Rondônia, R$ 438 milhões; Roraima, R$ 365,4 milhões; Santa Catarina, R$ 512,5 milhões; e São Paulo, R$ 1,958 bilhão.

São Estados que, assim como Sergipe, vem fazendo "seu dever de casa", deixando as contas públicas em ordem e trabalhando dentro dos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal.  O dinheiro do Proinveste para o nosso Estado será destinado a várias obras estruturantes, entre elas: construção de milhares de casas populares; compra de equipamentos hospitalares; implantação de um novo Instituto Médico Legal; construção de estradas; urbanização da Comunidade Malvinas, próximo ao aeroporto de Aracaju; duplicação da Avenida Euclides Figueiredo; construção do viaduto que irá ligar a Coroa do Meio a Avenida Tancredo Neves; recuperação de perímetros irrigados; reforma e ampliação da biblioteca pública, além da amortização da dívida do Estado com o Tesouro Nacional e outras ações que irão melhorar a vida dos sergipanos.

É importante lembrar que estes recursos não poderão ser realocados, ou seja, não poderão mudar de objetivos. Eles terão que ser obrigatoriamente investidos nas obras e ações que estão sendo avaliadas pela Assembleia Legislativa de Sergipe.

Como afirmei em pronunciamento no plenário da Câmara Federal, na semana passada, Sergipe sempre teve tradição de unir esforços quando estão em jogo os interesses coletivos do seu povo. Acredito que desta vez não será diferente. O Proinveste é um programa muito bem planejado, que disponibiliza recursos específicos para melhorar a vida do cidadão com obras e serviços. Estes R$ 727 milhões têm um destino certo, não permitindo que se faça qualquer investimento que não seja em benefício do nosso povo.

Para o bem de todos os sergipanos, apelo aos deputados estaduais que tomem a atitude nobre de votar pela aprovação deste empréstimo. A Casa do Povo de Sergipe não pode deixar de ouvir aos sergipanos, que lhes empresta a representatividade. Esta é a decisão mais acertada. Esta é a voz que ecoa das ruas, da sociedade, das instituições, das redes sociais, daqueles que querem o bem do povo sergipano, acima de tudo.

* É deputado federal pelo PT de Sergipe

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia
“Só entrei para a sociedade humana porque não fui previamente consultado."
Capistrano de Abreu, historiador brasileiro, nasceu em 23 de Outubro de 1853 e morreu em 1927.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários