Jogo Duro

0

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com o seu batalhão de choque, vai conseguir aprovar os projetos de Reformas para a Previdência e Tributária, que provoca descontentamentos a setores importantes da política e da própria economia nacional. Por mais que os governadores do Nordeste se movimentem, o presidente Lula da Silva não modifica o tom do seu discurso, em favor dos Estados industrializados. Ontem, no início da JOGO DURO O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com o seu batalhão de choque, vai conseguir aprovar os projetos de Reformas para a Previdência e Tributária, que provoca descontentamentos a setores importantes da política e da própria economia nacional. Por mais que os governadores do Nordeste se movimentem, o presidente Lula da Silva não modifica o tom do seu discurso, em favor dos Estados industrializados. Ontem, no início da Noite, o deputado federal Bosco Costa (PSDB) revelou que o Planalto vai aprovar tudo o que quiser. Há uma tropa de choque que funciona como um rolo compressor e vai derrubando os obstáculos que encontra pela frente. Seja através de ações políticas de exceção, ou pelo entendimento duvidoso com outros segmentos políticos que sempre foram combatidos pelo Partido dos Trabalhadores de antigamente. Bosco também disse que os governadores do seu partido estão mais empenhados na aprovação das reformas, que os parlamentares. Se isso estiver acontecendo, tem gente jogando para a platéia e se curvando nos bastidores… O governador de Minas Gerais, Aécio Neves, que é do PSDB, disse em Aracaju que o equacionamento hídrico do Semi-Árido e da bacia do São Francisco, defendidos com veemência pelo governador de Sergipe, João Alves Filho, é de suma importância para o fortalecimento, não só dos Estados nordestinos, como do país. E foi mais longe: O Governo de Minas está disposto a se somar aos Estados nordestinos, na luta pela revitalização do rio São Francisco. Também se une aos governadores do Nordeste que lutam para que, além de ser reativada, a Sudene crie realmente condições vantajosas para tornar o Nordeste mais desenvolvido. Neves também defendeu mudanças na proposta da Reforma Tributária encaminhada pelo Governo Federal ao Congresso Nacional. Neste último ponto o governador mineiro fraqueja, porque não é contundente nessa questão tributária, principalmente na cobrança do ICMS no destino. O seu Estado é beneficiado com a forma da reforma do jeito que está, com o ICMS descontado na origem, porque fatura muito alto com a indústria automobilística. Nesta parte ele não se aprofunda, porque não fica interessante para o Estado que governa. É manso no Planalto. Na realidade, os governadores do Nordeste sofrido é que estão arregaçando as mangas para mostrar que a Reforma Tributária, da forma que foi concebida, não tem a menor deferência com um região sempre esquecida pelos presidente, mesmo os nordestinos. A impressão que o Planalto deixa passar é que o único problema do Nordeste é a seca. Numa análise simples, este talvez seja o problema menos complicado da região, porque se convive com as longas estiagens há muitos anos, sempre encontrando formas paliativas e políticas para solução, embora seja necessária uma ação mais eficiente para evitar essa dependência do sertanejo, que serve para fomentar a indústria do voto. O Planalto nunca fez um projeto amplo para atrair indústrias para o Nordeste. Nunca utilizou uma campanha eficiente de marketing para mostrar que os Estados do Nordeste oferecem condições para acomodação de grandes indústrias. Sempre se olhou a região como o lado complicado de Governos Federais caolhos, que desviam a vista eternamente para os Estados ricos do Sul. A esperança seria Lula, o retirante que deu certo. Mas ele já incorporou a cidadania paulista e mantém o velho equívoco que só existe vida em São Paulo e que o Brasil gira sob a sua potência… O governador João Alves Filho tem jogando com o espírito de unidade. Para se dar um exemplo, se lutasse para que também a energia tivesse ICMS cobrado na origem, Sergipe seria um paraíso. Com o petróleo, então, era a redenção. Mas João hoje se dedica ao Nordeste e, embora ele não goste que se diga isso, é quem lidera o grupo de governadores da região, que está na luta para as conquistas que a Reforma Tributária mantém em poder dos Estados ricos. João Alves Filho já demonstrou que não descansa enquanto o fato não for consumado, ou o crime contra o Nordeste não seja perpetuado. Está a frente do movimento e, ao lado dos seus colegas da região, vai tentar convencer os deputados, mesmo aqueles que integram o bloco governista, que se não houver uma união de força em defesa do Nordeste, a região será sempre refém dos interesses econômicos dos ricos. A região tem que se impor, precisa que mostrar a força que tem, precisa revirar a história de uma gente que convive bem com a pobreza, não se surpreende com a miséria e que vive de malas prontas para ser mais um nas grandes metrópoles. O nordestino quer ficar aqui, quer crescer aqui, quer estudar, trabalhar e produzir aqui. E, como brasileiro, não pode ser discriminado pelo outro Brasil, que sempre mereceu os bons olhos do Planalto. Está na hora de levantar a cabeça, sacudir a poeira e dar a volta por cima… MOTEL Há 15 dias, um cidadão procurou Plenário para sugerir que desse uma nota sobre o aparecimento de um cobra num dos apartamentos do motel Village. Tratava-se do sócio de uma das inúmeras pousadas que existem na praia de Atalaia, com o objetivo de aumentar a freqüência da Casa. Plenário recusou. ESPALHOU Ontem, pela manhã, espalhou-se a notícia de uma mulher que morreu, no quarto de um motel de luxo em Aracaju, coincidentemente picada por uma cobra. Ela, inclusive, estava acompanhada por um juiz e, em razão disse, seu corpo fora encoberto, o que denunciava um segundo crime, de conseqüências graves. IRONIA Ontem pela manhã, Plenário ligou para alguns motéis, inclusive os luxuosos. De um deles ouviu uma resposta irônica: “a cobra que matou a mulher deve ter sido outra”. Outro brincou: “aqui toda dia várias mulheres são mordidas por cobras e saem satisfeitas. As que receberam a mordida e quem mordeu”. VILLAGE O proprietário do Village, Mario Jorge, disse que é uma notícia que tem que ser apurada e que seja publicado o nome do hotel, da pousada ou motel que aconteceu isso. Ele acha também que juiz é um cidadão que conhece bem o que provocaria um problema desse porte e não acredita que se submeteria a isso. APRESENTAÇÃO O advogado José Cláudio dos Santos não revela quando o ex-deputado Antônio Francisco iria se apresentar, mas confirma que ele fará isso em breve. “Tenho a impressão que um pai que apresentou o filho à Justiça, não iria ficar foragido”, disse ele e acrescentou que seu cliente pretende uma entrega tranqüila. CARNAVAL Competente, o advogado José Cláudio disse que evitou “uma prisão carnavalesca”, mas já está conversando para sua apresentação, que pode ocorrer até domingo. José Cláudio conversou com o delegado João Eloy e pediu que desse tempo. Reconhece que não pode demorar, mas justifica que hoje a questão é mais dele do que de seu cliente. FESTIVAL José Cláudio demonstra cuidado com a preservação do ex-deputado Antônio Francisco. Revela que apenas não deseja precipitar a prisão e nem torna-lo um foragido. Insiste que não vai permitir um “festival de humilhações” e que fará um trabalho sem pressa, embora entre com um pedido de hábeas corpus para relaxamento da preventiva. REFORMA O governador João Alves Filho (PFL) está voltado para a Reforma Tributária do Governo e preocupado com o projeto, que, da forma que está, prejudica o Nordeste. João Alves Filho tem pedido a técnicos e auxiliares tudo o que existe na Reforma Tributária e uma análise para poder debater o mal que ela pode causar ao Nordeste. VOTAÇÃO Na opinião de um dos parlamentares, toda a bancada da Câmara está consciente de que a Reforma Tributária não pode ser prejudicial ao Nordeste. Segundo a mesma fonte, se o presidente Lula deixar o Congresso decidir a situação, a votação dos deputados será pelo ICMS no destino. ENCONTRO O deputado suplente Luiz Mittidieri teve uma demorada conversa, ontem, com o prefeito Marcelo Deda (PT) e falou sobre política. Mittidieri (que está a caminho do PTB) saiu satisfeito do encontro, porque se acendeu uma luz para que ele assuma uma cadeira na Assembléia Legislativa. FABIANO É possível que hoje o prefeito Marcelo Deda tenha um encontro com o deputado Fabiano Oliveira (PTB) para que ele assuma a Secretaria de Turismo do Município. Como Luiz Mittidieri foi eleito pelo PFL, partido ao qual ainda pertence, em caso de Fabiano topar, ele ocupará sua vaga no legislativo. MUDANÇA Para que isso aconteça, o prefeito Marcelo Deda tem que fazer um remanejamento na equipe, para que Conceição Vieira assuma a Câmara Municipal. Para a Secretaria Municipal de Combate à Pobreza iria a atual presidente da Funcaju, ex-deputada federal Tânia Soares (PCdoB). SALÁRIO A bancada do PFL em Brasília defendeu emenda do PSDB, que propõe o Salário Mínimo para R$ 152,00, durante a discussão de Medida Provisória. O deputado federal Jackson Barreto advertiu a liderança do PT, que a exigência da bancada não passava de demagogia, porque o Governo de Sergipe, que é do PFL, “não paga nem R$ 240,00 aos servidores”. DESMENTE O secretário da Administração, Ivan Paixão, desmente: “a Constituição não permite isso. A remuneração do servidor é a soma do seu salário com as vantagens adquiridas”. Ivan disse que hoje ninguém recebe em Sergipe menos de 240 reais e lembrou que, anteriormente, o salário base de mais de 20 mil servidores era R$ 173 reais. Notas POSSE O deputado estadual Francisco Gualberto (PT) assumiu ontem sua cadeira na Assembléia Legislativa, em uma sessão que contou com a presença de vereadores, auxiliares da Prefeitura e do próprio Marcelo Deda. Fez um pronunciamento morno, anunciando que faria oposição responsável ao Governo. Os parentes do ex-deputado Joaldo Barbosa, inclusive a viúva Edla Cruz, compareceram à posse do novo parlamentar, que fez questão de frisar que “o seu mandato não é banhado de sangue”. Os deputados lhe homenagearam… COMISSÃO O vereador Antônio Góis (PT) apresentou à Câmara Municipal, um requerimento em que solicita ao legislativo que seja criada uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para se levantar todo o sistema de transporte urbano de Aracaju. Antônio Góis acha que é preciso ver como funciona todo esse sistema. Os vereadores poderão assinar o requerimento proposto pelo colega Antônio Góis, cujo objetivo principal é apurar denuncias de corrupção e irregularidades no sistema de transportes da cidade. BIBLIA Para aproveitar o fim da tensão na Assembléia Legislativa, o deputado estadual Antônio dos Santos (PDT), que é evangélico, resolver distribuir exemplares da Bíblia entre os seus colegas. O deputado, inclusive, aproveitou para fazer uma oração, pedindo a Deus para iluminar o coração dos homens e acabar com a violência. Um dos primeiros a receber a bíblia foi o deputado Garibalde Mendonça, também do PDT, demonstrando que a legenda está em clima de orações. A partir de agora, um dos males foi exorcizado e a Assembléia pode seguir em paz. É fogo A sessão plenária da Assembléia Legislativa será presidida hoje por Susana Azevedo, que convidará Maria Mendonça e Angélica Guimarães para ocupar as secretarias. Pela primeira vez na história da Assembléia Legislativa, a mesa será formada exclusivamente por mulheres. Os deputados estão começando a brincar com Gilmar Carvalho e o chamam de “Gilmar Babá”, porque ele tem feito críticas ao Governo. O líder do Governo na Assembléia Legislativa, Venâncio Fonseca, disse ontem que a partir de agora, com a presença de Francisco Gualberto, teria mais trabalho. A ala jovem do PFL realiza, amanhã, em um hotel na Atalaia, o III Encontro Estadual, com a participação dos filiados em 50 municípios. Durante o encontro do PFL jovem, será proferida uma palestra pelo consultor político Jorge Carrano, da Bahia, que vai falar sobre oi tema “O espaço político dos jovens”. Há informação de que o indiciado Carlos Munganga tem aberto o verbo e denunciado autores de vários crimes ocorridos em Sergipe. A imprensa deve ficar de plantão, porque o ex-deputado Antônio Francisco deve se apresentar entre sábado e domingo. O deputado estadual Gilmar Carvalho está bem apegado na questão do aumento salarial dos servidores públicos. O primeiro suplente de deputado estadual Luiz Mittidieri já está decidido em ingressar na oposição. Vai filiar-se ao PTB. O governador João Alves Filho é quem tem mais se aprofundado em relação aos problemas do Nordeste. É um estudioso da região há anos. O deputado federal Bosco Costa (PSDB) disse ontem que sua bancada teve reunião com os governadores. Ele sentiu que os Governos Estaduais estão defendendo as reformas. Bosco Costa defende que o ICMS deveria ser distribuído pelo número de habitantes de cada cidade ou Estado. O governador João Alves Filho viajou, ontem, a São Paulo, para tratar de assuntos particulares. Retorna hoje.. brayner@infonet.com.br

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários