Jornada 2011

0

Luciano Augusto
Esta mensagem expressa a jornada do Jornalista Luciano Augusto, atuante na Chefia de Jornalismo de Rádio e TV do Tribunal de Justica, e os sentimentos para uma boa vida em 2011.

 

No percorrer de nossa história vamos construindo as estradas por onde queremos trilhar para atingir as metas almejadas em nossos corações. 2010, com a Graça de Deus, foi mais uma etapa vencida, com atropelos, mas sem desespero, com muita paciência, renúncias e obedecendo a máxima de que tudo vem no momento certo, tal qual está escrito no evangelho do Cristo que “há tempo para tudo”.

E, como o poeta Tagore, percebo que “uma poeira de lembranças agora se ergue dos cômodos de minha memória”. E elas trazem a mente o orgulho que sinto em ter de alguma forma contribuído na construção de uma sociedade mais justa, pacificada pela determinação, solidariedade e amor de todos os homens.

Ao final de mais um ciclo é gratificante perceber que tudo são bênçãos da vida, desde o sorriso que revela a alegria que explode na alma, até as lágrimas que exprimem a dor de momentos de angústia. A lição que colhi nesta jornada pode se expressar neste pensamento “ o sol aquece, a noite tranqüiliza, a chuva alimenta, a poda revigora, o adubo fertiliza, porque tudo são bênçãos da vida”. Aprendi a cada momento; aprendi com cada pessoa que a vida colocou diante de mim; aprendi com o poeta Gonzaguinha que se deve viver e não se ter vergonha de ser feliz, porque quando se vive tentando ser verdadeiro, a vida é bonita, é bonita, é bonita…

Inclino-me reverente em nome de todos que contribuíram de todas as formas para a minha  caminhada, rogando-lhes indulgências pelas minhas fraquezas, testemunho eloqüente da nossa humanidade.

Quanto a 2011, espero que todos, assim como eu tenho feito, sigam tranquilizados pelas celebres  palavras de Santa Teresinha: “ eu só tenho o hoje, nada além do hoje” . Mas, se houver amanhã, procurarei segui o conselho de Tagore: sairei no carro do primeiro raio de luz e deixarei a marca de minha passagem em todas as estrelas. Que Deus, se a aurora me convidar para outras missões, permita que essa marca tenha o perfume da humildade e o sabor da generosidade.

 

Feliz 2011, meu amigos!

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários