Lei proíbe propaganda política em templos religiosos

0

Há diversas proibições que devem ser respeitadas durante esse período de campanha política, como por exemplo, o uso

Divulgação 

do púlpito para a propaganda de candidatos.

No artigo 24 da Lei 9.504/97 está escrito que é “vedado, a partido e candidato, receber direta ou indiretamente doação em dinheiro ou estimável em dinheiro, inclusive por meio de publicidade de qualquer espécie” de entidades beneficentes e religiosas, como limita o inciso VIII.

Essa não é a única proibição em Lei que impede que as entidades religiosas participem das campanhas. A propaganda com placas e faixas também é proibida, assim como pintar inscrições de candidatos e distribuir panfletos.

O candidato que fizer propaganda pode ser punido com multa que varia de R$ 5 mil a R$ 25 mil reais. Já o responsável pela entidade religiosa pode ser multado em valores que vão de R$ 2 mil a R$ 8 mil reais.

A Lei eleitoral proíbe não só essas ações dentro da igreja como ao arredor dos templos, ou seja, os candidatos e partidos só podem fazer propaganda eleitoral fora dos arredores das igrejas. O mesmo vale para carros com alto-falantes que não podem fazer anúncios nas proximidades de templos religiosos.

Sobre a doação de recursos para candidatos políticos, apenas a pessoa física, no caso um membro da denominação, pode fazer a doação, a instituição (com seu CNPJ) está proibida de investir dinheiro direta ou indiretamente nas campanhas.

David Luiz apoia campanha que defende sexo só depois de casamento 

David Luiz com a namorada, Sara Madeira – Revista Capricho 

Agora que David Luiz é o jogador mais desejado da Copa do Mundo 2014, vários destalhes sobre sua vida pessoal começaram a ser revelados na internet. O que mais tem chamado atenção é que o jogador aderiu à campanha "Eu escolhi esperar", que defende o sexo só após o casamento.

Evangélico, David é discreto sobre o assunto mas, às vezes, posta algumas mensagens da campanha em suas redes sociais. No fim de junho, uma divulgadora do projeto encontrou o jogador na Granja Comary e postou uma foto com ele fazendo o gesto da campanha, que é o sinal de pare com a mão.

Apesar de aderir à campanha, David Luiz, 27 anos, nunca afirmou ser virgem. O jogador namora a portuguesa Sara Madeira, de 24 anos, que estudou odontologia. Ela está no Brasil e tem acompanhado David nos jogos da Copa do Mundo.

Via Revista Capricho

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários