Livres e leves

0

Dezoito deputados e ex-deputados sergipanos estão rindo à toa desde ontem, quando o Tribunal de Justiça arquivou o processo que os investigava por mau uso de recursos públicos. O arquivamento se deu a pedido do Ministério Público de Sergipe, que alegou não ter encontrado indícios suficientes para confirmar as acusações contra os acusados. Os 18 eram suspeitos de terem se locupletado com verbas indenizatórias pagas pela Assembleia para custear despesas dos mandatos. Diferente dos deputados e ex-deputados absolvidos, 15 vereadores e ex-vereadores de Aracaju seguem respondendo processos idênticos e não existe expectativa de o Ministério Público se decidir pelo arquivamento. Único voto discordante da decisão do TJ, o juiz convocado João Hora Neto admitiu que no processo contra os políticos inocentados há uma “cachoeira de indícios” que justifica a continuidade da ação penal. Como o magistrado foi voto vencido, fica o dito pelo não dito, para alegria dos agora inocentes de carteirinhas. Homem, vôte!

Bandido é bandido

E quem já chegou no Rio de Janeiro fazendo barulho foi o ex-deputado federal André Moura (PSC). Novo secretário governo carioca, o moço garante que “no Rio de Janeiro, atualmente, bandido é tratado como bandido. Não tem moleza”. Esta declaração do sergipano publicada pelo articulista de O Globo, Bernardo Mello Franco, levanta uma suspeita: estaria André se referindo também ao presidiário e ex-deputado federal Eduardo Cunha (MDB), seu velho amigo e que o ensinou os caminhos das pedras em Brasília? Misericórdia!

Simples feitor

Sergipe corre o risco de ser governado pelo Ministério da Fazenda. Quem pensa assim é o economista Luís Moura, coordenador do Dieese no estado. Segundo ele, se o governo aderir ao Plano Mansueto de ajuste fiscal, todas as ações do executivo sergipano serão monitoradas pelo Ministério de Paulo Guedes. Luis Moura alerta que, em nome de um empréstimo para sanear as finanças, o gestor estadual vai perder a autonomia de governar. Marminino!

Água pelo ladrão

Quase metade da água tratada pela Deso é furtada ou escorre pelo ralo do desperdício. No país, conforme estudo do Instituto Trata Brasil, as perdas na distribuição estão em 38,3%. Esse percentual significa mais de sete mil piscinas olímpicas de água potável perdidas todos os dias. O levantamento mostra que Sergipe perde 48% da água que produz com vazamentos, ligações clandestinas e falhas de leitura de hidrômetro. Crendeuspai!

Maus lençóis

A deputada estadual Goretti Reis (PSD) foi condenada por improbidade administrativa. Ela é acusada de usar as ações do Instituto de Identificação de Sergipe para se autopromover. O Ministério Público acusou a deputada de transformar as emissões de carteira de identidade no interior em um verdadeiro palanque, beneficiando-se eleitoralmente. A Justiça condenou Goretti a pagar cinco vezes o valor de sua remuneração como deputada e suspendeu os direitos políticos dela por três anos. Danôsse!

Dia de posse

Marco Antônio Queiroz, funcionário de carreira da Caixa Econômica Federal, assume hoje a Secretaria da Fazenda. Presidida pelo governador Belivaldo Chagas (PSD), a solenidade de posse está marcada para às 16h30. Ex-superintendente da CEF em Sergipe, Marcos Queiroz substituirá Ademário Alves, que deixou a pasta no começo de março. Desde então, a Sefaz vem sendo tocada interinamente por seu superintendendo Marcos Vinicius Nascimento. Boa sorte ao novo manda chuva da Fazenda. Ele vai precisar!

Feira de estagio

Diretores da Fundação de Formação para o Trabalho de Aracaju ministraram palestras sobre empreendedorismo na Feira de Estágio e Emprego da Estácio. A Fundat também ofereceu aos estudantes da faculdade serviços de cadastro de currículo e emissão de carteira de trabalho. O diretor da Estácio de Sergipe, Bruno Antunes, disse que a parceria com a Fundat é muito importante para facilitar o acesso dos alunos ao mercado de trabalho. Certíssimo!

Me dá um dinheiro aí

E o governo de Sergipe quer dinheiro emprestado do Banco do Brasil para recuperar as mal conservadas rodovias estaduais. A proposta foi feita pelo governador Belivaldo Chagas (PSD) ao vice-presidente do BB, Gustavo do Vale. Segundo Chagas, o banco sinalizou positivamente para o financiamento na área de infraestrutura. Anteriormente, o governo de Sergipe tinha oferecido os royalties do petróleo como garantia de um empréstimo de R$ 80 milhões, mas o BB recusou. Vixe!

Sertão preocupa

E quem anda preocupado com o sertão sergipano é o senador Alessandro Vieira (Cidadania). Ele lamente a gravidade da desertificação, que vem agravando a pobreza extrema na região. O senador diz ser preciso desenvolver soluções integradas com a revitalização do Rio São Francisco visando garantir uma produção agrícola adaptada ao semiárido. Alessandro também defende investimentos para a produção em larga escala de energia solar no sertão sergipano. Então, tá!

Tobias vive

Para comemorar os 180 anos de nascimento de Tobias Barreto, o Tribunal de Justiça inaugura, amanhã, um busto deste ilustre sergipano. Nascido em 7 de junho de 1839, Tobias foi filósofo, poeta, crítico e jurista brasileiro, tendo ocupado a cadeira 38 da Academia Brasileira de Letras. Prevista para às 10h, no Palácio da Justiça, centro de Aracaju, a solenidade consta de apresentações musicais e a palestra “o que dizem os Mestres sobre Tobias Barreto”. Prestigie!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 24 de junho de 1929

Resumo dos jornais

Comentários