Lula vem aí

0

A decisão do ministro Edson Fachin de anular as condenações do ex-presidente Lula da Silva (PT) teve o efeito de um freio de arrumação. Claro que a decisão monocrática ainda será apreciada pelo plenário do Supremo Tribunal Federal, porém é voz corrente no meio jurídico que será mantida. Esta anulação dos processos contra o “Barba” não poderia ter ocorrido em momento pior para o presidente Jair Bolsonaro, que assiste a sua popularidade se desmanchar na mesma velocidade da propagação do coronavírus. Em pesquisa feita pelo Ipec, empresa substituta do Ibope, 50% dos entrevistados disseram que votariam com certeza ou poderiam votar em Lula se ele se candidatasse à Presidência, e 44% afirmaram que não o escolheriam de jeito nenhum. Na mesma consulta, feita antes da decisão do ministro Edson Fachin, Bolsonaro aparece com 12 pontos porcentuais a menos no potencial de voto (38%), e 12 a mais na rejeição (56%). Portanto, quer queiram ou não a direita e os antipetistas, o presidente agora tem um pré-candidato à altura para enfrentá-lo em 2022. Façam suas apostas, senhores!

Senador reage bem

O senador Alessandro Vieira (Cidadania), infectado pelo coronavírus e internado às pressas no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, apresentou melhora significativa. O cidadanista testou positivo para a convid-19 no último dia 1º, permaneceu isolado em casa até este domingo passado, quando o quadro se agravou e os médicos sugeriram a sua transferência para São Paulo, numa UTI no ar. Segundo a assessoria de Alessandro, após exames, não se constatou a necessidade de UTI, sendo mantida a internação dele em quarto, com suporte de oxigênio. Melhoras, senador!

Dividindo o bolo

Sem pressa, o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) vai fatiando o bolo administrativo com os partidos que participaram de seu palanque eleitoral. Esta semana, ele deve se reunir com as lideranças do Republicanos visando ouvir as pretensões delas e oferecer cargos no governo municipal. Fala-se que o sonho dos pastores Heleno Silva e Jony Marcos é indicar um aliado para a Superintendência de Transporte. Outra liderança que também sentará com o prefeito para tratar sobre a divisão do bolo é o deputado federal Laércio Oliveira (PP). Marminino!

Prepare o bolso

Enquanto o governo federal troca a presidência e o conselho administrativo da Petrobras, os preços dos combustíveis continuam subindo. Hoje, a gasolina e o diesel amanheceram 8,8% e 5,5% mais caros nas refinarias da estatal. Somente este ano, os preços dos dois combustíveis nas refinarias da petrolífera acumularam alta de 53% e do diesel 40%. Desse jeito, qualquer hora dessa o suplicante vai penhorar o carro para poder encher o tanque. Não demora e veremos charmosas charretes circulando pela cidade. Danôsse!

Acordo espúrio

A anulação das condenações de Lula (PT) e a decisão da Justiça de anular a quebra dos sigilos fiscal e bancário do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos) são fruto do acordo espúrio entre governo e oposição. Quem pensa assim é o delegado de polícia Paulo Márcio (DC), candidato derrotado à Prefeitura de Aracaju. Em artigo publicado no portal Faxaju, o misto de policial e político conclui que “não há nada mais parecido com a alternância de poder do que a troca de uma droga por outra. Mais dia menos dia a euforia vai embora. No final, você estará tão oco e sem vida quanto um santo barroco”. Misericórdia!

Magrela útil

A maioria dos ciclistas usa a bicicleta como transporte, para ir ao trabalho (88,1%), e pedala cinco dias ou mais por semana (71,6%). Os números constam da pesquisa Perfil do Ciclista Brasileiro. O estudo revelou que 61,8% dos entrevistados usam a bicicleta como meio de transporte há menos de 5 anos. A maior parte (56,2%) leva entre 10 e 30 minutos em suas viagens, tem entre 25 e 34 anos de idade (34,3%) e renda entre um e dois salários mínimos (30%). E viva o “camelo”!

O “Coringa” do prefeito

O vereador Professor Bittencourt (PC do B) voltou a ser líder do prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) na Câmara de Aracaju. O pedetista também escolheu Fábio Meireles (PSC) para ocupar a sua vice-liderança. Desde a legislatura passada, Bittencourt tem funcionado como um “Coringa” do prefeito. Para manter um acordo com o PT na gestão passada, só desfeito na campanha eleitoral, Nogueira retirou o professor da Câmara, colocando-o como secretário municipal. Aff Maria!

Defesa dos militares

E o deputado estadual Capitão Samuel (PSL) está defendendo que o Ministério da Saúde inclua os policiais como prioritários para serem vacinados contra a covid-19. O parlamentar ressalta que os profissionais de segurança estão nas ruas protegendo a população e se contaminando com o coronavírus. Segundo Samuel, só em Sergipe estão internados com a doença os seguintes militares: sargento Gabriel Alves de Oliveira (UTI), sargento Moisés (UTI), major Anselmo (UTI), sargento Sérgio Santos Gomes, cabo Graciano (UTI), major Edi Blindeli, e sargento Jailton Neto (enfermaria). Crendeuspai!

Mulheres em debate

Para marcar a passagem do Dia Internacional da Mulher a Câmara de Aracaju vai promover um ciclo de palestras virtuais durante todo este mês. A primeira será na próxima sexta-feira, tendo como palestrante a vereadora Emília Corrêa (Patriota). Com o título “Sororidade, mulheres que apoiam outras mulheres”, a palestra vai abordar a empatia e a união entre as mulheres. “Vamos debater, conscientizar, nos unir e buscar políticas públicas para que, cada vez mais, ocupemos nossos espaços”, explicou Emília. Então, tá!

Prévia tucana

O PSDB deverá mesmo fazer uma prévia para definir seu candidato a presidente da República. Quem pensa assim é o ex-senador Eduardo Amorim, presidente do ninho tucano em Sergipe. No estado não haverá necessidade de disputa interna para definir os candidatos majoritários para as eleições de 2022. Segundo Amorim, o partido passa por uma reestruturação e, de forma discreta, tem convidado lideranças política a vestirem a camisa do PSDB. Ah, bom!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 26 de julho de 1926

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais