Machado no PMDB?

0

A coluna publica hoje um artigo do radialista Marcos Aurélio sobre a possibilidade do deputado federal José Carlos Machado (DEM, ex-PFL), se filiar ao PMDB e mudar o quadro político em Itabaiana: Você acha impossível? Então guarde este artigo.

Quando José Carlos Machado precisou do apoio de João Alves para conquistar a vaga do TCE, este demorou muito a decidir, o que permitiu que Amorim construísse a candidatura de Flávio Conceição.

Na hora que ele percebeu que não seria o indicado para a vaga de Conselheiro, verificou as pesquisas de consumo interno e estava fora, naquele instante, da Câmara Federal. Reuniu a família, pisou no acelerador e foi em busca dos apoios, alguns aliados históricos, já tinham recebido orientação superior, para votarem em Mendonça Prado e Pedrinho Valadares, e outros já estavam comprometidos com Eduardo Amorim.

Todo este esforço teve que ser feito em apenas 45 dias, o que aumentou ainda mais o desgaste, físico, emocional e em outros aspectos, mas que ao final, dentro do PFL, hoje DEM, ele conseguiu o primeiro lugar, perdendo apenas para Amorim (PSC) e Albano (PSDB).

É verdade que os dois, Machado e João Alves sempre foram muito ligados, um ao outro, mas não tenham dúvidas, que um episódio desta natureza, pode abalar qualquer relação.

Um outro fator que precisamos levar em conta: Machado é muito ligado e forma parceria com Luciano Bispo em Itabaiana, um dos maiores colégios eleitorais do Estado, a quem recorre quando precisa dos votos, e Luciano está em que partido? PMDB! Então, qual seria o impedimento, além da amizade, que não foi recíproca no episódio do TCE, para Machado fazer uma dobradinha com Luciano  no PMDB?

E Jackson Barreto, que pretende ser candidato a Senador em 2010, e não teria um concorrente direto pela vaga de federal, pelo contrário, conquistaria um aliado fortíssimo para consolidar o seu projeto, soltaria fogos e mandaria fazer festa em todos os cantos da região do agreste.

Para finalizar, posso destacar outro aspecto importante: Machado é muito amigo de Marcelo Déda e manteve sempre uma relação respeitosa. Além disso, para o PMDB no cenário nacional, além de conquistar mais um deputado federal, conquistaria a importante cadeira da 4ª secretaria da Câmara Federal.

Claro que, neste primeiro momento alguns irão negar, como o próprio Machado, outros irão desconversar, Jackson Barreto, enquanto outros ficarão na maior torcida que isto ocorra, a exemplo do próprio (????), bem, este nome, por enquanto irei me reservar a não divulgar, mas os leitores poderão fazer o seu exercício mental, mas darei uma dica: qual a liderança que estaria bastante fortalecido, caso isto se confirme?

Os fatos estão postos, de forma clara e direta. Falta apenas a confirmação das pessoas envolvidas em mais um lance de mestre, no tabuleiro de xadrez que é a política.

 

Caso Pirambu: novas revelações

Novas revelações serão divulgadas nos próximos dias sobre o caso Pirambu. Algumas escutas telefônicas mostram que realmente existia uma conspiração no município, não contra o deputado André Moura, mas para derrubar o prefeito Juarez Dinamite Batista. Tem até o envolvimento de profissionais da comunicação.

 

A palavra certa seria prevaricação em Pirambu?

Ao ler a matéria sobre a audiência dos vereadores de oposição com o presidente da OAB/Se, Henri Clay, onde os mesmos relataram que já tinham feitos denúncias no Tribunal de Contas, um advogado de renome lembrou que não é uma simples denúncia: a palavra certa é prevaricação e a OAB pode tomar as providências judiciais cabíveis.

 

 

BR Distribuidora

A qualquer momento o ex-senador José Eduardo Dutra assume a direção da BR Distribuidora, principal subsidiária da Petrobrás. Desde ontem, 18, o governador Marcelo Déda encontra-se no Rio de Janeiro para contatos junto a diretoria da estatal, mas com certeza o assunto José Eduardo Dutra estará na pauta. Falta o nome de José Eduardo ser homologado na reunião do Conselho Deliberativo da Petrobrás.

 

 

Grave problema na assistência hospitalar da capital

Alguns hospitais estão abrindo estágios extra-curriculares de “araque” para estudantes universitários dos cursos da saúde.   Os acadêmicos estão na verdade assumindo escalas desfalcadas dos hospitais, dando 30h semanais de “trabalho” recebendo bolsas de R$ 300,00, assumindo sozinhos a responsabilidade por unidades de internamento, inclusive com pacientes graves e se identificando como profissionais. Um grande hospital particular daqui além de fazer isto, enganando a população, ainda criou o cargo de técnico supervisor de unidade (que nada mais é que colocar técnico de enfermagem onde deveria ter enfermeiro). Tem gente entregando sua saúde e seu dinheiro a pessoas desqualificadas tecnicamente e sem respaldo legal para assumir situações de risco. Falta a fiscalização da Vigilância Sanitária, dos Conselhos de Classe e prudência, respeito e responsabilidade dos dirigentes destas instituições. A coisa é tão séria que os profissionais não abrem a boca tamanha é a coação empregada pelas empresas hospitalares que ameaçam-nos de demissão.

 

 

Déda vai ouvir segmentos sobre feriados

Chegou às mãos do governador Marcelo Déda na semana passada o processo que pede a decretação de feriado nos dias de São João e São Pedro. O projeto, de autoria do deputado Luiz Mitidieri (PDT), foi aprovado por unanimidade pelos deputados estaduais, no final do mês de junho, e falta ser sancionado pelo governador. Déda pretende ter uma reunião com as Secretarias de Desenvolvimento Industrial, Trabalho, Governo e a Procuradoria para discutir o assunto. Ainda será realizada uma audiência com as entidades do comércio para analisar qual a melhor solução. “Com certeza o feriado afetará a economia. Nós precisamos ter cuidado porque não podemos multiplicar o número de dias parados sem analisar o impacto econômico gerado. Tenho certeza que a proposta veio com a melhor das intenções. Quem propôs tentou fortalecer a data, os eventos realizados e criar um atrativo a mais para as atrações. Mas é preciso ouvir os diversos setores para encontrar uma solução que favoreça a todos e não prejudique a economia”, concluiu o governador. (Da Infonet).

 

 

Morosidade no Detran

De um leitor: “Ao procurar o Detran ontem, dia 17, fiquei tremendamente decepcionado com o serviço prestado por aquele órgão público quando precisei fazer uma simples vistoria em um veículo de passeio. Para começar, a demora é irritante. Cheguei às 9:00 horas e sair às 12:20 horas. E não é só isso. Presenciei tráfico de influência, (o cidadão, se conhece alguém daquele

setor é abusivamente atendido fora da fila). Os vistoriadores demonstram desconhecimento

do que estão fazendo e má vontade no que estão sendo pagos para fazer. Em um determinado

momento tinha 3 vistoriadores em meu carro, um empurrando o serviço para o outro. Até o

acesso para o serviço de vistoria é difícil por falta de sinalização. Acredito que o governador não tenha conhecimento da péssima qualidade dos serviços prestados pelo Detran, para exigir da sua Diretoria mudanças urgentes. Aqui vai me contribuição”.

 

 

Frente de Paralisação estudantil da UFS

Do boletim dos estudantes: “Convite à Reitoria – A frente de paralisação estudantil vem, por meio deste, convidar a administração da universidade federal de Sergipe a ministrar, durante a paralisação, uma oficina de fotossíntese. É de suma importância tal atividade tendo em vista o corte das bolsas-alimentação dos residentes por parte da pró-reitoria de assuntos estudantis (PROEX). Tal atitude demonstra: 1)O despreparo por parte da administração universitária em negociar/dialogar com os estudantes. 2)A falta de democracia na resolução dos conflitos.  3)A covardia de pender para o lado mais forte (MEC/Governo federal) quando deveria haver uma pressão pela rubrica da assistência estudantil e não o corte de bolsas-alimentação. 4)A crueldade de deixar seres humanos sem condições objetivas de alimentarem-se. Então reafirmamos o nosso total repúdio a essa atitude e nos colocamos à disposição para aprender de forma consciente como se alimentar sem alimentos”.

 

Ato unificado dos trabalhadores I

Os trabalhadores das empresas extintas no governo passado realizam ato unificado nesta sexta-feira, 20 , às 9 horas, no auditório da OAB, situada à Rua Martinho Garcez, 71 – Aracaju/SE.  O objetivo do ato é de buscar o restabelecimento da: Cehop, Cohidro, Emdagro, Emsetur, Segrase e Sergiportos que se encontram em processo de liquidação, bem como de buscar garantir a segurança jurídica, os direitos adquiridos e a dignidade dos trabalhadores.No governo passado essas empresas foram extintas e criadas autarquias para desenvolver suas atividades. O único argumento governista para justificar tal mudança foi o não-pagamento de impostos e outros tributos. Essa chamada reforma administrativa do governo, foi indicada por consultorias contratadas a peso de ouro para promover de vez o desmonte do Estado, assumiu caráter fraudulento e inconstitucional.

 

Ato unificado dos trabalhadores II

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), já tem posição sobre a questão. A seccional da Ordem em Sergipe aponta a existência de inconstitucionalidades graves nos projetos de leis encaminhados pelo executivo estadual e aprovados pela Assembléia Legislativa. O presidente da entidade, Henri Clay Andrade se prontificou, inclusive, a mover ação de direta de inconstitucionalidade. Os projetos foram aprovados por 13 votos contra 11. À época votaram contra os projetos as deputadas Ana Lúcia (PT), Maria Mendonça (PSDB), Susana Azevedo (PPS), os deputados Gilmar Carvalho (PV), Adelson Barreto (PTB), Belivaldo Chagas (PSB), Francisco Gualberto (PT), Pastor Mardoqueu (PL), Fabiano Oliveira (PTB), Ulices Andrade (PSDB) e Garibalde Mendonça (PDT). Votaram pela extinção das empresas: as deputadas Angélica Guimarães (PSC), Lila Moura (PFL), Celinha Franco (PPS), Antônio Passos (PFL), Arnaldo Bispo (PMDB), Augusto Bezerra PMDB), João das Graças (PMN), José Milton (PMN), Marcos Franco (PMDB), Pastor Antônio (PDT), Valmir Monteiro (PFL), Venâncio Fonseca (PP), Walquer Carvalho (PFL).

 

Comportamento de parte da imprensa e dos políticos

De um leitor: “ Assim como você, não entendo o comportamento da maioria da imprensa e de 100% dos Deputados Estaduais diante dos escândalos e das Operações da Polícia Federal aqui em Sergipe. Nem um pronunciamento. Nem a leitura de matérias sobre os escândalos em plenário, com registro nos anais da Casa. Causa-me agonia o excesso de precaução dos Deputados Estaduais. Será que é preciso Jackson Barreto e Iran Barbosa falarem lá no Congresso Nacional o que nenhum deputado estadual fala aqui na Assembléia?Por falar em Congresso, também lá não temos visto posicionamento de mais ninguém além de Jackson Barreto e Iran Barbosa. Almeida Lima é um deles, que leva para o Senado Federal temas como capinagem (e acho que é um direito dele falar o que achar conveniente), mas se capinagem é sério esses escândalos nem têm comparação. E falar é o mínimo que um deputado descente pode fazer pelo povo sergipano nessa hora. Há quatro, oito, dez anos atrás não tenho dúvida de que já teríamos tido deputados estaduais pedindo cassação, intervenção… Mas, pelo jeito tudo caminha para aquela situação que você já descreveu: só vão aparecer heróis e defensores da ética e da honestidade depois dos fatos consumados. E olhe lá!”

        

 

Balcão em Copacabana para divulgar Sergipe I

De um leitor: Ontem fui a uma tenda no espaço reservado aos estados brasileiros ao lado da arena de vôlei de praia em Copacabana, aliás, espaço não, um pequeno balcão com cerca de 0,50×1,50cm. No balcão algumas esculturas de artistas sergipanos e na parede uma linda foto do cânion do rio São Francisco. Fico a imaginar quanto cada estado deve ter investido para ocupar o “espaço” e manter pessoas trabalhando para informar os visitantes. Observei que as pessoas da Bahia estavam caracterizadas, enquanto as de Sergipe não usavam roupas alusivas aos festejos juninos, nosso maior movimento cultural. Acredito que esse tipo de divulgação seja desnecessária, melhor seria o governo ter investido em um trio pé-de-serra, com autorização das autoridades do Rio de Janeiro e mostrar o folclore da nossa terra, em determinado ponto do calçadão de Copacabana, teríamos turistas concentrados a observar o melhor festejo junino do país”.

 

Balcão em Copacabana para divulgar Sergipe II

Continua o leitor: “Outro fato lamentável e deplorável, foi a falação do prefeito do Rio, dizendo que as vaias ao presidente Lula, são uma resposta a maneira como a União se apropriou dos jogos. Segundo o filhote do DEM(democratas) o Rio é dono da marca, como Pequim é dono da marca das próximas olimpíadas. Os jogos pan-americanos é de todo o povo brasileiro, não de uma única cidade, fosse assim era melhor que todos os atletas da delegação tivessem nascidos na cidade do Rio de Janeiro e logo veríamos quão fracassados seriam esses jogos.   Gostaria que você fizesse uma pesquisa juntos aos órgãos de turismo de Sergipe, a fim de saber o montante gasto no “espaço” reservado para difundir as nossas belezas”.

 

Colaboradores do PAN

Várias pessoas da polícia e da saúde do Estado iriam colaborar com os trabalhos no PAN.  Saiu foto e notinha nos jornais, só que foram apenas alguns policiais. O que houve? E o pessoal da área da saúde, mas precisamente do Samu? O que ocorreu?

 

 

No presidente do Sindijor

O jornalista George Washington é o novo presidente do Sindicato dos Jornalistas do Estado de Sergipe (Sindijor-SE) para o triênio 2007-2010. A chapa “Sindijor na Luta”, encabeçada por ele e única inscrita para o pleito, que aconteceu na terça e quarta-feira, 17 e 18, respectivamente, conquistou 96,5% dos 143 votos válidos, tendo sido registrados apenas dois votos em branco e três, nulos. As eleições transcorreram sem qualquer anormalidade durante os dois dias. Para o jornalista, o fato da eleição para o Sindijor-SE ter sido com apenas uma chapa inscrita em nada diminui o valor dos números representados pelas urnas. “Apesar de ter sido uma eleição com chapa única, o que vale é o altíssimo respaldo que nos dão os votos válidos da categoria. Você ter 96,5% dos votos daqueles que compareceram às urnas é bastante significativo e gratificante”, destacou.

 

BNB  na campanha para doação de sangue

Colaboradores do Banco do Nordeste participam nesta quinta-feira, 19, da doação de sangue para o Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemocentro). A ação voluntária de responsabilidade social ocorre no auditório da Superintendência do BNB em Sergipe (Rua Itabaianinha, 44, Centro), das 8h às 12h, e faz parte das comemorações do aniversário de 55 da instituição em prol do desenvolvimento da Região. O Banco do Nordeste é uma das instituições sergipanas que aderiram à campanha intitulada como “Santo de Casa Também faz Milagre”, que está sendo realizada pelo Hemocentro, desde o dia 10 de junho, junto com várias empresas, escolas, universidades, ONGs, associações e igrejas. As empresas que tiverem interesse em fazer parte das campanhas devem entrar em contato para agendamento ou tirar dúvidas sobre doações com o setor de Recursos Humanos do Hemocentro pelos telefones (79) 3259.3191/ 8807.4593.

 

Amigo de Verdade

Certa vez, um soldado disse ao seu tenente:- Meu amigo não voltou do campo de batalha, senhor. Solicito permissão para ir buscá-lo.- Permissão negada, replicou o oficial. Não quero que arrisque a sua vida por um homem que provavelmente está morto.O soldado, ignorando a proibição, saiu, e uma hora mais tarde regressou, mortalmente ferido, transportando o cadáver de seu amigo.O oficial estava furioso: – Já tinha dito que ele estava morto! Agora eu perdi dois homens! Diga-me: Valeu a pena trazer um cadáver? E o soldado, moribundo, respondeu:- Claro que sim, senhor! Quando o encontrei, ele ainda estava vivo e pôde me dizer: “Tinha certeza de que você viria!” Amigo verdadeiro é aquele que chega quando todos já se foram.

 

Frase do Dia

“Antes eu viajava e não sabia o horário em que iria chegar ao meu destino. Agora, viajo e não sei se vou chegar vivo”. Do presidente nacional da OAB, Cezar Britto, publicada hoje, 19, na coluna Painel da FSP.

 

 

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários