Mais tranqüilo

0

O prefeito Marcelo Déda (PT), candidato à reeleição, ficou mais tranqüilo com a decisão do seu correligionário Nilson Lima, que desistiu de disputar a vice-prefeitura em nome do consenso do partido. Foi um gesto altivo e Nilson já retornou, naturalmente, ao comando da Secretaria das Finanças do Município. Uma das preocupações de Déda e do presidente da Petrobrás, José Eduardo Dutra, era que um início de discussão se iniciava dentro da tendência Articulação, que está sob o comando dessa cúpula que hoje administra Aracaju. Não foi difícil convencer um cidadão que jamais criou obstáculo para que o partido mantivesse as suas posições políticas. De qualquer forma, dentro de outras tendências que dividem o Partido dos Trabalhadores, há uma defesa da chapa puro sangue, através da argumentação de que nenhuma outra legenda teria esse gesto que o PT está demonstrando. O prefeito Marcelo Déda acha muito cedo para se penetrar nas eleições de 2006. Entretanto, as principais lideranças políticas do partido não querem imaginar que essas eleições de outubro estejam isoladas de um projeto para o Governo do Estado. O maior problema, como ressalta bem a deputada Ana Lúcia, é ganhar as eleições e entregar o mandato, evidentemente dentro da hipótese, que não é remota, de Marcelo Déda disputar as eleições para governador. Há, também, uma certa desconfiança de partidos que formam a base de sustentação do projeto petista. O presidente do Partido Liberal, deputado federal Heleno Silva, evita revelar qualquer descontentamento, mas, estranhamente, diz que só retorna a falar em política depois do dia 19. Coincidentemente esta será a data em que o Partido dos Trabalhadores vai realizar a sua tradicional pré-convenção. A militância discute o projeto eleitoral da legenda e toma uma decisão final. A convenção, que deverá ser realizada até 30 de junho, homologa praticamente tudo que fora decidido no dia 19. O Partido Liberal tem sérios problemas na formação da chapa proporcional e se não fizer alguma coligação completa, pode não eleger ninguém para a Câmara Municipal. O PT não aceita um chapão, o que salvaria o PL. Daí, talvez, a razão do deputado federal Heleno Silva só voltar a conversar sobre sucessão a partir do dia 19. Entre partidos que apóiam o Governo, existem três pré-candidatos: Jorge Alberto (PMDB), Susana Azevedo (PPS) e Gilmar Carvalho (PV). Este último ainda dependendo dos rumos de uma Comissão de Ética, que deve ser encerrada até quinta-feira. Jorge Alberto se movimenta de forma mais tímida. Os outros dois põem mais azeite na fervura e procuram atrair o maior número possível de aliados, para enfrentar Marcelo Déda, que mantém uma posição privilegiada no hit de largada, mas que segura a mesma a quilometragem, mantendo-a estável, desde os primeiros treinos. O governador João Alves Filho (PFL) tem em mãos um trabalho qualitativo feito pela Exata, uma empresa baiana, em que oferece alguns indicativos que revelam candidatos em condições de chegar ao podium. Quanto às composições dos partidos aliados, nada esta definido e uma das coisas que a Exata desaconselha é uma chapa feminina, em razão do machismo que ainda predomina no eleitorado. De todas as formas, o processo sucessório já se afunilou e agora só restam alguns aparos para apresentação e homologação das candidaturas. Pela forma como estão sendo conduzidas as chapas, só um fato novo poderá evitar o segundo turno. DEMISSÃO Há indícios fortes, nos corredores do Palácio dos Despachos, que o controlador Geral do Estado, Dílson Barreto, teria sido exonerado. A informação é que outras cabeças vão rolar ainda nesta semana. A ação do Governo faz parte do enxugamento da máquina, para reduzir o peso do Estado. POSIÇÃO O PDT cancelo uma reunião que havia marcado para ontem, em busca de um indicativo de como vai se posicionar nestas eleições municipais. Almeida Lima vai ouvir os vereadores, que já estão sem aceitar mais espera. A maioria está querendo uma composição com o pré-candidato do PV, deputado Gilmar Carvalho. CONVERSA O deputado Gilmar Carvalho (PV) conversou ontem com o presidente da Câmara, Sérgio Góes e há possibilidade de entendimento. Os dois se encontram hoje. Segundo Gilmar, só uma coligação proporcional salvaria as reeleições de Sérgio e Jidenal. O PT não fará um chapão porque sairá prejudicado. SUSANA A deputada Susana Azevedo (PPS), pré-candidata do partido à prefeita, teve uma longa conversa com o governador sobre sua candidatura à Prefeitura de Aracaju. Recebeu a notícia de que a empresa Exata, em trabalho qualitativo, reconhece que ela tem condições de eleger-se. Susana está pensando em um vice evangélico. ALMOÇO A deputada Susana Azevedo almoça hoje, em Brasília, como senador Almeida Lima (PDT) e conversa sobre o apoio do partido à sua candidatura. Susana vai a Brasília participar da reunião do Diretório Nacional do PPS. Aproveita para um encontro com o senador pedetista. CAFEZINHO Susana Azevedo tomou um cafezinho, ontem, com a deputado federal Heleno Silva (PL), na Assembléia Legislativa. Heleno disse que não estava falando sobre política. Aliás, Heleno garante que está no mais absoluto silêncio sobre sucessão municipal. Só volta a falar nela depois do dia 19. EDVALDO Apesar da pressão de um grupo forte do PT, Marcelo Déda está disposto a atender as exigências dos aliados e manter como vice Edvaldo Nogueira na chapa de reeleição. Marcelo Déda é o único candidato do PT à reeleição, em todo o Brasil, que está em boas condições nas pesquisas. ANIMADO O governador João Alves Filho (PFL) ficou animado com o êxito dos festejos juninos antecipados, promovidos pelo Governo do Estado na orla da Atalaia. A cidade cenográfica foi uma atração à parte e ficará montada até 30 de junho, com um forró pé de serra e as casas funcionando normalmente. JORGE O deputado Jorge Alberto mantém a candidatura a prefeito, pelo PMDB, é já está conversando com lideranças de outros partidos, para formação de composição. Jorge teve um potencial de votos razoável na Capital e coloca o PMDB na disputa com chapa majoritária. BENEDITO Animado, participando de uma cavalgada em Estância, o presidente do PMDB, Benedito Figueiredo, garante que o partido está unido em nome de Jorge Alberto. A convenção está marcada para o dia 30 e junho e, agora, Jorge Alberto só não será candidato se não quiser. TRAIDORES O deputado federal João Fontes vai organizar uma artilharia idêntica ao que o PT fazia antes e distribuir panfletos e out door denunciando os traidores do povo. Vai levar carros de som pelas feiras do interior e periferia de Aracaju, com distribuição de panfletos, para que a população fique sabendo como estão votando os parlamentares de Sergipe. CIRURGIA João Fontes está de repouso, cuidando de uma cirurgia do menisco, feita em São Paulo. Hoje dará início à fisioterapia e só deve retornar ao Congresso dentro de mais oito dias. Mesmo assim, o deputado tem conversado com muita gente e vai reorganizar um grupo que atuara contra os traidores do povo. MORTE A professora Clara Angélica, casada com Sérgio Tavares (ex-presidente da então Cohab) e filha do ex-governador Paulo Barreto, morreu ontem ao meio-dia. Ela sofreu um acidente na quinta-feira passada na Linha Verde e foi levada para um hospital de Salvador, Não suportou e faleceu ontem. ALBANO O governador Albano Franco (PSDB) esteve em Recife para receber homenagens da Polícia Militar daquele Estado. Já retornou a Aracaju e insiste que está tratando muito pouco de política, apenas mantendo contato com lideranças do seu partido. Também evitar referência a 2006. CHAPA O Partido Social Liberal (PSL), lançado há um ano em Sergipe, lançará 14 nomes para a disputa da Câmara Municipal de Aracaju. De acordo com o seu presidente, Manoel Luís, o partido aos poucos ganhou força na capital e no interior já conta com 14 vereadores com mandatos. Notas BOBAGEM A disputa política pela autoria da melhor festa junina beira à mediocridade. Isso não tem a menor importância para a população, que freqüenta o local em que se coloquem boas bandas, cantores conhecidos e seja tudo na base do “0800”. O povão vai para valer e brinca até o início da manhã do dia seguinte. Do mesmo jeito que aconteceu com o São João antecipado patrocinado pelo Governo do Estado, com absoluta certeza o Forrocaju baterá recordes de freqüência, inclusive com a presença de turistas. INTERIOR Quanto à alegação de que isso esvazia o interior é uma verdade. Os dois deixam as cidades que tradicionalmente realizam o São João, completamente vazias. E há uma explicação para isso: ninguém vai deixar Aracaju, com riscos nas viagens, para ver as mesmas atrações que se apresentam na capital. Sobre o problema social existente em todo o Estado e os recursos destinados aos festejos, cabe também a todos que promovem festa. Porque tanto Estado, quanto Prefeituras têm graves problemas sociais em suas cidades. SOCORRO O deputado estadual Adelson Barreto (PTB) está retirando sua candidatura à Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, porque o Partido dos Trabalhadores está mantendo o seu candidato, radialista Aélio Argolo. Isso contrariou também o PSB, que tinha Simone Macedo como vice de Adelson. Em Simão Dias está havendo uma possibilidade de entendimento entre PSB e PT, que ainda não retirou a candidatura de um dos seus membros. O PT está tentando concorrer em todas as cidades, mesmo contra aliados. É fogo Depois que retirou sua pré-candidatura à Prefeitura de Aracaju, o empresário Walter Franco está no mais absoluto silêncio. O prefeito José Franco, de Nossa Senhora do Socorro, melhorou muito depois que começou a mostrar realizações naquele município. A partir desta quinta-feira começa o Forrocaju e só termina dia 29. São 13 dias de festas, com apresentação de atrações nacionais. O presidente do PMDB, Benedito Figueiredo, animado com o número de candidatos a prefeitos e vereadores em todo o Estado. Ainda esta semana é possível que o deputado Gilmar Carvalho tenha o resultado da Comissão de Ética. Nilson Lima deu um exemplo de desprendimento ao retirar sua pré-candidatura a vice pelo PT, para que não houvesse problema com os aliados. Dezessete por cento do eleitorado em Aracaju é de evangélicos. Políticos andam atrás desse filão. O ex-governador Albano Franco e o cantor Amado Batista conversaram do Recife até Aracaju. O PSDB não terá candidato à sucessão de Marcelo Déda e se comportará como em 2000, liberando o seu pessoal. A Receita Federal liberou a consulta ao primeiro lote do Imposto de Renda de 2004, ano base de 2003. Para o segundo semestre deste ano, o Crédito Educativo Federal deverá chegar a R$ 800 milhões. O anunciou foi feito pelo ministro Tarso Genro, da Educação, A Poupança, a lanterninha das aplicações financeiras, continua a atrair investidores neste mês. Nos primeiro dias de junho houve uma boa captação. Por Diógenes Brayner brayner@infonet.com.br

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais