Manifesto contra aumento de 91%

0

 

   A sociedade brasileira começa a se mobilizar contra o reajuste de quase 91% nos salários dos parlamentares federais que terá efeito cascata nos legislativos de todo país. Esta coluna se soma a essa indignação popular e abre o espaço para o leitor que desejar se manifestar. Foi grande o número de e-mails em protesto contra o aumento que os deputados e senadores se autoconcederam. Somente o amadurecimento democrático da sociedade brasileira poderá mudar essa realidade. O PPS ingressou com uma representação alegando que o aumento foi dado através de um acordo de lideranças e não votado diretamente no Congresso.

  Vários veículos de comunicação do país estão se somando à causa, que não é apenas justa, mas moral e repudiando o aumento Um abaixo-assinado está na Internet com um texto mostrando a indignação da sociedade contra o aumento. Leia mais sobre o assunto  e como assinar o documento que será enviado ao Congresso Nacional no http://caosconsensual.blogspot.com

   Ontem, de todas as análises feitas por jornalistas e a mídia nacional sobre o aumento este jornalista leu um texto simples e bastante claro de autoria de Fernando de Barros e Silva com o título “Morte e vida: Severino” publicado na Folha de São Paulo de ontem. Leia e tire suas conclusões: O aumento autoconcedido pelos parlamentares sacramentou o divórcio entre o Congresso e a sociedade, da qual o primeiro supostamente seria a “caixa de ressonância”, como reza o clichê. Essa caixa ressoa outra música.A decisão deixa evidente -como se ainda fosse preciso- que os atuais congressistas há muito passaram do ponto em que prestar satisfações à opinião pública fazia parte de suas preocupações. O que Fernando Gabeira (PV-RJ) chamou de “ato de inimizade com o povo brasileiro” suscita outras questões mais amplas: o que esses parlamentares representam? Agem dessa forma em nome de quem? E estão lá, afinal, para quê? A democracia às vezes precisa de respostas.

  Diante dos R$ 24,5 mil, ficamos entre a mente iluminada de um José Múcio (PTB-PE) -segundo quem os 91% vão evitar “fuga de cérebros do Congresso” e o risco de que haja “CPI com bandidos dos dois lados”- e a omissão sem brilho do presidente da Câmara, Aldo Rebelo, cada vez mais parecido com a hiena triste do desenho animado. Ó vida, ó céus, ó azar! -dizemos nós.

É fato que o Congresso sempre foi fisiológico e corporativo. As marcas dessa legislatura são a trivialização da bandalheira e a generalização da impunidade. Entre os sanguessugas -três senadores e 69 deputados-não houve cassações, apenas duas renúncias. E só três de 19 mensaleiros foram cassados.

   A gestão Lula, que prometia mudar hábitos políticos, colaborou para o apodrecimento do Legislativo. A cúpula do PT patrocinou o maior esquema já visto de aluguel de deputados no varejo. Apanhados, governo e partido nada fizeram para punir seus mensaleiros. A mesma cultura desembocou no dossiê.Vista em perspectiva, a eleição de Severino Cavalcanti, em 2005, foi a expressão sintomática do camelódromo em que a Câmara se transformara. A farra do baixo clero que ele representava teve vida curta. Mas o que representam hoje Aldo e Renan, senão a “severinização” do Congresso como instituição?

 

Emissário de esgoto foi rompido no mercado

Quem passa pela antiga “Praia Formosa”, a 13 de Julho já notou nos últimos dias que o mau cheiro aumentou muito. Informações dão conta que foi rompido um emissário de esgoto no mercado central e todos os dejetos estão indo “In-Natura” para o rio Sergipe. E parece que a empresa Deso não tem dinheiro para consertar o emissário. Enquanto isso os órgãos responsáveis como Adema e Ibama nada fazem. Aliás, a própria imprensa não leva a sério esta questão. Até quando?

 

Seed deve 4 meses a veículos sub-locados a empresa ST

Enquanto a assessoria da Secretaria de Estado da Educação informa que não deixará débitos com fornecedores e prestadores de serviço a realidade é outra. Proprietários de veículos sub-locados através de um contrato com a empresa ST Veículos vão completar quatro meses sem receber o dinheiro do contrato. De quem é a culpa? Da empresa ou da Secretaria que não repassou os recursos? Com a palavra a assessoria da Seed.

 

 

Déda anuncia nomes da SSP e vai para Salvador

Como esta coluna publicou ontem com exclusividade o governador eleito Marcelo Déda (PT) embarca hoje para Salvador (BA) onde participará no final da tarde da solenidade de diplomação do governador eleito, Jaques Wagner (PT). No aeroporto, pela manhã, às 7hs, Déda, ao lado do futuro secretário da SSP, Kércio Pinto, anunciará o comandante da Polícia Militar e o superintendente da Polícia Civil, do futuro governo.

 

 

Papai Noel existe para alguns

Foram 24 páginas de presente de final de ano e de gestão. Um caderno digno do sul do país, papel bom, excelente impressão e textos e publicidades já velhas conhecidas. Nenhuma novidade. Mas, com certeza as 24 páginas, do caderno especial não foram baratas. Uma bela compensação financeira, ou melhor, uma bela capilaridade para quem cumpriu bem o seu papel nas eleições deste ano, pena que o eleitor não aceitou a indução, pelo contrário repudiou como nunca…

 

Leitor preocupado com venda da FM Liberdade

Os boatos crescem sobre a possível venda da FM Liberdade. Tomará que não porque é uma das poucas que ainda tem programação de bom gosto. De um leitor: “Meu contato é sobre o empresário da Banda Calcinha Preta, que não conheço e nem sei dos seus propósitos. Sei que comprou a casa Augustus e a pouco a TV Caju do grupo Rollemberg. A questão é a minha tristeza no que se refere a FM Liberdade, conheço amigos que trabalham lá e estão vivendo um momento de tristeza e desgosto pois a FM Liberdade é nossa única fonte de música boa, vai tocar agora só forró Calcinha preta e outras bandas do genero. A turma deverá ser demitida e trocada pela turma que vai vir da Atalaia FM comandada por Joy Feitosa. Conheço o acervo de mais de 15 anos de raridades da MPB, que com certeza vai ser esquecida”.

 

Ipes não cumpriu mandado judicial

A coluna noticiou há alguns dias que os servidores do Ipes receberiam um acréscimo por conta da URV. Um deles, ao retirar o contra-cheque descobriu que o salário base continua o mesmo. Ou seja, sem o reajuste de 12,14%. Ao ligar para pedir esclarecimentos no setor responsável foi informado que “não deu tempo” para por o reajuste na folha de dezembro e que este será pago retroativo em janeiro. O mais interessante é que o mandado judicial chegou ao Ipes em 22 de novembro com um prazo de 15 dias para ser atendido. São apenas 50 servidores e mesmo assim “não deu” para colocar na folha de pagamento.

 

 

Cobrança de estacionamento ainda na Justiça

Depois que o TJ julgou o mérito favorável a Unit contra a lei municipal que proibia a cobrança em estacionamentos de universidades, faculdades, shoppings e supermercados, a Procuradoria do Município recorreu já que compete a ela ingressar porque foi uma lei sancionada pelo prefeito. Até o momento ainda não foi julgado este recurso. Enquanto isso a cobrança continua para desespero dos estudantes que têm que pagar R$ 1,50 durante 4 horas e tolerância de 30 minutos. A partir disso, é cobrado R$ 0,50 a hora excedente. Ou seja o estudante que pretende passar um turno pesquisando e outro na sala de aula está literalmente “ferrado”. Como se não bastasse, no último domingo, durante a realização do concurso da Sead, a cobrança funcionou a todo vapor.

 

Uso indevido de motos da PM

A TV Sergipe exibiu ontem uma reportagem mostrando o uso abusivo de uma moto da PM transportando uma mulher para um shopping da cidade e sem capacete. A coluna por várias vezes já denunciou que as motos são usadas para fins particulares, inclusive algumas delas estão sem identificação, ou seja, sem as chapas e a numeração que foi raspada. E lamentavelmente nada é feito. A moto de ontem, tinha a placa de número PM -1150 Será que a corregedoria da PM vai fazer alguma coisa?

 

 

Tony Tecidos diz que eleição foi legal

O vereador Tony Tecidos, presidente da Câmara de Tobias Barreto que realizou na semana passada a eleição com apenas quatro dos nove vereadores enviou e-mail afirmando que a eleição foi legitima. Segundo Tony, todos os vereadores chegaram dentro do horário e assinaram a folha de presença iniciando o processo de votação. Ele explicou que atendendo a questão de ordem do vereador Manoel Jobson verificou se a chapa dois tinha sido protocolada 30 minutos antes da sessão como determina o Regimento. Com isso ele impugnou a chapa dois porque a mesma tinha sido protocolada foram do prazo regimental. Tony relatou que os cinco vereadores da bancada da situação estavam presentes e abstiveram de votar. Com isso a chapa 1 foi vitoriosa com quatro votos favoráveis.

 

 

 

 

 

Petistas foram expulsos

José Barbosa e Aélio Argolo que eram dirigentes do PT em Nossa Senhora do Socorro, município nas redondezas de Aracaju, foram expulsos do partido. A decisão, unânime, foi tomada no domingo 17 durante reunião do Diretório Estadual do PT/Sergipe. Os dois há meses que estavam a desobedecer às determinações do partido, contrariando a organização partidária. Num gesto radical eles chegaram a queimar a bandeira do PT e nas eleições gerais de outubro não seguiram as orientações estabelecidas pelo partido em convenção.

 

Defeito em sistema do G. Barbosa da Zona Sul

Um cliente do G.Barbosa, da Zona Sul, na Avenida Melicio Machado alerta que por duas vezes comprou produtos na seção refrigerada e os mesmos estavam estragados. Como o prazo de validade não tinha passado só pode ser por conta da falta de uma refrigeração adequada. Na segunda vez o cliente notou logo e trocou o produto.

 

Curtas-metragens para a TV Câmara

A Câmara dos Deputados está ampliando seu acervo de curtas-metragens para exibição em na emissora, a TV Câmara. Os diretores e produtores de curtas, ou ainda documentaristas que queiram exibir sua produção (filmes ou videos atuais ou antigos) podem fazê-lo de graça porque os custos com sedex e fitas serão pagos pela própria instituição.Como contrapartida, o realizador de curta-metragem que estiver em Brasília poderá ser entrevistado nos estúdios da TV Câmara para divulgar seu trabalho em rede nacional. Para saber mais sobre como enviar suas produções, basta entrar em contato com a TV Câmara pelos telefones (61) 3216-1622 / 1628, pelo celular (61) 8405-8405, ou ainda pelos e-mails curtasnatv@camara.gov.br e joanapraia@hotmail.com.

 

E doação de R$ 50 mil? Ninguém vai explicar? I

De um leitor indignado: “É preciso que a coligação do PFL explique o aparecimento destes R$ 50 mil em sua prestação de contas. O presidente do PDT já declarou que não fez tal doação, e não temos nenhum motivo para desacreditar da sua palavra, até porque se a mesma tivesse realmente

ocorrido, seria um crime o doador não ter registrado tal operação.Como o TRE-SE não tem acesso à inclusão de registros, o que seria uma aberração em uma Justiça Eleitoral extremamente confiável, e não passa pela imaginação de ninguém que isto pudesse ter ocorrido.

 

E doação de R$ 50 mil? Ninguém vai explicar? II

Continua o leitor: “Então só nos cabe acreditar que o “erro” partiu na sua única porta de entrada destes dados, a contabilidade do PFL e sua coligação. Portanto é necessário, de forma urgente,

que o prestador das contas explique, mas explique direitinho como foi aparecer essa

doação. E isso é extremamente fácil! Basta apresentarem o recibo eleitoral, que é

numerado sequencialmente, com a data de 15/09/2006, devidamente assinado.Ao observar a prestação de contas, percebi que o Comitê Financeiro Único PFL-SE, fez várias doações, uma inclusive no dia 11/09/2006, no valor de R$ 250.000,00, e que pode muito bem ter feito a referida doação e na hora do registro nas contas, ter ocorrido o equivoco”.

 

 

Entidades apóiam o nome de Paulo Viana

A coluna recebeu ontem nota da Associação dos Servidores do Deagro(antiga Emdagro) e do Sindicato dos Servidores da Extensão Rural de Sergipe afirmando que o clima no Deagro e de satisfação pela escolha do nome de Paulo Viana, que é engenheiro agrônomo, para assumir a área. Os sindicalistas lembraram que Paulo é servidor da Deagro, conhece a problemática do setor agropecuário e é um forte aliado da extensão rural oficial e da agricultura familiar.

 

Gol da Sorte vai continuar

Um governador que em final de mandato manda uma série de projetos para a Assembléia Legislativa que são verdadeiras armadilhas para o futuro governo, pode ir para a imprensa criticar o presidente da Federação Sergipana de Futebol, Carivaldo Souza, porque não foi para uma assinatura de convênio, dizendo que o mesmo ainda não desceu do palanque? Se for comparar não dá para dizer que João Alves nem desceu do palanque: ele esqueceu que perdeu a eleição… Aliás, o governador eleito já disse que o Gol da Sorte vai continuar, ou seja, eles estão aperriados sem motivo…

 

“A Liberdade da Expressão” sem sair de casa

Os leitores que desejar adquirir o livro deste jornalista sem sair de casa basta ligar 9991-4502 ou enviar por e-mail o endereço em Aracaju. O livro está sendo vendido ao preço de R$ 20,00. O livro encontra-se a venda também nas bancas de revistas Amarelinha (próxima ao restaurante O Miguel); Waluvi I, na Avenida Hermes Fontes próximo ao posto de saúde Sinhazinha e Waluvi II, na Avenida Pedro Paes de Azevedo com Francisco Porto e na Banca Ponte do Imperador na Praça Fausto Cardoso. O livro está sendo vendido também nas livrarias Escariz e Nobel. 

 

Frase do Dia

… viver é perder, viver é ganhar. Todos temos temas viscerais, dos quais não queremos nos livrar. Ao contrário os repetimos, exorcizamos e transfiguramos em muitos modos, não os repetindo por pobreza, mas os intensificando para fundamentar e melhor expressar . Lya Luft / Ensaios.

 

 

 

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários