Maré de sapos

0

O prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) enfrenta dificuldades desde que assumiu a administração de Aracaju. Não consegue debelar uma desumana greve mantida pela minoria dos médicos da Prefeitura, teve quase toda a diretoria da Emsurb afastada pela Justiça, segue sem definir o prometido congelamento do IPTU e as ruas e avenidas da cidade estão escuras e esburacadas. Para complicar ainda mais, a Polícia suspeita que Nogueira recorreu ao caixa dois para se eleger. Como um boxeador em desvantagem, o comunista tenta sair das cordas antes de ser nocauteado pela soma de problemas que cercam a administração. Com os adversários fungando no cangote, Edvaldo não consegue gerar fatos novos, produzir notícias positivas que ponham um fim a essa terrível maré de sapos. Fosse o prefeito um ateu, logo iam dizer que era castigo de Deus, mas o comunista é assíduo freqüentador das missas, quase um papa-hóstia. Portanto, este inferno estral vivido por Nogueira deve ser, em boa parte, culpa dos auxiliares, que em vez de cardumes de peixes, só conseguem atrair batráquios para a rede municipal. Homem, vôte!

Só tem ela, é?

A oposição ao governo Jackson Barreto (PMDB) e setores da imprensa espalham que a delegada Danielle Garcia é a única capaz de tocar as investigações no Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap). Ao se comportarem assim, os defensores da moça atacam a competência e seriedade dos demais delegados de Polícia, tão capazes quanto ela. Marminino!

Justa homenagem

A Assembleia Legislativa promove nesta segunda-feira, sessão especial para comemorar o centenário de nascimento do ex-governador João de Seixas Dória. Antes de governar Sergipe e ser cassado pelo golpe militar de 1964, o homenageado foi deputado estadual e federal. Organizado conjuntamente com a Academia Sergipana de Letras, o ato solene vai acontecer às 17h. Prestigie!

Briga suja

Pelo menos até segunda ordem, a coleta de lixo domiciliar de Aracaju deve voltar a ser feita pela empresa Torre. Decisão judicial derrubou a liminar que mantinha a Cavo executando o serviço de limpeza da capital. A magistrada Christina Machado de Sales e Silva diz, no entanto, que a Prefeitura pode manter o contrato firmado com a Torre ou preservar o aditivo firmado com a Cavo. E agora?

Marcha à ré

A oposição na Câmara de Aracaju ainda não definiu como proceder, depois que a Justiça sustou a liminar quer mandava instalar a CPI do lixo. Pelo visto, terá que esperar um pouco mais. Ao acatar o recurso do Legislativo, o desembargador Roberto Porto disse “não se mostrar razoável a instauração imediata da CPI sem que, ao menos, a medida liminar, tenha sido ratificada pelo Tribunal”. Aff Maria!

Quem foi Naninha!

Outrora tida como a capital com melhor qualidade de vida do país, Aracaju agora aparece na rabeira da lista. Consulta feita pela empresa Macroplan e publicada na revista Exame mostra a capital sergipana no 21º lugar. No Nordeste, Aracaju só ganha para São Luiz e Maceió. A consultoria analisou os municípios com mais de 266 mil habitantes em 16 indicadores divididos em quatro áreas distintas: saúde, educação e cultura, segurança e saneamento e sustentabilidade.

Caserna em festa

Em solenidade marcada para hoje à noite, serão promovidos 1.267 homens e mulheres da Polícia Militar de Sergipe. O ato marca a primeira promoção de oficiais e praças com base na Progressão por Tempo de Serviço (PTS) sancionada pelo governador Jackson Barreto (PMDB). A partir da PTS, foi estabelecido tempo máximo de permanência do militar no posto ou graduação em que se encontra. Legal!

Britto no TCE

E quem fará palestra no Tribunal de Contas de Sergipe será Carlos Ayres de Britto, ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal. Vai ser às 9h da próxima sexta-feira, na abertura do fórum “Por um Brasil ético: o dinheiro público é da sua conta”. Prestigie!

Mala preta

O deputado federal Valadares Filho (PSB) alimenta a hipótese de tentar na Justiça anular a eleição na qual foi derrotado pelo prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB). Vavazinho postou nas redes sociais que analisa a “possibilidade jurídica do povo de Aracaju escolher o seu prefeito livremente sem mala preta”. Segundo ele, a corrupção eleitoral, através de caixa 2, foi decisiva para mudar o resultado. Crendeuspai!

Títulos ameaçados

O eleitor que não votou e não justificou a ausência nas três últimas eleições ou não pagou as multas correspondentes deve regularizar sua situação perante a Justiça Eleitoral. Após o próximo dia 2, os faltosos correm o risco de ter o título cancelado. O cancelamento automático dos documentos ocorrerá entre 17 a 19 de maio. Somente em Aracaju, 8.715 eleitores estão com a situação irregular. Danou-se!

Invocado

Pichação num muro da avenida Tancredo Neves, em Aracaju: “O Brasil é o país onde a arte é crime e a corrupção é arte”. Vixe, Maria!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 31 de julho de 1920

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários